DA ÁFRICA AO BRASIL: À CONSTRUÇÃO CULTURAL DE .DA ÁFRICA AO BRASIL: À CONSTRUÇÃO CULTURAL

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of DA ÁFRICA AO BRASIL: À CONSTRUÇÃO CULTURAL DE .DA ÁFRICA AO BRASIL: À CONSTRUÇÃO CULTURAL

  • DA FRICA AO BRASIL: CONSTRUO CULTURAL DE UMA NAO

    Voc conhece a origem da nossa cultura?De onde voc acha que ela vem: Europa, Japo, frica?Se voc respondeu todos, acertou, pois nossa cultura recebe

    influncia de diversos lugares, inclusive da frica.Convidamos voc, agora, a conhecer um pouco da cultura e da arte

    africana no Brasil. E para iniciar assistiremos a animao A Cultura Aproxima do Grupo Cultural Afroreggae, disponvel no site http://www.youtube.com/watch?v=Ez7elN352wY:

    Qual a mensagem principal contida na animao? Qual o significado social da frase a cultura aproxima? Existe influncia afro no Brasil? E voc...O que pensa ? A cultura aproxima ou no?

    A frica e a Amrica j foram um nico continente.Uma verdade ou apenas uma hiptese?

    A idia de que a milhes de anos, o Brasil estaria geograficamente ligado ao continente africano tem sentido e pode ser verdadeira, pois a terra era um enorme continente e seu nome Pangia (do grego terra total). Voc j imaginou como era o mundo h milhes de anos atrs? Pois era bem diferente do que hoje. Quando olhamos para o globo, vemos cada continente ocupando sua posio de sempre, formando um desenho que j conhecemos muito bem. E se cada continente fosse uma

    1

    http://www.youtube.com/watch?v=Ez7elN352wY

  • pea de um quebra-cabea, ser que conseguiramos mont-lo, formando um nico e enorme pedao de terra? A hiptese de que tenha havido este desmembramento da grande massa de terra, separando os dois continentes (africano e americano), deve ser mesmo verdadeira, pois j se passaram tanto tempo e ainda no foi descartada. Ser que por isso que apresentamos tantas influncias da Me frica?.

    Ser mesmo que a frica est to longe de ns, ou apenas uma questo de quilmetros?

    No incio do sculo XX o cientista alemo Alfred Wegener, identificou pontos de encaixe entre os continentes e, em 1912, props a teoria da DERIVA CONTINENTAL, defendendo a idia de que o comeo do planeta era apenas um continente, a Pangia, que foi se dividindo aos poucos em vrios blocos, influenciados pelas placas tectnicas e que foram se deslocando lentamente percorrendo milhares de quilmetros at se transformar no planeta Terra na configurao que conhecemos hoje. Como prova disso, o cientista apontou uma srie de semelhanas entre a costa da frica e da Amrica do Sul: o relevo das duas regies se completava, como se tivessem sido formada juntas e depois se separado e, apesar de haver um oceano entre os dois continentes, foram encontrados fsseis de animais e plantas da mesma espcie.

    Existem, portanto, muitas evidncias de que esta teoria seja verdadeira. somente o desenvolvimento da cincia ao longo do tempo, capaz de um dia comprovar esta hiptese.

    2

    Curiosidade...Voc pode visualizar o desenvolvimento deste processo de desmembramento, dos dois continentes (hiptese levantada pelo cientista alemo Alfred Wegener) na animao denominada Diviso-Pangia no site: http://br.youtube.com/watch?v=GWgwIl4Jr3M&NR=1

    http://br.youtube.com/watch?v=GWgwIl4Jr3M&NR=1

  • Entretanto, aps milhes de anos, havendo ou no a separao geogrfica dos dois continentes, o curso da histria encarregou-se de reaproxim-los, unindo essas duas culturas: africana e brasileira, apesar do oceano existente entre elas.

    Sabemos que a descoberta e colonizao das terras brasileiras ficaram a cargo dos europeus a partir do ano de 1.500. E assim, a formao tnica brasileira no poderia ser mais diversa. Alm dos portugueses, aqui recebemos tambm povos de outros pontos da Europa, como, espanhis, holandeses, alemes, italianos, poloneses, etc. Desse modo, faz com que miscigenao tnica de nossa formao seja um ba de tesouros, cada povo contribuindo com seus saberes e tradies.

    Mas afinal qual a influncia dos africanos na nossa cultura, especialmente no que se refere arte?

    bastante comum, termos por hbito valorizar as heranas culturais europias em nosso pas, deixando de lado ou simplesmente ignorando a importncia da cultura africana em nosso meio.

    Por que razo voc acha que isso acontece?

    Atividades:

    1- Estamos no sculo XXl, mas ser que existe preconceito de ordem racial em nosso pas.2- Em sua opinio o que podemos fazer para superar este problema?3- Promova um debate com seus colegas e discutam sobre questes que regulamentam a lei de cotas para negros nas universidades brasileiras.4- Atualmente, os bens culturais e econmicos, o acesso educao, o direito sade e moradia, fazem parte da vida de todos os brasileiros?

    3

  • Da frica ao Brasil.... Como foi difcil chegar at aqui...

    Milhes de africanos foram tirados de suas terras para uma viagem incerta e perigosa. A viagem da frica para o Brasil era uma verdadeira tragdia para os negros. Eles eram transportados durante meses nos pores dos navios negreiros, aproximadamente metade deles morria durante o percurso, pela fome, doenas e at mesmo por tristezas e angstias.

    Depois de uma dura travessia pelo oceano Atlntico, os negros que conseguiram chegar at aqui eram vendidos como mercadorias e foram obrigados a mudar sua maneira de viver, submetidos a um duro regime de trabalho. E aqueles que resistiram, adaptaram seus costumes e suas tradies ao novo ambiente, o Brasil, misturando-se aos povos que aqui encontravam, esses negros deram origem a uma mestiagem, construram uma nova identidade e nos legaram o que hoje chamamos de cultura afro-brasileira. Mas, outros tantos preferiram a morte escravido.

    Em 1888 o Brasil aboliu a escravatura, tendo como fator determinante a presso externa exercida pela Inglaterra, pois o Brasil era o nico pas americano que mantinha o regime de escravatura. Com o fim da escravatura eles se tornaram cidados, homens livres, e, por conseqncia, ficaram sem terra e sem trabalho, ou seja, sem nenhuma perspectiva de melhoria de condies de vida. Alm disso, os negros se tornaram suscetveis marginalidade social; viviam pelas ruas das cidades, e os que se encontravam nos campos foram substitudos pelos imigrantes europeus no trabalho da colheita do caf.

    Conhecendo mais sobre o assunto...

    O que voc sabe sobre a histria dos negros no Brasil?Voc sabia que esta histria foi contada tambm atravs de poesias,

    pinturas, desenhos e retratos da vida cotidiana dos negros, por alguns artistas que vieram da Europa para o Brasil e por alguns brasileiros tambm?

    4

  • Entre eles podemos destacar Johan Moritz Rugendas e Antonio de Castro Alves que em suas obras nos mostram a influncia da cultura africana e a vida dura que os negros tiveram que suportar para sobreviver.

    O trecho abaixo faz parte do poema Navio Negreiro de Castro Alves, talvez o mais famoso do poeta baiano.

    Era um sonho dantesco... o tombadilho/Que das luzernas avermelha o brilho./Em sangue a se banhar./Tinir de ferros...estalar de aoite.../Legies de homens negros como a noite,/Horrendos a danar.../Negras mulheres, suspendendo s tetas/Magras crianas, cujas bocas pretas/Rega o sangue das mes:/Outras moas, mas nuas e espantadas,/No turbilho de espectros arrastadas,/Em nsia e mgoa vs!/E ri-se a orquestra irnica, estridente... http://portal.mec.gov.br

    Lindo, no?

    Em sua obra Navio Negreiro, Rugendas mostra o sofrimento dos negros africanos no poro de um navio:

    http://retaguarda.obrabonifacio.com.br/midias/imagens/44ec4bb913665113.jpg

    5

    Antonio de Castro Alves nasceu em Muritiba (BA), em 1847, e morreu em Salvador, em 1871. Era filho do mdico Antnio Jos Alves e de Cllia Braslia da Silva Castro, morta quando o poeta tinha 12 anos. Em 1866, perdeu o pai. Em 1868, durante uma caada, com um tiro acidental de espingarda, feriu-se no p esquerdo, que foi amputado no Rio, em 1869. De volta Bahia, passou grande parte do ano de 1870 em fazendas de parentes, numa tentativa de recuperar a sade, comprometida pela tuberculose. Morreu aos 24 anos, sem acabar o

    RugendasO Navio Negreiro35,5 x 51,3 cmLitografia (colorida a mo)

    Johan Moritz Rugendas (1802-1858), pintor alemo de cenas brasileiras, nasceu em Augsburg e faleceu em Weilheim. Viajou pelo pas todo a fim de coletar material para pinturas e desenhos, registrou povos e costumes, sua temtica era predominantemente paisagstica e de representao do cotidiano. Deixou desenhos com grafite e bico-de-pena, estudos de plantas, ndios, negros, retratos, paisagens em geral.

    http://retaguarda.obrabonifacio.com.br/midias/imagens/44ec4bb913665113.jpghttp://portal.mec.gov.br/

  • Atividades:

    1- Existe uma relao entre a pintura de Rugendas e o poema de Castro Alves? Que relao essa?2 Considerando a condio do negro na atual sociedade brasileira, tente imaginar como Rugendas representaria hoje esse tema atravs da pintura. Aps esta considerao faa voc mesmo esta representao atravs de uma composio plstica, depois ento escreva um poema interpretando sua composio.

    A mo negra na arte brasileira

    Ao longo da histria, os africanos e seus descendentes desempenharam um importante e relevante papel na formao da rica e variada produo artstica brasileira, principalmente no que se refere s artes visuais.

    A grande influncia da origem africana no Brasil, conservada at os dias de hoje, teve por conseqncia o aparecimento de uma srie de artistas populares realizando obras em que as tendncias estticas do negro so predominantes, essa influncia apresenta papel importante na formao da arte e do esprito do povo brasileiro.

    A vinda para o Brasil de grande massa de negros em condies particulares de sua existncia, permitiu a conservao de tcnicas ligadas aos cultos religiosos de origem africana.