ALINE DANIELE CORREIA DANIELE CORREIA LEMES.pdfآ  LEMES. Aline Daniele, Correia. Os profissionais indأ­genas

  • View
    0

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of ALINE DANIELE CORREIA DANIELE CORREIA LEMES.pdfآ  LEMES. Aline Daniele, Correia. Os profissionais...

  • ALINE DANIELE CORREIA LEMES

    OS PROFISSIONAIS INDÍGENAS DA EDUCAÇÃO E AS ES- COLAS ESTADUAIS INDÍGENAS DO NORTE DO PARANÁ.

    Londrina 2018

  • ALINE DANIELE CORREIA LEMES

    OS PROFISSIONAIS INDÍGENAS DA EDUCAÇÃO E AS ES- COLAS ESTADUAIS INDÍGENAS DO NORTE DO PARANÁ

    Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual de Londrina, como requisito parcial à obtenção do título de Bacharel em Serviço Social. Orientador: Prof. Dr. Wagner Roberto do Amaral.

    Londrina 2018

  • ALINE DANIELE CORREIA LEMES

    OS PROFISSIONAIS INDÍGENAS DA EDUCAÇÃO E AS ES- COLAS ESTADUAIS INDÍGENAS DO NORTE DO PARANÁ

    Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual de Londrina, como requisito parcial à obtenção do título de Bacharel em Serviço Social.

    BANCA EXAMINADORA

    ____________________________________ Orientador: Prof. Dr. Wagner Roberto do Ama-

    ral Universidade Estadual de Londrina - UEL

    _________________________________

    Prof.ª Dr.ª. Mônica Panis Kaseker Universidade Estadual de Londrina - UEL

    _________________________________

    Prof.ª. Ms. Denise Maria Fank de Almeida Universidade Estadual de Londrina - UEL

    Londrina, _____/_____/_____

  • AGRADECIMENTOS

    Agradeço especialmente ao meu esposo Adilson ponto de apoio, ombro

    amigo e pela compreensão e companheirismo, sempre me incentivando a continuar,

    mesmo nas dificuldades enfrentadas pela graduação sendo o cuidador de todos os

    momentos que passei nessa universidade.

    Agradeço a Universidade Estadual de Londrina, pelo reconhecimento e im-

    plantação das políticas de ingresso e permanência para estudantes indígenas, sem

    essas políticas é muito difícil permanecer nesse espaço público e concluir a gradua-

    ção.

    Ao Professor Orientador Wagner pela paciência e conhecimentos científicos

    transmitidos. As minhas professoras e professores que colaboraram e contribuíram

    do seu saber nessa minha formação.

    Aos colegas do meu curso Serviço Social noturno, especialmente a Arlete,

    Jéssica Caras, Karen, Raul, Vera, Vânia, Catarina, Vinícius, Annelise e Thaise que

    sempre socializavam novas ideias e a todas e todos estudantes do curso noturno

    colaboradores dessa trajetória no período de 2016 e 2017.

    Agradeço a minha comunidade indígena São Jerônimo da Serra e aos pa-

    rentes (indígenas) e estimados profissionais indígenas, motivação e inspiração deste

    trabalho, povo forte, guerreiro e amigo.

    A minha querida mãe Rosa, que sempre me incentivou estudar, ela sabia

    das minhas dificuldades, mas acreditou nas minhas potencialidades. Ao meu amado

    Pai João que mesmo sendo meio durão, sempre me apoio em tudo.

    Aos meus amados filhos Alisson Renan e Arthur, por serem motivação da

    minha luta diária, minhas alegrias!

    Ao meu tio (irmão) Luciano, que sempre me apoiou em todos os sentidos, e

    de quando era criança me ajudava nas tarefas de escola e me fez me fazendo acre-

    ditar que conquistaria esse espaço público e essa graduação.

    Minha gratidão a Camila, amiga de todas as horas e das horas incertas da

    minha vida.

    A Rosa amiga, compreensiva, companheira de curso no ano de 2016, sem-

    pre caminhando comigo, ombro amigo, ouvidos atentos, boas risadas e dos conse-

    lhos bons.

  • “Agrade-me fazer a tua vontade, ó Deus meu; a tua lei está dentro do

    meu coração” (Salmos, cap.40:8)

  • LEMES. Aline Daniele, Correia. Os profissionais indígenas da educação e as es- colas estaduais indígenas do norte do Paraná. 2018. 81 p. Trabalho de Conclu- são de Curso (Graduação em Serviço Social) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2019.

    RESUMO

    A Lei Estadual nº. 13.340/2001 abriu a possibilidade do ingresso, da permanência e da formação de profissionais indígenas das terras indígenas do Paraná nas Univer- sidades Estaduais do Paraná. Nesse mesmo contexto, com a estadualização das escolas indígenas no Paraná, foram criados postos de trabalho específicos para pro- fessores indígenas, pedagogos indígenas, agentes educacionais indígenas I e II possibilitando a contratação anual de profissionais indígenas pelo Processo de Sele- ção Simplificado (PSS). Para participarem desse processo seletivo, foi definida uma documentação específica emitida pelo cacique da comunidade anuindo ou não a contratação dos profissionais indígenas e não indígenas. Dessa forma, o presente trabalho tem como foco a investigação sobre os aspectos que influenciam a contra- tação dos profissionais indígenas nas escolas indígenas do norte do Paraná. Como procedimento metodológico, escolhemos a pesquisa exploratória de natureza quali- tativa pois ela permite maior familiaridade com o problema a ser estudado, envol- vendo a revisão bibliográfica, estudo documental e a pesquisa de campo. Esta últi- ma, foi constituída de uma amostra intencional e realização de entrevistas com rotei- ro semiestruturado junto aos profissionais indígenas que atuam numa das escolas estaduais indígenas do norte do Paraná escolhida para esse estudo. O estudo realizado reconhece os avanços legais da educação escolar indígena no Brasil e no Paraná, bem como da educação superior indígena neste estado todavia, constata-se que muitas metas não foram cumpridas até a atualidade. De tal modo, a Carta de Anuência, tem colocando-se como entrave na contratação desses profissionais indí- genas e dos quatros entrevistados, observei que dois dos entrevistados até concor- dam com a carta mas para os profissionais não indígenas, porque acredita que estão capacitados e precisam estar inseridos na profissão, sem ter a necessidade da carta de anuência pois possuem necessidades econômicas dado sua inserção condicio- nal ao circuito de trabalho e até a atualidade não existe concursos específicos para esses profissionais indígenas.

    Palavras-chaves: Educação escolar indígena; Profissionais indígenas; Escola indígena; Carta de anuência.

  • LEMES. Aline Daniele, Correia. The indigenous education professionals and the indigenous state schools of norther Paraná. 2018. 81 p. Graduation in Social Work - University of Londrina, Londrina, 2019.

    ABSTRACT

    The State Law no. 13,340 / 2001 opened the possibility of admission, permanence and training of indigenous professionals from the indigenous lands of Paraná at the State Universities of Paraná. In the same context, with the staging of indigenous schools in Paraná, specific jobs were created for indigenous teachers, indigenous pedagogues, indigenous educational agents I and II, enabling the annual hiring of indigenous professionals through the Simplified Signing Process (PSS). To partici- pate in this selective process, specific documentation was issued by the community chief, whether or not he hired indigenous and non-indigenous professionals. Thus, the present work focuses on research on the aspects that influence the hiring of in- digenous professionals in indigenous schools in the north of Paraná. As a methodo- logical procedure, we chose the exploratory research of a qualitative nature, since it allows greater familiarity with the problem to be studied, en-versando the bibliograph- ic review, documentary study and the field research. The latter was an intentional sample and interviews with a semi-structured script with the indigenous professionals who work in one of the indigenous state schools in the north of Paraná chosen for this study. The present study recognizes the legal advances of indigenous school education in Brazil and Paraná, as well as of indigenous higher education in this state, however, it is noted that many goals have not been fulfilled until nowadays. Thus, the Letter of Consent has been placing obstacles in the way of hiring these in- person professionals and of the four interviewees, I observed that two of the inter- viewees even agree with the letter, but for non-indigenous professionals, because they believe that are qualified and need to be inserted in the profession, without hav- ing the need of the letter of agreement because they have economic needs given their conditional insertion into the working circuit and to date there are no specific competitions for these indigenous professionals. Keywords: Indigenous school education; Indigenous professionals; In-house school; Consent letter.

  • LISTA DE TABELAS

    Tabela 1– Profissionais Indígenas na Escola Estadual Cacique Koféj por Gênero,

    Etnia, Cursos e Grupo Étnico em 2018......................................................................33

    Tabela 2– Universidades Paranaenses e Total de Alunos Matriculados até

    2018............................................................................................................................44

    Tabela 3– Matriculados nas IES, por Etnia em 2018...............................................44

    Tabela 4– Alunos Matriculados nas IES por Curso na Área da Educação em

    2018............................................................................................................................45