Material PDF

  • View
    111

  • Download
    5

Embed Size (px)

Text of Material PDF

Curso de Portugus Instrumental

Prof. Myrson Lima

Euvoupassar

2009

1

ndice

1. Pr-Teste ...................................................................... 2. Parnimos ................................................................... 3. Concordncia Nominal .............................................. 4. Variedades do Portugus 1 ...................................... 5. Concordncia Verbal ................................................ 6. Regncia Verbal ........................................................ 7. Variedades do Portugus 2 ...................................... 8. Crase ...................................................................... 9. Pronomes de Tratamento ........................................... 10. Pontuao ............................................................... 11. Novo Acordo Ortogrfico ....................................... 12. Documento de Apoio.................................................. 13. Redao Oficial .............. .........................................

3 5 7 13 16 24 32 35 37 39 40 43 44

14. Legislao .................................................................. 50

2

PR-TESTE Marque a nica opo correta : REGNCIA VERBAL 1. a. ( b. ( c. ( d. ( 2. a. ( b. ( c. ( d. ( CRASE 3. a. ( b. ( c. ( d. ( ) ) ) ) Ns vendemos vista e prazo. Meu chefe nunca vai reunies. Vamos todos esta inaugurao. Iremos reunio do sindicato. ) ) ) ) ) ) ) ) Esta medida no agradou aos funcionrios. Eu no lembrei de seu nome completo. Ns visamos dias melhores para o pas. Ns chegamos atrasados no Tribunal. Alguns deles aspiram esta chefia. Ela namorou com todos os rapazes. Ns no assistimos a estas reunies. Eu prefiro estudar do que trabalhar.

CONCORDNCIA 4. a. ( b. ( c. ( d. ( 5. a. ( b. ( c. ( d. ( ) ) ) ) ) ) ) ) Eu estou quites com a tesouraria da associao. Permaneceram o fim de semana ss na cidade. Chegou anexos todos os documentos solicitados. Foi eu mesmo que fiz o relatrio da reunio. Precisa-se de funcionrios competentes. Um tero dos nossos arquivos se perderam. A empresa vai bem, haja visto o relatrio. Anexo ao ofcio segue a cpia do contrato.

GRAFIA DE PALAVRAS 6. a. ( b. ( c. ( d. ( ) ) ) ) obcecado, xuxu, pretensioso. excesso, analisar, mixto. prezado, ansioso, serissimo. dentefrcio, bero, requesito.

7. a. ( b. ( c. ( d. (

) ) ) )

insosso, sucinto, empecilho. extravasar, adolescncia, frustado. ascessorista, feminino, engolir. receioso, mexer, celofane.

3

COLOCAO DE PRONOMES 8. a. ( ) Requeiro se digne enviar-me a resposta. b. ( ) Te enviamos os dois recibos, meu amigo. c. ( ) Ningum ama-me, ningum quer-me. d. ( ) O funcionrio tem esforado-se muito. ACENTUAO GRFICA 9. a. ( b. ( c. ( d. ( 10. a. ( b. ( c. ( d. ( ) ) ) ) ) ) ) ) viagens, hfen, tens mido, rtmo, amveis srie, ngua, anizinhos pr (verbo), carter, heris Icapu, rbrica, colho, logaritmo, germens, di cincoenta, orgos, rcorde soto, oasis, razes

PONTUAO 11. a. ( b. ( c. ( d. ( ) ) ) ) Meu desejo : que passes no concurso. No sou alegre nem triste: sou poeta. Ns precisamos agora, de todos vocs. O diretor do setor, anunciar os resultados.

GRAFIA: USO DO PORQU 12. a. ( b. ( c. ( d. ( ) ) ) ) O ideal por que lutamos nobre, meu amigo. Reclama muito do emprego e no diz o por qu. A razo porque cheguei tarde foi a falta de txi. Eis porque nada deu certo naquela semana.

ASSUNTOS DIVERSOS 13. a. ( b. ( c. ( d. ( 14. a. ( b. ( c. ( d. ( 15. a. ( b. ( c. ( d. ( ) ) ) ) ) ) ) ) ) ) ) ) Esta a portaria que ainda est vigendo. Ela veio, afim de passear com a amiga. Para aonde vais com tanta pressa ? A avenida era antigamente de paraleppedo. Deve fazer trs anos esses prdios. O chefe vive sempre de mau humor. Pise o milho, penere o xerm. Ele acertou a milhar do elefante. Ela reside Av.Baro do Rio Branco. No houve problemas entre voc e mim. Eu sempre custo tomar estas decises. muito problema para mim resolver.

4

PARNIMOS - GRAFIA USE CORRETAMENTE AS PALAVRAS OU EXPRESSES ENTRE PARNTESES: 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34. 35. No sei ____________________ vais com tanta pressa. (onde, aonde) Para _______________________ se dirige este nibus? (onde, aonde) No sei _____________________________ voc mora. (onde, aonde) __________ cinco dias, no nos vemos. (H - a) Sairei daqui __________ vinte minutos. (h - a) O _______________ se arranca pela raiz. (mal, mau) Voc um homem _________________. (mal, mau) No fale ________________ do prximo. (mal, mau) No arranjo dinheiro em _________________ tempo. (tampouco, to pouco) No tenho dinheiro, _____________________ tempo. (tampouco, to pouco) ________________________ minha, acertei todas. (porventura, por ventura) _________________________ voc acertou todas? (porventura, por ventura) Voc errou de alto _____________________________ . (abaixo, a baixo) A resposta est ________________________________ .(abaixo, a baixo) Voc no disse nada __________________________ . (de mais, demais) Ele trabalha __________________________________. (de mais, demais) Esta funcionria a ________________________ competente. (mais - mas) O estagirio estuda, ______________ no aprende. (mais, mas) No se via nenhuma lgrima ____________ tua face. (sobre - sob) No te escondas _________________ as aparncias. (sobre, sob) No disse o __________________ de seu gesto. (porqu, por qu) O jovem anda aflito e no diz _______________ . (porqu, por qu) ________________________________ corres ? (por que - por qu) O ideal ____________________ lutamos nobre. (porque, por que) Eis _________________________ tudo deu certo. (porque, por que) Tratava-se de um rapaz ______________.( toa, toa) Essa mulher vive _____________________ .( toa, toa) Ontem trabalhei ____________________. (meio-dia, meio dia) Ontem trabalhei at _________________ .(meio-dia, meio dia) __________________ chover, irei ao passeio. (seno, se no) Aps a luta, no se viam ___________. feridos (seno, se no) Falei _____________________ poltica. (a cerca de, acerca de) Falei _________________ mil pessoas. (a cerca de, acerca de) Samos ____________________ nos divertir. (afim de, a fim de) O francs uma lngua ______________ outras lnguas latinas. (afim de, a fim de)

Exemplos de grafias corretas: Diretor-Geral; Diretor-Presidente; Diretor-Executivo; Primeiro-Secretrio; Procurador-Geral do Estado; Procuradoria-Geral; Defensoria Pblica; Defensor Pblico; Advogado-Geral; Professor Adjunto; Secretrio Adjunto; Governo do Estado; subtenente; suboficial, scio-gerente; socioeconmico; minirreforma; conta-corrente; contracheque; meio ambiente; microssistema; fim de semana; internet.

5

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSES PARECIDAS 1. ONDE e AONDE Onde: usa-se com verbos estticos. Ex.: Onde moras? Aonde: com verbos dinmicos (Aonde vais com tanta pressa?). Aonde equivale, quase sempre, a para onde. 2. H e A O primeiro forma do verbo haver. Traz idia de passado (H cinco dias, fiz o relatrio) O segundo preposio. Traz idia de futuro. (Daqui a cinco dias, farei o relatrio). 3. MAL e MAU Mal se ope a bem. advrbio. Mau se ope a bom. adjetivo. 1. POR QUE e PORQUE POR QUE = por qual motivo = pelo qual, pela qual, etc. PORQUE = visto que (conjuno causal ) = para que (conjuno final - de uso erudito, literrio ) Ex.: Por que (separado) chegaste atrasado? Porque (junto) perdeste o nibus? O motivo por que (separado) cheguei atrasado porque (junto) estava dormindo. Observao: Porqu (acentuado e junto) quando substantivo. Por qu (acentuado e separado). quando igual a por qual motivo e se encontra no final do perodo Exs.: - Qual o porqu disso? - Voc j vai embora. Por qu? = por qual motivo 5. TO POUCO e TAMPOUCO to pouco = muito pouco tampouco = muito menos 6. DE TRS e DETRS - O primeiro responde pergunta: De onde? - O segundo, pergunta: Onde? 7. POR VENTURA e PORVENTURA - Por ventura: por felicidade. - Porventura: por acaso. 8. DE MAIS e DEMAIS - De mais: a mais. - Demais: demasiadamente. 9. MAS e MAIS MAS, conjuno adversativa, pode ser substituda por porm. Ex.: Foi rua, mas nada comprou = Foi rua, porm nada comprou. 10. SE NO e SENO SE NO = se (conjuno condicional, pode ser substituda por CASO); no (advrbio) Escreve-se SE NO (separado) quando possvel intercalar a expresso POR ACASO entre o SE e o NO. Ex. SE (por acaso) NO chover, irei ao cinema. Nos demais casos, usa-se seno (junto) 11. MEIO DIA = metade do dia. MEIO-DIA = 12 h 12. A FIM DE = locuo prepositiva. Significa = com a finalidade de, com o intuito de. AFIM, AFINS = adjetivos. 13. ACERCA DE = sobre. CERCA DE = aproximadamente. 14. TOA = locuo adverbial; modifica verbo. TOA = locuo adjetiva; modifica substantivo. Sem hfen nos dois casos.

6

CONCORDNCIA NOMINAL EXERCCIOS Marcar a nica opo incorreta, quanto concordncia nominal no portugus padro: 1. a) ( ) Msica e textos bonitos b) ( ) Msica e texto bonito c) ( ) Bonitos texto e msica d) ( ) Bonita msica e texto Regras: 1, 2 e 3 2. a) ( c) ( 3. a) ( c) ( 4. a) ( c) ( 5. a) ( b) ( c) ( d) ( 6. a) ( b) ( c) ( d) ( 7. a) ( b) ( c) ( d) ( 8. a) ( c) ( 9. a) ( c) ( 10. a) ( c) ( 11) a) ( c) ( 12) a) ( c) ( 13. a) ( c) ( ) Meigas Joana e Diana ) Pedra e po macios ) Bebeu caf e leite branco ) Olhar,abrao, beijo amigo ) Lindas rainha e princesa ) Extraordinrio Chico e Marina b) ( d) ( b) ( d) ( b) ( d) ( ) Bonita boca e olhos ) tima data e local Regras: 3 e 4

) Angstia e ansiedade horrvel Regras :3 e 4 ) Tempestade e calmaria enorme ) Simpticas av e neta ) Boa patroa e patro Regras : 3 e 4 Regra : 5

) As selees argentina e brasileira ) A seleo argentina e a brasileira ) A seleo argentina e brasileira ) As selees argentina e a brasileira ) ) ) ) ) ) ) ) Anexo ao relatrio segue a cpia Incluso cpia segue o relatrio Juntos seguem a cpia e o relatrio Apenso cpia segue o relatrio Mui