of 37 /37
LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 4º TRIMESTRE DE 2013 Lição 13 Tema a Deus em Todo Tempo Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br

LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO

Embed Size (px)

Text of LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO

LIES BBLICAS CPAD 3 TRIMESTRE DE 2012 LIO 9 A ANGUSTIA DAS DVIDAS Vdeo-aula comentado por Natalino das Neves

LIES BBLICAS - CPAD 4 TRIMESTRE DE 2013

Lio 13

Tema a Deus em Todo Tempo

Prof. Ms. Natalino das Neveswww.natalinodasneves.blogspot.com.br

ACESSE O VDEO COM OS COMENTRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO EM UM DOS ENDEREOS ABAIXO:

www.redemaoamiga.com.brwww.natalinodasneves.blogspot.com.br

Texto ureo

"De tudo o que se tem ouvido, o fim : Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este o dever de todo ser humano"

(Ec 12.13)

Verdade prtica (Lies bblicas do professor)

Obedecer aos mandamentos do Senhor a prova de que vivemos uma vida justa diante dos homens e de Deus

LEITURA BBLICAEclesiastes 12:1-8 1 - Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: No tenho neles contentamento;2 - antes que se escuream o sol, e a luz, e a lua, e as estrelas, e tornem a vir as nuvens depois da chuva;3 - no dia em que tremerem os guardas da casa, e se curvarem os homens fortes, e cessarem os moedores, por j serem poucos, e se escurecerem os que olham pelas janelas;4 - e as duas portas da rua se fecharem por causa do baixo rudo da moedura, e se levantar voz das aves, e todas as vozes do canto se baixarem;Eclesiastes 12:1-8 5 - como tambm quando temerem o que est no alto, e houver espantos no caminho, e florescer a amendoeira, e o gafanhoto for um peso, e perecer o apetite; porque o homem se vai sua eterna casa, e os pranteadores andaro rodeando pela praa;6 - antes que se quebre a cadeia de prata, e se despedace o copo de ouro, e se despedace o cntaro junto fonte, e se despedace a roda junto ao poo,7 - e o p volte terra, como o era, e o esprito volte a Deus, que o deu.8 - Vaidade de vaidade, diz o Pregador, tudo vaidade.

OBJETIVOS PROPOSTOSAps esta aula, o aluno dever estar apto a:

Reconhecer que somos criatura; Deus, o Criador.*.Explicar os dois grandes momentos da vida (juventude e velhice) e as duas dimenses da existncia humana (corporal e espiritual)*.Conscientizar-se de que prestaremos conta de nossos atos diante de Deus. Aplicar na sua prtica diria o contedo aprendido.

* Objetivos propostos na revista Lies Bblicas da CPAD.

INTRODUOINTRODUOUm dos textos mais bonitos da Bblia. O autor, de forma potica, fala sobre o envelhecimento do ser humano.Contraste dos distintos momentos da vida humana: juventude e velhice, alegria e tristeza, vida e morte, presente e futuro, temporal e eterno.Uma importante reflexo sobre o modo como vivemos a vida e uma advertncia para estarmos preparados em todas as etapas da vida, debaixo do temor do Senhor

I. - UMA VERDADE QUE NO PODE SER ESQUECIDA

I. - UMA VERDADE QUE NO PODE SER ESQUECIDA1. Somos criaturas de Deus:Somos criaturas de Deus, portanto, dependentes dele, limitados, pequenos... Devemos reconhecer nossa posio diante de Deus. Muitas pessoas se acham deuses...Deus no pode ser culpado pela falhas dos seres humanos. Ns somos responsveis pelos nossos atos, eles definiro como ser nossa vida.2. Deus o criador soberano:Conforme j mencionado na lio 1, o autor de Eclesiastes apresenta Deus como o Criador, o Soberano e como a Sabedoria Inescrutvel.Por mais que parea ao ser humano, que em certas situaes aparentemente as coisas saram do controle, Deus est no controle de todas as coisas.Devemos nos humilhar diante de Deus e reconhecer sua majestade e soberania.I. - UMA VERDADE QUE NO PODE SER ESQUECIDA

Aplicao prticaVoc tem reconhecido sua limitao como ser humano?Voc tem sido consciente em seus atos? Voc ser responsabilizado por eles!Voc tem reconhecido a soberania de Deus?

II.OS DOIS GRANDES MOMENTOS DA VIDA

II.OS DOIS GRANDES MOMENTOS DA VIDA1. A juventude:Estgio da vida que representa o perodo de maior vigor. Fase de recreao e de satisfao (Ec 11:9).Na juventude parece que nunca vai faltar foras, sade, [...]. Exemplo pessoal... Geralmente vivem sem se preocupar muito com referenciais, futuro, entre outros. O autor adverte que nesta etapa da vida tambm se deve olhar para o Criador.Autor aos Hebreus recomenda: olhando para Jesus, autor e consumador da f, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se destra do trono de Deus.II.OS DOIS GRANDES MOMENTOS DA VIDA2. A velhice:Em Eclesiastes, a velhice aparece como o ltimo estgio da existncia, onde nada mais parece fazer sentido.Poeticamente, o autor demonstra como os membros do corpo vo perdendo sua funo.As portas das ruas se fecham... O idoso no vive mais para fora.Os cabelos como a amendoeira florida = enbranquecem.II.OS DOIS GRANDES MOMENTOS DA VIDA2. A velhice:Os movimentos ficam lentos e pesados (gafanhoto pesado);O apetite declina (perda do sabor dos alimentos).Pranteadores agourentos comeam a rondar (proximidade da morte).A vida e fugaz e passageira, instantes que vo e no voltam mais...O texto tambm serve para refletir como estamos tratando os idosos. Diferena de tratamento entre povos e ilustrao do filho que levava o pai para a montanha...

Aplicao prticaVoc que ainda jovem, j parou para pensar na sua velhice?Como voc tem tratado os idosos, em especial, seus parentes?Os idosos em Cristo, renovam suas foras!

III. AS DIFERENTES DIMENSES DA EXISTNCIA HUMANA

III. AS DIFERENTES DIMENSES DA EXISTNCIA HUMANA1. Corporal:Dimenso corporal da existncia humana = sentimentos (alegrias, tristezas, ansiedades, ..) e fatos experimentados na vida (presente e passado).O corpo importante e deve ser cuidado tanto biologicamente como espiritualmente (1 Co 6:19-20).Exemplo do tratamento dado ao corpo pelas pessoas que perderam o sentido da vida.Portanto, devemos cuidar do nosso corpo e us-lo sempre para a glria de Deus.III. AS DIFERENTES DIMENSES DA EXISTNCIA HUMANA2. Espiritual:O ser humano tambm tem a composio espiritual (Ec 12:7), que melhor explicado no NT (1 Ts 5:23; 2 Co 5:8; Fl 1:23).As pessoas so seres humanos integrais e precisam cuidar do material e do espiritual (1 Ts 5:23; 2 Co 7:1).Morte frustao da vida? Se no cuidar do aspecto espiritual e como correr atrs do vento!

Aplicao prticaVoc tem cuidado do seu corpo (mordomia)?Voc tem cuidado do seu esprito?Seja equilibrado, cuido das coisas materiais, mas tambm das coisas espirituais!

IV. PRESTANDO CONTA DE TUDOIV. PRESTANDO CONTA DE TUDO1. Guardando o mandamento:O autor conclui, dizendo que o fim de tudo temer ao Senhor.A vida dinmica, mas precisa de regras.A vontade de Deus deve ser buscada, por isso importante um relacionamento intimo com Deus (?) para saber sua vontade.IV. PRESTANDO CONTA DE TUDO2. Aguardando o julgamento:Nada est encoberto aos olhos de Deus: Deus h de trazer a juzo toda obra e at tudo o que est encoberto, quer seja bom, quer seja mau" (Ec 12.14).Deus est atento para todas as coisas.Em vez de julgarmos as pessoas devemos olhar para nossa prpria vida (Rm 14:10-12).O Justo Juiz julgar toas as coisas, com ele no h diferenciao e privilgios, O JULGAMENTO JUSTO.

Aplicao prticaVoc tem vivido ciente de Deus est atento a todas as coisas?Devemos temer a Deus, para no sermos condenados no seu Tribunal!

CONSIDERAES FINAISNesta lio nos aprendemos que:1. Devemos reconhecer nossa limitao e dependncia do Deus Criador e Soberano.2. Devemos viver todas etapas da vida, cuidando das coisas materiais e tambm das espirituais, para que tenhamos uma vida feliz e aprovada por Deus. 3. Todas as pessoas daro conta de sua vida a quem a deu, Deus. Por isso, devemos saber a vontade de Deus para no sermos reprovados por ele depois desta vida.

FELIZ NATAL E UM 2014 CHEIO DE BENOS E ALEGRIA A TODOS(AS).REFERNCIAS BIBLIOGRFICASCERESKO, Anthony R. A Sabedoria no Antigo Testamento. So Paulo: Paulus, 2004.GONALVES, Jos. Sbios conselhos para um viver vitorioso. Rio de Janeiro: CPAD, 2013.HUGHES, R. Kent. Disciplinas do ser humano Cristo. 3.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2004.KIDNER, Derek. A Mensagem de Eclesiastes. So Paulo: ABU, 2004.NEVES, Natalino das. Livros Poticos. Curitiba: Editora Unidade, 2011.REFERNCIAS BIBLIOGRFICASNICCACCI, Alviero. A Casa da Sabedoria: vozes e rostos da sabedoria bblica. So Paulo: Paulinas, 1997.RAVASI, Gianfranco. Colet. So Paulo: Edies Paulinas, 1993.RENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introduo. So Paulo: Editora Academia Crist, 2009.STORNIOLO, Ivo. Trabalho e Felicidade: O Livro do Eclesiastes. So Paulo: Paulus, 2002.IEADSJP Igreja Evanglica Assembleia de Deus de So Jos dos Pinhaiswww.adsaojosedospinhais.com.brwww.redemaoamiga.com.br

Pr. Presidente: Ival Teodoro da SilvaPr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana

Comentrios: Ev. Natalino das Neves [email protected](41) 8409 8094 / 3076 3589