Plano de Manejo Do Monumento Natural Cascata Santa Rita

  • Published on
    10-Jul-2015

  • View
    514

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

<p>ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTRELA SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE E SANEAMENTO BSICO (SMMASB)</p> <p>PLANO DE MANEJO DO MONUMENTO NATURAL CASCATA SANTA RITA</p> <p>Estrela 2011</p> <p>1Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>EQUIPE DE TRABALHO Coordenao: ngela Maria Schossler (Biloga)</p> <p>Responsveis tcnicos: Alexandre Rcker (Bilogo, Mestre em Botnica) Emerson Lus Musskopf (Bilogo, Mestre em Botnica) William Heberle (Bilogo)</p> <p>SETOR RESPONSVEL</p> <p>2Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>APRESENTAO O Monumento Natural Cascata Santa Rita (MNCSR) a primeira Unidade de Conservao (UC) instituda no municpio de Estrela. A criao e gesto de reas especialmente protegidas tem sido atualmente uma das principais estratgias dos governos para a proteo da biodiversidade. A conservao dessa rea, alm de propiciar a proteo do meio ambiente, proporcionar atividades de educao ambiental e turismo ecolgico, permitindo o contato e a integrao da populao com o ambiente natural, de forma regrada. De acordo com a Lei no 9.985/2000, que institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservao (SNUC), Monumento Natural uma UC de proteo integral, constituda por terras pblicas ou privadas, tendo como objetivo bsico preservar stios naturais raros, singulares ou de grande beleza cnica. O presente plano de manejo o resultado de um trabalho subsidiado pela Prefeitura Municipal de Estrela, sendo elaborado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Bsico. ele que estabelece o diagnstico ambiental da rea e as diretrizes bsicas para o manejo da Unidade de Conservao.</p> <p>3Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>SUMRIO 1. INTRODUO ............................................................................................... 6 2. CARACTERIZAO GERAL ........................................................................ 7 2.1 Ficha Resumo ............................................................................................. 7 2.2 Situao Legal ............................................................................................ 8 2.3 Localizao e Acesso ................................................................................ 8 2.4 Histrico ...................................................................................................... 9 2.5 Origem do Nome ........................................................................................ 9 2.6 Uso Atual da rea e Problemas Urgentes ................................................ 9 2.7 Fatores Ambientais .................................................................................. 11 2.7.1 Geologia, geomorfologia, solos e hidrografia .............................. 11 2.7.2 Clima................................................................................................. 12 2.7.3 Flora.................................................................................................. 13 2.7.3.1 Caracterizao da Vegetao Regional ...................................... 13 2.7.3.2 Caracterizao da Vegetao do MNCSR .................................. 16 2.7.4 Fauna ................................................................................................ 24 2.7.4.1 Mamferos ..................................................................................... 24 2.7.4.2 Aves ............................................................................................... 26 2.7.4.3 Rpteis .......................................................................................... 31 2.7.4.4 Anfbios ......................................................................................... 32 2.7.4.5 Peixes ............................................................................................ 32 2.8 Caracterizao da rea do entorno e possibilidades de expanso ..... 36 2.9 Possibilidades de conectividade ............................................................ 37 3. PLANEJAMENTO ........................................................................................ 38 3.1 Objetivos ................................................................................................... 38 3.2 Zoneamento .............................................................................................. 39 3.2.1 Zona de Visitao ............................................................................ 40 3.2.2 Zona de Recuperao ..................................................................... 41 3.2.3 Zona de Proteo ............................................................................ 42 4. PROGRAMAS DE MANEJO ....................................................................... 42 4.1 Programa de Manejo Ambiental .............................................................. 43 4.1.1 Subprograma de manejo das espcies exticas invasoras ........ 43 4.1.2 Subprograma de manejo da Zona de Recuperao ..................... 44 4.1.3 Subprograma de proteo .............................................................. 44 4.2 Programa de Interpretao e Educao Ambiental ............................... 45</p> <p>4Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>5. REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS ............................................................ 45 6. BIBLIOGRAFIAS CONSULTADAS ............................................................. 47 7. SITES CONSULTADOS .............................................................................. 48</p> <p>5Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>1. INTRODUO Antes de qualquer deciso envolvendo aes na rea do Monumento Natural Cascata Santa Rita (MNCSR), foi elaborado o plano de manejo. Este entendido como um documento tcnico, que, usando como base os objetivos gerais de uma UC, estabelece o seu zoneamento e as normas que devem nortear e regular o uso que se faz da rea e o manejo dos recursos naturais, inclusive a implantao das estruturas fsicas necessrias gesto da UC (Lei n 9.985/2000, Artigo 2, Inciso XVII). O planejamento de uma UC caracterizase por ser um processo contnuo, gradativo e flexvel. Contnuo, pois no h como agir sem planejar, ou seja, para toda a ao h um planejamento anterior; gradativo, por se aprofundar nas decises medida que se aumenta o conhecimento da rea que se quer manejar e flexvel por admitir mudanas a partir de novos conhecimentos (Ferreira et al., 2004). Assim, algumas informaes que no foram contempladas neste plano de manejo, podero ser acrescentadas num outro momento, tornando-o sempre mais completo.</p> <p>6Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>2. CARACTERIZAO GERAL 2.1 Ficha Resumo Nome Unidade gestora Monumento Natural Cascata Santa Rita Prefeitura Municipal de Estrela/Secretaria</p> <p>Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Bsico SMMASB. Endereo: Rua Jlio de Castilhos, 380, Centro. CEP: 95880-000 Telefone: (51) 3981-1000 E-mail: meioambiente@estrela-rs.com.br rea Municpio Estado Bioma Coordenadas 1,64 ha Estrela Rio Grande do Sul Mata Atlntica (Floresta Estacional Decidual) geogrficas 412204,667 E; 6733891,378 N</p> <p>UTM (Zona 22J e Datum SAD-69) Lei Criao Lei Municipal n 4.116, de 17 de novembro de 2005. Confrontantes Norte: Propriedade de Maria Eldia Eidelwein; Sul: Arroio Estrela; Leste: Arroio Estrela; Oeste: Companhia Minuano de Alimentos. Atividades conflitantes Atividades de uso pblico Lixo, pesca e espcies exticas invasoras. Atividades scio-educativas e de interpretao ambiental envolvendo a sociedade e</p> <p>estudantes das redes pblica e privada.</p> <p>7Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>2.2 Situao Legal O Monumento Natural Cascata Santa Rita uma Unidade de Conservao de Proteo Integral, conforme a Lei Federal n 9.985/2000. Ela foi criada pela Lei Municipal n 4.116, de 17 de novembro de 2005, com rea superficial de 1,64 ha.</p> <p>2.3 Localizao e Acesso O Monumento Natural Cascata Santa Rita est localizado no municpio de Estrela, na localidade de Linha So Jac, abrangendo uma rea de 1,64 ha. O acesso se d atravs da BR-386, no municpio de Estrela, entrando na estrada municipal Jacob Mallmann, seguindo a estrada municipal de acesso (Fig. 1).</p> <p>Figura 1: Acesso ao Monumento Natural Cascata Santa Rita.</p> <p>8Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>2.4 Histrico A Cascata Santa Rita sempre foi um ponto de encontro utilizado para o lazer da comunidade estrelense e regio. Local este utilizado para conversar, tomar banho e apreciar a bela paisagem, que, alm da cascata, possui natureza exuberante. A rea tambm possui importncia histrica para o municpio, pois ali foi construda e inaugurada em 1914 a primeira usina hidreltrica que abasteceu a cidade. Hoje, encontra-se desativada e em runas, estas ainda presentes no local.</p> <p>2.5 Origem do Nome A denominao Monumento Natural Cascata Santa Rita devido rara beleza natural da cascata presente no local, a qual h muito tempo conhecida pela populao como Cascata Santa Rita. A sua preservao de grande importncia ecolgica, paisagstica e histrica.</p> <p>2.6 Uso Atual da rea e Problemas Urgentes A lei que cria o MNCSR de 2005, mas poucas aes preservacionistas foram executadas no local desde sua criao, principalmente pela falta de um plano de manejo, cujo planejamento auxilia e rege as tomadas de deciso em relao a essas aes em uma UC. Antes da criao desta UC, e mesmo aps a sua criao, a populao vem utilizando a rea no entorno da cascata de uma maneira desregrada (Fig. 2). Acima da cascata existia um bar em uma ilha do arroio Estrela, este utilizado para o comrcio de bebidas e lanches para as pessoas que utilizavam a rea como camping ou simplesmente para fazer um churrasco. Pouco antes da criao do MNCSR, este bar foi desativado, mas a estrutura fsica continua presente na ilha, comprometendo a recuperao do local. Mesmo aps a desativao do bar e da criao do MNCSR, a comunidade continua utilizando o local de maneira no sustentvel, deixando lixo prximo s churrasqueiras, em trilhas em meio vegetao e at dentro do prprio arroio. Na margem esquerda do arroio Estrela, em rea de expanso do MNCSR, h a presena de bovinos e eqinos at a beira do mesmo. Neste local a vegetao praticamente constituda de herbceas, com algumas poucas rvores isoladas e capes de mata. Alm de no permitir o pleno 9Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>desenvolvimento da vegetao arbrea e arbustiva no entorno do arroio, estes animais esto causando pequenos processos erosivos, principalmente nos locais utilizados como bebedouro. Em vrios pontos da UC, observa-se a presena de espcies de plantas exticas invasoras, que ocasionam a perda da biodiversidade e</p> <p>descaracterizam fisionomicamente a vegetao original. Entre estas se destaca a uva-japonesa (Hovenia dulcis). Para melhor controle das mesmas, ser implantado um projeto de manejo das espcies arbreas exticas invasoras.</p> <p>10Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>A</p> <p>B</p> <p>C</p> <p>D</p> <p>E</p> <p>F</p> <p>Figura 2: (A) Antigas benfeitorias remanescentes na rea de recuperao; (B) Churrasqueiras improvisadas pelos visitantes; (C) Lixo; (D) Local utilizado para banho pelos visitantes; (E) Eqinos prejudicando o desenvolvimento da vegetao em APP; (F) Exemplares exticos de uva-japonesa (Hovenia dulcis).</p> <p>2.7 Fatores Ambientais 2.7.1 Geologia, geomorfologia, solos e hidrografia O municpio de Estrela localiza-se margem esquerda do rio Taquari, na poro basal do que se denomina a Encosta Inferior do Planalto Meridional</p> <p>11Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>(Maluf et al., 1994) ou, segundo IBGE (1986), Patamares da Serra Geral. composto por duas formaes geolgicas distintas: Formao Serra Geral, constituda basicamente por basaltos, e Formao Botucatu, constituda por arenito. A Formao Serra Geral a que predomina no municpio, sendo observados tambm, em alguns pontos, afloramentos da Formao Botucatu (IBGE, 1986). A regio da encosta inferior do Planalto Meridional caracterizada por escarpamento acentuado pela dissecao provocada pelo curso inferior de rios como o Taquari, formando assim pontos de aclive acentuado, pores com os tpicos morros testemunhos, como o caso do Roncador e Roncadorzinho, e tambm com pores de plancies que se espremem entre a encosta do planalto e o rio. Os solos que constituem o municpio so: Terra Roxa Estruturada e Planossolo Eutrfico. Terra Roxa Estruturada: solos profundos, bem drenados, geralmente com textura muito argilosa. Planossolo Eutrfico: solos tpicos de reas baixas, onde o relevo permite excesso de gua permanente ou temporrio. Possui superfcie eluvial de textura arenosa ou mdia que contrasta com o horizonte B, de elevada concentrao de argila (IBGE, 1986). O Monumento Natural Cascata Santa Rita pertence Bacia Hidrogrfica Taquari-Antas, poro Taquari. A hidrografia do mesmo consiste basicamente no arroio Estrela, no havendo outros corpos hdricos na rea.</p> <p>2.7.2 Clima O macroclima da regio do tipo Cfa (subtropical mido), do sistema de Kppen, com temperatura mdia anual de 19,5C e precipitao anual de 1.347 mm, distribuda de forma relativamente uniforme ao longo do ano (Moreno, 1961). O diagrama ombrotrmico da estao de Porto Alegre (Fig. 3), que dista aproximadamente cerca de 100 km do MNCSR, mostra que, na realidade, existe um ligeiro decrscimo da precipitao nos meses mais quentes do ano.</p> <p>12Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>30 Temperatura (C) 25 20 15 10 5 0 JN</p> <p>150 Precipitao (mm)13Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>125 100 75 50 25 0 A S O N D J F M A M J</p> <p>Figura 3: Diagrama climtico de Porto Alegre (3002S, 5122W, 47m), no perodo de 1961 a 1990 (segundo INMET), a cerca de 100 km aproximadamente do Monumento Natural Cascata Santa Rita, Estrela-RS (crculos = precipitao, quadrados = temperatura).</p> <p>2.7.3 Flora 2.7.3.1 Caracterizao da Vegetao Regional O Estado do Rio Grande do Sul caracteriza-se por apresentar diversas formaes vegetais, o que representa uma ampla riqueza biolgica, tanto da flora quanto da fauna. Essas formaes vegetais fazem parte do Bioma Mata Atlntica e do Bioma Pampa (Fig. 4).</p> <p>Figura 4: Mapa de localizao dos Biomas existentes no RS (Fonte: IBGE 2007).</p> <p>Pelas caractersticas e delimitaes estabelecidas no mapa do IBGE (Fig. 4), a vegetao do municpio de Estrela fica sendo um anexo do Bioma Mata Atlntica, de acordo com a Lei n 11.428, de 22 de dezembro de 2006. A vegetao do municpio de Estrela est inserida na Regio Fitogeogrfica da Floresta Estacional Decidual (Fig. 5), que segundo Teixeira &amp; Neto (1986), ocupa a maior parcela da vertente sul do Planalto Meridional ou Formao Serra Geral. Com a colonizao europia, teve incio um contnuo processo de substituio das formaes nativas originais por outros usos, promovendo um quadro de degradao da vegetao, ficando a maior parte dos remanescentes florestais nativos nas encostas e nos fundos dos vales, locais com dificuldade de acesso ou baixa aptido agrcola.</p> <p>14Plano de Manejo do Monumento Natural Cascata Santa Rita</p> <p>Figura 5...</p>