Click here to load reader

Curso para utilização do conversor ethernet cs ethernet

  • View
    467

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O conversor CS-Ethernet consiste em uma solução de alto desempenho e baixo custo para conversão do padrão TCP/IP para serial RS232/RS485. De formato adequado para montagem em painéis elétricos de automação industrial, é alojado em gabinete metálico para encaixe em trilho DIN e pode ser alimentado por tensão CC de 10 a 30V. O conversor suporta taxas de comunicação de 300 a 230400 bps nas portas RS232 e RS485, sem necessidade de ajustes. O padrão RS485 permite a comunicação de até 32 dispositivos em distâncias de até 1200 metros.

Text of Curso para utilização do conversor ethernet cs ethernet

  • 1. Observe Pense Solucione CS-EthernetEthernet TCP/IP - MODBUSSerial RS232Serial RS485Produtos Alfacomp Workshop

2. CS-Ethernet - ApresentaoO conversor CS-Ethernet consiste em uma soluo de alto desempenho e baixo custo paraconverso do padro TCP/IP para serial RS232/RS485.De formato adequado para montagem em painis eltricos de automao industrial, alojadoem gabinete metlico para encaixe em trilho DIN e pode ser alimentado por tenso CC de 10 a30V. O conversor suporta taxas de comunicao de 300 a 230400 bps nas portas RS232 eRS485, sem necessidade de ajustes. O padro RS485 permite a comunicao de at 32dispositivos em distncias de at 1200 metros. Produtos Alfacomp Workshop 3. CS-Ethernet Caractersticas TcnicasCaractersticasLeds indicadores Produtos Alfacomp Workshop 4. CS-Ethernet Caractersticas TcnicasRS232RS485 Produtos Alfacomp Workshop 5. CS-Ethernet Funcionalidades1. Controle de fluxo por hardware 1.1. O sinal RTS bloqueia o fluxo de dados vindos do dispositivo serial remoto caso o buffer de recepo serial chegue a 75% da sua capacidade mxima. 1.2. O sinal RTS libera o fluxo de dados do dispositivo serial remoto (previamente bloqueado) caso o buffer de recepo serial esvazie a menos de 50% da capacidade mxima. 1.3. O fluxo de transmisso serial interrompido e reativado de acordo com o sinal CTS enviado pelo dispositivo serial remoto. 1.4. No tem efeito para a interface RS485, mas apenas para RS232.2. Controle de fluxo por software (XON/XOFF). 2.1. Um caractere XOFF (0x13) enviado bloqueando o fluxo de dados vindos do dispositivo serial remoto caso o buffer de recepo serial chegue a 75% da sua capacidade mxima. 2.2. Um caractere XON (0x11) enviado liberando o fluxo de dados vindos do dispositivo serial remoto (previamente bloqueado) caso o buffer de recepo serial esvazie a menos de 50% da capacidade mxima. 2.3. O fluxo de transmisso serial interrompido caso seja recebido um caractere XOFF (0x13) vindo do dispositivo serial remoto. 2.4. O fluxo de transmisso serial reativado caso seja recebido um caractere XON (0x11) vindo do dispositivo serial remoto. 2.5. Vlido apenas para casos em que os dados transacionados no contm estes caracteres especiais (tipicamente dados em ASCII). 2.6. No vlido quando o modo MODBUS est ativado. Produtos Alfacomp Workshop 6. CS-Ethernet Funcionalidades3. Comunicao UDP 3.1. Um socket UDP pode ser configurado na pgina HTML e a porta na qual se esperam os datagramas tambm pode ser escolhida. 3.2. Os dados recebidos so enviados atravs da porta serial. 3.3. As respostas recebidas atravs da porta serial sero retornadas para o ltimo endereo (IP + porta) do qual dados foram recebidos.4. Multi-socket 4.1. At quatro conexes TCP/IP simultneas podem ser estabelecidas com o conversor. 4.2. Quando mais de uma conexo estiver estabelecida existem duas formas de compartilhamento da porta serial: com broadcast e sem broadcast. 4.2.1. No caso em que o modo broadcast estar ativado, os dados recebidos na porta serial so enviados para todos os sockets TCP conectados. 4.2.2. No caso em que o modo broadcast estar desativado, os dados recebidos na porta serial sero enviados apenas para o ultimo socket do qual o conversor recebeu dados. 4.3. Na transmisso de dados no sentido ethernet para a porta serial o ltimo socket que utilizou a porta serial fica sendo o dono exclusivo da transmisso por at aproximadamente 62ms aps o trmino da troca de dados. Depois deste tempo dada a chance para o prximo socket conectado transmitir. 4.4. Mesmo com vrios sockets TCP conectados, a porta UDP pode ser utilizada. Ela continua funcionando independentemente e utiliza-se das mesmas regras e temporizaes citadas acima para o compartilhamento da porta serial. 4.5. O modo MODBUS no suporta mltiplos sockets TCP pela prpria caracterstica do protocolo de permitir apenas um mestre no lado RTU.Produtos Alfacomp Workshop 7. CS-Ethernet Funcionalidades5. MODBUS 5.1. No modo MODBUS a porta TCP de comunicao fixada em 502. 5.2. Os pacotes que chegam do lado ethernet so supostos como pacotes do tipo MODBUS/TCP. Eles so convertidos para MODBUS RTU e posteriormente envidados na porta serial. 5.3. Os pacotes que chegam do lado serial so supostos como pacotes do tipo MODBUS RTU. Estes so convertidos para MODBUS/TCP e posteriormente envidados para a Ethernet. 5.4. Os dados comuns aos dois protocolos so copiados de um lado para o outro de forma transparente, ou seja, inalterados. 5.5. O controle de fluxo por hardware gerado e tambm obedecido caso o meio fsico seja RS232. 5.6. O controle de fluxo por software no permitido com MODBUS ativo 5.7. A porta UDP fica desabilitada com o MODBUS ativo. 5.8. Apenas uma nica conexo TCP deve ser usada com o MODBUS ativo. 5.9. O MODBUS pressupe que o lado serial do conversor se comportar como o mestre da rede MODBUS RTU, ou seja, o conversor faz o papel de um gateway entre um supervisrio MODBUS/TCP e os dispositivos MODBUS RTU.Produtos Alfacomp Workshop 8. CS-Ethernet Funcionalidades6. Modo Cliente x Modo Servidor 6.1. Quando o modo servidor est ativo o conversor aguarda por conexes TCP vindas de clientes remotos na porta selecionada. 6.2. Quando o modo cliente est habilitado, o conversor tenta ativamente conectar-se a um servidor TCP remoto. 6.3. Os modos cliente e servidor podem ser simultaneamente utilizados, porm na chegada da primeira requisio de conexo recebida no modo servidor qualquer conexo que esteja previamente estabelecida no modo cliente imediatamente derrubada. 6.4. O modo cliente no pode ser usado quando o MODBUS estiver ativado.Produtos Alfacomp Workshop 9. CS-Ethernet - Configurao Software Ethernet Discoverer Placa de rede LAN com IP fixo Demais conexes de rede desabilitadasAps localizar o conversor na rede e resolver os conflitos de IP, com um duplo clique no conversor escolhido a janela de configurao abrir no navegador padro do sistema.Produtos Alfacomp Workshop 10. CS-Ethernet - ConfiguraoPara alterar as configuraesdo conversor, necessrio realizar ologin.-Usurio padro: admin-Senha padro: admin Produtos Alfacomp Workshop 11. CS-Ethernet - ConfiguraoServe para alterar usurios e senhas do configurador. Produtos Alfacomp Workshop 12. CS-Ethernet - Configurao Habilitar DHCP Habilite este campo para utilizar ingressar em redes que tenham servidor. DHCP (IP dinmico). Para usar IP fixo desabilite este campo. MODBUS/TCP Habilitao modode comunicao MODBUS/TCP. Porta de comunicao fixada em 502. BROADCAST Compartilhamento da porta serial. Mximo 4 conexes. UDP Protocolo de velocidade maior mas sem confirmao de entrega dos pacotes. MODO SERVIDOR Aguarda conexes de clientes TCP pela porta escolhida. MODO CLIENTE Destina os dados ao IP e porta configurados.Produtos Alfacomp Workshop 13. CS-Ethernet - ConfiguraoServe para alterar usurios e senhas do configurador.Produtos Alfacomp Workshop 14. ALFACOMP AUTOMAO INDUSTRIAL LTDA. Rua Visconde do Herval, 1195 Azenha Porto Alegre - RSFone: +55 51 3029-7161 [email protected] www.alfacomp.ind.brOBRIGADO A TODOSProdutos Alfacomp Workshop

Search related