of 8 /8
ANO II EDIÇÃO VIII JUNHO / 2014 R$ 1,00 www.jornalconexaoverdade.com A NOTÍCIA CONECTADA COM A VERDADE Ricardo da Karol é homenageado em Magé Ricardo da Karol recebeu da Câmara Municipal de Magé o Título de Cidadão Mageense. A homenagem aconteceu no plenário da Câmara Municipal. PÁGINA 2 O evento realizado na segunda-feira, dia 16 de junho, foi uma iniciativa do presidente da OAB, Dr. Edison de Freitas, sua diretoria e os ex- presidentes. PÁGINA 4 As vaias e os xingamentos que a presidente Dilma recebeu no Itaquerão foram manifestações grosseiras, sim, mas não só de paulistanos. Infelizmente, aquilo foi a amostra de um país ainda em estado bruto e xucro PÁGINA 4 Homenagem OAB-Magé/Guapimirim Homenageia imprensa OAB No Brasil não cabe mais “Nós” e “Eles” Brasil Segundo o senador Marcelo Crivella, a lei fará justiça aos profissionais que arriscam suas vidas no trânsito. PÁGINA 3 A violência doméstica é um problema universal que atinge milhares de pessoas por vezes de forma silenciosa e dissimuladamente. PÁGINA 3 Sanciondado Projeto do Senador Marcello Crivela Violência Doméstica Política Sociedade CIÊNCIA ANTICONCEPCIONAL PARA HOMENS PILULA Um grupo de cientistas australianos desenvolveu uma pílula anticoncepcional para homens que bloqueia o transporte de espermatozoides PÁGINA 6 TECNOLOGIA AMAZON A Amazon apresentou o seu primeiro smartphone, o Fire Phone. O aparelho traz uma tecnologia 3D chamada Dynamic Perspective PÁGINA 7 Drª. Adélia C. Vargas: Pag: 4 Alex Campos: Pag: 4 Henry Mayer: Pag: 5 Mariluze: Pag: 7 S. Medeiros: Pag: 4 COLUNISTAS SAÚDE ELIMINANDO LEMBRANÇAS TRAUMAS Cientistas desenvolvem pílula capaz de eliminar lembranças indesejáveis, como acidentes, guerras e frustrações PÁGINA 7 LANÇA SEU 1º CELULAR QUE EXIBE IMAGENS 3D Ônibus da empresa paraíso verde contratado pela prefeitura de Guapimirim, atropela jovem que fica em estado vegetativo. Família sofre com falta de atenção do poder público. PÁGINA 5 GUAPIMIRIM Ganância e falta de respeito pela vida PÁGINA 2 Bairro da Caneca Fina GUAPIMIRIM RESSUSCITA Falta política de segurança pública para Guapimirim A banalização da violência em Guapimirim e os crescentes índices de criminalidade amedrontam cada vez mais a população. PÁGINA5 O presidente da asso- ciação de moradores de parada ideal Sr. An- tonio Carlos Ferreira e a vice presidente Sra. Daniela Garcia vêm a publico agradecer ao chefe de gabinete da prefeitura munici- pal de Guapimirim o Sr. Rodrigo Medeiros pelo cumprimento do que foi combinado na reunião realizada: Varrição, roçada, que- bra molas, e guarda municipal na escola Rosa de Sarom. A co- munidade agradece! NOTA DE AGRADECIMENTO 991182628 DENUNCIE! WhatsApp DPO única unidade policial em Guapimirim Tatiana saudável antes do acidente Tatiana depois do acidente vive em estado vegetativo

Homenagem Ricardo da Karol é GUAPIMIRIM homenageado em ...jornalconexaoverdade.com.br/wp-content/uploads/... · Ricardo da Karol é homenageado em Magé Ricardo da Karol recebeu

  • Upload
    others

  • View
    3

  • Download
    0

Embed Size (px)

Citation preview

  • ANO II EDIÇÃO VIII JUNHO / 2014 R$ 1,00 www.jornalconexaoverdade.com

    A NOTÍCIA CONECTADA COM A VERDADE

    Ricardo da Karol é homenageado em Magé

    Ricardo da Karol recebeu da Câmara Municipal de Magé o Título de Cidadão Mageense. A homenagem aconteceu no plenário da Câmara Municipal. PÁGINA 2

    O evento realizado na segunda-feira, dia 16 de junho, foi uma iniciativa do presidente da OAB, Dr. Edison de Freitas, sua diretoria e os ex-presidentes. PÁGINA 4

    As vaias e os xingamentos que a presidente Dilma recebeu no Itaquerão foram manifestações grosseiras, sim, mas não só de paulistanos. Infelizmente, aquilo foi a amostra de um país ainda em estado bruto e xucro PÁGINA 4

    Homenagem

    OAB-Magé/GuapimirimHomenageia imprensa

    OAB

    No Brasil não cabe mais “Nós” e “Eles”

    Brasil

    Segundo o senador Marcelo Crivella, a lei fará justiça aos profissionais que arriscam suas vidas no trânsito. PÁGINA 3

    A violência doméstica é um problema universal que atinge milhares de pessoas por vezes de forma silenciosa e dissimuladamente. PÁGINA 3

    Sanciondado Projeto do Senador Marcello Crivela

    Violência Doméstica

    Política

    Sociedade

    CIÊNCIA

    ANTICONCEPCIONAL PARA HOMENS

    PILULA

    Um grupo de cientistas australianos desenvolveu uma pílula anticoncepcional para homens que bloqueia o transporte de espermatozoides PÁGINA 6

    TECNOLOGIA

    AMAZON

    A Amazon apresentou o seu primeiro smartphone, o Fire Phone. O aparelho traz uma tecnologia 3D chamada Dynamic Perspective PÁGINA 7

    Drª. Adélia C. Vargas: Pag: 4

    Alex Campos: Pag: 4

    Henry Mayer: Pag: 5

    Mariluze: Pag: 7

    S. Medeiros: Pag: 4

    COLUNISTAS SAÚDE

    ELIMINANDO LEMBRANÇAS

    TRAUMAS

    Cientistas desenvolvem pílula capaz de eliminar lembranças indesejáveis, como acidentes, guerras e frustraçõesPÁGINA 7

    LANÇA SEU 1º CELULAR QUE EXIBE IMAGENS 3D

    Ônibus da empresa paraíso verde contratado pela prefeitura de Guapimirim, atropela jovem que fica em estado vegetativo. Família sofre com falta de atenção do poder público. PÁGINA 5

    GUAPIMIRIM

    Ganância e falta de respeito pela vida

    PÁGINA 2

    Bairro da Caneca Fina

    GU

    APIM

    IRIM

    RESSUSCITA

    Falta política de segurança pública para GuapimirimA banalização da violência em Guapimirim e os crescentes índices de criminalidade amedrontam cada vez mais a população. PÁGINA5O presidente da asso-

    ciação de moradores de parada ideal Sr. An-tonio Carlos Ferreira e a vice presidente Sra. Daniela Garcia vêm a publico agradecer ao chefe de gabinete da prefeitura munici-pal de Guapimirim o Sr. Rodrigo Medeiros pelo cumprimento do que foi combinado na reunião realizada: Varrição, roçada, que-bra molas, e guarda municipal na escola Rosa de Sarom. A co-munidade agradece!

    NOTA DE

    AGRADECIMENTO

    991182628

    DENUNCIE!WhatsApp

    DPO única unidade policial em Guapimirim

    Tatiana saudável antes do acidente Tatiana depois do acidente vive em estado vegetativo

  • 2 www.jornalconexaoverdade.com Junho de 2014

    NOVO SITEA NOTÍCIA CONECTADA COM A VERDADE

    Publicado por: Jornal Conexão Verdade CNPJ: 17.858.188/0001-06

    Diretor: Isaías FrançaDiretor Jurídico: Marinaldo José Simões / Vitor OliveiraRedator: Henry MayerJornalista Responsável: Alexandre Armando ZuccoloDiagramação: Cláudio Calabaça / Henrique FrançaImpressão: NewsTech - CNPJ: 07.253.882/0002-27Telefone NewsTech: (21) 3552-0580Tiragem: 20 mil exemplaresE-mail: [email protected]

    As opiniões dos colunistas / artigos aqui publicadas refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do jornal ou quaisquer outros envolvidos nesta publicação.

    ANUNCIE NO CONEXÃO VERDADE (21) 98804-0893 / (21) 2010-3320

    facebook.com/conexaoverdade2013

    Governador Luiz Fernando Pezão e Ricardo da Karol

    www.jornalconexaoverdade.com

    A comunidade não conta com acesso a serviços básicos, ten-do que buscá-los nos bairros próximos. O bairro não possui escola e creche, nunca houve creche no bairro, para as mães que precisam trabalhar, a falta das unidades é um transtorno pois precisam levar os filhos até outros bairros como Para-da modelo e Limoeiro, situação difícil, pois os bairros ficam longe e isso sobrecarrega quem trabalha e o gasto com passa-gens pesa no orçamento do mês. A educação no bairro deve-ria ter mais atenção das autoridades. Aqui não tem nenhuma creche e a única escola está em mal estado de conservação e as crianças tiveram que ser transferidas e estão indo estudar no centro da cidade, são crianças pequenas que precisam se deslocar para muito longe de suas casas, faz muita falta para o morador ter uma escola mais próxima, as crianças em ida-de escolar contam com o transporte escolar oferecido pela prefeitura para chegar à escola. as crianças do bairro da Ca-neca Fina com idade para creche e escola são atendidas em unidades de bairros distantes. O posto de saúde mais perto fica no centro de Guapimirim e o hospital, mais distante ain-da. O bairro também precisa de uma ambulância, quando acontece alguma emergência os moradores precisam pedir socorro aos vizinhos para levá-los até o hospital. Precisamos de um posto de saúde com uma ambulância de plantão para atender à comunidade, a saúde é uma questão urgente no bairro. Não temos área de lazer o bairro, as crianças brin-cam nas ruas. Nos fins de semana, os pais procuram outros bairros, para as crianças terem um pouco de lazer e diver-timento. Já conseguimos que alguns moradores se unissem nessa guerra, já obtivemos a vitória de sermos ouvidos pelos responsáveis na prefeitura, as promessas estão no papel, mas, breve começaram a serem postas em prática, esperamos. A necessidade de deslocamento para o acesso a esses serviços traz à tona mais uma reclamação: a deficiência do transporte coletivo que não respeita os horários e não atende às deman-das da comunidade. Além disso, o bairro não possui rede de água e esgoto A falta de sistemas de esgotos no nosso bair-ro é sem dúvidas um problema de saúde pública, pois pode provocar doenças que são transmitidas por meio ingestão de água contaminada ou pelo contato direto com o esgoto. O tratamento do esgoto deve ser realizado para garantir a saúde da população e o acesso à água de qualidade. Todos devem ter consciência que mesmo a água se não for utilizada para fins potáveis, deve atingir um padrão mínimo de qua-lidade e ter controlada a quantidade de poluentes que estão presentes na água. Iniciativas para recuperar a qualidade das águas dos rios, mares e lagos são essenciais para o futuro da saúde das próximas gerações. É claro que tudo isso deve vir precedido de planejamento para rápida elaboração de bons projetos, obras bem executadas e da existência de entidades capacitadas para fazer a gestão dos serviços. Vamos manter o nossa cidade, nosso bairro e nossa rua sempre limpos. Va-mos preservar o meio ambiente e contribuindo com o servi-ço de coleta de lixo. Só podemos exigir eficiência no serviço, se fizermos a nossa parte também. Vamos fazer nossa parte, não colocando lixo em praças, avenidas e ruas. Esse local não é lugar de se colocar lixo, é reservado a passagem de tran-seuntes, local da jardinagem e da arborização. O lixo da resi-dencia deve ser colocado em frente a sua casa,. Também não se deve colocar lixo no meio fio e nem no meio da rua, pois se chover, o lixo vai ser carregado pela água da chuva po-luindo as cachoeiras e causando entupimento e obstrução do escoamento de água nos bueiros, isso pode causar ala-gamento na sua rua. Aqui na Caneca Fina a natureza vem sofrendo com o abandono. O homem é o maior destruidor, é ele quem contribui na maioria das vezes com a extinção de especies animais e vegetais existentes nas nossas matas e cachoeiras, também colabora através de práticas incon-sequentes para a poluição do ar, do solo e principalmente da água com o despejo criminoso de esgotos nas cachoei-ras. Se você sabe de alguém que usa desse procedimento, DENUNCIE, o meio ambiente agradece. Os moradores precisam se conscientizar que a nossa saúde está integrada ao meio ambiente, por isso se este estiver sendo negligen-ciado, pense, que com ele está sendo destruída principal-mente a vida , o nosso bem estar e o de todos os seres vivos, consequentemente, o futuro deste lugar e de todo planeta.

    BAIRRO DA CANECA FINA No último dia 10 de junho, Ricardo da Karol recebeu da Câmara Municipal de Magé o Título de Cidadão Mageense. A homenagem aconteceu no plenário da Câmara Municipal. O ex--deputado também foi ho-menageado com a meda-lha Cristóvão de Barros. O empresário e ex-deputado estadual Ricardo da Karol tem se destacado nos Mu-nicípios de Magé, Duque de Caxias e Guapimirim, como empresario de suces-so e um político atuante, durante o curto mandato que exerceu na Alerj, no período de Janeiro de 2013 a Abril de 2014. Mostrou que tem compromisso com a população do estado do Rio de Janeiro e principal-mente com Caxias, Magé e

    Guapimirim. Na sua atu-ação parlamentar se des-tacam as seguintes ações: Emenda parlamentar de um milhão de reais para a saúde de Magé, emenda

    parlamentar de trezentos mil reais para a pestalozzi de Magé, Ônibus escolar para Guapimirim e Magé, quatro ambulâncias para Magé, U.T.I móvel para

    Grupo Ressuscita GUAPIMIRIM

    Amair Casado

    Bom Jesus do Itabapoana, emenda parlamentar para a aquisição de tratores para Guapimirim, emenda par-lamentar para o C.V.T de Guapimirim, 10 quilôme-tros de asfalto para o bairro Figueira em Caxias. Mesmo sendo vitima da violência que ainda persiste em al-guns Municípios, sua luta não vai parar! Anterior-mente a este período, sofreu uma tentativa de homicídio e uma “suposta” tentativa de assalto na porta de sua re-sidencia. Após concorrer a uma acirrada eleição sendo o segundo mais votado do município, assumiu como suplente o cargo de deputa-do estadual. “Ainda sonho com uma sociedade justa, fraterna e democrática”, dis-se Ricardo da Karol.

    Ricardo da Karol recebe homenagem em Magé

    Vem aí!!!A CAMINHADA ECOLÓGICA

    11ª caminhada

    Trilha do Ouro

    Nota-se que o prefeito de Guapimirim vem tentando dar uma nova imagem a esta cidade. Tenta também, imprimir a sua marca de governo. Mas o que se tem visto nas redes sociais é bem diferente. Discute-se nos grupos de discussão po-lítica que Ismeralda Rangel, apontada pela polícia e pelo MP como chefe da quadrilha “Os intocáveis”, vem interfe-rindo na administração pública muni-cipal. Comenta-se que por causa de um problema de foro intimo entre o prefeito e a sua cônjuge, Ismeralda forçou uma aproximação com a primeira dama. Fatos desagradáveis vêm acontecendo para imagem do governo e da nossa ci-dade. Um ex-vereador agride com pala-vras o Prefeito Marco Aurélio, inclusive chamando-o de “pau mandado”, “in-competente” e palavras de baixo calão. Onde está a autoridade pública? Qual o motivo de tais agressões? Segundo, discussões nas redes sociais, Ismeral-da nomeou um secretário, a discussão girou em torno de três nomes. Não po-demos ainda afirmar o nome, pois não encontramos a publicação da nomea-ção, mas entre eles, tem um, que segun-do investigação policial, comprou um diploma de segundo grau em São Paulo via internet. Tornou-se público tam-

    bém, uma discussão de um ex-vereador com a primeira dama do município, em local público, mais especificamente, em um dos restaurantes mais frequentados de Guapimirim. Segundo denuncias, a empresa Estevão Construtora LTDA EPP, em nome de Camila e Luís Vini-cius, com sede na Rua Alfredo de Oli-veira Mendonça s/n – Lote 8 – São Ge-raldo, no município de Saquarema, com um capital social registrado de 150.000 (cento e cinquenta mil reais) tem na sua atividade econômica, uma infinidade de serviços a prestar, que vão de obras de urbanização, ruas, praças e calçadas à aluguel de máquinas e equipamentos para construção, mas na verdade, quem manda e desmanda nesta empresa é o Secretário de obras Fabinho. Denun-cias também relatam que, uma grande empresa do ramo de refrigeração e Ar condicionados sediada em são Gonça-lo (Frio Millia), especializada na ven-da, instalação e manutenção, repassa para um Micro Empresario de Guapi-mirim e este repassa para a prefeitura. Há suspeita de tráfico de influência na recuperação fiscal do município. O mesmo teria acontecido com a solução encontrada para resolver os graves pro-blemas com o cemitério. Recebemos

    informação de desentendimento entre alguns membros do governo, sobre o destino de uma verba de um milhão de reais (sobra de emenda parlamentar), enviada por um deputado federal para a secretaria de saúde. Também foi visto pela cidade, o caminhão vassoura que estava desaparecido desde o governo do Sr. Junior do posto, agora guardado no galpão da Wharton e em nome da SA-TIERF de Araruama. São constantes as reclamações de funcionários, de que empresários, têm sala na prefeitura. Leia-se, Ramon e Leandro (GRUPO CARIOCA) com a benção do Junior do posto. Chegou também em nossa redação que Zaninha, fiel escudeira da Ismeralda e ex-secretária de tras-porte no governo (Junior/Ismeralda), não soube responder em uma oitiva o que era óleo lubrificante, e era ela quem de fato operava as licitações da prefeitura, agora é a compradora do município. Por esta edição basta, fal-ta espaço no jornal. Está bem claro a participação e ou interferência de Is-meralda em todas as áreas da admi-nistração pública de Guapimirim. O povo aguarda uma virada de mesa por parte do prefeito, e que ele possa, re-almente, construir uma nova cidade!

    Dia 14 de Setembro de 2014 Ás 7:00 da manhã no ponto final na Caneca Fina

    2632-4699 / 2632-4579

    O que “rola” nas redes sociais

  • 3 Junho de 2014 www.jornalconexaoverdade.com

    Na atualidade, em razão de vários fatos ocorridos no Brasil, temos presenciado um sensacionalismo muito grande por parte dos meios de comunicação, principal-mente os televisivos. Porém, esse assunto existe há mi-lhares de anos. A violência doméstica acontece contra crianças, adolescentes, mu-lheres e idosos, sendo que os agressores na maioria das ve-zes são os próprios familiares

    das vítimas. Um dos grandes fatores que favorecem a vio-lência física, como os espan-camentos, é a personalidade desestruturada para um con-vívio familiar do agressor, que não sabe lidar com pe-quenas frustrações que essas relações causam no decorrer do cotidiano. O perfil do agressor é caracterizado por autoritarismo, falta de pa-ciência, irritabilidade, gros-serias e xingamentos cons-tantes, ou acompanhados de alcoolismo e uso de outras drogas. As violências domés-ticas se dividem por espanca-mentos, tendo maior número de vítimas as crianças de até cinco anos; abusos sexuais, acontecendo em maior quan-tidade entre meninas de sete a dez anos de idade; e por da-nos morais, em adolescentes e mulheres. É bom lembrar que os idosos tem tido gran-de participação na violência

    doméstica, mas aqueles que necessitam de cuidados es-peciais, sofrendo as agres-sões por pessoas contatadas pela família. Outro destaque para as vítimas das agressões são as crianças portadoras de necessidades especiais. Normalmente as mães são as maiores agressoras das mesmas, por exigirem cuida-dos excessivos como higiene pessoal, alimentação, loco-moção, onde estas se sentem sobrecarregadas e por não receberem apoio dos pais da criança ou uma estrutura advinda de órgãos governa-mentais. As mães também são as grandes espancadoras quando, por algum motivo, acontece uma quebra na vin-culação afetiva entre ela e o filho, seja por doença, hospi-talização ou mesmo por não ter aceitado a gravidez. Essas crianças apresentam grande dificuldade em ganhar peso

    nos primeiros meses de vida e, no período escolar, não conseguem estabelecer uma vinculação positiva com a professora nem tampouco com o aprendizado, levan-do-as a tirarem várias no-tas baixas. Se observarmos o comportamento infantil dentro das escolas, podemos notar que as crianças são o espelho daquilo que recebem dentro de casa, se convivem com situações de agressivi-dade podem apresentar-se da mesma forma com os cole-gas e professora ou partindo para o extremo, tornando-se apática às relações sociais, se excluindo do grupo. Já as crianças que convivem num ambiente familiar saudável, de amizade, amor e respei-to conseguem estabelecer vínculo positivo com quase todo o grupo, sem dificul-dades. A violência aparece também de forma psíquica,

    onde se destrói a moral e a auto-estima do sujeito, sem marcas visíveis ao corpo da vítima que normalmente são adolescentes e mulheres. As marcas nesse caso são inter-nas, psicológicas, através de humilhações, xingamentos, podendo chegar a injúrias e ameaças contra a vida. O im-portante é que, ao se tomar conhecimento dessas formas

    de violência, sejam feitas de-núncias aos órgãos especia-lizados, a fim de ajudar as vítimas, tentar tirá-las desse convívio de tanto sofrimento e mostrar ao agressor que ele não é tão poderoso quanto imagina, mas sim covarde por só ter coragem de manifestar sua agressividade dentro de casa, contra pessoas indefesas e sem exposição pública.

    Violência Doméstica

    Patricia Borret coordenadora do projeto RAAB de Guapimirim

    Esta coluna serve para colaborar com as famílias, dando ênfase à violência domestica. Esperando assim, combater este problema ajudando pessoas a se livrar de um crime covarde e quase invisível.

    A violência doméstica é um problema universal que atinge milhares de pessoas por vezes de forma silenciosa e dissimuladamente

    Patricia Borret

    Segundo o senador Marcelo Crivella, a lei fará justiça aos profissionais que ar-riscam suas vidas no trânsito. “Em São Paulo todos os dias morrem dois moto-boys. Na maioria são jovens entre 18 e 24 anos. Com esse aumento eles poderão in-vestir em melhores condições de trabalho como, por exemplo, comprar uma jaqueta de couro, uma bota de couro e trocar os pneus com certa frequência. Mas não é só isso. Ele passa a contar também com um tempo mais curto para a aposentadoria. São duas medidas que abrangem não só os que são contratados com carteira assina-da, mas também os autônomos”, explicou o senador. O deputado federal Vitor Paulo (PRB), relator da proposta na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), destacou que a norma representa um grande avanço para a categoria. “É uma vitória para esses profissionais. Essa proposta dá ao que é de direito a esses trabalhadores: dignidade, segurança e em especial, condições para que possam comprar equipamentos de se-gurança. Isso representa o início de uma longa caminhada”, reforçou. O deputado do PRB lembra, ainda, que o Ministério da Saúde disponibiliza cerca de R$ 400 mi-lhões por ano para tratamento de pacien-tes vítimas de acidentes de trânsito, sendo

    1/3 destinado para tratamento de traumas e acidentes com motos. Gilberto Santos, presidente do Sindicato dos Mensagei-ros, Motociclistas e Ciclistas de São Paulo (SINDIMOTOSP), comemora e destaca que o benefício era um sonho esperado pela categoria há mais de 10 anos. “Mais de 2 milhões de trabalhadores em todo o Brasil serão beneficiados com a nova lei. A norma vai trazer mais moralidade ao segmento e dar um norte a essa classe sofrida que exerce atividade de risco”, disse. Gilberto aponta também que só

    na capital paulista são mais de 500 mil trabalhadores que utilizam a moto como instrumento de trabalho. O deputado re-publicano Cleber Verde (PRB/MA) para-benizou o senador Crivella pela autoria do projeto e a sensibilidade da presiden-te Dilma que não hesitou em sancionar a proposta. “Um duplo direito garantido por uma lei que tem um alcance social e uma relevância inquestionáveis. Além do acréscimo de 30% no salário, a possi-bilidade de se aposentar com um menor tempo de contribuição”, acrescentou.

    Senador Marcelo Crivella

    Sancionado projeto do senador Marcelo Crivellaque inclui adicional de periculosidade ao salário dos motoboys

    Patricia Borret é convidada a concorrera uma vaga na Câmera Federal

    Senador Marcello Crivela com Patricia Borret

    Eduardo Paes diz que ‘depois da suruba’, eleições no Rio são ‘bacanal eleitoral’

    Adversários ferozes até outro dia, o ex-go-vernador Sérgio Cabral (PMDB), o go-vernador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e o vereador Cesar Maia (DEM) anuncia-ram nesta segunda-feira uma chapa para disputarem unidos as eleições de outu-bro. Cabral abriu mão da candidatura ao Senado para que o candidato seja Cesar. Em troca, o ex-prefeito apoiará Pezão ao governo do estado. Assim, o movimento Aezão, de apoio à candidatura presiden-cial de Aécio Neves (PSDB-MG) e à de Pezão ao governo, torna-se oficial e sela de vez o afastamento do PMDB do Rio da presidente Dilma Rousseff (PT). Após semanas de negociação, a articulação foi fechada na manhã deste domingo, no apartamento de Aécio, em Ipanema, em uma reunião que incluiu o tucano, Ca-bral, Pezão, Cesar e o presidente estadual do PMDB, Jorge Picciani, principal alia-do de Aécio no Rio.A aliança foi uma resposta à que foi fecha-da na última sexta-feira entre PT e PSB para eleger o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) ao governo estadual e o deputa-do federal Romário (PSB-RJ) ao Senado. O prefeito Eduardo Paes (PMDB) não foi ao encontro e, na noite deste domingo, reprovou a chapa, criticando a escolha de Cesar, seu antecessor e desafeto.“O con-junto de avanços que o Rio e a população vêm colhendo nos últimos anos é resul-tado de uma soma de forças políticas que têm trabalhado de maneira coerente na busca por uma cidade melhor, mais justa e mais integrada. Em função dessa mes-ma coerência, e para que o Rio de Janeiro não corra o risco de voltar a ser um cam-po de batalha, onde o maior prejudicado é o cidadão, continuo defendendo a cha-pa Dilma, Pezão e Dornelles”, disse, em nota, referindo-se ao atual senador, Fran-cisco Dornelles (PP-RJ). E acrescentou: “O que se vê agora é o bacanal eleitoral”.Aliados peemedebistas afirmaram que a posição de Paes foi combinada com Ca-bral, Pezão e Picciani. O objetivo é ter pelo menos no Paes uma ponte com a Dilma, por mais que toda a estrutura do partido esteja voltada para fazer campa-nha para o Aécio — afirmou um aliado, pedindo anonimato. Procurada na noite deste domingo, a assessoria de Paes afir-mou não ter localizado o prefeito.

    POLíTICA: RIO DE JANEIRO

    Há sete anos a frente do PRB de Guapimirim, e sempre mar-cando uma forte presença po-litica na região, Patricia Borret, recebeu a missão de disputar uma vaga na Câmara Federal. “Fui pega de surpresa, até me assustei com o convite, depois de consultar correligionários e amigos tive a certeza que es-tou pronta para este chamado”.

    disse Patricia. Agradeceu ao Senador Marcelo Crivela pela confiança e disse que se tiver seu nome homologado na convenção estadual do parti-do, irá a luta para fortalecer o estado do Rio de Janeiro em Brasília. Patricia reforçou ain-da, a ideia de que as mulheres precisam de mais representa-ção na politica nacional.

  • 4 www.jornalconexaoverdade.com Junho de 2014

    O evento OAB IMPRENSA E LETRAS, promovido pela OAB de Magé e Guapimirim foi um evento leve, onde a formalidade do direito, a le-veza da poesia com pitadas de música e o engajamento da imprensa formaram uma só receita. Com início às 18h30min desta segunda-fei-ra, dia 16 de junho, o evento foi uma iniciativa do presi-dente da OAB, Dr. Edison de Freitas, sua diretoria e os ex-presidentes representa-dos por Dr. Norberto Bastos e José Moreira, além do pre-sidente da comissão eventos Dr. André e os advogados Dr.ª Adélia e Dr. Sebastião e equi-pe, em parceria com os escri-tores e arte-educadores Ro-drigo Lobo e Demétrio Sena, para homenagear os órgãos de imprensa dos municípios de Magé e Guapimirim, além daqueles que não têm seus en-dereços na região, mas atuam nela, constantemente. A aber-tura, que se deu exatamente às 18h30min, como estava previsto foi feita pela equipe da OAB, com breves discur-sos dos advogados presentes e

    a entrega de uma carteira de novo advogado. Depois disto, o escritor Demétrio Sena fez um recital literário acompa-nhado do cantor e composi-tor Antonio Sena, que apre-sentou músicas autorais e fez o acompanhamento melódico dos poemas recitados. Ambos optaram por um recital curto, para que a programação não

    se alongasse. Demétrio ainda falou sobre a falta de espaços culturais nas cidades de Magé e Guapimirim, apresentou o parceiro de trabalho na es-cola e nas feiras literárias em todo o estado do Rio, Rodrigo Lobo, além do jovem escritor Gerson Monteiro, filho da ar-tista plástica Sônia Monteiro, que o acompanhava, com o

    esposo e incentivador Sérgio. Também esteve presente a escritora Benedita Azevedo, presidente da Academia de Ciências, Letras e Artes de Magé. Depois do recital, o Dr. Edison de Freitas disse aos presentes que os espaços da OAB e da ESA estão à disposi-ção dos artistas e intelectuais, e passou a promover a entrega

    OAB de Magé e Guapimirim homenageia imprensa

    Da esquerda para a direita: Dr. Norberto, Dr.ª Adélia, Dr. Edison, Dr. Moreira e Dr. Sebastião. Foto de Sônia Monteiro.

    Por Dra. Adélia C. Vargas

    dos certificados de honra ao mérito aos representantes de mídias impressas e difundidas via rádio e internet. Foi uma grande festa em comemoração ao dia da imprensa, no pri-meiro dia de junho. Durante a cerimônia, uma feira literária esteve à disposição, com livros dos autores Demétrio Sena e Rodrigo Lobo, além de mui-

    tos outros títulos e autores, de uma parceria com diversas editoras. No fim do evento, que teve ainda um coquetel, Rodrigo e Demétrio autogra-faram seus livros. O diretor--presidente do REDATOR, que foi um dos homenage-ados, por uma emergência de última hora não conse-guiu se fazer presente.

    Discurso do ódio da “elite branca” ou contra a “elite branca” de São Paulo não serve ao Brasil que todos os brasileiros querem, sonham e merecem. As vaias e os xingamentos que a presidente Dilma recebeu no Ita-querão foram manifestações grosseiras, sim, mas não só de paulistanos. Infelizmente, aquilo foi a amostra de um país ainda em estado bruto e xucro, a amostra de uma falta de educação multirracial e de uma indigna-ção multi geográfica. Dilma já foi vaiada no Rio, Minas, Brasília, Tocantins, Rio Grande do Norte, Pará, Paraíba e até no Paraguai, na posse do Horácio Cartes. Quando tenta se aproveitar dessa página infeliz da nossa his-tória, para dividir o Brasil entre “nós” e “eles”, o “PT” e o “resto”, o ex-presidente Lula - num avesso de São Francisco de Assis - só faz jogar... ...mais ódio onde já não há amor; ...mais ofensa onde já não perdão; ...mais discórdia onde já não há união; ...mais desespero onde já não há esperança; e ...mais trevas onde já não há luz. Tudo isso em vez de enfrentar o debate dos problemas sem soluções da saúde, da educação, da segurança, da economia e, sobretudo, da corrupção. Fica parecendo uma fúria premeditada, sob medida aos interesses e estratégias eleitorais, como sempre, sem compromisso com nada, por nada, de nada. Daí que, em 4 de ou-tubro, dia do Verdadeiro São Francisco e véspera das eleições, vamos rezar para que saia das urnas um Brasil melhor, melhor do que já somos ou melhor do que nun-ca fomos - depende se você se considera “nós” ou “eles”.

    NO BRASIL NÃO CABEMAIS ‘NÓS’ OU ‘ELES’

    A emancipação do município de Guapimirim foi um sonho so-nhado junto e, por isso, deu certo! Naqueles bons tempos nós guapienses estávamos unidos por um só interesse, tínhamos só uma bandeira e, um só partido: Partido Guapi Livre.A emancipação de Guapimirim foi um processo longo, de ma-turação lenta, reforçada por longos anos de abandono da nos-sa cidade, então, 3º Distrito de Magé. Os últimos governos de Magé, que antecederam a emancipação eram dominados por uma mesma oligarquia familiar só trocavam o prenome, mas, a família era mesma.Tal qual acontece, com os atuais “desgovernos” de Guapimirim pós-emancipação, em que nada muda, são sempre os mesmos aboletados locupletando-se do poder. E, muitos deles foram contra a emancipação.Resolvi hoje reverenciar a lembrança de um dos emancipadores do nosso município, recentemente falecido, devido á inoperân-cia do nosso hospital municipal – O querido Tio Pedro.Nos primórdios das nossas reuniões do movimento de eman-cipação tínhamos o ideal libertário como princípio, meio e fim. Mas, para o sonho se tornar realidade precisávamos de alguma infraestrutura que garantissem os custos com a campanha de emancipação. Não tínhamos nem local para as nossas reuniões e discussões do Movimento.Foi quando o Hélio Martins nos sugeriu conversar com o Tio Pedro sobre a possibilidade de nos reunirmos em seu aprazível

    Bar. Na parte dos fundos do Bar tinha uma mesa redonda que circundava uma bela Amendoeira. O Tio Pedro, além de permi-tir a reunião nos brindava com uma bandeja de seus inigualáveis bolinhos de aipim, tudo a custo zero, “niuma boa”.O Tio Pedro vibrante com a emancipação nos sugeriu que colo-cássemos nas propagandas pró-emancipação a importância da criação de empregos e a construção de um Hospital em Guapi, para termos que subir a serra de Teresópolis a busca de socorros médicos. E, infelizmente, o Tio Pedro após o seu retorno do 1º mundo americano, voltou a morar em sua mesma residência no cen-tro da nossa cidade. E, em consequência do seu ritmo de vida sempre muito ativo teve a sua saúde abalada nos últimos anos. E, como a maioria da população guapiense recorreu ao hospital municipal, para cuidar da saúde, mas, não teve êxito. Por triste ironia do destino o nosso querido emancipador Tio Pedro veio a falecer no nosso hospital municipal, um dos pontos princi-pais sugeridos por ele para fortalecer o pleito da emancipação.Querido Tio Pedro, lamentamos a sua partida, sempre respei-tamos os desígnios de Deus: “Ao homem que o agrada, Deus dá sabedoria, conhecimento e felicidade. Quanto ao pecador, Deus o encarrega de ajuntar e armazenar riquezas para entre-gá-las a quem o agrada. Isso também é inútil, é correr atrás do vento.” Eclesiastes 2:26. E, como dizia Tio Pedro a oposição unida “niuma boa” vai mudar a nossa cidade.

    A emancipação, e o Tio Pedro

    Sebastião Medeiros

    Por Alex Campos

  • 5 Junho de 2014 www.jornalconexaoverdade.com

    Ganância e falta de respeito pela vida

    HENRY MAYER

    Ônibus da paraíso verde contratado pela prefeitura de Guapimirim atropela jovem que fica em estado vegetativo. Família sofre com falta de atenção do poder publico

    Até ao dia 3 de setembro de 2012 a jovem Ta-tiana Borges levava uma vida normal como todas as moças de Guapimirim, trabalhava, criava seu filho e ajudava financeiramente a sua mãe, mas este fatídico dia ás 17:40 ho-ras uma tragédia se acometeu na família de D. Rita de Cássia, em plena praça principal de nossa cidade um ônibus da VIAÇÃO PARAÍ-SO VERDE, locado pela PREFEITURA, com a finalidade de transportar universitários e dirigido por um motorista da Prefeitura atro-pelou Tatiana que foi socorrida e transporta-

    da para o Hospital Estadual A.P.N. Recebemos um pedido para conversar com a Senhora Rita de Cássia, mãe de Tatiana. Impressionamo-nos e nos revoltamos com a situação vivida atual-mente pela família. Fomos atendidos pela mãe de Tatiana e sentimos a força e dedicação inte-gral de uma mãe à sua filha, bem como a aten-ção de sua irmã. Não sei como podemos ter empresários, políticos e administradores que fazem pouco caso do ser humano. Esse aciden-te transformou a vida de Tatiana, que depois de tanto sofrimento recebeu alta hospitalar em

    08/08/2013, mais de um ano depois do aciden-te. Pelo documento de alta a PREFEITURA se comprometia em manter supervisão de fisio-terapia, psicologia, clínico e técnico de enfer-magem, porém só tem recebido o atendimento de fisioterapeutas que se revezam em sessões semanais e fraldas de péssima qualidade que praticamente só servem para usar sob fraldas adquiridas pela família. De todas as obrigações assumidas pela Prefeitura apenas o atendimen-to fisioterápico é mantido voluntariamente. D. Rita fez questão em elogiar um psicólogo que

    a visitava, por conta própria fora do expe-diente de traba-lho. Até o dia do nosso encontro ainda não ha-viam recebido a visita de ne-nhum represen-tante da Viação Paraíso Verde, empresa que tem condições e obrigação em dar algum tipo de amparo, mesmo que um apoio moral. Quando lá es-tivemos haviam recebido mais uma corres-pondência da Seguradora que é responsável pelo processo de indenização que até agora não receberam. Porquê tanto descaso? Fi-zemos uma denúncia dessa empresa quem nos prestam serviços diversos onde constam diversas denúncias, inclusive no MPE, mas esse caso ultrapassa qualquer outro absurdo, pois se trata de uma família que mudou to-talmente o modo de viver para dar a atenção que nosso governo deveria dar. Festas são feitas, rodeios, comemorações de qualquer motivo. O que adianta isso se sofremos com mais esse crime. Tatiana hoje não enxerga, não ouve, não fala, não se mexe. Perdeu to-dos os sentidos. Saímos arrasados e desespe-rançados de viver essa época tão desumana, será que algum dia nossos futuros munícipes terão melhores condições? Será que conse-guiremos eleger quem realmente nos repre-sente? Precisamos acordar, precisamos co-brar, precisamos participar dos movimentos pelo bem de todos. Guapimirim não pode fi-car mais acomodada com todos os descasos.

    D. Rita, mãe de Tatiana

    Tatiana saudável antes do acidente Tatiana depois do acidente vive em estado vegetativo

    A banalização da violência em Guapimirim e os crescentes índices de criminalidade amedron-tam cada vez mais a população. Não se vive hoje sem o medo constante da agressão física ou mo-ral; não se consegue mais estabelecer um senti-mento de segurança plena. O quadro se agrava com a constatação da migração de marginais vindo da capital, em face da politica de seguran-ça pública do estado. Não há duvidas de que o programa das UPPs é o maior projeto de paci-ficação em comunidades já criado no Brasil, o que está errado é os criminosos saberem da ação antes da execução! A ação destes criminosos em Guapimirim e Magé está bem clara, o numero de roubos, homicídios e o trafico de drogas tem aumentado expressivamente. O Dr. Alan Luxar-do titular da 67ª DP e o Ten. Cel. Andre Luiz Henrique, comandante do 34º BPM- Magé e os nove policiais militares (dia que patrulham a cidade) têm se desdobrados em suas ações mas com certeza, ficam com a sensação de estarem enxugando gelo, é preciso urgentemente o au-mento do efetivo nas duas unidades policiais. Fica complicado para a polícia controlar ou

    Falta política de segurança pública para Guapimirimdiminuir essa onda de violência. Em Guapimi-rim a única unidade policial militar que existe é uma antiga casa sem a mínima estrutura para acomodar um efetivo policial. A antes pacata Guapimirim, tem 360,7 KM-2 e uma população estimada em 59 mil moradores e mais o fluxo de turistas, porém conta apenas com duas via-turas e uma moto para atender toda população e território. O Jornal Conexão Verdade já vem a algum tempo pesquisando e informando as autoridades publicas sobre a deficiência na se-gurança pública em nossa região. Conhecer e estudar o sistema constituem o primeiro pas-so na luta contra a violência, mas não bastam, é preciso o engajamento sincero e compro-metimento dos que acreditam na mudança, é preciso que se elaborem medidas realmente eficazes e possíveis de serem executadas, des-pidas de toda e qualquer intenção eleitoreira; é preciso uma mudança de mentalidade, em que as pessoas não aceitem passivamente a violência e realmente lutem contra ela, é pre-ciso que se restaurem valores éticos e morais, de preservação da dignidade; é preciso que

    as pessoas se unam em prol de um mesmo objetivo. Enfim, é preciso uma mudança de paradigmas, o que requer tempo e esfor-ço. Na busca pela construção de uma nova consciência é que se pretende dar ênfase à responsabilidade da sociedade pela segu-

    rança pública, prevista no art. 144 da Cons-tituição Federal., para tanto, revelam-se primordiais os programas de policiamento comunitário, que estreitem as relações entre a polícia e a comunidade e incentivem uma política de segurança preventiva

    Assalto no Mercado Verone em Guapimirim Homicídio de um jovem em Guapimirim

  • 6 www.jornalconexaoverdade.com Junho de 2014

    SAÚDE

    Um grupo de cientistas australianos desenvol-veu uma pílula anticoncepcional para homens que bloqueia o transporte de espermatozoides mas não afeta seu desenvolvimento, informou a imprensa local. Seus criadores, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Melbourne, utilizaram ratos geneticamente modificados para testar este anticoncepcional que bloqueia duas proteínas que são essenciais para permitir que o espermatozoide se desloque através dos órgãos reprodutores masculinos. De acordo com a emissora local ABC, durante os testes científicos, os ratos que receberam o produto tiveram relações sexuais mas não ejacularam esperma. O chefe da pesquisa, Sab Ventura, afirmou que espera comercializar o anticon-cepcional para homens, em forma de pílula que provavelmente terá que ser ingerida diaria-mente, em cerca de dez anos. Se após tomar os anticoncepcionais um homem quiser ter filhos, terá apenas que deixar de ingeri-los. Este novo anticoncepcional “não deve criar nenhum efei-to secundário a longo prazo se o usuário quiser ter filhos depois ou se quiser reverter” suas fun-ções, explicou Ventura. As tentativas anteriores de criar um anticoncepcional masculino esta-vam focadas em anular as funções do esperma-tozoide, o que gerou preocupações em relação a problemas de infertilidade Fonte: dia.ig.com.br

    Pílula anticoncepcionalPARA HOMENS!

    No mundo, quase 250 milhões sofrem com o proble-ma. No Brasil, estima-se que 10% dos adultos e 20% das crianças e adolescente sofrem com esta condição. Apesar de o acesso à medicamentos estar mais fácil, o tratamento da doença não é feito corretamente, o que coloca a vida dos pacientes em risco.Podemos classificá-la pela gravidade e controle, variando entre crises leves e esporádicas até sintomas mais inten-sos e muito frequentes. Há também uma diferenciação com relação ao seu aparecimento e foco alérgico. A asma pode surgir na infância ou na fase adulta, com compo-nente alérgico e não alérgico, podendo evoluir de forma mais grave se não tratada adequadamente.Doença é a quarta causa de internação hospitalar no Brasil. Segundo especialistas, a asma não tem cura, mas pode ser controlada ao evitar o contato com os agentes desencadeadores da asma, fazer a técnica inalatória cor-reta, e realizar consultas periódicas com um especialista.Para tratar da condição é essencial que o paciente tome os medicamentos que o especialista receitar. Além disso, para os casos mais graves e com presença de componen-tes alérgicos, em que não se atinge o controle da doença com o tratamento otimizado, existe a indicação de uma terapia anti IgE, anticorpo responsável por iniciar as re-ações alérgicas.Queda de temperatura aumenta casos de doenças respi-ratórias, sendo também importante tratar as condições que podem levar ao não controle da asma, como a rinite alérgica e o refluxo gástrico. Fonte: noticias.r7.com/

    Sem cura, asma pode ser controlada

    Cientistas da Universidade Yale, nos Estados Unidos, des-cobriram que um medicamento criado para tratar reuma-tismo pode estimular o crescimento de cabelo e pelos em pessoas que sofrem de alopécia universal, quando há per-da de todos os pelos do corpo. De acordo com a pesquisa, publicada no “Journal of Investigative Dermatology”, do grupo “Nature”, uma grande quantidade de cabelo cres-ceu após um tratamento proposto pelos médicos. Atual-mente, não há cura ou tratamento de longo prazo para este tipo de alopécia, enfermidade que deixou careca o paciente voluntário aos 25 anos. Segundo os investigado-res, foi o primeiro caso de tratamento bem-sucedido para esta enfermidade. Além do cabelo, cresceram ainda os pe-

    Remédio para reumatismo faz nascer cabelos e pelos em paciente dos EUAHomem com alopécia universal teve melhora após meses usando remédio.É o primeiro caso de tratamento bem-sucedido desta doença, diz estudo.

    los das sobrancelhas e cílios, além do rosto e axila, todos afetados pela alopécia. “Os resultados foram exatamente o que esperávamos”, disse Brett King, professor assistente de dermatologia da Escola de Medicina da Universidade Yale e autor principal do artigo científico. “É um enorme pas-so para o tratamento de pacientes com esta condição”, dis-se ele, em comunicado. O paciente havia sido previamente

    diagnosticado com alopécia universal e psoríase em placas, condição caracterizada por áreas vermelhas escamosas na pele. Os médicos decidiram usar o medicamento que tem o nome comercial Xeljanz (Tofacitinib Citrate), da empresa Pfizer. Com comercialização autorizada nos EUA, experi-mentos anteriores feitos com o remédio em camundongos tiveram bons resultados na reversão da psoríase -- mas não da alopécia. O homem utilizou a droga por dois meses, con-sumindo 10 mg por dia. Durante esse período, a psoríase teve leve melhora, mas foi registrado crescimento de cabelo e pelos faciais. Houve mais três meses de tratamento, com 15 mg por dia, e, ao longo desse tempo o voluntário recu-perou grande parte dos cabelos e suas sobrancelhas já eram

    bem visíveis, além dos pelos faciais e da axila. “O paciente relatou não sentir qualquer efeito colateral e não detecta-mos anormalidades nos testes laboratoriais”, disse Brittany Craiglow, coautora do estudo. De acordo com os cientistas, haverá novos experimentos para se obter um creme com a droga. No entanto, eles dizem que os princípios ativos po-dem não ajudar em todos os casos. Fonte: g1.globo.com

    Imagens mostram evolução do quadro de alopécia após tratamento com droga (Foto: Reprodução/Journal of Investigative Dermatology)

    Anvisa abre curso on line de manipulação de alimentos

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) dis-ponibilizou, na quarta-feira (18), uma página dedicada ao curso de boas práticas de manipulação em serviços de alimentação. O curso tem como objetivo capacitar, apoiar e auxiliar os manipuladores de alimentos a aper-feiçoarem o controle sobre requisitos na categorização dos alimentos, reduzindo assim as doenças associados ao consumo.O curso tem carga horária de 12 horas, possui oito mó-dulos, é gratuito e pode ser realizado pelos funcionários de restaurantes, cantinas, bares e lanchonetes ou por responsáveis desses estabelecimentos para capacitação dos funcionários. Donas de casa, empregados domésti-cos, cuidadores também podem melhorar suas práticas domésticas de preparo e armazenamento de alimentos realizando esse treinamento. Os inscritos terão a opor-tunidade de conhecer as formas seguras de preparar os alimentos e as principais regras da Vigilância Sanitária. Ao final do curso, os participantes que concluírem sa-tisfatoriamente a avaliação irão obter um certificado e estarão aptos a realizar tarefas com mais qualidade e se-gurança. Fonte: anvisa.gov.br/

    CAPACITAÇÃO

    Curso tem carga horária de 12 horas, é gratuito e pode ser feito pelos funcionários de restaurantes, cantinas, bares e lanchonetes

  • 7 Junho de 2014 www.jornalconexaoverdade.com

    HOSPITAL DE GUAPIMIRIM: (21) 2632-4445DEFESA CIVIL GUAPIMIRIM: (21) 2632-2947GUARDA MUNICIPAL: (21) 2632-2412CONCELHO TUTELAR: (21) 2632-711167º DP GUAPIMIRIM: (21) 2232-0143 DPO GUAPIMIRIM: (21) 2632-4853PMERJ EMERGÊNCIA: 190CBMERJ EMERGÊNCIA: 193PROCON RJ: 151DISQUE DENÚNCIA: (21) 2253-1177

    FUNASA/SUCAN: (21) 2632-2412 R 222

    VIAÇÃO:- TERESÓPOLIS : (21) 2742-0606 - REGINA: (21) 2742-0606

    CORREIOS:EBCT Rua João Francisco Raith, 136, CentroTel.: (21) 2632-3255 • 2632-3255

    LUZ - AMPLA0800 280 0120 (ligação de telefone fixo)0800 282 4022 (ligação de celular)

    Telefones Úteis

    C A M A E M E S AOlá amigas (os) Descobri uma receitinha light, muito gostosa e fácil de ser feita, é um creme gelado de papaia, uma sobremesa para todos comerem sem culpa. VAMOS PARA A MESA: INGREDIENTES: Dois papaias, uma xícara (chá de água), ¼ de xícara (chá) de adoçante em pó, ½ xícara (chá) de iogurte desnatado s/ açúcar e uma colher (chá) de essência de baunilha. MODO DE FAZER: (1) Descasque os papaias e retire as sementes, corte em pedaços e bata no liquidificador até obter um cre-me liso. Reserve. (2) Em uma panela, coloque a água, o adoçante e deixe ferver até que se dissolva por completo. Retire do fogo, acrescente o creme de papaia e mexa bem. Despeje em um recipiente e leve ao freezer até firmar, mexendo de vez em quando para desmanchar os cristais. (3) Retire do freezer e bata no liquidificador com o iogurte natural e a essência de baunilha. Distribua o creme em taças individuais e leve a geladeira. Ao servir coloque no meio de cada taça uma colher (chá) de iogurte. Faça um espiral e decore com folhas de hortelã. Você não vai acreditar, mas tem apenas 60 calorias por porção. Legal né? AGORA VAMOS PARA A CAMA: Eu sinto que as pessoas estão desgastadas, com tamanha violência que se abateu sobre nós. Não é mais a distancia como só víamos pelos jornais, nas televisões ou por outros meios de comunicações. Agora acontecem bem perto de nós, nas ruas, na casa vizinha, mesmo bair-ro, mesma cidade, até nos lugares que costumamos frequentar, como: bancos, mercados, lojas comerciais. Esta insegurança já chegou às escolas onde jamais poderia haver brigas com tanta brutalidade e mortes de adolescentes, e não só é de dentro para fora, como de fora para dentro. As crianças não estão mais protegidas, entra qualquer pessoa na escola, boas ou más. Deveria ter um con-trole mais rigoroso, para não pôr todos em risco. É muito triste e angustiante, sair de casa e não saber se vai voltar, ou até mesmo dentro de casa não se está seguro. Morrer todos irão, não saber quando é fato, mas saber como, já está sendo previsível, ou é bala perdida, ou acidente. Os motoristas em geral, de carro, ônibus ou caminhão, não se preocupam com a vida deles ou de outrem. Bebem, se drogam ou dirigem em alta velocidade. Tem casos que a culpa é da estrada, mal sinalizada ou cheia de buracos. Vivemos sempre em suspense, esperando os familiares e amigos voltarem bem, para podermos ficar aliviados. Temos que ter coragem para enfrentar o dia a dia e entregarmos nas mãos de Deus nossos destinos, para que ele tenha piedade e misericórdia de nós. En-quanto isso, não devemos esconder nossos sentimentos e ver sempre o lado bom da vida, temos que aproveitar todos os minutos com os entes amados e abrir nossos braços e apertar as pessoa bem junto ao coração demonstrando que o tempo não pode ser desperdiçado com mau-humor, raiva, desprezo, que é desse jeito que deixaremos nossa marca de Fé na humanidade. Amigas (os), a vida nos empurra para frente por meio dos desafios. São eles que, quando enfrentamos, nos levam ao amadurecimento, ninguém consegue ser feliz sem merecer a felicidade. Diante dos problemas e do sofrimento que deveríamos a nossa volta, não podemos nos paralisar, temos que sair da dúvida e buscar as provas da grandeza da vida. É melhor andar para frente, mesmo tateando entre a luz e a sombra, que deixar-se conduzir pela onda de maldades que acabam na dor. Essa certeza lhe trará discernimento, paz e alegria de viver. Algumas circunstancias da vida endurecem mesmo o coração. Ainda assim é preciso amar, compreender, reconsiderar e esquecer, levantar a bandeira do Amor e as relações se tornarão mais fácies e saudáveis. Sempre confiando em Deus e com a sua benção conseguiremos ter um final feliz.

    Contato:Mariluze Soares de FreitasE-mail: [email protected]

    Um recente estudo publi-cado na revista “Nature Neuroscience” afirma que estamos próximos a desen-volver uma pílula capaz de eliminar lembranças inde-sejáveis, como acidentes, guerras e frustrações. Se-gundo os pesquisadores, os maiores beneficiados seriam os que sofrem de estresse pós-traumático. O experimento foi reali-

    zado com uma substância conhecida como fingoli-mod, que já é empregada no tratamento de esclerose múltipla reincidente. Cien-tistas da Escola de Medi-cina da Universidade da Comunidade de Virgínia experimentaram o produ-to em camundongos. Nos testes, os animais foram submetidos a um choque de baixa voltagem e em

    PASSATEMPO

    CIÊNCIAseguida, utilizavam a dro-ga. O estudo mostrou que os camundongos voltavam para a câmara de testes sem associá-las às dores sofridas minutos antes. Os neurocientistas esperam que a droga possa, no fu-turo, servir para eliminar lembranças traumáticas de uma pessoa, num pro-cesso conhecido como a “extinção do medo”

    EMPREGO

    TECNOLOGIA

    Pílula capaz de eliminar lembranças indesejáveis

    Amazon apresenta seu 1º celular, Fire Phone, que exibe imagens 3DA Amazon apresentou o seu primeiro smartphone, o Fire Phone. O aparelho tem tela de LCD de 4,7 polegadas com resolução HD e traz uma tecnologia 3D chama-da Dynamic Perspective, que modifica a perspecti-va da imagem conforme o usuário movimenta a tela à sua frente A tecnologia

    Dynamic Perspective utili-za quatro câmeras frontais para monitorar a posição do usuário. Com isso, ela pode adicionar perspectiva a qualquer imagem ou ví-deo. smartphone é equipa-do com processador de 2,2 GHz com quatro núcleos e câmera fotográfica com re-solução de 13 megapixels.

  • 8 www.jornalconexaoverdade.com Junho de 2014

    A FAN PAGE DO JORNAL CONEXÃO VERDADE AGRADECE

    A FanPage do Jornal Conexão Verdade, agradece aos leitores pela sua confiança. Em apenas uma matéria onde um munícipe critica a saúde publica de Guapi-mirim, alcançou 14,450 visuali-zações. O nosso compromisso é levar a verdade até você. O jorna-lismo sério e responsável pratica-do pelo Jornal Conexão Verdade, por vezes, é mal interpretado e atacado injustamente por pessoas que pensam simplesmente nelas mesmas, ou por aqueles que fa-zem desta profissão tão honrosa, moeda de troca para conseguir os seus objetivos mais obscuros. Já aqueles que têm senso crítico, sabem diferenciar o bom jorna-lismo praticado. Em breve novo site jornal Conexão Verdade.

    www.jornalconexãoverdade.comfacebook.com/conexaoverdade2013

    ACOMPANHE-NOSONLINE