Guia Utilizador 1516
Guia Utilizador 1516
Guia Utilizador 1516

Guia Utilizador 1516

  • View
    219

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Biblioteca Escolar

Text of Guia Utilizador 1516

  • Agrupamento de Escolas de

    Arronches

    Escola Bsica 2,3 Nossa Sr. da Luz

    A utilizao dos meios audiovisuais e informti-

    cos subordina-se s seguintes regras:

    a) Devem ser requisitados, pelos professores,

    com pelo menos 24 horas de antecedncia;

    b) A sua manipulao e preservao da res-

    ponsabilidade do professor requisitante;

    c) O professor deve participar de imediato ao

    professor bibliotecrio e/ou assistente operaci-

    onal qualquer anomalia verificada aquando da

    utilizao ou durante o seu manuseamento;

    d) Estes equipamentos podem tambm ser utili-

    zados pela comunidade educativa, mediante

    requisio ao diretor, sem prejuzo das ativida-

    des letivas.

    Meios Audiovisuais

    Biblioteca Escolar

    Guia do Utilizador

    A Biblioteca um silncio cheio de

    vozes que se libertam e nos envolvem

    sempre que abrimos as pginas de um

    livro

    Dr. Henrique Nunes

    EB2,3 Nossa Senhora da Luz Arronches

    Rua Dr. Edmundo Curvelo 7340-029 Arronches

    Tel:245580050 Fax: 245583512 E-mail: ebiarronches@mail.telepac.pt

    Biblioteca: biblioluz@sapo.pt http://www.ebiarronches.com/

    https://www.facebook.com/bibliotecaescolar.arronches

    Horrio da Biblioteca (2. e 3. ciclos) De Segunda a Sexta-feira, das 8.30h s 17.30h Podes contar com uma equipa constituda pelos seguintes

    elementos:

    Assistente Operacional: Idalina Pereira

    Prof. Anabela Laranjo

    Prof. Maria Joo Raposo Professoras colaboradoras

    Prof. Elisabete Raposo

    Prof. Fernanda Pinheiro (Professora Bibliotecria)

    Salas de aula Est disponvel para emprstimo todo o mate-

    rial livro e no livro existente na BE, exceto

    situaes devidamente justificadas.

    O emprstimo para a sala de aula tem a dura-

    o do bloco letivo (50 ou 100 minutos).

    A requisio deste material, nomeadamente

    material audiovisual e informtico, deve ser

    feita com 24 horas de antecedncia

    Est atento(a) s iniciativas que te

    vo sendo propostas e colabora!

    Imagens obtida s em: https://www.facebook.com/sam.carlo1/photos

  • As instalaes da BE organizam-se em vrios espaos, de acordo com as seguintes zonas:

    a) Zona de acolhimento b) Zona de leitura informal c) Zona de consulta de documentao im-

    pressa d) Zona de consulta de documentao multi-

    mdia. 2. Estes espaos so de livre acesso a toda a po-pulao escolar e a sua organizao dever permi-tir a utilizao de diferentes recursos de informa-o, produo de materiais, a leitura e a anima-o pedaggica. 3. As instalaes so dotadas de equipamento de apoio s atividades computadores, scanners impressora e material de desgaste. O nosso fundo documental est organizado se-gundo o norma da Classificao Decimal Univer-sal (CDU)

    0. Generalidades. Cincia e Conhecimento. Organizao. Documentao. Bibliotecono-mia. Informtica.

    1. Filosofia. Psicologia. 2. Religio. Teologia. 3. Cincias Sociais. Estatstica. Poltica. Economia.

    Comrcio. Direito. Educao. Etnografia. 4. No atribuda. 5. Cincias Puras. 6. Cincias Aplicadas. Medicina. Tecnologia. 7. Artes. Passatempos. Msica. Desportos. 8. Lngua. Lingustica. Filologia. Literatura. 9. Arqueologia. Geografia. Biografias. Histria.

    Normas de Funcionamento

    A BE um espao multifuncional onde

    devem coexistir o estudo e a ocupao

    de tempos livres. Por isso a seu utiliza-

    dor deve subordinar-se s seguintes normas gerais:

    a) Frequent-la no prejudicando qualquer outro leitor

    ou utilizador;

    b) Respeitar as instalaes e o mobilirio;

    c) Estimar livros, revistas e demais instrumentos de tra-

    balho de que ela dispe;

    d) e) Sugerir a aquisio de outras que entenda necess-

    rias;

    f) Propor medidas que lhe paream suscetveis de au-

    mentar a sua eficcia.

    4. A utilizao da BE obedece s seguintes regras:

    a) O utilizador tem livre acesso s estantes para escolher

    os documentos que desejar;

    b) Depois da consulta, deve colocar os documentos em

    local destinado para o efeito (carro de depsito).

    O Espao da BE Leitura domiciliria

    Todos os documentos

    que o utilizador preten-

    da consultar fora da

    sala da BE devem ser requisitados.

    Todos os registos de emprstimos e devolu-

    es de documentos sero feitos pela pessoa

    responsvel pela BE, em programa informtico

    de gesto do fundo documental.

    Em relao ao material livro, cada utente pode

    requisitar num mximo de trs documentos,

    pelo perodo de dez dias teis.

    Documentos no livro (DVDS, Vdeos, CDS)

    podem ser requisitados num nmero mximo

    de dois, por um perodo de dois dias.

    O emprstimo pode ser renovado desde que o

    documento no esteja sob pedido de reserva

    por outro leitor.

    O utente assume inteira responsabilidade pela

    conservao dos documentos requisitados.

    No sero objeto de emprstimo:

    Dicionrios;

    Enciclopdias;

    Obras de referncia.

    Estes recursos s podero ser consultados no

    espao da Biblioteca.

  • Vem viajar na Biblioteca Escolar e .

    Descobrir um espao de prazer! Podes descobrir a Biblioteca com os teus professores e colegas! Descobrir um espao de afeto! Descobrir um espao para crescer! Descobrir outras leituras Ouvir

    ler Partilhar leituras Escrever novas hist-rias e poemas Descobrir novos autores Descobrir novas cores para as palavras

    Podes procurar a informao de que necessitas

    - Saber pesquisar - Saber selecionar - Saber mais e mais

    Ao longo do ano letivo, vamos desenvolver diver-sas atividades, e contamos com a participao/colaborao de alunos, encarregados de educao e de toda a comunidade educativa. Destacamos as seguintes:

    ATENO

    Tens o direito de ver, ouvir, mexer em todos os documentos que queiras consultar, mas com cuidado

    Tens o direito a utilizar os computadores, mas

    quando chegar a tua vez! Podes gravar os teus trabalhos em pen, mas,

    para isso ters que pedir ao professor! Tens o direito de requisitar o livro que mais

    gostas para, em casa, leres com os teus pais. No te esqueas de cumprir os prazos!

    Deves comer antes de entrares na tua Bibliote-

    ca! Tens o direito de apresentar crticas e suges-

    tes para melhorar a tua Biblioteca. Os alunos que instalem jogos e/ou alte-

    rem as definies dos computadores fica-

    ro impedidos de os utilizar sem ser para

    fins pedaggicos.

    16.30h

    17.30h

    Neste horrio, a BE destina-se, apenas, realizao de trabalhos de casa, de pes-

    quisa e outras tarefas relaci-onadas com as diferentes

    disciplinas.

    Outubro: Ms Internacional da Bibliote-ca Escolar (Lema deste ano A biblioteca escolar Super)

    Projeto Leitura em vai e vem (Pr es-colar

    Participao no projeto Ajudaris

    Participao no projeto Memo e Kelembra

    Comemorao do Halloween: concurso de vassouras

    Comemorao do Dia Internacional da Tolerncia(16 nov.)/ Dia Internacional das Pessoas com Deficincia (3 dez.)/Dia Internacional das Famlias (17 de maio)/Dia do Autor Portugus (22 de maio)

    Natal Solidrio

    Semana da LeituraTema Elos de Lei-tura (entre 14 e 18 de maro)

    Concurso Leitores Sonhadores (1. e 2. ciclos)

    Concurso Nacional de Leitura (3. ciclo)

    Desenvolvimento do projeto Ler+ para Ser+ (Todo o agrupamento).

    (Sempre que possvel, as atividades sero desenvol-vidas em articulao com a BE do 1. ciclo)