of 14/14
EMBOLIA

EMBOLIA - professor.pucgoias.edu.brprofessor.pucgoias.edu.br/.../arquivosUpload/17272/material/embolia… · embolia por lÍquido amniÓtico: ocorre devido a infusÃo de lÍquido

  • View
    3

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of EMBOLIA -...

  • EMBOLIA

  • ETIOLOGIA:

    GR. "ÉMBOLO" = TAMPÃO, ROLHA; E "EMBOLEÉ" = IRRUPÇÃO

    DEFINIÇÃO:

    A EMBOLIA É UM PROCESSO DE OCLUSÃO TOTAL OU

    PARCIAL DE UM VASO SANGUÍNEO POR UM CORPO SÓLIDO

    (ÊMBOLO) OU POR UMA SUBSTÂNCIA GASOSA (BOLHA DE AR).

  • TIPOS DE ÊMBOLOS

    ÊMBOLOS SÓLIDOS: SÃO OS MAIS FREQÜENTES.

    A GRANDE MAIORIA PROVÊM DE TROMBOS .ALÉM DESSES,

    MASSAS NEOPLÁSICAS, MASSAS BACTERIANAS, LARVAS E OVOS

    DE PARASITOS E MESMO FRAGMENTOS DE ATEROMAS

    ULCERADOS PODEM ALCANÇAR A CIRCULAÇÃO E AGIR COMO

    ÊMBOLOS.

    ÊMBOLOS LÍQUIDOS: SÃO MENOS FREQÜENTES. CLASSICAMENTE

    TÊM-SE A EMBOLIA AMNIÓTICA E A EMBOLIA LIPÍDICA OU

    GORDUROSA.

    ÊMBOLOS GASOSOS: SÃO BOLHAS DE GÁS DENTRO DA

    CIRCULAÇÃO QUE PODEM OBSTRUIR O FLUXO VASCULAR.

  • CLASSIFICAÇÃO DAS EMBOLIAS

    EMBOLIA PULMONAR: OCORRE A PARTIR DE ÊMBOLOS

    VENOSOS. OS ÊMBOLOS SÃO CONDUZIDOS ATRAVÉS DE

    VASOS PROGRESSIVAMENTE MAIORES, CHEGANDO PELA

    VEIA CAVA AS CÂMARAS DIREITAS CARDÍACAS.

    ATRAVESSAM O VENTRÍCULO DIREITO,ATINGINDO OS VASOS

    SANGUÍNEOS PULMONARES.

    E – êmbolo

    P – vaso sanguíneo

    H – hemorragia

    Setas – vasos sanguíneos congestos

  • EMBOLIA PULMONAR NUM RAMO DA

    ARTÉRIA PULMONAR:

    ÊMBOLO PROVENIENTE DE TROMBOSE

    FEMORAL, ALOJADO NA ARTÉRIA

    PULMONAR

  • EMBOLIA SISTÊMICA:ÊMBOLOS ORIUNDOS DE ARTÉRIAS OU

    DO LADO ESQUERDO DO CORAÇÃO SEGUE PARA A "ÁRVORE

    ARTERIAL SISTÊMICA", NA DIREÇÃO DOS CAPILARES;

    COMUM NAS ENDOCARDITES VEGETATIVAS, NAS

    TROMBOSES MURAIS PÓS INFARTO NO MIOCARDIO, NA

    ATEROSCLEROSE AÓRTICA E NAS ARTERITES PARASITÁRIAS).

    OS "ALVOS" MAIS FREQÜENTES SÃO O CÉREBRO, AS

    EXTREMIDADES, O BAÇO E OS RINS.

    Embolia Cerebral

    Artéria cerebral média

    afetada por êmbolo originado

    de trombose arterial

  • EMBOLIA POR LÍQUIDO AMNIÓTICO: OCORRE DEVIDO A INFUSÃO

    DE LÍQUIDO AMNIÓTICO (E TODO O SEU CONTEÚDO) PARA DENTRO

    DA

    CIRCULAÇÃO MATERNA – LACERAÇÃO DAS MEMBRANAS

    PLACENTÁRIAS E RUPTURA DE VEIAS UTERINAS.ELAS OCORREM

    SUBITAMENTE E SEM ALERTA : PRIMEIRAMENTE PROFUNDADIFICULDADE EM RESPIRAR, INTENSA CIANOSE E CHOQUE

    CARDIOVASCULAR . . . DEPOIS, EM ALGUNS CASOS, CONVULSÕES

    TÔNICO-CLÔNICAS E COMA PROFUNDO.

  • EMBOLIA GORDUROSA: TRATA–SE DE MINÚSCULAS GOTAS DE

    GORDURA QUE APARECEM: APÓS FRATURAS DOS EIXOS DE

    OSSOS LONGOS (MEDULAS GORDUROSAS) E, RARAMENTE, NAS

    QUEIMADURAS E TRAUMATISMOS DE PARTES MOLES. ATINGEM

    CIRCULAÇÃO ATRAVÉS DA RUPTURA DOS SINUSÓIDES OU VÊNULAS

    MEDULARES.

    Embolia Gordurosa

    Êmbolo por fragmento de

    medula óssea (gordura

    medular) em artéria

    pulmonar

    V – vacúolos gordurosos

  • EMBOLIA GORDUROSA

    ÊMBOLO CEREBRAL COM SURGIMENTO DE PETÉQUIAS

    NA SUBSTÂNCIA BRANCA

  • EMBOLIA GASOSA: SÃO BOLHAS DE GÁS DENTRO DA

    CIRCULAÇÃO QUE PODEM OBSTRUIR O FLUXO VASCULAR.

    CAUSAS: PROCEDIMENTOS OBSTÉTRICOS

    (CIRÚRGICOS),TRAUMATISMO DE PAREDE TORÁCICA,PARTO OU

    ABORTO,LESÃO PULMONAR. FORMA ESPECIAL DE EMBOLIA

    GASOSA: DOENÇA DOS CAIXÕES OU DOENÇA DA

    DESCOMPENSAÇÃO. OCORREM EM INDIVÍDUOS EXPOSTOS A

    SÚBITAS ALTERAÇÕES DE PRESSÃO ATMOSFÉRICA.

    Embolia Gasoso

    Êmbolo na circulação

    muscular, num vaso arterial

  • EMBOLIA ARTERIAL: É UMA DAS CAUSAS DE OBSTRUÇÃO SÚBITA

    E TOTAL DO FLUXO SANGÜÍNEO EM UMA ARTÉRIA COMO

    CONSEQÜÊNCIA DA PRESENÇA DE COÁGULOS (ÊMBOLOS)

    ORIGINADOS DE OUTRO LOCAL DA CIRCULAÇÃO.

    AS DOENÇAS CARDÍACAS RESPONDEM PELO MAIOR NÚMERO DOS

    CASOS DE EMBOLIA ARTERIAL AGUDA, PRINCIPALMENTE AS

    ARRITMIAS DO CORAÇÃO, O INFARTO DO MIOCÁRDIO E AS

    DOENÇAS DAS VÁLVULAS CARDÍACAS. OUTRAS CONDIÇÕES

    PREDISPONENTES MENOS FREQÜENTES SÃO OS COÁGULOS QUE

    SE FORMAM NOS ANEURISMAS (DILATAÇÕES) ARTERIAIS E AS

    PLACAS DE GORDURA QUE SE DESPRENDEM DAS PAREDES DAS

    ARTÉRIAS AFETADAS POR DOENÇAS COMO A ATEROSCLEROSE.

  • COMO PREVENIR A EMBOLIA:

    A FORMAÇÃO DE TROMBOS NOS MEMBROS

    INFERIORES PODE SER PREVENIDA EVITANDO-SE

    REPOUSO PROLONGADO NA CAMA, MOVIMENTAÇÃO

    ATIVA DAS PERNAS E USO DE MEIAS ELÁSTICAS OU

    DISPOSITIVOS DE COMPRESSÃO PARA FACILITAR O

    FLUXO DE SANGUE E DEAMBULAÇÃO PRECOCE APÓS

    CIRURGIAS. HEPARINA SUBCUTÂNEA DEVE SER USADA

    POR PACIENTES QUE IRÃO PERMANECER ACAMADOS

    POR MAIOR TEMPO OU QUE SERÃO SUBMETIDOS A

    CIRURGIAS DE MAIOR RISCO, TAIS COMO CIRURGIAS

    ORTOPÉDICAS NOS MEMBROS INFERIORES OU

    CIRURGIA DE RETIRADA DE TUMORES.

  • OBRIGADO!!!