Click here to load reader

Reportagem Fotojornalismo - Enquanto

  • View
    219

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Resvista acadêmica experimental produzida por Carolyna de Oliveira Paiva como produto final da disciplina de Fotojornalismo.

Text of Reportagem Fotojornalismo - Enquanto

  • Universidade de Braslia

    As faces do TaguaparqueResvista acadmica experimental produzida

    por Carolyna de Oliveira Paiva como produto final da disciplina de Fotojornalismo

    Braslia, 3 de dezembro de 2013

    Enquanto

  • [...]Evaristo Pereira e o amigo Carlos Eduardo, sob a sombra de uma rvore, ocupam a manh conversando e jogando palavras-cruzadas.

  • Enquanto Raimundo Corra passa a manh pin-tando a quadra de futebol do Taguaparque e garantindo o bem-estar de quem frequenta o ambiente

    [...]

  • Enquanto Jonathan Souza, 9 anos - que cursa o 2 ano do Ensino Fudamental da Escola Classe 18 e mora em um sobrado nos fundos de uma casa da Colnia Agr-cola Samambaia - relata que sua alegria , mesmo que sozinho, ir ao parque e jogar o que ele chama de Chute ao Gol

    [...]

  • [...] Fernando de Castro aproveita suas frias do Colgio Leonardo da Vinci jogando voleibol com a famlia, residente em um apartamento em guas Claras.

  • Enquanto Wellington Pereira corre contra o tempo para garantir, junto com sua equipe, a manuteno da rea do Taguaparque

    [...]

  • [...]Daniela Rocha corre em obstculos pr-selecio-nados pelo seu personal trainer.

  • Enquanto Pedro Csar, Rena-to Ferreira e Willian Costa buscam descanso do trabalho em uma tenda improvidada ao sol

    [...]

  • [...]Joo Pedro, Maria Eduarda e Caio Borges brincam de engenheiros e maquinistas ao conduzirem o trem do playground.

  • [...]Ibrain Lopes, aos 67 anos, passa o dia-a-dia catan-do os lixos do parque. Ao notar que fotografado, ressalta que a essa idade, e com tanto trabalho, no h tempo para virar famoso..

    Enquanto Gabriela Larcerda e sua filha Ma-riana buscam qualidade de vida para elas e para a cadela Sria caminhando diariamente pelo Ta-guaparque

    [...]

  • [...]Ibrain Lopes, aos 67 anos, passa o dia-a-dia catan-do os lixos do parque. Ao notar que fotografado, ressalta que a essa idade, e com tanto trabalho, no h tempo para virar famoso..

  • Enquanto uma trabalho que busca explorar a dualidade exis-tente no Taguaparque, parque de Ta-guatinga. Enquanto a sociedade vive sua vida, esquece-se de que, por de trs de passeios, playgrounds e atividades diversas, h pessoas que esto como figurantes, mas nunca ausentes.A ideia despertar no pblico a aten-o queles que diariamente so des-percebidos aos olhos corriqueiros da sociedade.

    Porm, enquanto observamos este trabalho, as faces continuam.

Search related