Redes e podcast

  • View
    196

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Aula de redes e podcast

Transcript

  • 1. Podcast e PaulBaran umaanlise dasredes.Cludia Assis

2. Centralizada Toda informao parte da mesma fonte, como se apenas um indivduo informasse diversos outros. Como exemplo na sociedade, podemos pensar que em um regime ditatorial a informao oficial parte do governo para as pessoas e essa a nica maneira de ser 3. Um comparativo desse modelo voltado para as redes seria a rede bancria, pois ela completamente centralizada. A informao que parte de um determinado local acatada por todas as outras agncias. Forte hierarquia 4. Descentralizada So alguns ncleos responsveis por informar. Ou seja, cada ncleo tem liberdade de informar, mas esse tipo de informao ainda limitado, pois algum ncleo pode ser excludo ou no possibilitar determinada informao.A intranet um bom exemplo disso. 5. Hierarquia moderada. 6. Distribuda Aparentemente a maisdemocrtica, afinal, o indivduoconsegue informaes atravs dequalquer pessoa. Baixo nvel hierrquico. O fluxo de informao pode serqualquer fluxo, desde que se atinjao objetivo de obter determinadainformao. 7. Exemplos:marketing viral, fotos da princesa Kate, etc. Redesvoluntariamente articuladas no so para durar para sempre. 8. Quanto menos conexes existirem maior ser a hierarquia, assim, em uma rede centralizada o grau de hierarquia muito forte. Isso pode ser visto atravs de fluxogramas de empresas, se apenas o diretor tem informao, h uma forte hierarquizao da empresa; Exemplo: site Receita Federal 9. Quanto mais conexes a rede tiver, menos controle ela ter, portanto ela ser de baixa hierarquia. Exemplo disso o Twitter, em que as pessoas esto conectadas umas s outras, portanto existe pouca hierarquia nesse meio, consequentemente se torna difcil controlar informaes postadas nele. Exemplo: Barack Obama e 10. Qualquer sistema, seja ele de alta ou baixa hierarquia, centralizado, descentralizado ou distribudo, apenas funciona se for controlado, se tiver uma ao por trs dele. Esse controle pode ser forte, moderado ou fraco, mas sempre existe, assim como em qualquer sistema de sociedade que conhecemos, seja ditadura, democracia, anarquismo. 11. Mesmoque haja um certo controle na rede, ainda assim ela se comporta de maneira indeterminada. No como uma lgica pessoal e sim como a lgica da rede. Trocando em midos, se eu postar na rede algo relevante para mim, outras pessoas podem achar interessante, outras podem no gostar e outras podem simplesmente ignorar. 12. Almdo mais, o indivduo s pode se organizar em cima da estrutura das redes, pois se a rede no possibilita que ele faa algo, certamente ele no far. Nesse ponto, a rede completamente paradoxal, pois ela permite certa liberdade aos indivduos, mas cerceia recursos que possibilitariam essa liberdade 13. Arede livre e as pessoas no so massa, por outro lado a rede j est formatada no permitindo seu livre uso. Mas se a rede no tivesse essa formatao prvia, ela no teria controle algum, afinal cada indivduo poderia fazer dela o que bem entendesse (Teoria do controle, ou feedback) 14. A rede aberta, livre para que os indivduos faam tudo o que possvel fazer dentro daquela rede, ou seja, tudo o que ela permite, e nada mais. 15. ClusteringA rede nos d a sensao de nos conhecer e de conhecer nossos gostos. O sistema de referncia utilizado pela rede para descobrir possveis amigos, por exemplo, um mecanismo que possibilita um melhor entendimento do indivduo que acessa aquela rede. 16. Dessa forma, nos tornamos nicos, pois o Clustering, ferramenta que faz agrupamentos automticos atravs de algoritmos e de acordo com graus de semelhana, nos proporciona essa legitimidade dentro da rede. 17. Swarming Potencializa a latncia de acontecimentos, vimos isso na candidatura de Barack Obama e na Primavera rabe, em que as pessoas utilizam as redes para se unirem em prol de alguma coisa. 18. Crunching Reduodo tamanho social do mundo, nos mostra que no somos mais os mesmo, o mundo parece ter encolhido, e assim, ficamos mais prximos de nos mesclarmos enquanto sociedade. 19. E o podcast? Centralizado? Descentralizado? Distribudo? Como o podcast se comporta nainternet? Como fazer meu podcast ser o nmero1? Como potencializar meu podcast? 20. BARAN,Paul (1964). On distributed communications: I. introduction to distributed communications networks. In: Memorandum RM-3420-PR, August 1964. Santa Mnica: The Rand Corporation, 1964.