DIREITO CIVIL IV Pagamento Indireto. PagamentoemConsignação

Embed Size (px)

Text of DIREITO CIVIL IV Pagamento Indireto. PagamentoemConsignação

  • Slide 1
  • DIREITO CIVIL IV Pagamento Indireto
  • Slide 2
  • PagamentoemConsignao
  • Slide 3
  • Pagamento em Consignao ORIGEM: Direito Romano Clssico Direito Ps-Clssico
  • Slide 4
  • Pagamento em Consignao CONCEITO: Surge como forma anormal e forada de cumprimento da prestao. Consignar: Tornar conhecido, Pr em depsito.
  • Slide 5
  • Pagamento em Consignao Consignao Judicial Consignao Extrajudicial Natureza Jurdica (Direito Civil e Processual) Art.: 334 do CC
  • Slide 6
  • Pagamento em Consignao Casos Legais de Consignao Motivos legais de propositura da ao de consignao em pagamento. Art.: 335 do CC
  • Slide 7
  • Pagamento em Consignao Art.: 335, I do CC Se o credor no puder, ou, sem justa causa, recusar receber o pagamento, ou dar quitao na devida forma; Arts.: 304, 319 e 320 do CC
  • Slide 8
  • Pagamento em Consignao Aumento da Prestao Dvida Portvel Prestao Subsequente
  • Slide 9
  • Pagamento em Consignao Art.: 335, II do CC Se o credor no for, nem mandar receber a coisa no lugar, tempo e condio devidos; Arts.: 327 e 341 do CC
  • Slide 10
  • Pagamento em Consignao Art.: 335, III do CC Se o credor for incapaz de receber, for desconhecido, declarado ausente, ou residir em lugar incerto ou de acesso perigoso ou difcil; Art.: 22 do CC
  • Slide 11
  • Pagamento em Consignao Art.: 335, IV do CC Se ocorrer dvida sobre quem deva legitimamente receber o objeto do pagamento; Arts.: 344 e 345 do CC, e 895 e 898 do CPC
  • Slide 12
  • Pagamento em Consignao Art.: 335, V do CC Se pender litgio sobre o objeto do Pagamento; Arts: 345 do CC / 672 Pargrafo 2 CPC. Obs Obs: 341 e 342 do CC
  • Slide 13
  • Pagamento em Consignao A Consignao dever ser: Livre, Completa e Real.
  • Slide 14
  • Pagamento em Consignao Art.: 336 do CC REQUISITOS SUBJETIVOS: 1) Deve ser dirigida contra pessoa capaz de exigir o adimplemento, Art.: 308 do CC 2) O pagamento deve ser feito por pessoa capaz de pagar.
  • Slide 15
  • Pagamento em Consignao REQUISITOS OBJETIVOS: 1) Exista um dbito lquido e certo, 2) Compreenda a totalidade da prestao devida. Art.: 314 do CC
  • Slide 16
  • Pagamento em Consignao 3) Expirado o termo convencionado em favor do credor, ou a qualquer tempo se o prazo for a favor do devedor. 4) Modo. 5) Local convencionado. Art.: 337 do CC e Art.: 891 do CPC
  • Slide 17
  • Pagamento em Consignao DIREITO A LEVANTAR O DEPSITO 1) Antes da aceitao ou impugnao do depsito. Art.: 338 do CC *Eficcia ex tunc, ressurge a obrigao. 2) Depois da aceitao do depsito ou da contestao da lide pelo credor. Art.: 340 do CC
  • Slide 18
  • Pagamento em Consignao 3) Aps a sentena que julgou procedente a ao de consignao, se o credor consentir, de acordo com os outros codevedores, sendo a obrigao solidria ou indivisvel, e fiadores. Art.: 339 do CC
  • Slide 19
  • Pagamento em Consignao PROCESSO DE CONSIGNAO Pagamento por consignao: casos previstos em lei. Devedor pode requerer a consignao da quantia ou da coisa devida. Petio inicial: Citao do ru.
  • Slide 20
  • Pagamento em Consignao CONTESTAO Prazo de 15 dias. Pode o ru alegar: Que no houve recusa ou mora; justa recusa; depsito no ocorreu no prazo ou lugar do pagamento; depsito no integral.
  • Slide 21
  • Pagamento em Consignao DESPESAS COM O DEPSITO Procedente: por conta do credor. Improcedente: por conta do devedor.
  • Slide 22
  • Pagamento em Consignao EFEITOS DO DEPSITO JUDICIAL Procedente: Exonera o devedor; Credor em mora; Cessa juros da dvida e riscos da coisa; Riscos da coisa para o credor; Libera Fiadores e Ressarcimento dos danos: reembolso de despesas, pagamento de custas e honorrios.
  • Slide 23
  • Pagamento em Consignao Improcedente: Mora do devedor; Despesas processuais e Continua como estava.
  • Slide 24
  • Pagamento em Consignao CONSIGNAO EXTRAJUDICIAL Procedimento judicial e extrajudicial (diferenas) Vantagens da consignao extrajudicial Art.: 890 do CC
  • Slide 25
  • Pagamento em Consignao Lei n 8.951, de 13 de dezembro de 1994 Extinguiu a audincia de oblao. Acrescentou pargrafos ao mencionado artigo. Facultando o deposito extrajudicial, em estabelecimento bancrio oficial, onde houver, quando se tratar de pagamento em dinheiro, faculdade essa tambm mencionada no artigo 334 do CC.
  • Slide 26
  • Pagamento em Consignao DEPSITO EXTRAJUDICIAL Art.: 334 do CC S pode ser adotado quando se tratar de obrigao em dinheiro Problemtica da redao do pargrafo primeiro do artigo 890 do CPC
  • Slide 27
  • Pagamento em Consignao Luiz Rodrigues Wambier ensina que O depsito pode ser feito em qualquer estabelecimento da rede bancria do Pas, pois o texto legal deve assim ser entendido: em estabelecimento bancrio, oficial onde houver, situado....
  • Slide 28
  • Pagamento em Consignao Um pouco sobre a ao de consignao: Essa ao considerada ao de natureza declaratria, podendo ser ajuizada tambm quando houver dvida sobre o exato valor da obrigao. Sendo a Dvida de Natureza Portvel deve ser proposta no foro do lugar do pagamento (Art. 337 do CC e 891, caput do CPC) que o do domiclio do credor-ru, ou no foro de eleio ( Art. 327 do CC e 111 do CPC)
  • Slide 29
  • Pagamento em Consignao Se a Dvida for Quesvel o foro competente o do domiclio do autor- devedor. Por fim, competente ser o foro onde se encontra a coisa certa objeto da prestao devida ( Art. 891, pargrafo nico do CPC)
  • Slide 30
  • Pagamento em Consignao Procedimento da consignao extrajudicial: Consignar o pagamento do quantum devido em estabelecimento bancrio Cientificao do credor por carta com aviso de recepo ou de recebimento (AR) Prazo de 10 dias para manifestao de recusa. O credor tem trs possibilidades a seguir a) aceitar o depsito; b) permanecer inerte e c) declarar expressamente sua recusa.
  • Slide 31
  • Pagamento em Consignao Procedimento da consignao extrajudicial: Se o credor recusar, o devedor ter 30 dias para ajuizar ao de consignao em pagamento. A petio inicial deve estar instruda, com a prova do depsito e da recusa do credor. Art. 890, 3 do CC. Se o devedor no propor a ao em 30 dias? O depsito ineficaz e o devedor poder levantar o deposito mediante liberao feita pelo banco, do valor. Restabelecera ento o estado anterior efetivao do deposito extrajudicial: o dbito ficar aberto e o credor insatisfeito.
  • Slide 32
  • Pagamento em Consignao Por fim as palavras de lvaro Villaa Azevedo : Se o depsito em estabelecimento bancrio, sendo a obrigao pecuniria, no surtir efeito, o devedor, ou interessado, que quiser pagar a dvida, dever socorrer-se do depsito judicial, o mesmo ocorrendo se a dvida no constituir na entrega de dinheiro.
  • Slide 33
  • Pagamento em Consignao JURISPRUDNCIA