Cal§ada Acess­vel

  • View
    1.925

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Cal§ada Acess­vel

  • 1. C A R T I L H AD AConserve a sua calada.O respeito ao outro comeana porta da sua casa.

2. Apresentao Ol, amigos. O direito de ir e vir comea na porta da nossa casa, na calada.Por isso, os passeios pblicos da nossa cidade tm a obrigaode cumprir o seu papel: possibilitar que qualquer cidado possatransitar com autonomia e segurana. E sabe quem responsvel por isso? VOC. So pessoas com deficincia, idosos, obesos, mes comcarrinhos de beb, e at mulheres de salto alto, que precisamcircular por So Paulo sem dificuldade. Contribuir para uma cidade mais democrtica, que respeita adiversidade humana, o nosso papel de cidado. E, atendendos obrigaes previstas em lei, voc tambm pode ser multadopor ter a calada irregular. Uma calada segura, limpa, acessvele verde uma calada cidad. Alm disso, ela que liga todosos servios que a cidade oferece a voc. Reforme seus conceitos,comeando pela sua calada. Aqui voc vai encontrar dicas de como reformar o seu passeio,tornando-o realmente pblico. Leia atentamente esta cartilha eacessibilize sua calada. Um abrao, Mara Gabrilli 3. indicePor que ter uma calada acessvel? ...................................... 6Eu sou obrigado a reformar minha calada?.........................7Como fazer um passeio para todos?...................................... 8Dimenses........................................................................ 9Tipos de piso.................................................................... 12Calada verde................................................................... 19Como denunciar................................................................... 20 Cartilha da Calada Cidad - Mara Gabrilli 5 4. Por que ter uma caladaacessvel? So Paulo tem 30 milhes de metros lineares de caladas.Esses espaos, que chamamos formalmente de passeio pblico,tem uma nica funo: possibilitar que os cidados possam ire vir com liberdade, autonomia e segurana. Uma cidade queprivilegia os seus pedestres, garante um direito assegurado pelaConstituio brasileira. E sabe quem o responsvel para que acalada seja bem conservada e que garanta essa liberdade? Voc. Isso mesmo. A calada de responsabilidade do proprietriodo imvel lindeiro a ela. Assim como voc, o poder pblicotambm tem suas responsabilidades. A Prefeitura, por exemplo,tem de reformar os passeios das edificaes pblicas municipais,adequar as caladas das vias estruturais (que so as grandesavenidas de trfego intenso e que foram determinadas no PlanoDiretor) e, desde janeiro de 2008, o Executivo Municipal - depoisda lei Mara Gabrilli (14.675/08) - tambm deve reformar e adequaras caladas que estejam estipuladas pelas Rotas Estratgicas ede Segurana, que so circuitos determinados em todas as 31subprefeituras da cidade de So Paulo que agregam o maiornmero de servios, meios de transportes pblicos, circulaode pedestres, hospitais, centros de sade, escolas... Ou seja,este um dos mais importantes passos para que a capital seadapte a todas as pessoas e possibilite a locomoo de quem temdeficincia ou mobilidade reduzida. A sua calada precisa estar adequadas aos padres municipais.Calada fora da norma, ou que depois de reformada no forcuidada, passvel de multa. Fique atento!Se conseguirmos consertar as nossas caladas, So Paulo vaidar um exemplo de cidadania. Afinal, ser um local democrtico,humano e acessvel uma amostra de respeito para o mundo.6 Cartilha da Calada Cidad - Mara Gabrilli 5. Eu sou obrigado a reformarminha calada? H muitas leis que obrigam a acessibilidade nos estadosbrasileiros. Um dos pilares dessa legislao, na verdade umdecreto, o 5.296 de 2004 (regulamenta duas leis, a 10.098e 10.048 que versam sobre acessibilidade e atendimentoprioritrio, respectivamente) incisivo quanto obrigao deo Estado Nacional se adequar aos seus quase 30 milhes decidados que tm deficincia. Isso inclui veculos de transportecoletivo, edificaes de usos pblicos e privados, livros, sites,espetculos e atendimento. Aqui em So Paulo, o Decreto 45.904 de 2005, assinado peloex-prefeito Jos Serra, criou uma padronizao para os passeiospblicos da cidade. Por essa regulamentao, as caladaspaulistanas devem ser feitas em alguns pisos pr-estabelecidos,com especificaes de largura, inclinao e faixas de ocupao demodo que todas as pessoas - com deficincia ou no - consigamcircular com autonomia e segurana. Para ampliar a aplicao do decreto e, principalmente, para quea cidade fosse efetivamente reformada garantindo a acessibilidadea todos os paulistanos, a vereadora Mara Gabrilli escreveu a leimunicipal 14.675, sancionada pelo prefeito Gilberto Kassab em2008, que cria em So Paulo o PEC - Programa Emergencial deCaladas. Por meio deste programa, a Prefeitura de So Paulo vai reformartrechos de caladas nas subprefeituras chamados de RotasEstratgicas e de Segurana. Essas reas vo compreender osprincipais servios oferecidos nos bairros como escolas, bancos,correios, postos de sade, paradas de embarque e desembarquede passageiros. As rotas foram determinadas a partir de umsistema logstico de base de dados elaborado e gerido pelaSecretaria Municipal da Pessoa com Deficincia e MobilidadeReduzida - SMPED, em 2006. At agora foram readequados maisde 450 quilmetros de caladas e a cada trimestre a SMPEDdeveria publicar, em conjunto com a Secretaria de Coordenao Cartilha da Calada Cidad - Mara Gabrilli 7 6. das Subprefeituras, os novos trechos que seriam reformados. Apesar de a calada ser de responsabilidade do muncipe,a Prefeitura vai pagar a reforma nesses trechos estratgicos.Porm, o cidado vai continuar sendo o responsvel pela suamanuteno - e caso no cumpra, ser multado. A multa, hoje, de R$ 1.000,00 por metro linear em descumprimento s normas. Em 2008, foi publicada uma Portaria Intersecretarial 04/SMSP/SMPED, que torna obrigatrio, nas rotas estratgias, o usodo concreto moldado in loco, um tipo de piso totalmente acessvela todos os cidados. Ainda, outro Projeto de Lei, tambm deautoria da vereadora Mara Gabrilli, obriga as concessionrias oupermissionrias pblicas a repararem o piso das caladas ondeforem feitas intervenes, de modo que fiquem perfeitamenteigual a antes desta operao. Caso o passeio no seja entreguedesta forma, a empresa vai ser multada e, se houver reincidncia,a permissionria ou concessionria pode ter sua permisso deprestao de servios suspensa. Se algum engenheiro precisar de informaes mais tcnicas,consulte o www.maragabrilli.com.br. Fique de olho: informe-se sobre a sua calada nasSubprefeituras ou pelo 156.Como fazer um passeiopara todos? A calada a porta de entrada da nossa casa. ali que a gented boas-vindas aos nossos convidados, onde compartilhamosespao com os vizinhos e tambm nesse pequeno local quepodemos demonstrar como respeitamos os pedestres, os outrose at ns mesmos.Pensando na democratizao da cidade, e na liberdade de ir evir de todos cidados, foram criadas normas para que os passeiospblicos pudessem cumprir fielmente o seu papel: possibilitaro livre trnsito das pessoas - tenham elas alguma deficincia,mobilidade reduzida ou no.8 Cartilha da Calada Cidad - Mara Gabrilli 7. DimensesSe a sua calada tiver2 metros de largura,voc ter de dividi-laem 2 faixas paralelas,diferenciadas pela corou textura. Se o seupasseio pblico tivermais de 2 metros,ento precisoque tenha 3 faixas,seguindo as seguintesespecificaes:faixa defaixa faixa de acesso livre servio 1. faixa de servio: Esse espao, que precisa ter, no mnimo, 0,70 m, ondedevero ser colocados os mobilirios urbanos - como rvores,rampas de acesso para pessoas com deficincia, poste deiluminao, sinalizao de trnsito, bancos, floreiras, telefones,caixa de correio e lixeiras. 2. faixa livre: Essa a faixa mais importante, pois aqui que garantiremosa circulao de todos os pedestres. Ela deve ter, no mnimo 1,20m de largura, no apresentar nenhum desnvel, obstculo dequalquer natureza ou vegetao. Essa faixa tem de ter superfcie regular, firme, contnua eantiderrapante sob qualquer condio, ou seja, no pode terqualquer emenda, reparo ou fissura. As intervenes feitasprecisam ser reparadas em toda a largura, sempre seguindo omodelo original. 3. faixa de acesso: Essa terceira faixa dispensvel em caladas com menos de2 m. Essa rea aquela em frente ao seu imvel ou terreno epode receber vegetao, rampas, toldos, propaganda e mobiliriomvel como mesas de bar e floreiras, desde que no impeam oacesso aos imveis. Cartilha da Calada Cidad - Mara Gabrilli 9 8. Minha calada tem menos de 2 metros. Oque fazer? preciso que voc procure um responsvel na subprefeiturada sua regio e se informe sobre o que pode ser feito. Temossempre de pensar que o importante ter a faixa livre, que a decirculao, dentro dos padres definidos. A subprefeitura deveemitir um parecer sobre a sua obra.Se eu morar em umarua inclinada, o quefazer? Uma informao muitoimportante: a faixa livre deveseguir a inclinao da rua.Isso mesmo, ali, onde circulamas pessoas, e os cadeirantesem especial, imprescindvelque o piso seja totalmentehorizontal. comum acontecerde as pessoas, para adequara entrada dos carros, fazeremuma forte inclinao paraque o carro entre na garagemsem nenhumproblema.Assim, a calada - quedeveria servir para o pedestre- acaba virando uma rampade veculo. Imagine algumcadeirante tentando passarpor ali? Impossvel. Afinal, essacalada virou passeio paracarro, no passeio pblico.10 Cartilha da Calada Cidad - Mara Gabrilli 9. E a entrada de carro? Voc pode inclinartransversalmente a faixa deservio e a faixa de acesso,mas a faixa livre tem de serobservada com cuidado. A faixa de servio pode teruma inclinao de at 8,33%bem como a faixa de acesso. Afaixa livre pode ter inclinaotransversal de no mximofaixa livrerebaixamento de2%. Fique atento a isso. rua em 8,33%Minha casa na esquina. O que fazer? Alm das especificaes anteriores, as esquinas tm umitem a mais: as rampas de acesso s faixas de travessia depedestres. Alm, claro, de serem pontos de intensa circulao,por isso devem estar livres de obstculos. Observe as seguintesespecificaes: o mobilirio de gr