aonde chegar?

  • View
    217

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of aonde chegar?

  • PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS

    CRUZES

    SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAO

    DEPARTAMENTO PEDAGGICO

    Elaborao e Diagramao

    Andra Pereira de Souza

    Bruna Rocha de Siqueira

    Cintia M. Ambrosio de Oliveira Arouca

    Mrcia Aparecida Melo Vianna

    Marcia Regiane Miranda

    Regina Clia Franco

    Serly Garcia

    Colaborao

    Geraldo Monteiro Neto

    Mitch Rodrigo Prado de Almeida

    Capa

    Alexandre Roberto Rodrigues

    1 Edio - 2012

  • APR

    ESENT

    A

    O

    CIN

    CIA

    S NA

    TU

    RA

    IS E SOC

    IAIS

    UNIDADES DIDTICAS DE CINCIAS NATURAIS E SOCIAIS A fim de atender as Diretrizes Curriculares Municipais para a Educao da

    Infncia, implementar as Matrizes Curriculares Municipais para a Educao

    Bsica, fornecer algumas orientaes e propostas de atividades a serem utilizadas

    pelo professor em suas aulas, foram elaboradas as Unidades Didticas.

    Algumas dessas atividades j so conhecidas pelo professor, pois essa

    publicao no visa apresentar sugestes inditas, mas sim mostrar como o ensino

    e a aprendizagem podem ser promovidos sob a tica dos documentos curriculares

    municipais.

    Pretende tambm:

    Explorar os diferentes espaos da escola e do municpio, baseando-se nos

    princpios da Escola Cidad, Educao Cidad e da Cidade Educadora,

    resultando na construo da unidade coletiva*;

    Divulgar formas de utilizao de alguns recursos como o Laboratrio Prtico

    de Cincias e o Dirio do Cientista.

    Nas Unidades Didticas de Cincias Naturais e Sociais buscou-se incluir

    aspectos da concepo adotada pelo municpio para o ensino e a aprendizagem

    dessa rea do conhecimento: a construo do conhecimento pelo aluno percebendo

    seu papel na vida social e o desenvolvimento gradativo de competncias que

    estimulem a capacidade de reconhecer e questionar os processos naturais,

    tecnolgicos e histricos da cincia. Durante a elaborao desse material

    pedaggico houve preocupao em:

    Garantir a construo da autonomia por meio da leitura e compreenso da sua

    realidade, permitindo aos alunos o desenvolvimento para uma educao

    cidad;

    Possibilitar as relaes interpessoais e com a natureza, oportunizando o

    aprendizado;

    Priorizar atividades de pesquisa, de experimentao e de explorao a fim de

    compreender e relacionar os conhecimentos empricos e conceitos cientficos.

    *Unidade coletiva construir a unidade na multiplicidade ao educar alunos distantes entre si, prevendo acesso aos mesmos conhecimentos e valores atravs da integrao das mltiplas linguagens que educam e sintonizam todos com seu tempo, buscando a sua transformao. (TORO, 1997)

  • APR

    ESENT

    A

    O

    CIN

    CIA

    S NA

    TU

    RA

    IS E SOC

    IAIS

    BER

    RIO

    INFA

    NTIL I IN

    FAN

    TIL II M

    AT

    EM

    TIC

    A

    Descreve uma sugesto de atividade.

    Faz referncia s Matrizes Curriculares Municipais para a Educao Bsica de Cincias Naturais e Sociais.

    Traz informaes complementares, explicaes ou dicas ao professor.

    Essa publicao consta de 39 Unidades Didticas de Cincias Naturais e

    Sociais que contemplam prticas docentes para a Educao Infantil e anos iniciais

    do Ensino Fundamental (Berrio ao 5 Ano).

    Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes

    Secretaria Municipal de Educao

    Todas as atividades permitem trabalhar de forma simultnea e articulada os

    contedos na dimenso conceitual, procedimental e atitudinal. Cada Unidade

    Didtica refere-se a um item presente na coluna Aonde chegar? e traz

    informaes conforme esquema a seguir:

  • Cidade Educadora, Educao Cidad e Escola Cidad

    A Unidade Didtica de Cincias Naturais e Sociais prope implicitamente,

    ao desenvolver as atividades descritas, um estudo e um entendimento sobre

    conceitos necessrios para o desenvolvimento de uma educao integral: CIDADE

    EDUCADORA, EDUCAO CIDAD e ESCOLA CIDAD.

    Para explicar esses conceitos, utilizou-se como referencial terico os livros

    Educao Integral no Brasil: inovaes em processo (2009a) e Frum Mundial

    de Educao: pro-posies para um outro mundo possvel (2009b), ambos de

    Moacir Gadotti, publicados pela Editora e Livraria Instituto Paulo Freire:

    CIDADE EDUCADORA constitui-se num espao cultural de aprendizagem

    permanente com uma intencionalidade educadora, ou seja, alm de exercer suas

    funes tradicionais (econmica, social, poltica e de prestao de servio) tambm

    exerce uma nova funo: a promoo e o desenvolvimento do protagonismo de

    todos crianas, jovens, adultos, idosos visando formao para e pela

    cidadania, oportunizando que todos usufruam das mesmas oportunidades de

    formao, desenvolvimento pessoal e de entretenimento que a cidade oferece.

    EDUCAO CIDAD acontece quando a escola se transforma num novo

    territrio de construo da cidadania, pois deixa de ser um lugar abstrato para se

    inserir definitivamente na vida da cidade e ganhar, com isso, nova vida. Considera

    as ruas, as praas, as rvores, os cinemas, as igrejas ...integrando-se nesse novo

    espao cultural da cidade.

    ESCOLA CIDAD escola que dialoga com a cidade, espao participativo. A

    escola cidad compreende-se como espao apropriado pela populao como parte

    da apropriao da cidade a que pertence. Essa apropriao se d por meio de

    mecanismos criados pela prpria escola como o Colegiado escolar, plenrias

    pedaggicas e outros, levando para dentro da escola os interesses e necessidades da

    populao.

    PRIN

    CPIO

    S CIN

    CIA

    S NA

    TU

    RA

    IS E SOC

    IAIS

  • REC

    UR

    SOS C

    INC

    IAS N

    AT

    UR

    AIS E SO

    CIA

    IS

    Dirio do Cientista O Dirio do Cientista uma importante ferramenta que deve ser utilizada a

    partir da educao infantil respeitando as especificidades de cada nvel. De acordo

    com vrios especialistas, aprimorar a competncia dos alunos nas diferentes

    modalidades de registro deveria ser uma preocupao constante de todo professor,

    sobretudo daqueles que trabalham com as crianas das sries iniciais, ainda pouco

    familiarizadas com o mtodo cientfico.

    O registro realizado no Dirio do Cientista desenvolve as habilidades de

    comunicar, selecionar e organizar desde hipteses elementares at os conceitos

    mais complexos facilitando a consolidao do conhecimento. Toda atividade de

    registro deve ocorrer num contexto de investigao, em que uma situao-

    problema seja apresentada aos estudantes, possibilitando a relao das prprias

    ideias com os conhecimentos cientficos e do cotidiano com a resoluo da

    problemtica.

    Este registro pode ser realizado de trs maneiras:

    1) Desenhos: registros grficos de experimentos.

    Os desenhos so ideais para registros individuais ou coletivos, principalmente na

    Educao Infantil, onde o professor redige as observaes dos alunos.

    Figura 1: Registro do aluno Francisco, 5 anos.

    2) Textos instrucionais: passo a passo de procedimentos;

    Essa forma de registro apenas contempla o passo a passo da atividade no

    enfatizando as relaes dos conceitos cientficos e conhecimentos empricos. O

    texto de cada aluno deve ser claro o suficiente para que outra pessoa consiga

    reproduzir a experincia orientando-se apenas por eles, afinal so sequncias de

    instrues que, se mal interpretadas, levam a concluses incorretas.

  • Figura 2: Registro do aluno Francisco, 9 anos.

    3) Textos informativos: comunicao das descobertas.

    A partir da aquisio da leitura e da escrita o grupo pode fazer uso individual do

    registro por meio de textos informativos que possibilitaro a comunicao de

    descobertas. Os textos informativos garantem aos alunos uma anlise mais

    profunda da situao-problema apresentada e o resgate da relao do conceito

    cientfico abordado com o cotidiano.

    Para garantir a legitimidade da compreenso das Unidades Didticas de

    Cincias Naturais o ideal seria a utilizao das trs formas de registros (desenho,

    instrues e informaes) conforme a necessidade apresentada no texto-contexto,

    viabilizando assim um aprofundamento dos assuntos abordados.

    Figura 3: Registro do aluno Francisco, 9 anos.

    REC

    UR

    SOS C

    INC

    IAS N

    AT

    UR

    AIS E SO

    CIA

    IS

  • Laboratrio Prtico de Cincias O LABORATRIO PRTICO DE CINCIAS composto de materiais

    importantes para o desenvolvimento de experimentos nas aulas de Cincias

    Naturais.

    Os materiais so de uso permanente para possibilitar a realizao de

    diferentes experincias. Esto organizados em nmero suficiente para contemplar

    atividades em grupos, pois segundo Bizzo (2009, p. 68): [...] sesses planejadas de

    trabalho em grupo, ou mesmo exposies orais diante da classe, so situaes que

    permitem aos alunos organizar suas ideias e compar-las aos dos colegas.

    No conjunto do Laboratrio Prtico de Cincias encontra-se:

    BANDEJ