ADAN CLARKE - Lamentações de Jeremias

  • View
    43

  • Download
    5

Embed Size (px)

Text of ADAN CLARKE - Lamentações de Jeremias

ESDRAS DIGITAL

Introduo as Lamentaes de JeremiasEste livro, como os vrios livros do Pentateuco, denominado em hebraico eicah), como, desde a sua primeira palavra, e s vezes (kinnoth), lamentaes, de seu assunto. Na Septuaginta denominado (QRHNOI TOU IEREMIOU), pela mesma razo. A cpia siraca e o rabe ou seguir a Septuaginta, e assim faz a Vulgata, a partir das Lamentaes de que, o livro tem esse nome, que no tem em nossa linguagem. No Caldeu no tem nome, e nela, e talvez antigamente no hebraico, que foi escrito consecutivamente com o ltimo captulo de Jeremias. Ele um dos livros da (Megilloth), ou rolo, entre os judeus; e porque se relaciona com a runa de seus negcios, e contm promessas de restaurao, peculiarmente valorizada, e frequentemente ler. O Megilloth so cinco: Eclesiastes, Cntico dos Cnticos, Lamentaes, Rute, e Ester. -----------------------------Houve pouca diferena entre os homens aprenderam sobre o autor deste livro. Todo o curso dos tempos da antiguidade e modernos apontou Jeremias como o escritor: a isto, o estilo uma prova suficiente. Sr. John Henry Pareau, em tese prefixado para sua traduo e notas sobre este livro, (8vo. Lugd Bat.. 1790), mostrou-se amplamente este ponto de um agrupamento geral da profecia de Jeremias com determinadas passagens deste livro. Eu tenho ouvido falar, mas um homem que aprendeu srias dvidas sobre o assunto, o Sr. Herman Van der Hardt, que supostamente os cinco captulos foram escritos por Daniel, Sadraque, Mesaque, Abednego, e Jeconias. Para esta opinio, eu suponho que nenhum jamais foi convertido. ---------------------------------------------Houve mais diferena de opinio em relao ao assunto e ocasio. Alguns pensaram que o livro foi composto sobre a morte de Josias, outros que foi composta por ocasio da destruio de Jerusalm, e as desolaes vrios ligado a ela. Para isso todas as suas partes e sua fraseologia geral parecem melhor aplicar, e este o sentimento mais geralmente abraado no presente. Isso ir receber muita prova de uma considerao minutos do prprio livro. ------------------------------------------------------------------------------A composio deste poema que pode ser chamado muito tcnico. Cada captulo, exceto o ltimo, um acrstico. Dos dois primeiros, cada verso comea com uma letra vrias do alfabeto hebraico, na ordem das letras, com essa exceo, que nos captulos segundo, terceiro e quarto, o (fenmeno) colocado antes do (Ain), que em todos os Salmos acrstico o ltimo antecedido, como faz em todas as gramticas da lngua hebraica. Nos primeiro e segundo captulos cada verso composto de trs hemistquio ou versos meio, exceto o stimo verso do primeiro, e do dcimo nono do segundo captulo, que tm cada quatro hemistquio. ------------------------------------------O terceiro captulo contm 64 versos, cada um, como anteriormente, formada por trs hemistquio, mas com a diferena de que cada hemistquio comea com a mesma letra, de modo que todo o alfabeto repetido trs vezes neste captulo.-------------------------------------------------------------------------O quarto captulo composto por vinte e dois versos, de acordo com o nmero das letras hebraicas, mas a composio diferente de todo o resto, para cada verso composto de apenas dois hemistquio, e aqueles muito mais curto do que qualquer outro dos captulos anteriores. ------------------------------------------Chamo a isto um poema inimitvel; juzes melhores so da mesma opinio. "Nunca", diz Bispo Lowth", estava l uma variedade mais rica e elegante de belas imagens e adjuntos dispostos juntos dentro de to pequeno uma bssola, nem mais feliz escolhido e aplicado. ---------------------------------------------------"Algum poderia pensar," diz o Dr. Sul ", que cada carta foi escrita com uma lgrima, cada palavra, o som de um corao partido: que o autor foi compactado de tristezas; disciplinado

para tristeza de sua infncia, quem nunca respirou, mas em suspiros, nem falou, mas em um gemido". "Tambm no podemos muito admiro," diz o Dr. Blayney ", o fluxo total e gracioso de que eloquncia pattica em que o autor se derrama as efuses de um corao patritico, e piedosamente chora sobre as runas de seu pas venervel. Mas observou-se antes que o talento peculiar do profeta estava em trabalhar-se e expressar as paixes de tristeza e piedade, e, infelizmente para ele, como homem e cidado, ele se encontrou com um assunto, mas muito bem calculado para dar seu gnio seu pleno . Exibir "Davi em vrios lugares tem forosamente representado as dores de um corao oprimido pela tristeza penitencial, mas onde, em uma composio de tal comprimento, tm corporal misria e agonia mental sido pintado com mais sucesso? Todas as expresses e imagens de tristeza esto aqui expostas em vrias combinaes, e em vrios pontos de vista. Misria no tem expresso que o autor das Lamentaes no tem empregado. Patriotas! voc que nos dizem que voc queima o bem-estar de seu pas, olhar para as profecias e histria deste homem extraordinrio, olhar em suas Lamentaes; lev-lo atravs de sua vida at sua morte, e aprender com ele o que significa o verdadeiro patriotismo! O homem que observava, orou, e viveu para o bem-estar de seu pas, que escolhem compartilhar suas adversidades, as suas tristezas, seus desejos, suas aflies, e desgraa, onde ele poderia ter sido um companheiro de prncipes, e sentou-se mesa dos reis; que s deixou de viver para o seu pas quando ele deixou de respirar; que era um patriota, em comparao com os quais quase todos os outros so obscurecidos, e trouxe baixo, ou so totalmente aniquilado!

As Lamentaes de JeremiasNotas cronolgicas relativas ao Livro das Lamentaes Ano a partir da criao, de acordo com o arcebispo Usher, 3416. Ano da era judaica do mundo, 3173. Ano do Dilvio, 1760. Primeiro ano da quadragsima oitava Olimpada. Ano a partir da construo de Roma, de acordo com a conta Varronian, 166. Ano antes do nascimento de Cristo, 584. Ano antes da era vulgar do nascimento de Cristo, 588. Ano do perodo de Juliano, 4126. Ano da era de Nabonassar, 160. Ciclo do Sol, 10. Ciclo da Lua, 3. Segundo ano aps o quarto ano sabtico aps adcima stima judaica jubileu, conforme a Helvicus. Vigsimo nono ano de Tarqunio Prisco, o quinto rei dos romanos: este foi o ano septuagsimo nono antes do incio do governo consular. Trinta e oito anos de Atarxerxes, o quarto rei da mdia.

Dcimo oitavo ano de Agasicles, rei da Lacedemnia, da famlia do Proclidae. Vigsimo ano de Leo, rei da Lacedemnia, da famlia do Eurysthenidae. Trigsimo segundo ano de Alyattes II, Rei da Ldia. Este foi o pai dos Creso clebres. Dcimo quinto ano de Eropas, o stimo rei da Macednia. Dcimo nono ano de Nabucodonosor, rei da Babilnia. Dcimo primeiro ano de Zedequias, o ltimo rei de Jud.

Versculo 1Como exerce a cidade se sente solitrio - Sentado, com o cotovelo sobre o joelho, e a cabea apoiada pela mo, sem qualquer ao, a menos que um prximo opressor, - tudo isso eram sinais de luto e angstia. A moeda atingida por Vespasiano na captura de Jerusalm, no anverso de que h uma palmeira, o emblema da Judia, e sob ele uma mulher, o emblema de Jerusalm, sentado, inclinando-se como antes descrito, com a legenda Judia capta , ilustra esta expresso, bem como que em Isaas 47:1. Veja a nota sobre Isaas 3:26 (nota), onde o assunto est longe de ser explicado. Torne-se como uma viva - Tendo perdido o seu rei. Cidades so comumente descritas como as mes de seus habitantes, os reis como maridos, e os prncipes, como filhos. Quando, pois, eles esto enlutados destes, eles so representados como as vivas e sem filhos.-----------------------------------------------------------------------A viva hindu, bem como a judaica, considerado a mais pobre e miservel de todos os seres humanos. Ela tem o cabelo cortado curto, joga fora todos os ornamentos, come a comida mais grosseira, jejua frequentemente, e tudo, mas um pria na famlia de seu falecido marido. Ser que ela se tributria! - Tendo j no a forma poltica de uma nao, e o resto que ficou pagando tributo a um conquistador estrangeiro e pago.

Introduo Captulo 1O profeta comea lamentando o reverso sombrio de sorte que se abateu sobre o seu pas, confessando ao mesmo tempo que as calamidades eram apenas a consequncia de seus pecados, Lamentaes 1:1-6. Jerusalm se , ento, personificada e antecipada para continuar a queixa triste, e para solicitar a misericrdia de Deus, 7-22. -------------------------------------------------Em todas as cpias da Septuaginta, quer das edies romanas ou Alexandrina, as seguintes palavras so encontrados como parte do texto: , , , , - E sucedeu que, depois que Israel havia sido levado cativo, e Jerusalm foi assolada, que Jeremias chorando e lamentando com esta lamentao sobre Jerusalm, e ele disse: " A Vulgata tem o mesmo, com algumas variaes: - " Et factum est, POSTQUAM em captivitatem redactus est Israel, et Jerusalm deserta est, sedit Jeremias propheta fiens, et planxit lamentaes hac inJerusalem, et amaro animo suspirans et ejulans , dgito. "A traduo deste, tal como consta na primeira traduo da Bblia para o Ingls, pode ser encontrada no final de Jeremias, tirado de um antigo MS. em minha prpria posse. ------------------------------juntar em anexo I outra tirada da primeira edio impressa da Bblia em Ingls, que por Coverdale, 1535. "E aconteceu que passe, (depois que Israel foi levado para cativeiro, e Jerusalm destruda); que Jeremy o profeta chorando, prantos, e edificao em Jerusalm, de modo que com um pesar ele suspirou e chorou, notoriamente". -----------------------------------------------------------------Bblia de Mateus, impressos em 1549, refina sobre o caso: "Isso aconteceu depois Israel foi levado para cativeiro, e Jerusalm destruda, que Jeremias o profeta, tristemente chorou Jerusalm, e com um sentimento pesado no corao. " Bblia Becke da mesma data, e Cardmarden de 1566, tm o mesmo, com uma mudana insignificante na ortografia. Nesta Becke e outros tm a seguinte nota: - "Essas palavras so lidas na LXX. intrpretes, mas