PROF. MARCELINO FERNANDES - ?· Polito, Reinaldo; Como Falar Corretamente e sem Inibições, Saraiva.…

  • View
    219

  • Download
    5

Embed Size (px)

Transcript

  • O PODER DA COMUNICAO PARA PROFESSORES E ADVOGADOS DE

    $UCE$$O

    Twitter: @profmarcelino

    fb.com/profmarcelino88 (perfil)

    Fb.com/profamarcelino (fanpage)

    professormarcelino@hotmail.com

    PROF. MARCELINO FERNANDES

    http://www.facebook.com/profmarcelinomailto:professormarcelino@hotmail.com

  • 2

    O PODER DA COMUNICAO

    NO ENSINO E APRENDIZAGEM

  • 3

    Referncias Bibliogrficas

    Ribeiro, Lair; O Poder da Comunicao, Editora Sintonia.

    Ribeiro, Lair; A Magia da Comunicao, Editora Leitura.

    Dimitrius, Jo-Ellan; Mazzarela, Mark, Fique Bem Na Fita,Alegro.

    Polito, Reinaldo; Vena o Medo de Falar em Pblico,Saraiva.

    Polito, Reinaldo; Oratria para Advogados e Estudantes deDireito, Saraiva.

    Polito, Reinaldo; Como Falar Corretamente e semInibies, Saraiva.

    Weil, Pierre; Tompakow, Roland, O Corpo Fala, Vozes.

    Carnegie, Dale; Como influenciar pessoas e fazer amigos,BestSeller.

  • APRENDIZAGEM

    Processo de aquisio e assimilao, mais ou menos

    consciente, de novos padres e novas formas de perceber, ser,

    pensar e agir.

    MOTORA COGNITIVA AFETIVA

  • PEDAGOGIA a filosofia, a cincia e tcnica da

    educao.

    Aspectos fundamentais

    Filosfico: Relaes com a vida, valores, ideais e as finalidades da educao.

    Cientfico: Apia-se em dados apresentados pelas cincias biolgicas, fsicas e sociolgicas.

    Tcnico: Refere-se tcnica educativa (relaciona o ideal ao real).

  • 6

    VENCENDO O MEDOCORAGEM NO AUSNCIA DE MEDO

    E SIM O SEU CONTROLE.

    CORAGEM FIRMEZA DE ESPRITO PARA ENFRENTAR SITUAO

    EMOCIONALMENTE OU MORALMENTE DIFCIL.

    A coragem libera o sucesso e acreditar transforma o sonho em realidade!

  • 7

    Ns somos animais lingusticos

  • 8

    A PNL uma das mais completasFerramentas de DesenvolvimentoHumano da atualidade. Elatrabalha o ser humano de dentropara fora e consegue trazer tonao que cada um tem de melhor.

    O QUE A PROGRAMAO NEUROLINGUSTICA PNL?

  • COMO SURGIU?

    A PNL surgiu nos E.U.A. nos anos 70quando tambm apareceram oscomputadores pessoais. vista como umsoftware para a mente, faz a ponteentre linguagem e comportamento.Para alguns, a mais importante sntese dacomunicao humana. (Richard Bandler eJohn Grinder)

  • 10

    COMO A PNL PODE SER USADA NA COMUNICAO?

    A PNL trabalha a Comunicao deuma maneira totalmente mpar,fazendo com que voc consigatransmitir suas mensagens de maneiramuito mais clara e decisiva,maximizando sua capacidade depersuaso e flexibilizando a maneiracomo voc entende os outros.

  • Programao

    -Experincia pessoais, meta especfica,

    padres e pensamentos, codificao.

    Neuro

    -Sistema neurolgico, os 5 sentidos,

    fisiologia e mente.

    Lingustica

    -Linguagem, quem e o que pensa.

    MUDANAS COMPORTAMENTAIS PNL Programao Neurolingstica

  • COMUNICAO INTERPESSOAL

    12

  • VOC JULGADO...

    PELO QUE VOC FAZ

    PELA SUA APARNCIA

    PELO QUE VOC DIZ

    PELO JEITO QUE VOC DIZ O QUE VOC DIZ.

    13

  • TRS NVEIS DE COMUNICAO

    BOCA OUVIDO

    CREBRO CREBRO

    CORAO CORAO

  • O rapport ou sintonia um pr-requisito parauma comunicao eficaz. Ento, antes de fazerqualquer coisa com uma pessoa ou um grupo,voc precisa estabelecer rapport com eles.Precisa ter flexibilidade suficiente para ser capazde entrar, de alguma maneira, na realidade dooutro. Quando voc faz isso, ele se sentereconhecido e estar disposto a se engajar comvoc. Com rapport, as pessoas tendem a ficarmais abertas e ter menos objees e tm maisprobabilidade de aceitar o que voc diz.

    RAPPORT

  • APERTO DE MO

  • ESTADO DO CONHECIMENTO

    1. Inconscincia da incompetncia: ignorncia

    2. Conscincia da incompetncia: a par

    3. Conscincia da competncia: conhecimento

    4. Inconscincia da competncia: sabedoria

  • LEIS DA COMUNICAO

    LEI DO PORQUE

    LEI DO CONTRASTE

    LEI DA RECIPROCIDADE

    LEI DA DOR E DO PRAZER

    18

  • CAMPOS COGNITIVOS DA COMUNICAO

    AUDITIVOS

    VISUAIS

    CINESTSICOS

  • PALAVRAS E FRASES DE INFLUNCIA

    Visual ver

    Olhar, imagem, foco, imaginao, cena, branco, visualizar, perspectiva, brilho, refletir, clarificar, prever, iluso, ilustrar, notar, panorama, revelar, ver, mostrar, viso, observar, nebuloso, escuro.

    Frases visuais

    - Eu vejo o que voc quer dizer - Estou olhando para a ideia

    - Temos o mesmo ponto de vista - Eu tenho uma noo vaga

    - Mostre-me o seu ponto de vista - Voc vai olhar para trs e rir

    - Isso vai lanar uma luz sobre o assunto - Isso d cor a sua viso da vida - Me parece - Sem sombra de dvida

    - O futuro parece brilhante - A soluo explodiu ante seus olhos

    - Com os olhos da mente - Isto um colrio para os meus olhos

  • FRASES DE INFLUNCIA

    Auditivo ouvir

    Dizer, sotaque, ritmo, ruidoso, tom, ressoar, som, montono,surdo, tocar, reclamar, pronncia, audvel, claro, discutir,proclamar, comentar, ouvir, tom, gritar, sem fala, oral,contar, silncio, dissonante, harmonioso, gudo, quieto,mudo.

    Frases auditivas

    - Vivendo em harmonia - Isso grego para mim - Conversafiada - Ouvidos de mercador - Ouvir passarinho cantar -Entrar no tom - Msica para meus ouvidos - Palavra porpalavra - Nunca ouviu falar sobre... - Claramente expressado- Dar uma audio - Segure sua lngua - Maneira de falar -Alto e claro

  • FRASES DE INFLUNCIACinestsico:

    toque, ao e movimento Tocar, manusear, contato,empurrar, esfregar, slido, morno, frio, spero, agarrar,presso, sensvel, estresse, tangvel, tenso, toque,concreto, suave, segurar, pegar, arranhar, firme, sofrer,pesado, leve.

    Frases cinestsicas

    - Eu entrarei em contato com voc - Eu posso pegar essaideia - Segura um segundo - Eu sinto isso nos meus ossos -Um homem de corao quente - Um cliente frio - Serinsensvel - Arranhar a superfcie - Eu no consegui colocarmeu dedo nisso - Quebrando aos pedaos - Controle-se -Fundao firme - Argumento acalorado - No seguindo adiscusso - Operador suave

  • MAPA NO TERRITRIO

    O QUE VEMOS A NOSSA PERCEPO E NO A REALIDADE.

    24

  • 25

  • Voc decide o que quer ser!

    26

    CARPA, TUBARO OU GOLFINHO!?

    Criada por Dudley Lynch e Paul Kordis.

  • CARPA:

    A carpa dcil, passiva e quequando agredida no se afastanem revida. Ela no luta mesmoquando provocada. Se considerauma vtima, conformada com seudestino.

    27

  • TUBARO:

    O tubaro agressivo pornatureza, agride mesmo quandono provocado. Ele tambm crque vai faltar. Tem mais, eleacredita que, j que vai faltar, quefalte para outro, no para ele!

    28

  • GOLFINHO

    Os golfinhos so dceis pornatureza. Agora, quando atacadosrevidam e se um grupo degolfinhos encontra uma carpasendo atacada eles defendem acarpa e atacam os seus agressores.

    29

  • GOLFINHOS SO VENCEDORES PERMANENTES

    Golfinhos procuram sempre o equilbrio, jogamo ganha-ganha, procuram sempre encontrarsolues que atendam as necessidades de todos.

    "Sou um golfinho e acredito na escassez e naabundncia potenciais. Assim como acredito queposso ter qualquer uma dessas duas coisas - estaa nossa escolha - e que podemos aprender a tirar omelhor proveito de nossa fora e utilizar nossosrecursos de um modo elegante, os elementosfundamentais do modo como crio o meu mundo soa flexibilidade e a capacidade de fazer mais commenos recursos."

    30

    http://golfinho.com.br/glossario-pnl/flexibilidade.htmhttp://golfinho.com.br/glossario-pnl/capacidade.htm

  • 31

    Seis dicas para desenvolver o auto conhecimento

    1. Prepare-se para ficar sozinho;

    2. Robustecendo o orador imaginrio;

    3. O autoconhecimento e a quebra da impessoalidade;

    4. A confiana independentemente da reao do auditrio;

    5. Ser que estou tendo bom desempenho?;

    6. Recursos para desenvolver o autoconhecimento.

  • 32

    1. Prepare-se para ficar sozinho

    Muitas vezes voc poder pedir para auxiliares preparar ou redigir um texto mas voc ter que dar seu estilo.

    Diante do pblico (platia, funcionrios, alunos, familiares) voc estar sozinho, precisa saber como isso, praticando.

  • 33

    2. Robustecendo o orador imaginrio

    Voc precisa se conhecer;

    Saber qual seu potencial;

    Identificar suas foras e fraquezas;

    Eliminar suposies que possam deix-lo inseguro, tipo: outro faria melhor.

  • 34

    3. O autoconhecimento e a quebra da impessoalidade

    O autoconhecimento o ajudar a romper a impessoalidade que caracteriza as pessoas quando se renem para formar o pblico.

    Permitir que voc veja o ouvinte na sua individualidade

  • 35

    4. A confiana independentemente da reao do auditrio

    No mea sua competncia pela reao do auditrio.

    As vezes o que voc fala no agrada, mas precisa ser falado.

    Voc superior as reaes, e elas so possveis de serem contornadas.

  • 36

    5. Ser que estou tendo bom desempenho?

    Dvida que segue aquele que fala em pblico.

    difcil interpret-la durante a palestra.

    Pessoas dormindo nem sempre resultado da sua fala.

    Amigos e inimigos do opinies viciadas.

  • 37

    6. Recursos para desenvolver o autoconhecimento

    Fale diante do espelho.

    Use um gravador ou uma cmera de vdeo.

    Pea para um amigo te ouvir.

    Ao final de uma palestra pea para algum fazer uma pesquisa informal para voc.