Click here to load reader

Comp aula04 penal_comp

  • View
    1.311

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Comp aula04 penal_comp

  • 1. DIREITO PENAL CURSO COMPLEMENTAR P/ ICMS-SPCURSOS ON-LINE PROFESSOR JULIO MARQUETI 8- DAS PENAS.O Cdigo Penal, no Ttulo V de sua Parte Geral, trata das penas em espcie.Sabemos que, em respeito ao princpio da legalidade inserto no textoconstitucional ... no h pena sem prvia cominao legal.....No entanto, aqui, no trataremos das penas cominadas (previstas) para cadacrime. Falaremos das espcies de penas prevista no Cdigo Penal. Daremosateno s peculiaridades de cada uma delas.Conceito: Pena a resposta jurdico-penal dada quele que cometeu um ilcitopenal. Tem cunho retributivo, ou seja, objetiva retribuir ao infrator o mal que elefez sociedade.8.1. ESPECIES DE PENA.O Cdigo Penal prev as seguintes penas: 1- Privativa de liberdade; 2- Restritivasde Direitos; e 3- multa. o que est inserto em seu artigo 32, cuja literalidadesegue abaixo.Art. 32 - As penas so:I - privativas de liberdade;II - restritivas de direitos;III - de multa.A Constituio Federal, por sua vez, probe a adoo pena de morte, salvo emcaso de guerra declarada, nos termos do art. 84, XIX; de carter perptuo; detrabalhos forados; de banimento; e cruis.XLVII - no haver penas:a) de morte, salvo em caso de guerra declarada, nostermos do art. 84, XIX;b) de carter perptuo;c) de trabalhos forados;d) de banimento;e) cruis;Como a regra proibitiva contida na Constituio Federal tem qualidade de clusulaptrea, no pode ser modificada nem mesmo por Emenda Constituio, quipor meio de leis infraconstitucionais.Assim, a proibio do inciso XLVII, do artigo 5 da Constituio Federal inarredvel. Observamos, todavia, que, no que tange pena de morte, a letra www.pontodosconcursos.com.br1

2. DIREITO PENAL CURSO COMPLEMENTAR P/ ICMS-SPCURSOS ON-LINE PROFESSOR JULIO MARQUETIconstitucional permite sua adoo em caso de guerra declarada, nos termos doseu artigo 84, XIX. certo que o legislador ordinrio detm um campo absolutamente vasto paratrabalhar, pois, exceto nos casos proibidos pela Constituio Federal, tem amplaliberdade para estabelecer as espcies penas.A ns interessam somente as penas previstas no Cdigo Penal. Assim, nosocuparemos das espcies arroladas no artigo 32 do Cdigo Penal. Trataremos decada uma delas de forma detida.8.1.1. DAS PENAS PRIVATIVAS DE LIBERDADE.As penas privativas de liberdade so aquelas que levam ao encarceramento doindivduo. Tais penas, no Cdigo Penal, so as de recluso e de deteno. Assim,no Cdigo Penal esto previstas como penas privativas de liberdade: a reclusoe a deteno.Na Lei das Contravenes penais (DECRETO-LEI N 3.688/41), por sua vez, h a penade priso simples1. Trata-se de pena privativa de liberdade no prevista noCdigo Penal.Da, conclumos, que o Cdigo Penal no encerra as espcies de penas privativasde liberdade. Cuidaremos, no entanto, das penas privativas de liberdade previstasno Cdigo Penal.No h, nos dizeres de Luiz Regis Prado2, distino ontolgica entre asmodalidades de pena privativa de liberdade. Certo o mestre, uma vez que entre,por exemplo, a deteno e a recluso no h distino que no seja conseqnciajurdica.Observe, para ilustrar, que a pena de recluso pode ser cumprida inicialmente emregime fechado, o que no possvel quando de deteno3. As hipteses de1 Art. 5 As penas principais so:I priso simples.II multa.2Comentrios ao Cdigo Penal Editora RT.3 Recluso e detenoArt. 33 - A pena de recluso deve ser cumprida em regime fechado, semi-abertoou aberto. A de deteno, em regime semi-aberto, ou aberto, salvo necessidadede transferncia a regime fechado.www.pontodosconcursos.com.br2 3. DIREITO PENAL CURSO COMPLEMENTAR P/ ICMS-SP CURSOS ON-LINE PROFESSOR JULIO MARQUETIpriso preventiva, por seu turno, nos crimes de deteno so menos comuns quequando apenados com recluso (artigo 313, I e II do CPP).Portanto, nada, alm de suas conseqncias jurdicas, h de distino entrerecluso e deteno.8.1.1.1. DOS REGIMES DE CUMPRIMENTO DE PENA.Aquele que condenado pena privativa de liberdade, recluso, deteno oupriso simples, dever cumpri-la em regime prisional determinado na sentenacondenatria.Ento, ao Juiz cabe, aps fixar a quantidade e espcie da pena privativa deliberdade, estabelecer o regime de seu cumprimento.Em nosso ordenamento jurdico, h trs regimes de cumprimento de pena. Soeles: o fechado, o semi-aberto e o aberto.Tratando-se de pena de recluso, possvel cumpri-la inicialmente em qualquerum dos regimes previstos. Assim, poder o juiz estabelecer que o condenadodeva iniciar o cumprimento da pena em regime fechado, o mais severo. Mas,dependendo das circunstncias, poder permitir ao condenado o cumprimentoinicial da pena de recluso em regime aberto, o mais brando.No nos interessa, agora, saber de qual critrio se valer o magistrado paraestabelecer o regime prisional. O que nos interessa asseverar que a reclusopermite o cumprimento inicial da pena em todos os regimes, desde o mais severoat o mais brando.A deteno, por seu turno, poder ser cumprida inicial em regime semi-aberto ouaberto. Mas, jamais, desde o seu inicio, em regime fechado. Nada impede,entretanto, que, iniciado o cumprimento da pena em regime semi-aberto, sejalevado ao regime fechado. Deve, a regresso (transferncia para regime maissevero), diante das circunstncias, mostrar-se necessria. Note que o inciojamais em regime fechado.O legislador, em nosso Cdigo Penal, em que pese de forma deficiente, definecada um dos regimes prisionais. o que se depreende da dico das alneas a,b e c do artigo 33 do Cdigo Penal, cuja literalidade se segue. Recluso e deteno Art. 33 - A pena de recluso deve ser cumprida em regime fechado, semi-aberto ou aberto. A de deteno, em regimewww.pontodosconcursos.com.br3 4. DIREITO PENAL CURSO COMPLEMENTAR P/ ICMS-SPCURSOS ON-LINE PROFESSOR JULIO MARQUETIsemi-aberto, ou aberto, salvo necessidade de transfernciaa regime fechado. 1 - Considera-se:a) regime fechado a execuo da pena em estabelecimentode segurana mxima ou mdia;b) regime semi-aberto a execuo da pena em colniaagrcola, industrial ou estabelecimento similar;c) regime aberto a execuo da pena em casa de albergadoou estabelecimento adequado.Para estabelecer o regime inicial de cumprimento de pena, o juiz deverdispensar ateno a requisitos objetivos, como a quantidade da pena fixada, bemcomo a requisitos subjetivos, pessoais do agente, como a reincidncia.Primeiramente, deve o magistrado analisar a pena fixada para, com isso, fazerincidir as regras contidas nas alneas a, b, c do pargrafo 2, do artigo 33,do CP, cuja literalidade segue.Artigo 33 do Cdigo Penal4.4 TER AMAPA ANALISTA JUDICIRIO (JUDICIRIA) 2006 FCC. 46 Quanto s penas, considere :I- Podem iniciar o cumprimento da pena em regime semi-aberto os no-reincidentes condenados pena de recluso superior a 02 anos e no excedentea seis.II- Esto obrigatoriamente sujeitos ao regime fechado, os condenados noreincidentes, cuja pena seja superior a seis anos.III- O condenado no reincidente, cuja pena seja igual ou inferior a quatro anos,poder desde o inicio cumpri-la em regime aberto.IV- Os condenados por crime contra a administrao pblica tero a progressode regime do cumprimento da pena condicionada, dentre outras hipteses, devoluo do produto do ilcito praticado, co os acrscimos legais.Est correto o que se afirma apenas em:A I e IIB- I e IVC- II E IIID- II E IVE- III E IV.Gabarito oficial: E. www.pontodosconcursos.com.br4 5. DIREITO PENAL CURSO COMPLEMENTAR P/ ICMS-SPCURSOS ON-LINE PROFESSOR JULIO MARQUETI 2 - As penas privativas de liberdade devero serexecutadas em forma progressiva, segundo o mrito docondenado, observados os seguintes critrios e ressalvadasas hipteses de transferncia a regime mais rigoroso:a) o condenado a pena superior a 8 (oito) anos devercomear a cumpri-la em regime fechado;b) o condenado no reincidente, cuja pena seja superior a4 (quatro) anos e no exceda a 8 (oito), poder, desde oprincpio, cumpri-la em regime semi-aberto;c) o condenado no reincidente, cuja pena seja igual ouinferior a 4 (quatro) anos, poder, desde o incio, cumpri-laem regime aberto.Observe que o regime inicial de cumprimento de pena ser estabelecido levandoem conta a pena fixada e, eventualmente, o fato de no ser reincidente o agente.Quando a pena superior a 08 anos, o regime de cumprimento de pena ofechado, independentemente de ser reincidente ou no o agente.Nos demais casos, h a necessidade de no ser reincidente para cumprir a penaem regime semi-aberto ou aberto. Caso reincidente, a pena que poderia sercumprida em regime aberto, o ser inicialmente em regime semi-aberto. E, porsua vez, aquela que poderia ser cumprida no regime semi-aberto, o ser, desdeseu incio, em regime fechado.Pergunto: Quem considerado reincidente? Respondo: De acordo com oCdigo Penal, considera-se reincidente aquele que comete novo crime, depois detransitar em julgado por sentena que, no Pas ou no estrangeiro, o tenhacondenado por crime anterior. o que estatui o artigo 63 do Cdigo Penal5 6.5 ReincidnciaArt. 63 - Verifica-se a reincidncia quando o agente comete novo crime, depois detransitar em julgado a sentena que, no Pas ou no estrangeiro, o tenhacondenado por crime anterior.6 EXAME DA OAB ESPIRITO SANTO 2005 (FCC) prova 1.42 Verifica-se a reincidncia quando o agente pratica novo crime depois de :a- oferecida a denncia pela prtica no Pas ou no estrangeiro de crime doloso ouculposo anterior.b- ter sido instaurado inqurito policial pela pratica no Pas ou no estrangeiro decrime doloso ou culposo anterior.c- transitar em julgado a sentena que, no Pas ou no estrangeiro, o tenhacondenado por crime anterior. www.pontodosconcursos.com.br 5 6. DIREITO PENAL CURSO COMPLEMENTAR P/ ICMS-SP CURSOS ON-LINE PROFESSOR JULIO MARQUETINo entanto, a condenao anterior no macular, ad eternum, a vida doindivduo.No ser ele considerado reincidente, em que pese tenha sido condenadoanteriormente em definitivo (transitada em julgado a condenao) quando: 1-entre a data do cumprimento da pena ou da extino da pena at a nova infraodecorrer prazo superior a 05 anos; ou 2- venha a praticar ou tenha praticadocr