of 8 /8
1 e-mail: [email protected] home-page: www.folhadeitapetininga.com.br FOLHA DE ITAPETININGA Itapetininga, quinta-feira, 6 de dezembro de 2012. Com Itapetininga e Região Nº 6.324 ANO XLIll Diretora - Proprietária: Benedita Rosely Salem Cerqueira 43 Anos 43 Anos 43 Anos 43 Anos 43 Anos A Prefeitura de Itapetininga, através da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento, e apoio das Secretarias de Obras e de Cultura e da Associação Comercial de Itapetininga, lançou o projeto Natal Iluminado 2012. As principais ruas, avenidas e praças estão decoradas e iluminadas. Partes das árvores da Praça Peixoto Gomide estarão iluminadas e terão como principal atração a casa do Papai Noel e a Árvore de Natal. O projeto Natal Iluminado 2012 tem como objetivo ornamentar o município, além de proporcionar à população um Natal cheio de magia e encanto, promover o espírito natalino e fomentar o comércio local. O evento de lançamento do Projeto Natal Iluminado 2012 foi no dia 3 de dezembro, às 20 horas, na Praça Peixoto Gomide e contou com a presença do Prefeito Roberto Ramalho, do Secretário de Trabalho e Desenvolvimento, Engenheiro Márcio Renê Rocha, e do Presidente da Associação Comercial, entre outras autoridades. Em Itapetininga o Projeto Natal Iluminado aconteceu no dia 3 Nos próximos dias 14 e 15 deste mês, o Gru- po de Pesquisa e Assis- tência ao Câncer Infantil(GPACI) realizará um Grande Bazar,sendo na 6ª feira das 14 às 19 hs. e no sábado das 9 às 12 horas. As mercadorias a se- rem comercializadas são: calçados, bolsas, acessó- rios, roupas de inverno (masculina , feminina, in- fantil), brinquedos, cama, mesa e banho. Formas de pagamen- to: 3 x sem juros no car- tão de crédito/débito (Visa/Mastercard). Adquirindo qualquer O SENAC (Serviço Na- cional de Aprendizagem Co- mercial) de Itapetininga, no próximo dia 12, às 20 hs., estará promovendo o even- to de lançamento do Diag- nóstico Participativo e Plano de Ação do Distrito do Gra- madinho. O local será a sede da Sociedade Amigos do Gra- madinho, à Rua José Flora Filho, s/nº. Hoje, 16, a partir das 8,30 hs., a Se- cretaria Municipal de Trabalho e Desenvol- vimento estará reali- O número de ocorrências registradas contra a mulher, em todo mundo, tem aumen- tado a cada dia. Pesquisa di- vulgada pela Fundação Per- seu Abramo, dão conta que no Brasil a cada 15 segun- dos uma mulher é agredida, tendo como principal agres- sor o próprio marido, com- panheiro ou mesmo um mem- bro da família. Conforme os dados, o problema se intensifica se considerarmos que essas agressões vão além da física para outras formas de violên- cia, como sexual, psicológi- ca e moral. A falta de infor- mação e entendimento da Lei Maria da Penha fazem com que muitas mulheres tenham medo de denunciar o seu agressor, fazendo com que a violência se agrave, se tor- nando frequente. Prefeitura segue com a Campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher” E para conscientizar es- sas mulheres da importância de denunciar a violência por elas sofrida foi criada mun- dialmente, em 1991, a Cam- panha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”. A ação, que acon- tece anualmente em 159 pa- íses, entre os dias 25 de no- vembro e 10 de dezembro, tem o objetivo de fazer com que o fim da violência contra as mulheres seja um com- promisso de toda a socieda- de, fazendo assim com que os homens também se mo- bilizem e participem das ma- nifestações e ações públicas por esta causa. Com o tema "Violência doméstica, não pactue com essa covardia”, a campanha está sendo realizada pela Se- cretaria de Promoção Soci- al, através da Coordenado- ria da Mulher, do CREAS (Centro de Referência Espe- cializado de Assistência So- cial), do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e em parceria com o Conselho Municipal dos Di- reitos da Mulher. Amanhã dia 7, às 20 ho- ras, no Salão de Festas Fan- tasy, localizado a Rua Tenen- te Rage P. Zaher Neto, 231, no Jardim Fogaça, o SAMU Regional de Itapetininga re- aliza a solenidade de forma- tura dos 43 funcionários que participaram da capacitação Suporte Básico de Vida. A capacitação, que acon- teceu no período de Julho de 2011 a Novembro de 2012, foi SAMU realiza solenidade de formatura de seus funcionários direcionada a profissionais de Atendimento Pré-Hospi- talar Móvel, como conduto- res de ambulância e equipe técnica de enfermagem, promovido pelo Ministério da Saúde, com a organização do Hospital Alemão Oswal- do Cruz e execução pelo Núcleo de Educação em Ur- gência do SAMU Regional de Itapetininga. Outras in- formações podem ser obti- das através do telefone (15) 3271-7059. GPACI REALIZA UM GRANDE BAZAR DE NATAL produto você estará con- tribuindo com o Hospital do GPACI, e ajudando a curar centenas de cri- anças com câncer que recebem um atendimento gratuito.Toda a renda do Bazar será revertida para o custeio do hospital. Temos uma grande variedade de aparelhos de som, TV,DVD, e arti- gos novos, ideais para o seu presente de Natal. Neste ano o Bazar vai ser realizado no próprio GPACI, entrada pela Rua Abrão Mahuad, Soroca- ba. Informações: (15)- 2101-6555/ 9789-3909, com Melina. SENAC LANÇARÁ DIA 12 DIAGNÓSTICO E PLANO DE AÇÃO NO GRAMADINHO Da programação consta- rão: 20 hs., abertura; 20,15 hs., Lançamento do Diagnós- tico Participativo e Plano de Ação do Gramadinho; 20,45hs., apresentação da dupla sertaneja Alex & Ra- fael; 21 hs., entrega de cer- tificados aos alunos do Curso de Artesanato; 21,30 hs.,coffee e show com o cantor Douglas Fontes. HOJE, PLANTIO DE ÁRVORES NA NOVA ETEC DA CHAPADINHA zando a cerimônia de plantio de 150 árvo- res na nova ETEC do Bairro da Chapa- dinha. Projeto Circo Escola é lançado em Itapetininga Servidores Municipais iniciarão Curso de Especialização em gestão pública Servidor público estadual nascido em dezembro deve se recadastrar Pág 2 Pág 2 Pág 2

Folha 6/12/2012

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O melhor e mais moderno jornal da região. Boas Festas !!!

Text of Folha 6/12/2012

  • pgina 1FOLHA DE ITAPETININGA quinta-feira, 6 de dezembro de 2012. Edio n 6.324

    e-mail: [email protected]: www.folhadeitapetininga.com.br

    FOLHA DE ITAPETININGAItapetininga, quinta-feira, 6 de dezembro de 2012.

    Com Ita

    petininga

    e Regio

    N 6.324ANO XLIll Diretora - Proprietria: Benedita Rosely Salem Cerqueira

    43 Anos

    43 Anos

    43 Anos

    43 Anos

    43 Anos

    A Prefeitura de Itapetininga, atravs da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento, e apoio das Secretarias de Obras e deCultura e da Associao Comercial de Itapetininga, lanou o projeto Natal Iluminado 2012.

    As principais ruas, avenidas e praas esto decoradas e iluminadas. Partes das rvores da Praa Peixoto Gomide estaroiluminadas e tero como principal atrao a casa do Papai Noel e a rvore de Natal.

    O projeto Natal Iluminado 2012 tem como objetivo ornamentar o municpio, alm de proporcionar populao um Natal cheiode magia e encanto, promover o esprito natalino e fomentar o comrcio local.

    O evento de lanamento do Projeto Natal Iluminado 2012 foi no dia 3 de dezembro, s 20 horas, na Praa Peixoto Gomide econtou com a presena do Prefeito Roberto Ramalho, do Secretrio de Trabalho e Desenvolvimento, Engenheiro Mrcio RenRocha, e do Presidente da Associao Comercial, entre outras autoridades.

    Em Itapetininga o Projeto NatalIluminado aconteceu no dia 3

    Nos prximos dias 14e 15 deste ms, o Gru-po de Pesquisa e Assis-tncia ao CncerInfantil(GPACI) realizarum Grande Bazar,sendona 6 feira das 14 s 19hs. e no sbado das 9s 12 horas.

    As mercadorias a se-rem comercializadas so:calados, bolsas, acess-rios, roupas de inverno(masculina , feminina, in-fantil), brinquedos, cama,mesa e banho.

    Formas de pagamen-to: 3 x sem juros no car-to de crdito/dbito(Visa/Mastercard).

    Adquirindo qualquer

    O SENAC (Servio Na-cional de Aprendizagem Co-mercial) de Itapetininga, noprximo dia 12, s 20 hs.,estar promovendo o even-to de lanamento do Diag-nstico Participativo e Planode Ao do Distrito do Gra-madinho. O local ser a sededa Sociedade Amigos do Gra-madinho, Rua Jos FloraFilho, s/n.

    Hoje, 16, a partirdas 8,30 hs., a Se-cretaria Municipal deTrabalho e Desenvol-vimento estar reali-

    O nmero de ocorrnciasregistradas contra a mulher,em todo mundo, tem aumen-tado a cada dia. Pesquisa di-vulgada pela Fundao Per-seu Abramo, do conta queno Brasil a cada 15 segun-dos uma mulher agredida,tendo como principal agres-sor o prprio marido, com-panheiro ou mesmo um mem-bro da famlia.

    Conforme os dados, oproblema se intensifica seconsiderarmos que essasagresses vo alm da fsicapara outras formas de violn-cia, como sexual, psicolgi-ca e moral. A falta de infor-mao e entendimento da LeiMaria da Penha fazem comque muitas mulheres tenhammedo de denunciar o seuagressor, fazendo com que aviolncia se agrave, se tor-nando frequente.

    Prefeitura segue com a Campanha 16 dias deativismo pelo fim da violncia contra a mulher

    E para conscientizar es-sas mulheres da importnciade denunciar a violncia porelas sofrida foi criada mun-dialmente, em 1991, a Cam-panha 16 dias de ativismopelo fim da violncia contraa mulher. A ao, que acon-tece anualmente em 159 pa-ses, entre os dias 25 de no-vembro e 10 de dezembro,tem o objetivo de fazer comque o fim da violncia contraas mulheres seja um com-promisso de toda a socieda-de, fazendo assim com queos homens tambm se mo-

    bilizem e participem das ma-nifestaes e aes pblicaspor esta causa.

    Com o tema "Violnciadomstica, no pactue comessa covardia, a campanhaest sendo realizada pela Se-cretaria de Promoo Soci-al, atravs da Coordenado-ria da Mulher, do CREAS(Centro de Referncia Espe-cializado de Assistncia So-cial), do CRAS (Centro deReferncia de AssistnciaSocial) e em parceria com oConselho Municipal dos Di-reitos da Mulher.

    Amanh dia 7, s 20 ho-ras, no Salo de Festas Fan-tasy, localizado a Rua Tenen-te Rage P. Zaher Neto, 231,no Jardim Fogaa, o SAMURegional de Itapetininga re-aliza a solenidade de forma-tura dos 43 funcionrios queparticiparam da capacitaoSuporte Bsico de Vida.

    A capacitao, que acon-teceu no perodo de Julho de2011 a Novembro de 2012, foi

    SAMU realiza solenidade deformatura de seus funcionrios

    direcionada a profissionaisde Atendimento Pr-Hospi-talar Mvel, como conduto-res de ambulncia e equipetcnica de enfermagem,promovido pelo Ministrio daSade, com a organizaodo Hospital Alemo Oswal-do Cruz e execuo peloNcleo de Educao em Ur-gncia do SAMU Regionalde Itapetininga. Outras in-formaes podem ser obti-

    das atravs do telefone (15)3271-7059.

    GPACI REALIZA UMGRANDE BAZAR DE NATAL

    produto voc estar con-tribuindo com o Hospitaldo GPACI, e ajudandoa curar centenas de cri-anas com cncer querecebem um atendimentogratuito.Toda a renda doBazar ser revertida parao custeio do hospital.

    Temos uma grandevariedade de aparelhosde som, TV,DVD, e arti-gos novos, ideais para oseu presente de Natal.Neste ano o Bazar vai serreal izado no prprioGPACI, entrada pela RuaAbro Mahuad, Soroca-ba. Informaes: (15)-2101-6555/ 9789-3909,com Melina.

    SENAC LANAR DIA 12DIAGNSTICO E PLANO DE

    AO NO GRAMADINHODa programao consta-

    ro: 20 hs., abertura; 20,15hs., Lanamento do Diagns-tico Participativo e Plano deAo do Gramadinho;20,45hs., apresentao dadupla sertaneja Alex & Ra-fael; 21 hs., entrega de cer-tificados aos alunos doCurso de Artesanato; 21,30hs.,coffee e show com ocantor Douglas Fontes.

    HOJE, PLANTIO DE RVORES NANOVA ETEC DA CHAPADINHA

    zando a cerimnia deplantio de 150 rvo-res na nova ETECdo Bairro da Chapa-dinha.

    Projeto Circo Escola lanado emItapetininga

    ServidoresMunicipais

    iniciaro Cursode Especializao

    em gestopblica

    Servidor pblicoestadual nascido

    em dezembrodeve se

    recadastrar

    Pg 2

    Pg 2

    Pg 2

  • pgina 2 FOLHA DE ITAPETININGA quinta-feira, 6 de dezembro de 2012Edio n 6.324

    ColaboradoresAlberto Isaac, Carlos Jos de Oliveira, Darcy Pereira Pinto, Dirceu de

    Campos, Dr. Bastos, Dr. Jorge Paunovic, Joel Franco, Proj. Amar Bem (Dr.Moacir Costa), Manoel Silvrio, Marcos Cintra, Mauro M. Leonel, Maria doCarmo A. Franco, Waldomiro B. Carvalho, Roque Rolim Guilherme.

    A redao nao se reponsabiliza pelos conceitos e artigos assinados.Fica esclarecido que os colaboradores com colunas assinadas no tem vnculoempregatcio com a Editora Folha de Itapetininga Ltda, exceto os que tiverem

    Representante Exclusivo: So Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre,Belo Horizonte e Braslia.

    Consrcio Brasileiro de Imprensa - CBI - Av. Jos Maria Whitaker, 890CEP: 04057-000 - SO PAULO - SP FONE: (11) 5589-4643 - FAX (11) 5589-4662

    homepage: http://www.folhadeitapetininga.com.bre-mail: [email protected]

    Redao Administrao, Publicidade:Rua Saldanha Marinho, 532 - Centro

    Fone/Fax: (15) 3271-1576Oficina: Rua Sofia Cerqueira, n 125 - Centro

    CEP 18200-005 Itapetininga So PauloRegistrado no Cartrio Oficial de Registro

    de Pessoa Jurdica de Itapetininga sob o n 004437

    Proprietrios: Benedita Rosely Salem Cerqueira e filhosJornalistas Responsveis: Jos Octvio Salem Cerqueira - Registro n 52.755/SP -Marcello Salem Cerqueira - PR1226Diretores Adjuntos:Jos Octavio Salem Cerqueira e Marcelo Salem CerqueiraRedator Chefe: Silas Gehring CardosoReprter: Jorge Luiz de Almeida - MTB 37782Diretor Comercial - Carlos Renato M. Gomes, Jos Raimundo CorreiaDiagramador: Henrique Jos de Oliveira Almeida

    Adriana Quintella Oziadvogada

    R. Vicente Eugnio Piedade, 230 - Vila BarthCEP 18205-610 - ITAPETININGA -SP

    e-mail: [email protected] (15) 3272-4447

    CU AZULALIMENTOS LTDA

    Pessoas portadoras de necessidades especiais

    Os candidatos devem procurara empresa na Rodovia Raposo

    Tavares, km 177, ou pelose-mails:

    [email protected]@ceuazul.ind.br

    CONTRATA

    A Prefeitura de Ita-petininga, por meio daSecretaria de Cultura eTurismo, em parceriacom a Associao Cri-ana Sorriso, realizou olanamento do projetoCirco Escola. O lana-mento aconteceu no l-timo domingo, 25, pr-ximo ao CEC JulianaMaria Casagrande, naVila Sonia.

    O objetivo da im-plantao do projeto atender crianas e ado-lescentes res identes

    Objetivo manter dadosatualizados para planejar per-fil futuro

    Os servidores pblicosestaduais da AdministraoDireta, das Autarquias e dasFundaes nascidos em de-zembro devem fazer o reca-dastramento 2012 at o finaldeste ms. A atualizao ca-dastral obrigatria e deveser feita durante o ms deaniversrio do servidor pbli-co. A medida engloba tam-bm os servidores e militaresafastados e licenciados.

    O procedimento realiza-do pelo site da Secretaria deGesto Pblica, no endereo

    A aula inaugural deCurso de EspecializaoMBA em Polticas P-blicas, direcionada aosservidores pblicos, foiontem quarta-feira (dia5), a partir das 19h30.

    O curso vem suprir asnecessidades de capaci-tao dos servidores p-blicos, que buscam con-tribuir para a melhoriada Gesto Pblica Mu-

    A Prefeitura de Itapetinin-ga, por meio da Secretaria deEducao, em parceria coma Associao Amigos da Ci-ncia (AAC), desenvolver o1 Festival da Cincia. O ob-jetivo promover aes quedivulguem a cincia e insti-guem as crianas a experi-mentar o fazer cientfico.

    Projeto Circo Escola lanado em Itapetininganos Bairros Vila Soniae Vila Palmeira, consi-derados de grande vul-nerabi l idade social .Sensvel a este cenrio,o Projeto busca canali-zar esforos para de-senvolver aes visan-do resgatar o vnculofamiliar, reduzir a vio-lncia, atravs do dom-nio do corpo e das emo-es, desenvolvendo aautoestima e a valoriza-o do ser humano epromovendo o exerc-

    cio da cidadania.A Associao Crian-

    a Sorriso uma orga-nizao no governa-mental, que h 18 anosatua voluntariamenteem prol das crianas eadolescentes de Itape-tininga e ao longo dosanos vem desenvolven-do inmeros projetoscom sucesso que visamatender s necessidadesde seu pblico alvo coma preparao profissio-nal e conseqente in-cluso social.

    Servidor pblico estadualnascido em dezembrodeve se recadastrar

    www.gestaopublica.sp.gov.br(Direto ao assunto Re-cadastramento anual), oupor formulrios disponveisnas unidades de RecursosHumanos dos rgos. Quemno o fizer ter o salrio sus-penso e s voltar a receberdepois que a situao for re-gularizada pelo RH.

    O objetivo do recadastra-mento manter os dados dosservidores atualizados paraplanejar o seu perfil futuro.Realizado pela primeira vezentre fevereiro e maio de2007, o recadastramento tor-nou-se anual em fevereiro doano seguinte, por meio do

    decreto n 52.691.Alteraes importante o servidor

    manter seu cadastro sempreatualizado. Por isso, no preciso esperar o ms de ani-versrio para informar mu-dana de endereo, estadocivil, ou prestar outras infor-maes. Tambm pelo site daSecretaria de Gesto Pbli-ca ou nas unidades de RH, possvel fazer alteraes dedados.

    No entanto, este procedi-mento no desobriga o ser-vidor a realizar o recadastra-mento obrigatrio no ms doaniversrio.

    Servidores Municipais iniciaro Cursode Especializao em gesto pblica

    nicipal. O curso ser mi-nistrado no Polo Muni-cipal de Educao Distncia Chopin Tava-res de Lima da Univer-sidade Aberta do Brasil,semipresencial, uma vezpor ms, durante onzemeses, com mais doismeses para a entrega doTCC.

    A oportunidade de re-alizar este curso surgiu

    com a contribuio doGoverno Federal, atra-vs do Programa Nacio-nal de Apoio a GestoAdministrativa e Fiscaldos Municpios Brasi-leiros (PNAFM), e deparcerias com o BancoInteramericano do De-senvolvimento e CaixaEconmica Federal.

    Contando com sessentae oito anos de vida nestaterra de Fernando e JlioPrestes sendo quarenta ecinco anos de casamentoem uma feliz unio conju-gal ainda no fiz jus ao di-reito de querer receber daesposa a minha carta de al-forria, isso um tormento, uma castrao de liber-dade, como definhar noden, mas eu fujo, pego ocarro e vou para as matasque tanto amo, l permane-o dois ou trs dias, quan-do retorno aquela bron-ca, tanto da esposa comodos filhos, eles se preocu-pam comigo, ficam imagi-nando eu em apertos noscafunds desnaturadosdesta nossa terra cheia derecantos selvagens, mas l meu lazer, considero asmatas minha casa, a onano me aborrece e eu ficolonge dela, as cobras fo-gem de mim, os pssarosvem gorjear na rvore queestiver mais perto, os ma-cacos parecem j me co-nhecer, nada h a temer,portanto, me desculpo,com os dedos cruzados,fazendo figa como puder,prometo no mais fugir,volto a velha rotina do dia

    MAXIMO FERREIRA DACRUZ ME, com atividade desalo de cabeleireiros e tratamen-tos de beleza unisex, estabelecida Rua Jos Bonifacio, 435, Cen-tro, CEP 18.200-110, Itapetinin-ga SP, inscrita no CNPJ sob n.02.665.869/0001-53 e inscrioMunicipal sob n. 1-10.335.53.12,declara o EXTRAVIO DE 1 (UM) TALO DE NOTA DISCALDE SERVIOS, SRIE A de n.0501 a 0550, EM DUAS VIASTIPO TALONRIO, NO UTI-LIZADOS.

    EXTRAVIO

    A empresa Adriana Lourenode Andrade Bar e Gramas ME, lo-calizada na Rua Alceu Correa deMoraes, 280 Vila Maca, no mu-nicpio de Itapetininga/SP, cadas-trada no CNPJ n 11.490.421/0001-24, Inscrio Estadual n371.252.566-117 Inscrio Muni-cipal n 27.581, declara para os de-vidos fins o extravio de Nota Fis-cal de Prestao de Servios dosnmeros 051 a 100 parcialmenteusados.

    Secretaria de Educao realizao 1 Festival da Cincia

    A iniciativa estimular osalunos por meio do desenvol-vimento de projetos criativos,aproximar as escolas pbli-cas das universidades e ofe-recer oportunidades paraque as crianas entrem emcontato com diferentes cultu-ras e com o pensamento ci-entfico.

    Ontem dia 5 de dezembrofoi a apresentao dos pro-jetos; no dia 6, divulgaodos finalistas e no dia 7, acerimnia de premiao. OFestival ser no Fishing Park,localizado Rodovia GladysBernardes Minhoto, km 71,Capo Alto Estrada Velhade Tatu.

    FUJOa dia, consertando antenasparablicas ou treinandoartes marciais o HAPKI-DO na academia do Mes-tre Marcos, meu filho, mas,quando a saudades chegar,fujo de novo, sempre tenhoum lugar para visitar.

    Desta vez fui curtir ascorrentezas murmurantesdo rio Taquaral, l que serecebe uma hidromassagemao natural, s deitar nascorredeiras segurando naspedras que a natureza seencarrega de massagearseu corpo e l que come-a meu lazer, minha diver-so, costumo ir sozinhopara no depender de ho-rrio Para a volta, se resol-ver amanheo ali mesmodeitado em um macio col-cho de capim seco para nodia seguinte, logo nos pri-meiros raios de sol, nova-mente nas corredeiras dei-

    tar e deixar as horas pas-sarem, a volta para casa complicado, pois sei quenovamente vou levar umabruta bronca, os filhos cos-tumam dizer que estou pa-recendo criana teimosa,eu acho graa, pois gosta-ria muito de ser molequeoutra vez.

    Minha atribulada vida assim, no dou chance parapassar o tempo estou sem-pre em algum lugar a tra-balho ou ao lazer, no im-porta estou sempre na ati-va, explorando as matas, osrios, as cavernas, treinan-do minha arte marcial ou attrabalhando. No livro HIS-TRIAS QUE A HIST-RIA NO CONTOU euconto muitas histrias so-bre matas, na MARTEX,em nas livrarias.

    Manoel SilvrioAJORI 380

  • pgina 3FOLHA DE ITAPETININGA quinta-feira, 6 de dezembro de 2012. Edio n 6.324

    Dr. Carlos Alberto do NascimentoTelefone para Contato 3271-0889

    CROSP-5.209

    Rua Alberto Ernesto Ginter, 22 - Rech - Tel.: 3307-3152Rua Natal Favalli, 519 - Angatuba - Tel.: 3255-1205Rua Monsenhor Soares, 1.032 - Centro - Itapetininga/SP

    Clinica GerClinica GerClinica GerClinica GerClinica Geral - Oral - Oral - Oral - Oral - Ortodontia -todontia -todontia -todontia -todontia -

    ImplantesImplantesImplantesImplantesImplantes

    Cirurgias Avanadas

    * Clnica *Pet Shop

    * Banho e Tosa *Raes

    *Medicamentos/Vacinas

    Rua Lopes de Oliveira, 125Centro-Itapetininga/SP

    2013

    Dia 10 de fevereiro de2011, Penitenciria 2 de Pre-sidente Venceslau, interior deSo Paulo, 16h51: comeaconferncia telefnica via ce-lular envolvendo dois presose trs criminosos nas ruas,que continuaria por mais novehoras e 38 minutos seguidos.

    A conversa seria interrom-pida e retomada depois, che-gando a 12 horas e um minu-to de discusses pelo grupo.

    Os participantes da con-ferncia, ligados faco cri-minosa PCC, discutiam ne-gcios: a compra e venda dedrogas no Paraguai e na Bo-lvia, o envio de maconha ecocana para So Paulo, adistribuio para outros Es-tados e os investimentos que

    Presos fazem conferncias de at 10 horaspelo celular: Policia segue com investiao

    devem ser feitos com o di-nheiro.

    A conferncia, por telefo-ne celular, uma das grava-das pela Polcia Federal, comautorizao judicial, dentro daOperao Leviat, desenca-deada para combater o trfi-co internacional de drogas.

    As gravaes iniciaramem outubro de 2010 e dura-ram at maio de 2012, quan-do foi iniciada a operao daPF, com 25 pessoas denun-ciadas.

    As informaes sobre asconferncias, que ocorriamtoda a semana, esto em pro-cesso que tramita na JustiaFederal sob sigilo.

    Em mdia, as confernci-as renem quatro pessoas e

    podem durar minutos ou ho-ras. Em uma delas, entre anoite de 24 de maro e o diaseguinte, chegou a envolvernove pessoas, sendo seis pre-sos.

    Nas interceptaes, noforam flagradas ordens para

    matar policiais militares,como ocorreu em outras in-vestigaes policiais, mas hinformaes sobre acessodos presos a internet e TV.

    CONIVNCIAAs investigaes, com-

    partilhadas com a Polcia Ci-vil, mostram que esses dilo-gos no acontecem diaria-mente -depende da equipede agentes de planto e dasrondas nas celas dos presosdo PCC.

    Dependendo dos agentes,os detentos evitam conversarao telefone at a mudana daequipe de planto. A cada dia,

    os detentos colocam um pre-so diferente para falar ao ce-lular em nome da faco.

    Aps as discusses, opreso leva os temas para se-rem debatidos com a cpulae retorna com a deciso ho-ras depois ou mesmo no diaseguinte.

    Os grampos tiveramcomo foco Presidente Ven-ceslau porque ali que a Se-cretaria da AdministraoPenitenci-ria mantm chefesdo PCC que no cometeramfaltas administrativas -quemcomete vai para o presdiode Presidente Bernardes, o

    nico de segurana mxima deSP.

    Questionada sobre as con-ferncias, a secretaria, emnota, no respondeu direta-mente questo. Informouque, de janeiro a agosto des-te ano, apreendeu 8.335 te-lefones celulares -desses, 12foram em Presidente Vences-lau, sendo oito com visitantes,antes de eles entrarem no pre-sdio.

    APREENSESAs conferncias vm sen-

    do usadas pelo PCC princi-palmente para decidir ondeguardar armas e drogas.

    Em 2012, a faco teveprejuzos com apreenses fei-tas pela polcia. No perodoem que as gravaes foramfeitas, houve 30 carregamen-tos de drogas apreendidos,entre eles um de 1,7 toneladade maconha em Carapicubae outro de 19 fuzis em Caja-mar.

    A partir de ento, o grupoinveste na compra de casasque servem como esconderi-jo para as drogas.

    O evento de anivers-rio de 121 anos do 1 Ba-talho de Choque contoucom a presena do se-cretrio da SeguranaPblica, Fernando GrellaVieira, do comandantegeral da Polcia Militar,coronel Benedito Ro-berto Meira, do respon-svel pelo Comando dePoliciamento de Choque(CPChq), coronel CesarAugusto Luciano FrancoMorelli, e do comandan-te do 1 Batalho, tenen-te-coronel Nivaldo CesarRestivo.

    Em seu discurso, osecretrio elogiou o tra-balho da tropa. Perten-cer ao 1 Batalho dePolcia Tobias Aguiarsignifica carregar o hon-roso fardo de represen-tar as tradies do pas-

    Grella refora pactocom a lei nos 121 anos

    do 1 de Choquesado e renovar o com-promisso da defesa dasociedade paulista sem

    destemor, mas com bra-vura, competncia e res-peito lei, disse.

  • pgina 4 FOLHA DE ITAPETININGA quinta-feira, 6 de dezembro de 2012Edio n 6.324

    Natao & Fitness

    * Atividades : Natao - Hidroginsti-ca - Acqua Mix - Musculao* Programas : Bodypump - Power Jump -Bodycombat

    Rua Benedito Leonel Ferreira, 71 / Tel: 3373-3535/3511-5174

    Dentre os diversos servi-os oferecidos na rea deSade no municpio, esto osdesenvolvidos na rea deatendimento Sade Mental.O municpio conta com doisCentros de Ateno Psicos-social (CAPS). Um, queatende a pacientes com pro-blemas de lcool e drogas eoutro que atende a portado-res de distrbios mentais gra-ves, alm de um Ncleo Mu-nicipal de Assistncia Sa-de Mental.

    Dependncia QumicaNo CAPS AD, os depen-

    dentes de lcool e drogascontam com um atendimentogratuito, com transporte, ali-mentao, equipe multidisci-plinar e medicao, se neces-sria. Nosso trabalho es-pecialmente de acolhimento.Aqui, as portas so abertaspara quem quiser entrar epara que os atendidos saiamse quiserem, explica a enfer-meira e coordenadora doCAPS AD, Edvnia SilvaWetzel.

    O governador Geraldo Al-ckmin anunciou, na sexta-fei-ra, 30, os novos valores parao salrio mnimo regional. Aproposta, encaminhada As-sembleia Legislativa, prevque a primeira faixa do pisosalarial passe de R$ 690 paraR$ 755. As outras duas fai-xas, atualmente R$ 700 e R$710, sobem para R$ 765 e R$775, respectivamente.

    De acordo com o gover-nador, o reajuste a somada inflao mais o crescimen-to do PIB de So Paulo.Outra novidade a antecipa-o da entrada em vigor dos

    Sade Mental recebe atendimentoespecializado em Itapetininga

    Para ser atendido noCAPS AD, basta procurar oservio. Depois de uma ava-liao da Assistente Social ede uma conversa com a equi-pe, ser determinado o me-lhor tratamento, que pode serintensivo, semi-intensivo eno-intensivo. O atendimen-to dividido em dois turnos,das 7h30 s 13 horas e das13 s 17h30. Alguns pacien-tes podem ficar nos dois tur-nos, se desejarem ou preci-sarem.

    O atendimento integra-do famlia. Quinzenalmentepromovemos reunies, emque participam pais, marido,esposa ou filhos dos pacien-tes. Se for o caso, eles pas-sam por psiclogo tambm,alm de terem um retorno dofamiliar acompanhado e ori-entaes de como lidar coma situao, conta a coorde-nadora, Edvnia.

    Atualmente, o CAPS ADatende a 150 pacientes. Elesso atendidos por uma equi-pe teraputica composta por

    mdico psiquiatra, mdico cl-nico, assistente social, psic-logos, terapeuta ocupacional,nutricionista, enfermeiros, ar-tes, educador fsico, psico-pedagogo e tcnico de espor-te. Alm disso, desenvolvemoficinas de arte, conscinciacorporal, atividades cogniti-vas, recreativas, espiritualida-de e conscincia ambiental.

    Transtornos MentaisQuem necessita de acom-

    panhamento em regime deateno diria para tratar detranstornos mentais atendi-do pelo CAPS II LaerteVieira Pires. Como no CAPSAD, o trabalho visa tambmdar orientao aos familiaresdos pacientes, com a mesmaequipe teraputica e reuniesquinzenais.

    De maneira geral, os pa-cientes com transtornos des-te tipo tm uma grande per-da de autoestima. Por isso,uma das atividades que reali-zamos o Dia da Beleza, emque eles cuidam do cabelo,das unhas e da pele. Eles tam-

    bm cultivam horta, fazempasseios e realizam outrasatividades em grupo, desta-ca a coordenadora.

    No CAPS II so atendi-dos pacientes com transtor-nos mentais severos, comodepresso profunda, esqui-zofrenia, sndrome do pnico,entre outros. Hoje, o localatende a cerca de 290 paci-entes, entre os que ficammeio perodo e os que ficamem perodo integral.

    Atendimento ContnuoQuando os pacientes do

    CAPS AD e do CAPS II re-cebem alta do tratamento in-tensivo, mas ainda precisamde medicamentos de contro-le, eles so direcionados paraNcleo Municipal de Assis-tncia Sade. No ambula-trio so oferecidas oficinasteraputicas, terapias indivi-duais e grupais, psicoterapia,acolhimento social, orienta-es, dispensao de medi-camentos controlados e con-sulta mdica.

    Alm dos CAPSs, os

    outros servios de atendimen-to sade, como as Unida-des Bsicas de Sade, tam-bm encaminham pacientespara serem acompanhadosno Ncleo de Assistncia Sade, frisa Edvnia.

    Aes que fazem a dife-rena

    Uma ao muito importan-te que os pacientes de am-bos os CAPSs participam a Copa Incluso. Com o tra-balho do tcnico esportivoLeandro Tachinha, 35 atletaspraticam futebol de salo parairem ao torneio. Os treinosso dirios, em ritmo de equi-pe profissional. Eles fazemcondicionamento fsico, for-talecimento muscular, alm, claro, dos treinos tticos,conta Tachinha.

    Segundo o tcnico, essetrabalho muito importante,pois um incentivo para a re-cuperao e produz umagrande melhora na autoesti-ma e na socializao. Os atle-tas jogam com muita vonta-de e alguns deles at jogam

    em equipes profissionais dacidade. Eles percebem queno somente a droga qued prazer, frisa o treinador.

    Neste ano, a equipe ficoucom a medalha de bronze.Nossa equipe perdeu nospnaltis, mas foi um timo re-sultado, porque fomos os ter-ceiros entre 65 equipes queparticiparam, conta o tcni-co.

    Confira os endereos dosatendimentos Sade Men-tal em Itapetininga:

    Ncleo de Assistncia Sade Mental

    Rua Bernardino de Cam-pos, 162, Centro. Tel: 3272-6696

    CAPS ADRua Lucas Nogueira Gar-

    cez, 180, Vl. Belo Horizon-te. Tel. 3272-7277

    CAPS IIRua Gumercindo Soares

    Hungria, s/n, Chapadinha. Tel.3271-7057 / 3271-7054

    Alckmin encaminha proposta para aumento do piso regional AssembleiaNovos valores comeam a valer a partir de 1 de fevereiro de 2013

    novos valores. Todo ano re-troage 30 dias. Este ano pas-sou a vigorar a partir de 1 demaro, no ano que vem pas-sa a vigorar a partir de 1 defevereiro e, em 2014, ser 1de janeiro. Esse o entendi-mento que fizemos com ascentrais sindicais, informouAlckmin.

    O novo piso, aps aprova-do pela Assembleia, passa avigorar a partir de 1 de fe-vereiro de 2013. A faixa maisalta a que o Governo do Es-tado usa para os servidorespblicos estaduais da ativa,aposentados e pensionistas.

    O Piso Salarial RegionalO Piso Salarial Regional

    do Estado contribui para queos trabalhadores paulistas re-cebam salrios superiores aosalrio mnimo nacional, jque as condies da deman-da de mo de obra e de custode vida no Estado levam, deum modo geral, a salrios su-periores mdia nacional. Ospisos incorporaram especifi-cidades do mercado de tra-balho paulista.

    A medida beneficia os tra-balhadores da iniciativa priva-da que no possuem piso sa-larial definido por lei federal,

    conveno ou acordo coleti-vo de trabalho. As trs faixassalariais so estabelecidas deacordo com grupos de ocu-pao de trabalhadores. A LeiComplementar Federal n103/2000 autoriza a institui-o de pisos regionais pelosEstados.

    ReajustesO Piso reajustado todo

    ano, com base na inflao eno crescimento da economia.

    Em 2007, quando foi cria-do, os valores eram R$ 410(primeira faixa), R$ 450 (se-gunda faixa) e R$ 490 (ter-ceira faixa).

    No ano seguinte, as trsfaixas aumentaram para R$450, R$ 475 e R$ 505 (rea-justes de 9,76 %, 5,56 % e3,06 %, respectivamente).

    Em 2009, os valores sal-taram para R$ 505, R$ 530 eR$ 545, que representaramelevaes de 12,22 %, 11,58% e 7,92 %.

    J em 2010, as trs faixassalariais passaram a ser deR$ 560, R$ 570 e R$ 580. Osreajustes foram de 10,89%,7,55% e 6,42%.

    Em 2011, o ndice de cor-reo foi de 7,14% para a pri-meira faixa, 7,02% para a se-gunda e 6,9% para a terceirafaixa. As trs faixas salariaisforam para R$ 600, R$ 610 eR$ 620.

    Neste ano, o piso salarialpassou a ser de R$ 690, umreajuste de 15% em relaoao valor do ano passado. Asoutras duas faixas subiram14,75% e 14,52%, respectiva-mente, com valores atuais de

    R$ 700 e R$ 710.Faixas salariais1 faixa R$ 755Trabalhadores domsticos,

    serventes, trabalhadoresagropecurios e florestais,pescadores, contnuos, men-sageiros e trabalhadores deservios de limpeza e conser-vao, trabalhadores de ser-vios de manuteno de re-as verdes e de logradourospblicos, auxiliares de servi-os gerais de escritrio, em-pregados no-especializadosdo comrcio, da indstria e deservios administrativos, cu-mins, barboys, lavadeiros,ascensoristas, motoboys,trabalhadores de movimenta-o e manipulao de merca-dorias e materiais e trabalha-dores no-especializados deminas e pedreiras.

    2 faixa R$ 765Operadores de mquinas

    e implementos agrcolas eflorestais, de mquinas daconstruo civil, de minera-o e de cortar e lavrarmadeira, classificadores decorrespondncia e cartei-ros, tintureiros, barbeiros,cabeleireiros, manicures epedicures, dedetizadores,vendedores, trabalhadoresde costura e estofadores,pedreiros, trabalhadores depreparao de alimentos ebebidas, de fabricao econfeco de papel e pape-lo, trabalhadores em ser-vios de proteo esegurana pessoal e patri-monial, trabalhadores de

    servios de turismo e hos-pedagem, garons, cobra-dores de transportes cole-tivos, barmen, pintores,encanadores, soldadores,chapeadores, montadoresde estruturas metlicas, vi-dreiros e ceramistas, fian-deiros, teceles, tingidores,trabalhadores de curtimen-to, joalheiros, ourives, ope-radores de mquinas de es-critrio, datilgrafos, digita-dores, telefonistas, opera-dores de telefone e de te-lemarketing, atendentes ecomissrios de servios detransporte de passageiros,trabalhadores de redes deenergia e de telecomunica-es, mestres e contrames-tres, marceneiros, trabalha-dores em usinagem de me-tais, ajustadores mecnicos,montadores de mquinas,operadores de instalaesde processamento qumicoe supervisores de produoe manuteno industrial.

    3 faixa R$ 775Administradores agro-

    pecurios e florestais, tra-balhadores de servios dehigiene e sade, chefes deservios de transportes e decomunicaes, supervisoresde compras e de vendas,agentes tcnicos em ven-das e representantes co-merciais, operadores de es-tao de rdio e de estaode televiso, de equipamen-tos de sonorizao e de pro-jeo cinematogrfica e tc-nicos em eletrnica.

  • FOLHA DE ITAPETININGA Quinta-feira, 6 de dezembro de 2012 pgina 5Edio n - 6.324

    OS MELHORES PRODUTOS E OSMENORES PREOS!!!

    R.: Padre Albuquerque, 182

    Kit Medidor de Glicemia Performa R$39,90

    (Monitor + Lancetodor+agulha)Balana Digital R$ 49,90

    Fita teste Accu Chek Active c/ 50 n R$75,00

    Fita teste Accu Chek Performa c/ 50 n R$79,00

    Monitor de presso digital pulso Omron R$159,00

    Temos Fraldas GeriatricasCobrimos Qualquer oferta da concorrencia

    G.E.AP.A - Grupo de Evangelizao e Apoioaos Portadores da AIDS - Itapetininga/SP

    Vende-se 7 galoes de defensivo AgricolaGLIZ MAX fone: 96204484

    Vende-se 30 novilha Nelore 96204484

    Folha Social

    Na noite do ltimo sbado, no SESI,em Itapetininga, o con-curso dos arranjadores musicais do ARS Brasilis e o show deMilton Nascimento, marcaram poca na vida cultural-musicalda cidade e regio, diante de um pblico de cerca de 6.500pessoas.Detalhes na edio de sbado.

    Na ltima 5 feira, 29, a Escola Estadual Prof CorinaCaapava Barth esteve em festas, comemorando, em so-

    MILTON NASCIMENTO EARS BRASILIS, GRANDE

    ACONTECIMENTO

    EE.CORINACAAPAVA BARTH

    EM FESTAS

    lenidade, seu 70aniversrio, reu-nindo autorida-des, convidados,direo, professo-res, funcionrios,alunos e seuspais. No dia 7 ,amanh, haverjantar comemora-tivo. Na foto, as-pecto da solenida-de, com mais de-talhes na ediode sbado.

  • pgina 6 FOLHA DE ITAPETININGA Quinta-feira, 6 de dezembro de 2012Edio n - 6.324

    Auto Escola CFC A E CFC B

    Av. Francisco Vlio, 438 - Centro- Itapetininga - SPFone: (15) 3271-2273

    ...35 anos de tradioCurso para renovao de carteirade habilitao diurno e noturno

    Vista da Esplanada dosMinistrios: Braslia passoupara a segunda fase do con-curso, que rene 300 cidadesde todo o mundo

    "Eu vi as muralhas da so-berba Babilnia onde podemcorrer as bigas, a esttua deZeus no Olimpo, os Jardinssuspensos, o Colosso de Hli-

    A Agncia Nacional deVigilncia Sanitria (An-visa) suspendeu ontem (5)a distribuio, o comrcioe a divulgao, em todoo territrio nacional, doimplante facial para pls-tica reparadora Biossime-tric.

    Uma equipe de cientistasbrasileiros liderada pelo far-macutico Luiz Pianowskiest perto do que pode ser umsinalizador para a cura da Aids.As pesquisas conduzidas poresse grupo j se encaminhampara a fase de concluso deestudos pr-clnicos. No jar-go farmacutico, isso signifi-ca que testes sero realizadosem animais - nesse caso, emmacacos Rhesos, a mesmaespcie de primatas na qualfoi testado e descoberto o fa-tor Rh do sangue - para apu-rar a eficcia e saber as con-traindicaes desse possvelmedicamento.

    A pesquisa comeou meioque por acaso, quando o em-presrio cearense EverardoFerreira Telles, ex-dono dacachaa Ypica (cuja marcae uma parte dos ativos dacompanhia foram vendidospara grupo britnico de bebi-das Diageo), decidiu financiarestudos cientficos sobre a efi-ccia da planta aveloz no tra-tamento de cncer. "Ouvi v-rios relatos de pessoas doNordeste que foram curadaspelo aveloz. Decidi encararesse desafio e financiar aspesquisas", disse o empres-rio ao Valor.

    No Norte e Nordeste, fei-ras livres e at farmcias ven-dem "garrafadas", poescompostas de ervas, comfama de curar os mais dife-rentes males. Entre elas esta "garrafada" de aveloz - Eu-phorbia tirucalli, planta nativada frica do Sul que lembraum cacto - tambm conheci-da como rvore-do-lpis,cega-olho e espinho-italiano,considerada eficaz para oscasos de cncer. A crendice alimentada com a argumenta-o de que alguns medicamen-tos desenvolvidos por grandesmultinacionais voltados para otratamento do cncer tm ori-gem em molculas extradasde plantas. Importantes rem-dios, como o Tamiflu (da su-a Roche), para o combate dagripe H1N1, vm do anis es-trelado, por exemplo. Algunsprodutos para o corao, e ata famosa Aspirina, da alemBayer, fazem parte da exten-sa lista de produtos extradosde plantas.

    Pelo sim, pelo no, Tellesdecidiu levar o projeto adian-te. O empresrio, que no temnenhuma familiaridade nessarea, criou a empresa Ama-znia Medicamentos Ltda., naqual o maior acionista, parabancar os estudos. "J inves-timos cerca de R$ 50 milhese podemos colocar mais outrotanto para financiar as pesqui-sas."

    O empresrio contratou ocientista paranaense Luiz Pi-anowski, farmacutico de for-mao, com especializaoem fitomedicamentos (de ori-gem vegetal) na cidade doPorto (Portugal), para condu-zir as pesquisas no Brasil. Altoe "um tanto gordo", como elemesmo se define, o pesquisa-dor passou por importantesempresas farmacuticas nopas, antes de montar seu pr-prio QG de pesquisa, a Kyo-lab, em Valinhos (SP), ondefoi contatado por Telles.

    Antes de seguir carreira

    A Ford informou hoje queainda aposta no crescimentodas vendas de veculos no anoque vem, apesar das incerte-zas sobre como o governo vairetirar os estmulos dados aosetor neste ano.

    Tendo como base umaguardado crescimento daeconomia e os efeitos da que-da dos juros sobre o consu-mo, as projees da monta-dora apontam para um avan-o de 2% a 4% do mercadoautomotivo em 2013, depoisde uma evoluo prxima a4% deste ano. A meta damontadora , no mnimo,acompanhar a velocidade domercado, na expectativa damaturao dos lanamentosfeitos neste ano, caso do uti-litrio esportivo Ecosport, dapicape Ranger e do sed deluxo Fusion.

    Os nmeros superam pro-jees de alguns analistaspreocupados com os efeitosda antecipao de comprasneste ano e veem a possibili-dade de uma retrao dosemplacamentos no ano quevem.

    'No consigo ver o anoque vem pior do que 2012',afirmou Rogelio Golfarb,vice-presidente de assuntoscorporativos da Ford naAmrica do Sul, durante en-contro nesta tarde com a im-prensa.

    As projees da Ford,

    Competio europeia vai eleger asmais belas cidades de todo o mundo

    os, o enorme trabalho das al-tas pirmides, a opulenta tum-ba de Mausolo; mas quandovi o templo de rtemis, que selana at as nuvens, todo o res-to foi eclipsado, e eu disse: apar do sublime Olimpo, doolho de Hlios, jamais vi coisaparecida." Nesse trecho de umpoema do sculo 2a.C., o gre-

    go Antipater de Sidon relacio-nou sete construes conside-radas as maiores obras-primasconstrudas pela humanidade.Passados mais de 2 mil anos,quando a populao mundialchega aos 7 bilhes, uma novalista comea a ser elaborada: adas sete cidades maravilhosas.Construda por meio de vota-

    o pela internet, a seleo estna segunda fase, com quatrocentros urbanos brasileiros nopreo: Braslia, Curitiba, Rio deJaneiro e Salvador.

    A iniciativa da mesma fun-dao que organizou concur-sos semelhantes para eleger asSete Novas Maravilhas daHumanidade, em 2007, e as

    Sete Maravilhas da Natureza,em 2010. A primeira votaoterminou com a incluso doCristo Redentor, no Rio de Ja-neiro, ao lado de monumentoscomo a Grande Muralha daChina e o Coliseu, na Itlia. OBrasil voltou a emplacar duasde suas belezas na lista se-guinte: as Cataratas do Igua-

    u, na fronteira com a Argen-tina, e a Floresta Amazni-ca. Agora, no terceiro con-curso promovido pela orga-nizao 7NewWonders,com sede na Europa, a vezde homenagear os centrosurbanos, que desde 2007abrigam a maior parte dapopulao mundial.

    Anvisa suspende distribuioe venda de implante

    De acordo com a reso-luo publicada no DirioOficial da Unio, um re-latrio de inspeo inves-tigativa detectou que aempresa MTC Medical,responsvel pela fabrica-o do implante, no cum-pria os requisitos exigidos

    pela Anvisa, o que remetepara um elevado grau derisco sade dos usurios.

    A deciso vale para to-das as apresentaes doproduto e determina ain-da o recolhimento dos lo-tes remanescentes no mer-cado.

    Brasileiros em buscada cura da Aids

    solo, Pianowski desenvolveufitomedicamentos para o labo-ratrio Hebron, de Pernambu-co, e para a farmacuticaAch, uma das maiores decapital nacional, cujo carro-chefe o anti-inflamatrioAcheflan, de que um dosdetentores da patente.

    Ao Valor, Pianowski disseque comeou a pesquisa fo-cada no cncer em 2003. Mas,no meio do caminho, percebeuque as molculas extradas doaveloz tambm apontavampara outras duas linhas de tra-tamento - combate ao vrusHIV e dor crnica. O estu-do, ento, se dividiu em trs -AM10 (cncer), AM11 (dor)e AM12 (Aids). Para ajud-lonesse trabalho, o pesquisadorse cercou de acadmicos bra-sileiros - Joo Batista Calixto(Universidade Federal de San-ta Catarina, UFSC), Joo Er-nesto Carvalho (Unicamp),Odorico de Moraes (Univer-sidade Federal do Cear,UFCE), Vera Redher (Uni-camp), Auro Giglio (vinculadoao Hospital Albert Einstein).

    No caso do AM12, volta-do para a Aids, os pesquisa-dores detectaram que a subs-tncia extrada da planta (in-genol) age deslocando o vrusde dentro da clula infectada,levando-a morte (apoptose).Com isso, o vrus expostoaos antirretrovirais existentes.Em tese, isso poderia signifi-car a cura da Aids, uma vezque a substncia mata a clu-la infectada. "Os atuais trata-mentos s agem matando o v-rus quando ele se multiplica esai da clula invadida paraentrar em outras", disse Pia-nowski.

    Estudos comearam comfoco no cncer e se desdobra-ram em duas novas linhas detratamento: HIV e dor

    Grupos farmacuticos in-ternacionais j pesquisarammais de dois milhes de subs-tncias tentando chegar a essamesma ao. Porm, as pou-cas molculas que consegui-ram quebrar a latncia da c-lula, ou seja, extrair o vrus,foram consideradas altamen-te txicas. O AM12 tem de-monstrado baixa toxicidade nadose eficaz.

    Para levar o estudo adian-

    te, a equipe de cientistas con-tatou as empresas americanasBioqual e o conceituado cen-tro de virologia do InstitutoJohns Hopkins para conduziros testes em animais. Se ficarcomprovada a baixa toxicida-de no organismo do animal, apesquisa passa para a prxi-ma fase, quando so feitas ex-perincias em humanos. Pa-ralelamente a essa linha de es-tudos, a equipe tambm obser-vou que a substncia AM12pode se ligar a receptores ce-lulares, impedindo que o vrusHIV "ataque" outras clulasde defesa sadias.

    De acordo com LcioGama, professor instrutor doDepartamento de PatobiologiaMolecular e Comparada daEscola de Medicina do Insti-tuto Johns Hopkins, em Balti-more (EUA), sero testadasduas drogas isoladas pela equi-pe do Pianowski. "Vamos usarclulas de macacos para quepossamos utilizar essas subs-tncias no futuro em animaisinfectados com o SIV [o HIVdos macacos] em combinaocom o coquetel antirretroviral."

    Segundo Gama, o labora-trio est fazendo os experi-mentos "in vitro" apenas nasclulas. "A Bioqual [compa-nhia privada americana] faros experimentos em macacos.Vai providenciar macacos in-fectados pelo SIV e em trata-mento antirretroviral, adminis-trar a nova droga em conjuntocom o coquetel, alm de mo-nitorar os animais. Amostrasde sangue sero coletadas se-manalmente e uma pequenaquantidade ser mandada parans aqui no Hopkins para al-gumas avaliaes", afirmou.Procurada, a Bioqual no re-tornou aos pedidos de entre-vista.

    A evoluo desses estudossomente ser levada adiantese as contra-indicaes noforem mais danosas que osbenefcios que o possvelmedicamento poder trazer.A expectativa dos cientistasbrasileiros grande. Nos pr-ximos quatro a seis meses,esses resultados sero divul-gados. Se forem positivos,um grupo de pacientes vo-luntrios testar o medica-mento.

    Ford prev crescimentode at 4% das vendasde veculos em 2013

    contudo, so feitas com algu-mas ressalvas, levando-se emconta que o desempenho dasvendas de carros dependermuito do comportamento daeconomia. Golfarb ponderouque ainda h uma srie dedvidas sobre a continuida-de de estmulos como a re-duo do Imposto sobre Pro-dutos Industrializados (IPI) -prevista para terminar nestems - e os juros mais baixosnos financiamentos de bens decapital - este ltimo comperspectiva de prorrogaopelo governo.

    Durante discurso no even-

    to com os jornalistas, o pre-sidente da Ford no Brasil,Steven Armstrong, admitiuque o mercado brasileiro dinmico, porm cada vezmais competitivo. Ele disseque a montadora continua nopas com programa de inves-timento da ordem de R$ 4,5bilhes no perodo de 2011a 2015.

    Para a Ford, o mercadobrasileiro tem potencial paracrescer 50% nos prximosdez anos, enquanto nos Es-tados Unidos, seu pas deorigem, a evoluo dever serde 15% a 20% no perodo.

  • FOLHA DE ITAPETININGA Quinta-feira, 6 de dezembro de 2012 pgina 7Edio n - 6.324Matrias - Uol Esportes

    Folha nos Esportes

    Aps uma temporada mar-cada pela irregularidade,Ded demonstrou insatisfa-o com a situao financeirado Vasco. Em recuperaode uma fratura na perna es-querda, o jogador reiterousua paixo pelo Gigante daColina, mas cobrou os salri-os atrasados. Segundo o za-gueiro, a situao est fican-do apertada j que o clubeest h dois meses sem depo-sitar dinheiro nas contas dosatletas dia 20 de dezembrocompletar trs meses.

    O Mito faz parte do gru-po de atletas que saiu de fri-as e no tem a certeza de quea situao ser regularizadaantes da reapresentao doelenco em 2013. O Vascotem trabalhado para resolveras pendncias financeiras eprocura capitalizar um em-

    O presidente do Cruzei-ro, Gilvan de Pinho Tavares,disse que a nova propostafeita pela diretoria do Santospelo meia Montillo, realizadano comeo da noite dessatera-feira, no chegou nemperto dos valores pretendi-dos pelo clube mineiro.

    No agradou de formaalguma. No passou nemperto daquilo que o Cruzeiropretende para negociar oMontillo que, novamente digo,no est venda, afirmou odirigente do clube mineiro.

    Revelou que a diretoriasantista no desistiu do joga-dor. Pelo contrrio, o Santosaumentou a oferta, oferecen-do 5 milhes de euros (cercade R$ 13,8 milhes) e pro-meteu incluir o volante Hen-rique na transao, que entrano negcio pelo valor de 1milho de euros (R$ 2,7 mi-lhes).

    O atacante Hulk podedeixar o Zenit, da Rssia,depois de uma discussocom o tcnico da equipe,Luciano Spalletti, durante avitria por 1 a 0 sobre oMilan, na tera-feira, pelaLiga dos Campees da Eu-ropa.

    O brasileiro foi substitu-do aos 34 minutos do se-gundo tempo e saiu de cam-po bastante irritado. Ele fezum gesto em sinal de "aca-bou". O atacante foi repre-endido pelo treinador itali-ano e sentou no banco dereservas com cara embur-rada.

    A Inglaterra, assim comoo Brasil, um daqueles pasesem que a paixo pelo futebol geral. No seria diferentecom o lutador do UFC MichaelBisping. Rival de Vitor Belfortna edio de 19 de janeiro, emSo Paulo, ele falou de suatorcida pelo Manchester Uni-ted e do Mundial de clubes,que tem Corinthians e Chel-sea na disputa. O ingls admi-tiu virar a casaca e secar o timepaulista na disputa.

    Bisping, que est em SoPaulo para promover o UFCSP, admite que no um fa-ntico por futebol, no nvel damaioria dos seus compatriotas,mas assiste regularmente spartidas dos Red Devils.Em um pas como a Inglater-ra, impossvel no torcerpara um time e acompanharas partidas. Todos so muitoapaixonados, malucos por fu-tebol. Eu nasci em Manches-ter e desde pequeno sou umf do Manchester United,contou ele.

    O ingls mostrou certo des-conhecimento do Mundial de

    Ded reitera paixo pelo Vasco, mas cobrasalrios em dia: 'Est ficando apertado'

    prstimo de R$ 20 milhesatravs de torcedores ilustresat a prxima semana.

    No est quitado, todomundo sabe que est atrasa-do. No gosto de falar sobrecoisas ruins que acontecemno Vasco, mas a situao estficando apertada. Tomaraque d tudo certo, porquetenho paixo pelo clube,afirmou o atleta, antes da par-ticipao na 9 edio doTrofu Mesa Redonda.

    Os salrios atrasados noso uma novidade no Vasco,que enfrentou o problema nasultimas temporadas. At mes-mo na conquista da Copa doBrasil em 2011 os vencimen-tos no estavam em dia. Du-rante a disputa do Cariocadeste ano, os jogadores semobilizaram e boicotaram asconcentraes por contra do

    entrave financeiro.Para mim e todos os jo-

    gadores, este o principaldever do clube. Sei que temdificuldade, questo poltica eburocracia, mas os jogadoresno tm nada a ver com issoe no podem sofrer com umacoisa interna. Estou no Vascoh trs anos e no julgo nin-gum, mas as consequnciassobram para os atletas, coma torcida ficando impaciente,reclamou o zagueiro.

    Apesar de lamentar osatrasos, o zagueiro nega quea situao tenha sido deter-minante para a queda de ren-dimento apresentada peloVasco na reta final do Brasi-leiro. Ded relembra a sadade alguns atletas importantescomo Diego Souza, Rmulo,Fagner e Allan para explicaro fraco desempenho nas lti-

    mas rodadas.Isso (salrio) no afetou

    nosso fim de ano. Jogamos aLibertadores com pequenoatraso tambm e ainda che-gamos vice-liderana (doBrasileiro) de 2011 comadversidades. O que afetoufoi a questo do elenco, e eutambm no estava bem paraajudar, porque sofri leses.Mas penso em continuar noclube, afirmou.

    Sem jogar desde o dia 25de outubro, Ded tem apre-sentado boa recuperao desua leso, mas o departamen-to mdico do Vasco prepa-rou uma programao detreinos especiais para que ojogador retorne aos grama-dos o mais rpido possvel.Os mdicos acreditam que ozagueiro est 100% apenasem maro de 2013.

    Presidente do Cruzeiro descartanova oferta do Santos por

    Montillo: "No passou nem perto"

    Desta forma, o valor pa-garia exatamente a parte quepertence ao Cruzeiro, quedetm 60% dos direitos eco-nmicos do argentino. Ou-tros 20% so do BancoBMG e 20% pertencem aempresrios mineiros. Po-rm, o clube celeste, que jhavia negado uma propostainicial que continha a negoci-ao de Henrique e mais umvalor em dinheiro, descartoua nova oferta santista.

    Na verdade, no foi nemuma proposta. Eles chegamcom a conversa que queremo Montillo, falam que vo darisso e aquilo, mas no con-cretizam, salientou Gilvan dePinho, quem mantm o valorde 15 milhes de euros paranegociar Montillo.

    Nessa tera-feira, o clu-be ficou irritado com a formaque o Santos conduz a nego-ciao. Isso porque o clubeda Baixada teria procuradodiretamente Montillo e seuempresrio e j acertado umcontrato de trs anos.

    Porm, o mal-entendidofoi resolvido aps a conver-sa de Odlio Rodrigues como presidente Gilvan de PinhoTavares, e o diretor de fute-bol celeste, Alexandre Mat-tos. A diretoria celeste ficounervosa com o fato, j queMontillo tem contrato com oCruzeiro at 2015 e o clubedeveria ser procurado pri-meiro.

    Alm do Santos, o Cru-zeiro tambm recebeu pro-postas de So Paulo e Flu-minense pelo argentino. Oprimeiro ofereceu 4 milhesde euros (cerca de R$ 11 mi-lhes), mais o volante Case-miro e o zagueiro Joo Feli-pe. O clube carioca propsuma troca por dois jogado-res o meia Wagner e omeia-atacante Rafael Sbis.Porm, no houve acordo.

    Aps despertar inveja emcapito e bater boca com tcnico,

    Hulk ameaa deixar o ZenitLogo depois, ameaou

    deixar a equipe. Se a situ-ao com o treinador nofor resolvida, eu posso dei-xar o clube em janeiro,quando reabrir a janela detransferncias, falou o bra-sileiro Hulk aps a partida.

    O tcnico se pronuncioupor meio de nota oficial lan-ada pelo site do clube.Mas preferiu colocar panosquentes. Todos os grandesjogadores no gostam de sersubstitudos. Mas o impor-tante foi que ganhamos ojogo, disse Spalletti.

    Hulk j viveu outra po-lmica no comeo da tem-

    porada. O jogador desper-tara cimes no elenco apschegar por altas cifras. Atransao de Hulk do Por-to para o time russo foi amais cara da ltima janelade transferncias do futeboleuropeu estima-se valorprximo de R$ 144 milhes.

    O capito do time, IgorDenisov, criticou o dinheiroinvestido e salrio pago aHulk e disse que Hulk notinha a categoria de "supe-restrela" do argentino LeoMessi ou do portugus Cris-tiano Ronaldo e que nomerecia o salrio pago peloZenit.

    Torcedor do United, rivalde Belfort vira-casaca no

    Mundial e seca o CorinthiansClubes, mas afirmou que, mes-mo com o rival Chelsea emcampo, prefere dar suporte aum clube do seu pas no tor-neio realizado na prxima se-mana, no Japo.

    Sabe, sou um torcedor doManchester United, mas, emprimeiro lugar, sou ingls. Voutorcer pelo Chelsea contra oCorinthians. Mas que o me-lhor vena, adicionou o pesomdio do UFC, um veteranoda organizao, que aindacornetou o futebol brasileiro.

    O Brasil um pas incr-vel para o futebol, mas, sabe,vocs no tem ido to bons

    ultimamente, viu? O melhortime do mundo tem sidoquem vence a Liga dosCampees. Ento, acho queo Chelsea vai ganhar, meuamigo, concluiu com bomhumor Bisping.

    Vitor Belfort e MichaelBisping faro a luta principaldo primeiro UFC realizadoem So Paulo, no dia 19 dejaneiro. O ginsio do Ibira-puera est programado parareceber o evento, com a pre-sena tambm de lutadorescomo Daniel Sarafian, Ga-briel Napo e Francisco Mas-saranduba.

  • pgina 8 FOLHA DE ITAPETININGA Quinta-feira, 6 de dezembro de 2012Edio n - 6.324

    Campos Sales, 395 FONE 3272-6300Aristides Lobo, 128 FONE 3271-0105Itapetininga Shopping FONE 3373-1577

    TUDO EM AT

    6 x

    DESPDESPDESPDESPDESPACHANTE POLICIALACHANTE POLICIALACHANTE POLICIALACHANTE POLICIALACHANTE POLICIALCompetncia e RCompetncia e RCompetncia e RCompetncia e RCompetncia e Responsaesponsaesponsaesponsaesponsabilidadebilidadebilidadebilidadebilidade

    TTTTTrrrrransfansfansfansfansferncia,erncia,erncia,erncia,erncia, licenciamento licenciamento licenciamento licenciamento licenciamento,,,,, 1 emplacamento 1 emplacamento 1 emplacamento 1 emplacamento 1 emplacamento,,,,,rrrrrenoenoenoenoenovvvvvao de CNH,ao de CNH,ao de CNH,ao de CNH,ao de CNH, IPV IPV IPV IPV IPVA,A,A,A,A, m m m m multasultasultasultasultas,,,,, etc etc etc etc etc.....

    Financiamento em at 12x.O mais completo escritrio de despachante da regio.

    Rua Capito Jos Leme, N 258Telefones: 3271-9155 e Telefax: 3271-8084

    Silas Gehring Cardoso redator chefe dos jornaisFolha de Itapetininga eTribuna Popular e presi-dente da AJORI Associa-o dos Jornalistas e Ra-dialistas da Regio de Ita-petininga.

    Silas Gehring CardosoAjori 033

    Marcos Cintra

    Operadoras de celu-lar e bancos sero osprotagonistas de maisum avano da moedaeletrnica. Em um futu-ro breve, o consumidorpoder liquidar suasoperaes comerciaisutilizando seu aparelhode telefonia mvel. Omobile payment ser umimportante passo para aevoluo dos meios depagamentos.

    A tecnologia est re-volucionando os meiosde pagamento ao redordo mundo. Aos pou-cos, a moeda eletrnicasubstitui a moeda ma-nual e o Brasil desta-que nesse processo. Aproporo do papelmoeda na economiabrasileira em relao aoPIB, cerca de 3%, uma das mais baixas domundo. Est no mesmopatamar de pasescomo Frana, Alema-nha e Holanda.

    As economias estomigrando dos meios depagamentos realizadoscom papel moeda, e atmesmo com cheques,para formas eletrnicasde liquidao de opera-es. Isso se deve aocusto das transaes.Utilizar meio eletrnicocusta o equivalente aum tero de uma ope-rao utilizando papel.

    Dados do BancoCentral do Brasil douma ideia da utilizaocrescente da moeda ele-trnica nas economias.No relatrio Diagnsti-co do Sistema de Paga-mentos de Varejo doBrasil Adendo 2010,

    Avano do dinheiro virtual

    consta que entre 2005 e2009 pases como Bl-gica, Alemanha, Espa-nha e Estados Unidosreduziram, em mdia, emmais de 50% a partici-pao dos cheques nastransaes sem uso dedinheiro manual. Na Su-cia a reduo foi de100% e no Brasil de49%. As formas de pa-gamento no varejo quemais cresceram foram oscartes de dbito e decrdito. Os destaquesdesse aumento no per-odo analisado foram:Brasil (37%), Sucia(88%), Estados Unidos(59%) e Itlia (46%).

    A necessidade de re-duzir custos de transa-o para os agentes pro-dutivos e minimizar osriscos dos sistemas depagamentos colocaramo Brasil na vanguarda doprocesso de adoo dodinheiro virtual. Issoocorreu em funo dosvultosos investimentosque modernizaram suaestrutura bancria. O ad-vento do Sistema de Pa-gamentos Brasileiro(SPB) em 2002 fez oPas contar com umadas estruturas de trans-ferncias de crdito maiseficientes do mundo

    atravs da utilizaodas TEDs (Transfe-rncias EletrnicasDisponveis) e DOCs(Documentos de Cr-ditos).

    O dinheiro eletrni-co implica em custosmenores das transa-es e isso, em ltimaanlise, determinagrande parte da estru-tura de uma economia.Quanto mais os cus-tos forem reduzidospelas novas formas dedinheiro as trocas se-ro dramaticamenteatomizadas.

    Vale dizer que aeconomia brasileiraconta com uma basecrescente de instru-mentos de pagamentoeletrnico atravs decartes de plstico.No final de 2010 oPas registrava mais de226 milhes de cartesde dbito (crescimen-to de 80% em seteanos) e mais de 175milhes de cartes decrdito (aumento de298% em sete anos).

    Toda essa estruturade pagamento via car-to de plstico foi via-bilizada com a expan-so dos terminais ele-trnicos no comrcioe da rede bancria.Tudo isso difunde amoeda eletrnica, queagora est prestes adar um novo salto porconta da populariza-o da telefonia celu-lar. Esse avano do di-nheiro virtual trar mai-or eficincia para o sis-tema de pagamentos eter impacto profundona atividade produtiva.

    (*) Marcos CintraCavalcanti de Albu-querque doutor emEconomia pela Univer-sidade Harvard(EUA), professor titu-lar e vice-presidenteda Fundao GetulioVargas.

    I n t e r n e t :www.marcoscintra.org/ E-mail:[email protected] Twitter: http://twitter.com/marcos-cintra.

    Os momentos emque vivemos so pro-pcios a uma reflexom a i s a p r o f u n d a d a .Alis, as pessoas, deuma forma geral, de-veriam exercitar maisessa viagem interi-or, quando se procu-ra analisar a essnciada vida, e quando sepode chegar a umaconc luso c l a ra doq u e v a l e o u n o apena ser feito. Todosns chegamos a umponto de vida em quecomeamos a fazerum balano dos nos-sos acertos e erros ecomeamos a pergun-tar o que ainda podeser feito de til, ob-jetivo e aproveitvelnos anos que nos res-tam na atual romagemterrestre.

    H mais de 2.000a n o s , o A p s t o l oPaulo, em seu discur-so no Arepago deA t h e n a s , a l e r t a v ac o n t r a o s f a l s o sdeuses. O sentidosimblico imenso.Muitos deuses aca-bam sendo indevida-mente cul tuados . Amaioria representadapelas vantagens ma-t e r i a i s a q u a l q u e rcusto. Separar as as-

    As preciosas liesprticas que nos trazem

    os Evangelhos

    piraes legtimas, dabusca por vantagensimediatas, no fcil.Principalmente na so-ciedade em que vive-mos. O prprio Jesusdeu um sabido conse-lho, ao referir-se se-parao entre o joio eo t r igo. Em Mateus,cap. 13, versculo 30,e le af i rmou textual -mente: Deixai cres-cer ambos juntos, ata ceifa, e, por ocasioda ceifa, direi aos cei-feiros: colhei primei-ro o joio e atai-o parao queimar. Isso sig-nifica que a maldade t a m a n h a e m n o s s omeio, que no pode-mos, de forma impru-dente, dar murro emponta de faca, paramudar a sociedade da n o i t e p a r a o d i a .Tudo tem hora certa, evem da o mrito dapacincia, da persis-tncia e da f, nas con-

    quistas. Sempre coma cautela necessria.O Apstolo Paulo jaler tava: Guardai-vos dos maus obrei-r o s ( F i l i p e n s e s ,cap. 3, versculo 2).E l e s e s t o s e m p r et r amando . A l i s , asociedade brasileiraj est traumatizadacom a sua ao. For-mam verdadeiras or-ganizaes, em buscade suas van tagens .Quem quer o benef-c i o d o p o v o , t e msempre que enfrentaresses grupos, o queinvariavelmente custaum desgaste imenso.

    Os Evangelhos nostrazem lies preci-osssimas para a vidapr t ica . Par t icular -mente nestes dias, alembrana do que Je-sus teve que enfren-tar, por contrariar in-teresses de grupos, uma lio de enormeimportncia para aspessoas conscienci-osas.

    FOLHA quinta pg 1 a 4FOLHA quinta 5 a 8 - Nova

    /ColorImageDict > /JPEG2000ColorACSImageDict > /JPEG2000ColorImageDict > /AntiAliasGrayImages false /CropGrayImages true /GrayImageMinResolution 150 /GrayImageMinResolutionPolicy /OK /DownsampleGrayImages true /GrayImageDownsampleType /Bicubic /GrayImageResolution 300 /GrayImageDepth -1 /GrayImageMinDownsampleDepth 2 /GrayImageDownsampleThreshold 1.00000 /EncodeGrayImages true /GrayImageFilter /DCTEncode /AutoFilterGrayImages true /GrayImageAutoFilterStrategy /JPEG /GrayACSImageDict > /GrayImageDict > /JPEG2000GrayACSImageDict > /JPEG2000GrayImageDict > /AntiAliasMonoImages false /CropMonoImages true /MonoImageMinResolution 1200 /MonoImageMinResolutionPolicy /OK /DownsampleMonoImages true /MonoImageDownsampleType /Bicubic /MonoImageResolution 1200 /MonoImageDepth -1 /MonoImageDownsampleThreshold 1.00000 /EncodeMonoImages true /MonoImageFilter /CCITTFaxEncode /MonoImageDict > /AllowPSXObjects true /CheckCompliance [ /None ] /PDFX1aCheck false /PDFX3Check false /PDFXCompliantPDFOnly false /PDFXNoTrimBoxError true /PDFXTrimBoxToMediaBoxOffset [ 0.00000 0.00000 0.00000 0.00000 ] /PDFXSetBleedBoxToMediaBox true /PDFXBleedBoxToTrimBoxOffset [ 0.00000 0.00000 0.00000 0.00000 ] /PDFXOutputIntentProfile (None) /PDFXOutputConditionIdentifier () /PDFXOutputCondition () /PDFXRegistryName () /PDFXTrapped /False

    /CreateJDFFile false /Description >>> setdistillerparams> setpagedevice

    /ColorImageDict > /JPEG2000ColorACSImageDict > /JPEG2000ColorImageDict > /AntiAliasGrayImages false /CropGrayImages true /GrayImageMinResolution 150 /GrayImageMinResolutionPolicy /OK /DownsampleGrayImages true /GrayImageDownsampleType /Bicubic /GrayImageResolution 300 /GrayImageDepth -1 /GrayImageMinDownsampleDepth 2 /GrayImageDownsampleThreshold 1.00000 /EncodeGrayImages true /GrayImageFilter /DCTEncode /AutoFilterGrayImages true /GrayImageAutoFilterStrategy /JPEG /GrayACSImageDict > /GrayImageDict > /JPEG2000GrayACSImageDict > /JPEG2000GrayImageDict > /AntiAliasMonoImages false /CropMonoImages true /MonoImageMinResolution 1200 /MonoImageMinResolutionPolicy /OK /DownsampleMonoImages true /MonoImageDownsampleType /Bicubic /MonoImageResolution 1200 /MonoImageDepth -1 /MonoImageDownsampleThreshold 1.00000 /EncodeMonoImages true /MonoImageFilter /CCITTFaxEncode /MonoImageDict > /AllowPSXObjects true /CheckCompliance [ /None ] /PDFX1aCheck false /PDFX3Check false /PDFXCompliantPDFOnly false /PDFXNoTrimBoxError true /PDFXTrimBoxToMediaBoxOffset [ 0.00000 0.00000 0.00000 0.00000 ] /PDFXSetBleedBoxToMediaBox true /PDFXBleedBoxToTrimBoxOffset [ 0.00000 0.00000 0.00000 0.00000 ] /PDFXOutputIntentProfile (None) /PDFXOutputConditionIdentifier () /PDFXOutputCondition () /PDFXRegistryName () /PDFXTrapped /False

    /CreateJDFFile false /Description >>> setdistillerparams> setpagedevice