Programa O Programa BIP-ZIP Exposi£§££o Conversas BIP-ZIP em ... seguran£§a, em suma, a uma melhor qualidade
Programa O Programa BIP-ZIP Exposi£§££o Conversas BIP-ZIP em ... seguran£§a, em suma, a uma melhor qualidade

Programa O Programa BIP-ZIP Exposi£§££o Conversas BIP-ZIP em ... seguran£§a, em suma, a uma melhor qualidade

  • View
    1

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Programa O Programa BIP-ZIP Exposi£§££o Conversas BIP-ZIP em ......

  • ExposiçãoPrograma Conversas BIP-ZIP em torno da Exposição

    no MUDE / 1º Piso / Auditório Luís Pereira Coutinho 18h30-20h00

    2 de Julho

    Como se garante a sustentabilidade de um projecto? Helena Roseta (Vereadora do Pelouro da Habitação e Desen-

    volvimento Social da CML) Anabela Ribeiro (Professora Universitária, DEC-UC) João Diogo Mateus (Santa Casa da Misericórdia de Lisboa -

    Equipa de Intervenção Comunitária K’CIDADE Vale de Chelas)

    Helena Mire Dores (Ex-Chefe de Projecto da Iniciativa Bairros Críticos - Operação Cova da Moura)

    interpelados por João Afonso

    9 de Julho

    Financiar projectos de cidadania é um subsídio ou um investimento? Jorge Malheiros (Professor Universitário, IGOT-UL) José Manuel Henriques (Professor Universitário, ISCTE-IUL) Teresa Almeida (Coordenadora da Equipa de Missão Lisboa/

    Europa 2020) interpelados por João Paulo Saraiva

    16 de Julho

    Como se mede a participação? Isabel Breda Vázquez (Professora Universitária, FEUP) Nelson Dias (Presidente da Direcção da Associação In Loco) Tiago Mota Saraiva (Arquitecto, AtelierMob) interpelados por Inês Andrade

    2011

    CARAVANA DA CIDADANIA / BIP-ZIP 18 | PADRE CRUZ, PADRINHOS ATRAVÉS DA CULTURA / BIP-ZIP 16 | C*³ EM MOVIMENTO / BIP-ZIPs 20, 22, 25, 26, 67 | ALL ARTES / BIP- ZIPs 25, 26 | O MEU BAIRRO É A MINHA CARA / BIP-ZIPs 22, 67 | 2T́ S TROCA DE TEMPOS / BIP-ZIP 27 | PROMOÇÃO DO ACESSO A SERVIÇOS CULTURAIS E TECNOLÓGICOS DO BAIRRO / BIP-ZIP 44 | COZINHA COMUNITÁRIA DA MOURARIA / BIP-ZIP 44 | CASA COMUNITÁRIA / BIP-ZIP 44 | NOVO HORI- ZONTE / BIP-ZIP 47 | REMIX - INTERVIR E RECRIAR / BIP-ZIP 31 | OUTRA PAISAGEM, NOVOS AMBIENTES / BIP-ZIP 46 | TRAMPOLIM / BIP-ZIP 32, 33 | LARGO - CENTRO DE RESIDÊN- CIAS ARTÍSTICAS / BIP-ZIP 64 | VIVER MELHOR / BIP-ZIP 60 #

    2012

    PADRE CRUZ COM PADRINHOS / BIP-ZIP 16 | OPPA HORTA NOVA / BIP-ZIP 19 | PARQUE INTERGERACIONAL NOVO HORI- ZONTE / BIP-ZIP 47 | JARDINAGEM URBANA / BIP-ZIPs 23, 49, 50, 62 | OPPA CARNIDE!!! / BIP-ZIP 17 | AUGI’S COM FUTURO / BIP-ZIP 18 | [A LINHA] / BIP-ZIP 43 | CASA INDE- PENDENTE / BIP-ZIP 64 | PRODAC NORTE EM MOVIMENTO / BIP-ZIP 34 | [JOGOS DE RUA] / BIP-ZIP 34 | NASCIMENTO NA EMCOSTA / BIP-ZIP 57 | ACTIVFÓRUM / BIP-ZIP 3 | ALTARIX EMPREENDE / BIP-ZIPs 20, 21, 26, 66, 67 | COMUNIDADE DE PARTILHA DO BAIRRO DA BOAVISTA / BIP-ZIP 10 | PARTI- CIPAR PARA ALIMENTAR / BIP-ZIP 8 | START UP ME / BIP-ZIP 5 | INCLUSÃO NA DIVERSIDADE / PREPARAR O FUTURO / BIP- ZIPs 22, 67 | CASA COMUNITÁRIA / BIP-ZIP 44 | REMIX 2.0 / BIP-ZIP 31 | ALL ARTES ESPAÇO MUDANÇA / BIP-ZIPs 25, 26 | C*³ EM MOVIMENTO / BIP-ZIPs 20, 22, 25, 26, 67 #

    O Programa BIP-ZIP Parcerias Locais : Projectos Projectos que quiseram fazer-se representar

  • O conceito BIP-ZIP Lisboa é uma cidade de bairros. Todos dife- rentes. Cada bairro tem a sua história, a sua

    comunidade, a sua vivência. Mas há bairros onde

    há menos cidade, porque têm piores condições

    sociais, económicas, ambientais ou urbanísticas.

    Em 2010, concluída a erradicação dos bairros de barracas

    de Lisboa, partimos à procura dos bairros esquecidos,

    abandonados ou ignorados pelas prioridades municipais.

    Assim nasceu o conceito BIP-ZIP – Bairros ou Zonas de

    Intervenção Prioritária de Lisboa. Sobrepusemos, quar-

    teirão a quarteirão, dados estatísticos que nos permitiram

    localizar as áreas da cidade com piores indicadores socio-

    -económicos, ambientais e urbanísticos.

    A Carta dos BIP-ZIP Da sobreposição dos indicadores seleccio- nados, devidamente trabalhados, resultou uma

    mancha, a que chamámos “fractura socio-terri-

    torial” de Lisboa. O trabalho de terreno feito de

    seguida permitiu identificar, em cima dessa fractura, os

    BIP-ZIP de Lisboa. Assim nasceu a Carta dos BIP-ZIP, com

    67 bairros e zonas identificados e validados em consulta

    pública muito participada. A Carta dos BIP-ZIP foi aprovada

    pela Assembleia Municipal de Lisboa em Março de 2011.

    A Carta dos BIP-ZIP está incluída no Plano Director Municipal

    de Lisboa e representa o compromisso do município de,

    nos próximos 10 anos, desenvolver programas e medidas

    que permitam aos BIP-ZIP passarem a ser bairros como

    os outros, cujos moradores têm os mesmos direitos que

    todos os lisboetas devem ter: habitação condigna, acesso

    aos transportes, à limpeza, a bons espaços públicos, a

    escolas, a serviços de saúde, a equipamentos culturais, à

    segurança, em suma, a uma melhor

    qualidade de vida. A Carta dos

    BIP-ZIP é uma carta aberta,

    que deve ser revista

    per iodicamente,

    consoante a

    evolução que

    se vai fazendo

    sentir nestes

    67 territórios.

    A energia BIP-ZIP Para apoiar o desenvolvimento de projectos que pudessem melhorar o “habitat” dos territórios

    BIP-ZIP, a Câmara Municipal de Lisboa lançou

    em 2011 a primeira edição do Programa BIP-ZIP

    – Parcerias Locais, um programa anual com 1 millhão de

    euros de orçamento, a atribuir mediante concurso a parce-

    rias de pelo menos duas entidades, que se proponham

    no espaço de um ano conceber, apresentar e desenvolver

    projectos para melhorar o seu bairro. As parcerias podem

    constituir-se entre juntas de freguesia, associações locais,

    colectividades, organizações não-governamentais e até

    grupos informais.

    Os projectos candidatos ao Programa BIP-ZIP Parcerias

    Locais devem contribuir para:

    - fomentar a cidadania e a auto-organização dos

    moradores;

    - contribuir para uma imagem positiva destes territó-

    rios onde se desenvolvem;

    - criar um clima favorável ao empreendedorismo e à

    capacidade de iniciativa local.

    Cada projecto não pode receber mais de 50.000 euros e

    os promotores e parceiros são responsáveis pela sua

    concepção e execução, bem como pela avaliação e pres-

    tação de contas.

    Com este programa e com esta verba anual, foi possível

    apoiar, em 2011, 33 projectos e, em 2012, 28 projectos,

    que constituem, pela sua inovação, pela quantidade de

    parceiros envolvidos, pela diferença que introduziram nos

    bairros e pelos resultados já alcançados, a verdadeira

    energia BIP-ZIP.

    Variável Sócio-

    -económica Variável

    Urbanística

    Variável Ambiental

    Bairro Prioritário

    1 2 3

    Carta dos BIP-ZIPo nascimento do conceito BIP-ZIP