Portfolio vanessa

  • View
    360

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

  1. 1. Fabrcia Leme - 2008PORTFOLIOPINTURA
  2. 2. Srie EsquisitinhosProcessoA srie intitulada de esquisitinhos teve seu incio no segundo semestre de 2007, com a proposta de elaborar desenhos com tinta nanquim nas aulas de desenho.Esta srie foi batizada de Esquisitinhos, pois busquei este outro lado das pessoas que geralmente ca no olhar de muitos como algo e s t r a n h o , esquisito e os leva a no gostar desse diferente.Observei muitas pessoas, em diversos lugares... Na rua, no trabalho, nainternet, em lmes, seguindo-as busquei todos os detalhes, principalmenteas caractersticas que fazem delas pessoas diferentes esteticamente. Todos ns somos diferentes, mas muitas pessoas seguem um padropr-estabelecido pela mdia e pela sociedade de modo geral. Contudo,existem pessoas que buscam algo prprio, um diferencial seja no corte decabelo, maquiagem, roupas, etc.
  3. 3. Srie Esquisitinhos ProcessoCo m e s te t rab al h o consegui desenvolver bem o tema e produzir de modo que se tornasse algo slido. Alm do desenho, desenvolvi o mesmo tema em outras tcnicas como fotogra a e cermica.
  4. 4. Srie Esquisitinhos Processo Em pintura, continuei a srie trabalhando com releituras de obras de grandes artistas. Gostei do resultado que obtive na primeira releitura que z da obra Les demoiselles d Avignon de Pablo Picasso, tentei manter a mesma disposio das guras e o uso das cores do artista. Meu trabalho anteriormente era monocromtico, a partir das releituras pude ter uma percepo das cores dentro dos personagens que crio.Antes de pintar em tela fao estudos em nanquim e tinta aquarela, depois sobre a tela utilizo tinta acrlica.
  5. 5. Nos estudos pude experimentar as cores mais guadas, com transparncia. Minhas experincias anteriores em pintura eram marcadas por cores chapadas.No primeiro estudo as guras caram dispostas na horizontal, isso fugia um pouco da idia da releitura, sendo o quadro de Picasso na vertical, resolvi fazer uma nova verso.Algumas modi caes foram feitas nos personagens, mas o resultado nal da pintura vai se transformar numa fuso desses dois estudos.Acredito que os estudos no deixam de ser um trabalho, pois cada um apresenta suas caractersticas e ganham autonomia.
  6. 6. Releituras 1907; leo s/ tela 40cmx50cm acrlica s/ papel
  7. 7. Srie EsquisitinhosProcesso Me senti motivada a fazer novas releituras, pois por meio delas fao um estudo das cores, de tcnicas, testo novas pinceladas, luz, sombra.Acredito que a srie tem muito a ganhar com isso, minha preteno de fazer no mnimo 15 releituras, j pensando em usar este trabalho para o meu TCC.Um dos artistas que j vinha pensando era o Pierre Auguste Renoir, com a obra "Rosa e Azul", que pude ver de perto no Masp inmeras vezes, de alguma forma ela me marcou, ento resolvi fazer a releitura.21cmx17cm aquarela s/ papel
  8. 8. Srie Esquisitinhos ProcessoMais uma vez o primeiro estudo saiu na horizontal, sendo a obra de Renoir na vertical, z um novo estudo, parece at que proposital, mas no foi, coisas do acaso.J estou pensando nos prximos, alguns artistas que penso so: Van Gogh, Edward Munch, Matisse, Modigliani e Frida Kahlo. 21cmx30cm aquarela s/ papel
  9. 9. Releituras 1881; leo s/ tela 119cmx74cm40cmx50cm acrlica s/ papel
  10. 10. Srie Fatos preenchidosProcessoDois modelos foram para a aula de pintura no primeiro semestre de 2008. No incio no senti vontade em desenha-los, sempre um desa o para mim desenhar o corpo humano, preferia continuar com meus personagens, onde tenho muita liberdade pra dar a forma que eu quiser. Mas nesse dia resolvi aceitar o desa o, gostei da pose que os modelos zeram, me senti a vontade para soltar o trao, sem me preocupar com detalhes realistas e sim com a pose. Fiz muitas linhas, senti uma necessidade de preenche-las, tornar o desenho mais denso. Gostei muito do resultado, consegui passar a liberdade de um desenho livre que tanto queria.Eis que surge uma nova idia...uma nova srie.
  11. 11. Srie Fatos preenchidos Processo Comecei ento a desenvolver esses desenhos por meio de observaes de poses de alguns colegas de sala que se dispuseram a posar.Passei tambm em alguns casos, a acrescentar elementos de imaginao que me vinham.
  12. 12. Srie Fatos preenchidos ProcessoEm alguns casos trabalhei com a observao de cenas que estavam acontecendo, com elementos do ambiente como o caso da gura a direita. J na gura da esquerda procurei observar a pose da pessoa e em seguida colocar algumas coisas que remetem a essa pessoa.
  13. 13. Srie Fatos preenchidos Processo Tambm z alguns trabalhos a partir da observao de fotogra as
  14. 14. Srie Fatos preenchidos Processo Depois de feitos esses desenhos, pensei em leva-los para a pintura numa dimenso bem maior que os desenhos originais feitos no caderno. O preto e o branco prevaleceram, mas eu buscava de alguma forma acresecentar a cor, ento para comear utilizei somente uma cor no fundo.
  15. 15. Srie Fatos preenchidos Processo Ento o processo passou a ser esse, primeiro vem o desenho monocromtico em naquim s/ papel, e depois penso numa composio onde as cores sero utilizadas s/ um suporte para pintura, como tela ou madeira.
  16. 16. Srie Fatos preenchidos Processo Por enquanto isso, meu trabalho vem se desenvolvendo,um pouco vagarosamente mas est seguindo um caminholegal, que me agrada. Ainda tenho que re etir muito sobretoda essa produo, procurar mais referncias.O ttulo da srie "Fatos preenchidos", ainda meioimprovisado, mas gostei... um comeo.Fabrcia Leme