of 50 /50
Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Eletrocardiografia Inicial

Eletrocardiografia Inicial

DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA

DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA

Prof. Samir Idaló Júnior

Page 2: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

40

20

0

-20

-40

-60

-80

-100

Na+

0

12

3

4

limiar

Ca++K+

K+

K+

K+

Na+

ATP

REPOLARIZAÇÃO

PRR

PRE

PRT

PSN

mV

Potencial de Ação

P T

Page 3: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

ECGP

QRS

T

1 mV

Repolarização ventriculosDespolarização ventriculos

Despolarização dos atrios

FIBRA ENDOCÁRDICA

FIBRAATRIAL

Page 4: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

DERIVAÇÕES PERIFÉRICAS

D1

D2

D3

Perna Esq

Braço Dir Braço Esq

Standartização

Derivação bipolar Derivação unipolar

Page 5: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Vetores

Page 6: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

• Derivações dos membros– D1: braço direito e braço esquerdo– D2: braço direito e pé– D3: braço esquerdo e pé – aVR: eletrodo explorador no braço direito– aVL: eletrodo explorador no braço esquerdo– aVF: eletrodo explorador no pé

• Derivações dos membros– D1: braço direito e braço esquerdo– D2: braço direito e pé– D3: braço esquerdo e pé – aVR: eletrodo explorador no braço direito– aVL: eletrodo explorador no braço esquerdo– aVF: eletrodo explorador no pé

BD BE

D1 D2 D3aVR aVL aVF

Page 7: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

• Derivações precordiais– V1: 4o. EID– V2: 4o. EIE– V3: entre V2 e V4– V4: 5o. EIE e linha hemi-clavicular esquerda– V5: 5o. EIE e linha axilar anterior– V6: 5o. EIE e linha axilar média

• Derivações precordiais– V1: 4o. EID– V2: 4o. EIE– V3: entre V2 e V4– V4: 5o. EIE e linha hemi-clavicular esquerda– V5: 5o. EIE e linha axilar anterior– V6: 5o. EIE e linha axilar média

BD BE

V1 V2 V3 V4 V5 V6

Page 8: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

ECG

Page 9: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

D1

aVF

D1 D1

D1D1

D1

D1

aVF

aVF

aVF

aVFaVF

aVF

0º180º

- 90º

+90ºavRavL

avRavL

Page 10: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

1mm = 0.04s

1mm = 0.1mv

Int.PR

P

Intervalo QT Velocidade papel

QRS

Ondas e IntervalosOndas e Intervalos

QS

R

T

0,1 mV =1mm

0,04 s = 1mm

Seg PR Seg QT

Page 11: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

O Eixo QRS O Eixo QRS Por consenso o eixo normal do QRS é definido entre - 30° a +90°

-30° a -90° é referido como eixo desviado para a esquerda (DEE)

+90° to +180° é referido como eixo desviado para direita (DED)

DED

DEE

Eixo Normal

Eixo Intermediário

Page 12: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Anatomia e FisiologiaAnatomia e Fisiologia

Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology

Page 13: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Anatomia e FisiologiaAnatomia e Fisiologia

Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology

Page 14: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Anatomia e FisiologiaAnatomia e Fisiologia

Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology

Page 15: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Anatomia e FisiologiaAnatomia e Fisiologia

Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology

Page 16: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Anatomia e FisiologiaAnatomia e Fisiologia

Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology

Page 17: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Anatomia e FisiologiaAnatomia e Fisiologia

Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology

Page 18: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Anatomia e FisiologiaAnatomia e Fisiologia

Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology

Page 19: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Anatomia e FisiologiaAnatomia e Fisiologia

Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology

Page 20: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Anatomia e FisiologiaAnatomia e Fisiologia

Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology

Page 21: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Anatomia e FisiologiaAnatomia e Fisiologia

Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology

Page 22: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

0,20s

0,5mV

0,04s

0,1mV

25mm/seg

HEINISCH, RH

Page 23: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

ONDA PONDA P

• Duração– em D2, de 0,10 segundos

• Morfologia– arredondada, monofásica, pequenos

entalhes; na taquicardia, pontiaguda• Amplitude

– em D2, de 2,5 mm• Polaridade

– Positiva em D1, D2 e D3; Neg. em aVR

• Duração– em D2, de 0,10 segundos

• Morfologia– arredondada, monofásica, pequenos

entalhes; na taquicardia, pontiaguda• Amplitude

– em D2, de 2,5 mm• Polaridade

– Positiva em D1, D2 e D3; Neg. em aVRHEINISCH, RH

Page 24: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Complexo QRSComplexo QRS

• Duração– de 0,05 a 0,10 segundos

• Morfologia– R, rS, rSr’, Q, qR, qRs; de V1 a V6

• Polaridade– orientação do vetor SÂQRS

• Duração– de 0,05 a 0,10 segundos

• Morfologia– R, rS, rSr’, Q, qR, qRs; de V1 a V6

• Polaridade– orientação do vetor SÂQRS

HEINISCH, RH

Page 25: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Segmento STSegmento ST

• É o intervalo entre o fim do complexo QRS (ponto J) e o início da onda T– é isoelétrico, desnivelamento < 1mm– segmento PR: linha isoelétrica

• É o intervalo entre o fim do complexo QRS (ponto J) e o início da onda T– é isoelétrico, desnivelamento < 1mm– segmento PR: linha isoelétrica

HEINISCH, RH

Page 26: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

ONDA TONDA T

• Duração– a medida está incluída no intervalo QT

• Morfologia– é arredondada e assimétrica, a primeira porção é

mais lenta• Amplitude

– menor do que a amplitude do QRS• Polaridade

– positiva na maioria das derivações, exceções: D3, aVR, V1 e crianças (V1-3)

• Duração– a medida está incluída no intervalo QT

• Morfologia– é arredondada e assimétrica, a primeira porção é

mais lenta• Amplitude

– menor do que a amplitude do QRS• Polaridade

– positiva na maioria das derivações, exceções: D3, aVR, V1 e crianças (V1-3)

HEINISCH, RH

Page 27: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Intervalo Q-TIntervalo Q-T

• Duração– entre o início do QRS e o fim da onda T– derivações V2 e V3– normal: 0,30-0,46 seg.

Fórmula de Bazett (Q-Tc)

Q-Tc = Q-T medido/ R-R

• Duração– entre o início do QRS e o fim da onda T– derivações V2 e V3– normal: 0,30-0,46 seg.

Fórmula de Bazett (Q-Tc)

Q-Tc = Q-T medido/ R-R

HEINISCH, RH

R-R’

QTm

Q-Tc = 0,40 / 0,84

Q-Tc = 0,40/ 0,91 = 0,44 seg

Page 28: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Rotina de interpretaçãoRotina de interpretação• Identificar as derivações• Analisar a onda P - RITMO• Eixo• Freqüência cardíaca• Sobrecargas• Intervalo PR – bloqueios AV• Complexo QRS – bloqueios ramo• Segmento ST• Onda T e intervalo QT

• Identificar as derivações• Analisar a onda P - RITMO• Eixo• Freqüência cardíaca• Sobrecargas• Intervalo PR – bloqueios AV• Complexo QRS – bloqueios ramo• Segmento ST• Onda T e intervalo QT

HEINISCH, RH

Page 29: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Ritmo SinusalRitmo Sinusal

Diagnóstico Eletrocardiográfico

• Ondas P precedendo cada QRS• Enlace A/V• Ritmo regular (intervalos

regulares entre os QRS)• Freqüência entre 60 e 100 bpm

Diagnóstico Eletrocardiográfico

• Ondas P precedendo cada QRS• Enlace A/V• Ritmo regular (intervalos

regulares entre os QRS)• Freqüência entre 60 e 100 bpm

°

Page 30: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Taquicardia SinusalTaquicardia Sinusal

Diagnóstico Eletrocardiográfico

• Freqüência acima de 100 bpm• Ritmo regular• Enlace A/V

Diagnóstico Eletrocardiográfico

• Freqüência acima de 100 bpm• Ritmo regular• Enlace A/V

Page 31: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Bradicardia SinusalBradicardia Sinusal

Diagnóstico Eletrocardiográfico

• Freqüência cardíaca abaixo de 60 bpm

• Ritmo regular• Enlace A/V

Diagnóstico Eletrocardiográfico

• Freqüência cardíaca abaixo de 60 bpm

• Ritmo regular• Enlace A/V

Page 32: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Regra dos 300Regra dos 300

• Pegar o número dos “ boxes grandes” entre os complexos QRS;• Divida por 300 este número; • Resultado pode ser aproximadamente igual a FC; • Este método somente pode ser usado para rítmo regular.

• Pegar o número dos “ boxes grandes” entre os complexos QRS;• Divida por 300 este número; • Resultado pode ser aproximadamente igual a FC; • Este método somente pode ser usado para rítmo regular.

Page 33: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Qual é a FC?Qual é a FC?

(300 / 6) = 50 bpm

Page 34: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Qual é a FC?Qual é a FC?

(300 / ~ 4) = ~ 75 bpm

Page 35: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Qual é a FC?Qual é a FC?

(300 / 1.5) = 200 bpm

Page 36: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

A Regra dos 300A Regra dos 300

É fácil memorizar a tabela abaixo:É fácil memorizar a tabela abaixo:

# box grande FC

1 300

2 150

3 100

4 75

5 60

6 50

Page 37: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Regra dos 10 Segundos Regra dos 10 Segundos

• A maioria dos ECGs imprimem 10 segundos do ritmo por página;• Conta - se o número de batimentos presentes no ECG e multiplica por 6 para obter o número de batimentos por 60 segundos.Este método é bom para ritmos irregulares.

• A maioria dos ECGs imprimem 10 segundos do ritmo por página;• Conta - se o número de batimentos presentes no ECG e multiplica por 6 para obter o número de batimentos por 60 segundos.Este método é bom para ritmos irregulares.

Page 38: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Qual é a FC?Qual é a FC?

33 x 6 = 198 bpm

The Alan E. Lindsay ECG Learning Center ; http://medstat.med.utah.edu/kw/ecg/

Page 39: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Regra dos 1500Regra dos 1500

• Divide 1500 pelo número de quadradinhos entre 2 intervalos RR

• Divide 1500 pelo número de quadradinhos entre 2 intervalos RR

Page 40: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

1500/21 = 72

Page 41: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

O Eixo QRSO Eixo QRS

• O eixo QRS representa no geral a direção da atividade eletrica do coração.

• Anormalidades do eixo pode dar a dica de:

1. Aumento Ventricular 2. Bloqueios na condução

( hemibloqueio)

• O eixo QRS representa no geral a direção da atividade eletrica do coração.

• Anormalidades do eixo pode dar a dica de:

1. Aumento Ventricular 2. Bloqueios na condução

( hemibloqueio)

Page 42: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

INTERVALO QT

Page 43: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

8 – 16 anos  Eixo QRS em torno de +60, variando de 0 a +90  Progressão do QRS para adulto Alta voltagem precordial , R em derivações esquerdas maior que em adulto  Ponto J elevado  Ondas T variavel. Pode estar aumentada em V1-V4

Example: 15 year old male

Exemplo: 15 anos

Ritmo Sinusal. F.C. 75-80. Eixo 0  PR 0.18. QRS 0.08. QT 0.38/0.43  Eixo a esquerda. Altas Voltagens precordiais   Ponto J elevado V2-V4 = Repolarização precoce. 

Adulto  Eixo QRS torno +50, variando 0 a +100  Ventriculo Esquerdo Dominante Ondas T elevadas nas precordiais direitas

 

Page 44: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Adulto

Page 46: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Homem- 54 anos

Page 47: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Mulher – 50 anos

Page 48: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Mulher- 40 anos

Page 49: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Mulher – 46 anos

Page 50: Eletrocardiografia Inicial DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA Prof. Samir Idaló Júnior

Mulher – 89 anos