JC Serviços Médicos

  • View
    705

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of JC Serviços Médicos

  • 1. Trs Marias, 17 de fevereiro de 2011

2. Empresa

  • A JC servios Mdicos foi criada no ano de2006 e desde ento vem crescendo dentro do mercado, se tornando uma das empresas mais conceituadas do ramo, na regio do norte e noroeste de Minas.
  • Nossos scios fundadores so engenheiro e mdica com grande experincia em Medicina e Segurana do Trabalho.

3. 4. 5. Taiobeiras 6. Trs Marias 7.

  • Nos ltimos anosdesenvolvemos uma forte parceria com nossos clientes , e procuramos nos antecipar s suas necessidades e/ou resolver seus problemas com o mximo de rapidez e qualidade.

8.

  • Hoje temos diversos parceiros nas diversas regies, nos mais diferentes ramos de atividade, tais como:
  • Gerdau Aos Longos S/A
  • Transmoc;
  • Orteng;
  • Carvovale;
  • Correios;
  • Novonordisk;
  • Antares;
  • Codevasf;
  • Votorantin;
  • Pavisan;
  • Coca-Cola;
  • Cemig;
  • Prefeituras;
  • Hospitais;
  • Mineiradoras;
  • Sivilcultura;
  • Cafeicultura;
  • Comrcio em geral;
  • Dentre outras.

9.

  • A JC Servios Mdicosconta com profissionais altamente treinados e a melhor tecnologia para desenvolvimento de nossas atividades. Desenvolvendo um projeto de segurana e medicina do trabalho com todo o profissionalismo e adequao, capaz de oferecer um atendimento diferenciado aos diversos tipos de empresas, suprindo todas as necessidades legais.

10.

  • Prestamos servios de acordo com as NORMAS REGULAMENTADORAS (NRS) estabelecidas pelo Ministrio do Trabalho. Com isso asseguramos o total cumprimento das mesmas, agregando em nosso servio, maior profissionalismo e autenticidade.

11.

  • Possumos em nosso quadro de profissionais, Tcnicos de Segurana do Trabalho, Engenheiros de Segurana, Mdicos do Trabalho, Fonoaudilogos, Tcnicos em enfermagem e secretrios.
  • Profissionais gabaritados para prestar um atendimento de excelncia para o trabalhador e a empresa.

12. Objetivo

  • Otimizara sade e a qualidade de vida dos
  • colaboradores de nossos clientes, auxiliando-os no absentesmo e na melhoria da qualidade do trabalho.

13. Servios oferecidos

  • Laudos tcnicos nas diversas reas da medicina e engenharia do trabalho.
  • Assistncia tcnica em pericias judiciais.
  • Treinamentos diversos.
  • NR 5 - CIPA - (Comisso Interna de Preveno de Acidentes)

14. Servios oferecido

  • NR 07 PCMSO -(Programa de Controle Mdico e Sade Ocupacional)
  • NR 09 PPRA -(Programa de Preveno de Riscos Ambientais)
  • PPP-(Perfil Profissiogrfico Previdencirio)
  • NR 10- ( Instalaes e Servios em Eletricidade)

15. Servios Oferecidos

  • NR 15 -(Atividades e Operaes Insalubres)
  • NR 16- (Atividades e Operaes Perigosas)
  • NR 17-(Laudo Ergonmico)
  • NR 18 PCMAT-(Programa de Condies de Meio Ambiente de Trabalho)
  • Nr 31 -Segurana e sade no trabalho na agricultura, pecuria silvicultura, explorao florestal.

16. 17. Percias

  • Assistente tcnico em percias mdicas tanto na rea clinica/trabalho como na de Transito,participa da percia em local pr definido pelo perito.
  • Assistente tcnico em percias na rea de engenharia, com acompanhamento em campo das percias.

18. Programa de preveno de Riscos Ambientais 19. O que PPRA?

  • o Programa de preveno de Riscos Ambientais, conhecido como NR9, que objetiva levantaras condies do ambiente de trabalhoe indicar os procedimentos preventivos, o PPRA obrigatrio todo empregadore a base para elaborao do PCMSO.

20. Programa de Controle Mdico e Sade Ocupacional 21. O que PCMSO?

  • o Programa de Controle Mdico de Sade Ocupacional, conhecido como NR7, sua implantao visa a preveno da Sade do Trabalhador.

22. Exames clnicos e Complementares

  • O que so exames clnicos e complementares? Os exames clnicos ou avaliao mdica so aqueles realizados pelo mdico no consultrio e os exames complementares so os realizados em laboratrios, ou por outros profissionais, com o objetivo de prevenir doenas ocupacionais.

23. Esclarecimentos quanto aos exames complementares?

  • Exames complementares so todos os exames que exigem equipamentos especficos e que so realizados para complementar o atendimento mdico.
  • Exemplo: Eletrocardiograma, eletroencfalograma, audiometria, exames de sangue, urina, etc.

24. Audiometria

  • Audimetros e cabines novos e calibrados adequadamente.
  • Exame realizado por Fonoaudilogos com experincia na rea ocupacional.

25. Eletroencfalograma

  • Exame realizado com equipamentos novos e por profissionais habilitados.

26. Eletrocardiograma 27. Exame de acuidade visual 28. Espirometria 29. Atividades previstas para o PCMSO

  • Avaliao Mdica :
  • Admissional;
  • Peridica;
  • Mudana de Funo;
  • Retorno ao Trabalho;
  • Demissional;
  • Atestados de Sade Ocupacional (ASO);
  • Consultas;
  • Relatrios Estatsticos;
  • Arquivamento de Exames.

30. Atestado de sade ocupacional 31. 32. Caixa de primeiros socorros Material especialmente selecionado pela Mdica do Trabalho, de acordo s necessidades ocupacionais.

  • 250 ml de lcool em gel;
  • S erve p/ limpar as mos (assepsia). Todo socorrista deve manter as mos limpas, evitando risco de contaminao,
  • PVPI
  • Coloca-se aps a limpeza do ferimento com o soro fisiolgica, utiliza-se o PVPI.
  • 02 Pares de luvas cirrgicas tamanho mdio;
  • Serve p/ evitarentrar em contato com o sangue, suor, pele da vtima.

33.

  • 03 rolos de ataduras de crepom de 10 cm de largura;
  • Serve p/ imobilizao de contuses suposta fraturas
  • 20 pacotes de gaze esterilizada diversos tamanho;
  • Serve p/ limpeza do local do ferimento, sangramento, evitando assim que o socorrista entre em contato com as partes contaminadas, mesmo estando usando a luva, (Ferimentos leves) Ajuda no processo de estancamento, compresso, auxilia na proteo de fratura externa.
  • 500 ml de soro Fisiolgico;
  • Serve p/ umidecer os lbios da vtima, quando estiver com sede, limpeza de ferimentos leves,

34. E o custo?

  • A relao custo/benefcio vantajosa para a empresa com aumento da produtividade, reduo do absentesmo e melhora das condies de sade e bem estar dos colaboradores.

35.

  • Lembramos ainda que a no execuo destes programas resulta em pesadas multas trabalhistas
  • Ressaltando o fato que o pagamento da multa no elimina a responsabilidade da empresa em elaborar e implantar tais programas (PCMSO e PPRA).

36.