Maré Cheia - Fevereiro

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Agenda de Eventos no Concelho da Moita

Text of Maré Cheia - Fevereiro

  • MARCHEIAagenda de eventos no concelho da moita

    85

    FEVE

    REI

    RO

    201

    1

    www.cm-moita.pt

  • CAIXA DE SUGESTES:Se tem informaes que queira partilhar, se pretende contribuir com su-gestes para a melhoria contnua da Mar Cheia ou receber mensalmen-te a edio impressa em sua casa, contacte-nos atravs dos endereosmarecheia@mail.cm-moita.pt ou Diviso de Informao e Relaes P-blicas - Cmara Municipal da Moita, Praa da Repblica, 2864-007 Moita.A Cmara Municipal da Moita reserva-se o direito de selecionar a infor-mao a divulgar, de acordo com os critrios editoriais.A programao divulgada pode ser alterada por motivos imprevistos.

    MARCHEIAagenda de eventos no concelho da moita

    85

    FEVE

    REI

    RO

    2011

    www.cm-moita.pt

    MISSO: Divulgar a programaomunicipal e as potencialidades ldicas e culturais do concelho da Moita, contribuindo para aproximar os cidados do Municpio.

    VISO: Valorizar a identidade cultural do concelho da Moita, promover a participao e a cidadania e contribuir para a coeso social na comunidade.

    TTU

    LO:M

    ar

    Che

    ia-

    Age

    nda

    deEv

    ento

    sno

    Con

    celh

    oda

    Moi

    taED

    I

    O:C

    mar

    aM

    unic

    ipal

    daM

    oita

    CO

    OR

    DEN

    A

    O

    DA

    EDI

    O

    ,RED

    AC

    OE

    FOTO

    GR

    AFI

    A:D

    ivis

    ode

    Info

    rma

    oe

    Rel

    ae

    sP

    blic

    asC

    OLA

    BO

    RA

    O:D

    epar

    tam

    ento

    deA

    ssun

    tos

    Soci

    ais

    eC

    ultu

    ra;D

    epar

    tam

    ento

    deA

    mbi

    ente

    eSe

    rvi

    osU

    rban

    os;

    Div

    iso

    deA

    ctiv

    idad

    esEc

    onm

    icas

    eTu

    rism

    oAG

    RAD

    ECIM

    ENTO

    S:Jo

    oN

    ovel

    o;D

    ivis

    ode

    Des

    port

    o/CM

    M;D

    iogo

    Gom

    es;E

    stal

    eiro

    Nav

    alde

    Sari

    lhos

    Pequ

    enos

    ;As

    soci

    ao

    dos

    Dia

    btic

    osde

    Bar

    reiro

    eM

    oita

    eR

    esta

    uran

    tePi

    c-N

    ic.

    IMP

    RES

    SO

    :Esp

    rito

    Pap

    el

    Esta

    publ

    ica

    out

    iliza

    pape

    lrec

    icla

    do,

    prod

    uzid

    opo

    rem

    pres

    ace

    rtifi

    cada

    segu

    ndo

    asno

    rmas

    ISO

    9001

    eIS

    O14

    001.

    (Cer

    tific

    ae

    sde

    sist

    emas

    deG

    est

    ode

    Qua

    lidad

    ee

    sist

    emas

    deG

    est

    oA

    mbi

    enta

    l)

    CU

    IDE

    DO

    MEI

    OA

    MB

    IEN

    TE

    TIR

    AG

    EM:

    15.0

    00Ex

    .P

    ERIO

    DIC

    IDA

    DE:

    Men

    sal

    ISSN

    1647

    -185

    7VE

    RS

    OO

    N-L

    INE:

    ww

    w.c

    m-m

    oita

    .pt

    DIS

    TRIB

    UI

    O

    GR

    ATU

    ITA

    fich

    at

    cnic

    a

    A MAR CHEIA est disponvel nos equipamentos municipais, servios pblicose nos seguintes locais:

    ALHOS VEDROS | Ass. Amizade Arroteense | Ass. de Reform., Pens. e Idosos daFreguesia de Alhos Vedros | Ass. Desp. Nuticos Alhosvedrense Amigos do Mar |Caf Farinha | Caf Galeo | Caf caro | Caf Nova Gerao | Caf O Cantinho | CafParaso 1 | Caf Parque | Caf Pico do Caramulo | Caf Ensaio | Caf Moroas | CafSo Loureno | Centro Comun. Paragem | Cercimb | Clube Rec. Recreio e Instru-o CRI | Clube Rec. Sport Chinquilho Arroteense | Cooperativa de Consumo Plu-ricoop | Croassanteria Totozema | Grupo Desp. da Fonte da Prata | Grupo Rec. Fami-liar do Bairro Gouveia | MANUFRA | Mini-Mercado Osvaldo | Pastelaria A Fonte | Pas-telaria Sol Nascente | Pronto a Comer Assalto ao Tacho | Restaurante O Francs |Restaurante Os Arcos | Soc. Filarm. Recreio e Instruo Alhosvedrense A Velhinha |Sporting Clube Vinhense

    BAIXA DA BANHEIRA | Ass. de Dadores de Sangue | Ass. de Moradores da ZonaNorte | Ass. de Reform., Pens. e Idosos da Zona Norte da Baixa da Banheira ONorte | Banheirense Futebol Clube | Caf Santiago | Centro de Convvio dos Re-form. e Idosos da Vila da Baixa da Banheira | Clube do Rio | Clube Unio Ba-nheirense O Chinquilho | Ginsio Atltico Clube | Grupo Columbfilo Banheirense| Juventude Futebol Clube | Restaurante A Grelha Algarvia | Soc. Rec. da Baixa daSerra | Soc. Rec. e Cult. Unio Alentejana | Sporting Clube Banheirense | UnioDesp. e Cult. Banheirense

    GAIO-ROSRIO | Baa Caff | Caf Martimo | Caf/Marisqueira O Bom dia | BeiraMar Futebol Clube Gaiense | Caf O cantinho do Gato | Martimo Futebol ClubeRosarense

    MOITA I Adega de S. Martinho | Ass. de Moradores do Carvalhinho | Ass. de Reform.,Pens. e Idosos da Moita | Bar Chillout Winehouse | Caf A Caravela | Caf CasinhaAzul | Caf do Intermach | Caf Fragata | Centro Nutico Moitense | Cervejaria AMiragem | Clube Rec. do Palheiro | Clube Rec. do Penteado | Grupo Desp. Pop. doCho Duro | Lareira | Mau Maria | O Moinho | Papelaria Papel e Caneta | PastelariaMadrugada | QB | Restaurante O Messias | Restaurante Faena | Sabores e Conversas| Snack-bar Euro Amrica | Sociedade Filarmnica Capricho Moitense | SociedadeFilarmnica Estrela Moitense | Unio Futebol Clube Moitense | Velha Xica

    SARILHOS PEQUENOS | Restaurante Fragateiro | 1 de Maio Futebol Clube Sari-lhense | Caf O Farol

    VALE DA AMOREIRA | Centro de Reform. e Idosos do Vale da Amoreira | GrupoDesp. e Rec. Portugal | Papelaria Salito | Pastelaria ris Clara | Pastelaria Princesa

    Capa: Reproduo do tradicional "Leno de Namorados"

    A Mar Cheia pede desculpa: Na edio de Dezembro, induzimos os leitores emerro quando referimos que a Festa de Natal Comunitria do Vale da Amoreira erapromovida pelo Agrupamento de Escolas do Vale da Amoreira. Na verdade, estainiciativa, que decorreu no dia 11 de Dezembro, na EB 2/3, resultou de uma parce-ria entre diferentes entidades e projectos desta freguesia.

  • [3]

    Fevereiro vai ser mais um ms de diversificada intervenocultural e desportiva da Cmara Municipal: o espectculo de Fla-

    menco Felah Mengus - Jesus Herrera y Su Cuadro Flamenco e oconcerto de Sara Tavares, o 8 Corta Mato do Vale da Amoreira, em co-

    laborao com a Junta de Freguesia local, e a animao para os mais no-vos nas Bibliotecas, so disso testemunho.Assinalo, com particular destaque, o incio do Curso de Pinturas Tradicio-nais em Embarcaes que a Cmara vai promover, com a colaborao daAssociao Naval Sarilhense. A decorao das embarcaes tradicionais foi,e , uma forma de arte popular de elevado valor e uma marca distintiva dosbarcos do Tejo. Aberto participao de todos os que queiram aprender,este curso pretende ajudar a manter vivas as tradies e as culturas ribei-rinhas.Neste incio de 2011, parece que um rolo compressor vai esmagar tudo (oque resta) das funes sociais do Estado e dos direitos sociais conquista-dos, arduamente conquistados, ao longo de dcadas de luta dos trabalha-dores e dos povos. As autarquias locais vem-se amputadas de uma parce-la importante dos seus recursos, enquanto, por outro lado, so confronta-das com encargos a subir e cada vez maiores carncias sociais a necessi-tar de resposta.Neste quadro, garantir a prestao dos servios pblicos, essenciais aobem-estar das populaes, uma prioridade incontroversa, incluindo-se aquias atribuies que assumem hoje grande dimenso e importncia, comosejam as relativas Educao.Mas estes tempos de retrocesso social tm de ser tambm tempos de re-sistncia. A resignao a falsas inevitabilidades o caminho de mais re-cuos, de mais perdas; o passo em frente, beira do abismo.Os poderes ignbeis receiam a Cultura. Cidados cultos, logo informados,logo preocupados, so mais difceis de dominar. No nos resignaremos. Ape-sar dos recursos reduzidos, apesar das restries a que somos forados, acultura, o desporto, o lazer enriquecedor, continuaro a ser uma presenaconstante nas polticas municipais.

    [tem a palavra...]RUI GARCIAVICE-PRESIDENTE DA CMARA MUNICIPAL

  • [ ms de...]NAMORADOS

    Fevereiro o ms em que se comemora, no dia 14, o Dia de So Valentim, vulgar-mente conhecido por Dia dos Namorados. A propsito desta data, a Cmara Municipal apresenta algumas propostas para que,independentemente da idade, se celebre o Amor, porque, como quis dizer FernandoPessoa, o Amor pode ser tudomenos ridculo.

    [4]

    ATELI DE POSTAIS DE SO VALENTIM

    No dia 12 de Fevereiro, a Bibliote-ca Municipal Bento de Jesus Ca-raa, na Moita, desafia as crianase jovens, com idades compreendi-das entre os 6 e os 12 anos, a darlargas sua imaginao e criativi-dade, escrevendo mensagens, car-tas ou postais romnticos paraoferecer aos colegas de escola,amigos especiais ou at aos pais efamiliares.

    Todas as cartas de amor soRidculas.No seriam cartas de amor se no fossemRidculas.

    Tambm escrevi em meu tempo cartas de amor,Como as outras,Ridculas.As cartas de amor, se h amor,Tm de ser Ridculas.

    Cartas de Amor

  • [5]Excertos do poema de lvaro de Campos (heternimo de Fernando Pessoa)

    UM CONVITE

    Escreva uma mensagem ou um convite, para expressar os seus senti-mentos. Um SMS, um e-mail ou um poema num guardanapo de papelpodem ser to romnticos como uma carta antiga Convide algumpara um jantar a dois num dos restaurantes do concelho ou surpreen-

    da esse algum com bilhetes para o es-pectculo Xinti (Sente, em Crioulo),de Sara Tavares, no dia 25, no FrumCultural Jos Manuel Figueiredo, naBaixa da Banheira. Os bilhetes esto jdisponveis na bilheteira do Frum Cul-tural.Se est indeciso