AURICULOTERAPIA NA MEDICINA CHINESA - .Dos doze Canais de Acupuntura Sistêmica, ... (Maciocia, 2007,

  • View
    233

  • Download
    6

Embed Size (px)

Text of AURICULOTERAPIA NA MEDICINA CHINESA - .Dos doze Canais de Acupuntura Sistêmica, ... (Maciocia,...

  • ESCOLA BRASILEIRA DE MEDICINA CHINESA - EBRAMEC

    CURSO DE FORMAO EM ACUPUNTURA

    ARLETE KAORU TAKAYAMA

    AURICULOTERAPIA NA MEDICINA CHINESA

    SO PAULO

    2016

  • ARLETE KAORU TAKAYAMA

    AURICULOTERAPIA NA MEDICINA CHINESA

    Trabalho de concluso de Curso de Formao em

    Acupuntura apresentado EBRAMEC Escola

    Brasileira de Medicina Chinesa sob orientao do

    Prof. Joo Carlos Felix, Co-Orientador Dr.

    Reginaldo de Carvalho Silva Filho.

    SO PAULO

    2016

  • ARLETE KAORU TAKAYAMA

    AURICULOTERAPIA NA MEDICINA CHINESA

    BANCA EXAMINADORA

    _____________________________________

    _____________________________________

    _____________________________________

    _____________________________________

    Joo Carlos Felix.

    Reginaldo de Carvalho Silva Filho

    _____________________________________

    _____________________________________

    Arlete Kaoru Takayama

    So Paulo, _____ de ___________ de ______.

  • Dedico ao meu esposo Sr. Issamu, aos meus

    filhos Juliana, Patrcia e Augusto e aos meus

    amigos por terem me ajudados nos momentos

    difceis e tambm nas alegrias em que

    passamos ao longo deste curso.

  • Agradeo primeiramente a Deus, a minha

    Famlia, aos meus Amigos que me ajudaram

    no decorrer do curso, ao Prof. Joo Carlos

    Felix e os Mestres e Professores que

    contriburam para a concluso deste Curso de

    Formao de Acupuntura.

  • RESUMO

    A Acupuntura uma das tcnicas teraputicas da MC que se utiliza da insero de agulha

    em locais especficos no corpo humano para tratar doenas, corrigir distrbios no corpo

    energtico, problemas funcionais, orgnicos, musculoesqueltico, emocionais e tratar

    sintomas. Auriculoterapia uma tcnica da Acupuntura, que usa o pavilho auricular para

    efetuar tratamentos. Surge como uma tcnica muito bem vista para os terapeutas, pois

    trata-se de uma terapia sem efeitos colaterais e de baixo custo financeiro e com eficaz

    resultado para o tratamento da dor.As tcnicas e procedimentos da MC visam estimular

    pontos reflexos que tenham a propriedade de restabelecer o equilbrio, alcanando-se,

    assim, resultados teraputicos.

    PALAVRAS-CHAVE: Acupuntura, Auriculoterapia, Medicina Chinesa.

  • ABSTRACT

    Acupuncture is one of the therapeutic techniques of MC that uses needling at specific

    locations in the human body to treat diseases, correct disturbances in the energy body,

    functional problems, organic, musculoskeletal, emotional and treat

    symptoms.Auriculotherapy is a technique of acupuncture, which uses the pinna to perform

    treatments.It appears as a highly regarded technique for therapists because it is a therapy

    without side effects and lower capital cost and with effective results for the treatment of

    pain.The techniques and procedures of MC aim to stimulate reflex points that have the

    property to restore the balance, reaching thus therapeutic results.

    KEYWORDS: Acupuncture, Auriculotherapy, Chinese medicine.

  • SUMRIO

    1 INTRODUO......................................................................................................... 11

    2 FUNDAMENTOS DA AURICULOTERAPIA...................................................... 13

    2.1 Teoria Yin e Yang............................................................................................ 13

    2.2 Teoria dos cinco movimentos........................................................................... 15

    3 MATERIAIS E MTODO....................................................................................... 18

    4 CANAIS E COLATERIAIS (Jing Luo).................................................................. 18

    5 RELAO COM O SISTEMA DE CANAIS E COLATERIAIS........................ 20

    6 ANATOMIA DA ORELHA..................................................................................... 21

    6.1 Diagnstico Auricular....................................................................................... 22

    6.2 Tipo de Materiais utilizados na Auriculoterapia............................................... 24

    7 DISCUSSO.............................................................................................................. 24

    8 CONCLUSO........................................................................................................... 25

    9 REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS.................................................................... 26

  • LISTA DE QUADROS

    Quadro 1 Cinco Movimentos Aplicados Sade.......................................................

    18

  • LISTA DE FIGURAS

    Figura 1 Diagrama Yin e Yang.................................................................................... 14

    Figura 2 Ciclo de Movimentos..................................................................................... 16

    Figura 3 Trs Ciclos e os Cinco Movimentos............................................................. 17

    Figura 4 Anatomia da Orelha....................................................................................... 22

  • 11

    1. INTRODUO

    Muito antes de Hipcrates os sbios chineses do sculo 27 antes da era Crist,

    faziam meno do tratamento auricular atravs de agulhas, associado ao tratamento pela

    Acupuntura Sistmica. A obra clssica da Acupuntura, o livro Hung Ti Nei Ching,

    escrita h mais de 5.000 anos, refere-se que o pavilho auricular um rgo isolado que

    mantm relaes com os demais rgos e regies do corpo atravs do reflexo cerebral.

    (Souza, Marcelo Pereira de, 2007, p.27).

    O desenvolvimento da Auriculoterapia se acentuou mais a partir do 3 sculo da

    nossa era. Em 1572 foi publicada, na China, uma obra sobre Acupuntura, onde se

    mencionavam as relaes entre os Canais da Acupuntura e a orelha, esta considerada como

    centro de reunio dos Canais e onde era mais intensa a relao Canais rgos. A partir

    de ento, os estudos sobre a associao de pontos auriculares com a Acupuntura Sistmica

    foram sendo intensificados pelos sbios orientais, surgindo o sistema de diagnstico por

    observao do pavilho auricular. (Souza, Marcelo Pereira de, 2007 p.27 e 28).

    A localizao e nomenclatura dos pontos foram introduzidos gradativamente,

    medida que eram intensificados os estudos e observaes da relao aurcula-rgos,

    aurcula-funes-orgnicas e aurcula-posies anatmicas do corpo. Esses estudos

    abrangeram um perodo de tempo de 2.900 anos, compreendidos entre o ano 1.200 A.C at

    o ano 1.700 da nossa era. (Souza, Marcelo Pereira de, 2007 p. 28).

    J em tempos mais recentes, por volta de 1950, o mdico francs Paul Nogier deu

    importante contribuio para o uso teraputico do pavilho auricular. Atravs de estudos

    que partiram dos pontos auriculares chineses e da criao de novos mtodos de

    mapeamento e estimulao dos pontos, Nogier estabeleceu a relao do pavilho auricular

    com a figura de um feto na posio invertida, batizou sua descoberta de Auriculoterapia.

    Os estudos de Nogier tambm serviram de base para o desenvolvimento da Auriculoterapia

    na China. Em uma cultura que o bero da Acupuntura, a descoberta da Auriculoterapia

    impulsionou um grande nmero de estudos em diversas universidades e hospitais na China.

    (Neves, Marcos Lisboa, 2009, p. 6 e 7).

    Na dcada de 80, novos passos foram dados nas investigaes sobre

    Auriculoterapia. Em 1982, ficou fundado na China o Grupo Nacional de Trabalho em

    Auriculoterapia, instituindo-se um organismo para o estudo do mtodo. Em novembro de

    1984, em Kun Ming Shao, realizou-se a Assembleia Nacional para o estudo da

    Auriculoterapia e a Crniopuntura. Em 1987, ficou institudo na cidade de Na Hui o Grupo

  • 12

    nacional para a investigao em Auriculoterapia, desenvolvendo-se um Congresso onde

    ficou estabelecido o Mapa Estandardizado dos Pontos Auriculares. Em outubro de 1989,

    celebrou-se em Pequim o Primeiro Congresso Internacional de Auriculoterapia, o qual

    marcou outra etapa mais no desenvolvimento atual desta terapia, tanto na China, como no

    mundo. Em 1991 a professora Huang Lin Chun editou em Pequim um dos tratados mais

    importantes de Auriculoterapia publicados na China intitulado Tratado sobre o Diagnstico

    e Tratamento Atravs dos Pontos Auriculares. (Gonzlez Garcia, Ernesto, 1999, p.260 e

    27).

    Em 1999 Huang Li Chun publica, na Conferncia Mundial de Auriculoterapia,

    um novo mapa posterior dos pontos auriculares, em seus trinta anos de pesquisas, ela pde

    comprovar a eficcia no estmulo dos pontos pelo uso de sementes e a importncia tanto

    dos pontos posteriores no tratamento das disfunes osteomioarticulares como do uso dos

    pontos de rea correspondente para analgesia, alm de ter criado a tcnica das sementes

    duplas. (Neves, Marcos Lisboa, 2009, p.8)

    A pesquisa e o empenho desses profissionais, e de muitos outros que

    contriburam para o desenvolvimento da Auriculoterapia, comprovam a eficcia do que h

    milhares de anos muitos povos como os Chineses, Egpcios, Turcos e mesmo Hipcrates j

    usavam como forma de promover a sade, embora o fizessem de uma forma bastante

    simplificada. (Neves, Marcos Lisboa, 2009, p.8 e 11).

  • 13

    2. FUNDAMENTOS DA AURICULOTERAPIA.

    Em 1973, antroplogos chineses, encontraram nas escavaes, realizadas na

    provncia de Hu Nan, um livro antigo do pe