UX-Tips: Uma Tأ©cnica de Avaliaأ§أ£o de User eXperience para Aplicaأ§أµes de 2019-02-27آ  Ficha Catalogrأ،fica

  • View
    0

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of UX-Tips: Uma Tأ©cnica de Avaliaأ§أ£o de User eXperience para Aplicaأ§أµes de...

  • PODER EXECUTIVO

    MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS

    INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO

    PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA

    UX-Tips:

    Uma Técnica de Avaliação de User eXperience

    para Aplicações de Software

    LEONARDO CARNEIRO MARQUES

    Manaus

    2019

  • Leonardo Carneiro Marques

    UX-Tips:

    Uma Técnica de Avaliação de User

    eXperience para Aplicações de Software

    Dissertação de Mestrado

    submetida ao Programa de

    Pós-Graduação em Informática

    (PPGI) da Universidade

    Federal do Amazonas (UFAM)

    como um dos requisitos para

    alcançar o grau de Mestre em

    Informática.

    Orientadora:

    Profa. Dra. Tayana Uchôa Conte

    Manaus

    2019

  • Ficha Catalográfica

    Ficha catalográfica elaborada automaticamente de acordo com os dados fornecidos

    pelo(a) autor(a).

    Marques, Leonardo Carneiro

    M357u UX-Tips: Uma técnica de avaliação de user experience para

    aplicações de software / Leonardo Carneiro Marques. 2019

    165 f.: il. color; 31 cm.

    Orientadora: Tayana Uchôa Conte

    Dissertação (Mestrado em Informática) - Universidade Federal do

    Amazonas.

    1. Experiência do Usuário. 2. ux. 3. qualidade de software. 4. estudo

    experimental. 5. fatores de UX. I. Conte, Tayana Uchôa II. Universidade

    Federal do Amazonas III. Título

  • A Deus,

    por me capacitar e guiar os meus passos.

    A toda minha família,

    Por todo amor, apoio incondicional e incentivo dispensado,

    sem os quais eu não teria chegado até aqui.

  • Agradecimentos

    Agradeço, primeiramente, a Deus por ter me dado saúde e condições de superar as

    dificuldades, por ter me concedido sabedoria para tomar as decisões corretas e realizar

    este trabalho.

    À minha esposa Fabiana Marques, que sempre me incentivou e nos momentos

    difíceis esteve presente com todo seu amor, companheirismo, carinho e atenção. Obrigado

    por compartilhar comigo os melhores momentos da minha vida. Sem você ao meu lado

    tudo seria mais difícil. Eu amo você!

    Aos meus pais Dagoberto Braga Marques e Ana Cristina Barros Carneiro que

    nunca mediram esforços para me educar e desde o começo dos meus estudos sempre me

    incentivaram a seguir o caminho da excelência. Sem o apoio de vocês e a confiança em

    mim depositada em todos os momentos, eu não teria suportado tantas dificuldades durante

    minha caminhada.

    À minha querida orientadora Tayana Conte, que desde o meu TCC tem me

    orientado de maneira brilhante. Obrigado por todas as orientações durante minha jornada

    até aqui, o pesquisador que sou hoje deve agradecer, e muito, tudo que aprendeu com

    você. Desde quando eu nem sabia o que queria fazer e você era “só” minha professora da

    graduação, eu já recebia suas orientações e elas foram fundamentais para que eu

    escolhesse a pesquisa acadêmica. Obrigado “Tay” (como a chamo carinhosamente), por

    sempre ter sido muito mais que uma orientadora acadêmica. Seu amor e dedicação à

    pesquisa sempre serão um exemplo para mim.

    Ao Dr. Édson César, ao Dr. Bruno Gadelha e à Dra. Anna Beatriz Marques, por

    todas as sugestões fornecidas à minha pesquisa durante minha banca de qualificação de

    mestrado. Todas elas foram valiosas e ajudaram na melhoria desta pesquisa.

    Ao Dr. Bruno Gadelha, à Dra. Anna Beatriz Marques por aceitarem participar

    também da minha banca de dissertação, juntamente com a Dra. Juliana Saraiva. Eu me

    sinto muito honrado! Todas as críticas e sugestões certamente ajudarão a melhorar minha

    pesquisa.

    A todos do grupo de pesquisa USES, por todo apoio e companheirismo durante

    essa jornada. Em especial, ao Walter Nakamura, por todas as discussões e colaborações

    em prol desta pesquisa.

  • Aos pesquisadores que ajudaram na minha formação como pesquisador e

    colaboraram para o desenvolvimento da minha pesquisa. Em especial, ao Igor Wiese pela

    colaboração e por conduzir um estudo experimental que forneceu resultados relevantes

    para esta pesquisa e à Luciana Zaina por todas as valorosas sugestões para a pesquisa e

    melhoria da técnica proposta.

    À toda minha família e amigos que sempre estiveram torcendo para que eu

    pudesse alcançar meus objetivos, e a todos que colaboraram de forma direta ou indireta

    com esta pesquisa, em especial aos usuários e inspetores que participaram dos estudos

    experimentais apresentados nesta dissertação.

    Finalmente, à UFAM, ao IComp e à CAPES por todo apoio financeiro fornecido

    para esta pesquisa de mestrado.

  • Resumo

    A experiência do usuário (User eXperience – UX) é um dos atributos de qualidade de

    software mais importantes utilizados ao projetar, descrever ou melhorar a maneira como

    os usuários se sentem quando interagem com um sistema, focando não apenas nas tarefas

    e na sua realização, mas considerando aspectos emocionais da interação. A avaliação da

    UX desempenha um papel importante na melhoria e no desenvolvimento de aplicações

    interativas. Por meio da avaliação da UX, objetiva-se identificar como os usuários

    aplicam, percebem e aprendem tais aplicações, permitindo que as mesmas evoluam e se

    adaptem às expectativas do usuário. Entretanto, a maioria das técnicas propostas destina-

    se a avaliar a UX considerando apenas os aspectos emocionais despertados no usuário ao

    interagir com uma aplicação. Desta maneira, tais técnicas não permitem a identificação

    de possíveis problemas que os usuários possam ter enfrentado e gerado uma experiência

    negativa. Consequentemente, não é possível saber quais aspectos precisam ser

    melhorados para que a aplicação forneça uma experiência de uso positiva. Com esta

    motivação, esta pesquisa apresenta o desenvolvimento de uma técnica para avaliar a UX

    de aplicações de software chamada UX-Tips (User eXperience Technique for Interactive

    ProductS). O objetivo desta técnica não é somente verificar os aspectos emocionais, que

    indicam apenas se a experiência foi positiva ou negativa, mas permitir a identificação dos

    problemas que possivelmente geraram uma experiência negativa com a aplicação,

    permitindo que a mesma seja melhorada sob a perspectiva do usuário. Com isso, espera-

    se contribuir para a melhoria da qualidade do software, tornando-o mais agradável para o

    usuário e permitindo uma experiência mais prazerosa ao interagir com o mesmo. Foram

    realizados três estudos experimentais para analisar a viabilidade da técnica proposta,

    investigando se a mesma permite realizar uma avaliação que identifique os problemas,

    que possivelmente, afetaram a UX. Os resultados obtidos através destes estudos

    mostraram que a UX-Tips permitiu avaliar a UX e permitiu aos usuários o relato de

    problemas que afetaram suas respectivas experiências.

    Palavras-chave: Experiência do Usuário, UX, qualidade de software, estudo

    experimental, fatores de UX, Técnica de Avaliação de UX

  • Abstract

    User Experience (UX) is one of the most important software quality attributes used when

    designing, describing, or improving how users feel when interacting with a system,

    focusing not only on tasks and their accomplishment, but also considering emotional

    aspects of the interaction. The evaluation of UX plays an essential role in the

    improvement and development of interactive applications. The UX evaluation aims to

    identify how users apply, perceive and learn such applications, allowing them to evolve

    and adapt to user expectations. However, most of the proposed techniques are intended

    to evaluate UX only considering the emotional aspects aroused in the user when

    interacting with an application. In this way, such techniques do not allow the identification

    of possible problems that users might have faced and generated a negative experience.

    Consequently, it is not possible to know which aspects need to be improved for the

    application to provide a positive user experience. With this motivation, this research

    presents the development of a technique to evaluate the UX of software applications

    called UX-Tips (User eXperience Technique for Interactive Products). The goal of this

    technique is not only to verify the emotional aspects, which indicate just if the experience

    was positive or negative, but to allow the identification of the problems that possibly

    generated a negative experience with the application, allowing it to be improved from the

    perspective of the user. We hope to contribute to the improvement of the software quality,

    in order to make it more pleasant for the user and allowing a more pleasurable experience

    when interacting with it. We carry out three empirical studi