Click here to load reader

Anatomia humana slides

  • View
    22.949

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Anatomia humana slides

Text of Anatomia humana slides

  • 1. ANATOMIA HUMANA

2. Conceito Anatomia (do grego antigo [anatome], "seccionar"), o ramo da biologiano qual se estudam a estrutura e organizaodos seres vivos, tanto externa quantointernamente. No seu conceito mais amplo, a Anatomia acincia que estuda, macro emicroscopicamente, a constituio e odesenvolvimento dos seres organizados. 3. Um excelente e amplo conceito de Anatomiafoi proposto em 1981 pela AmericanAssociation of Anatomists: anatomia aanlise da estrutura biolgica, sua correlaocom a funo e com as modulaes deestrutura em resposta a fatores temporais,genticos e ambientais. 4. Divises da Anatomia A Anatomia Macroscpica o estudo das estruturasobservveis a olho nu, utilizando ou no recursostecnolgicos os mais variveis possveis. A Anatomia Microscpica aquela relacionada com asestruturas corporais invisveis a olho nu e requer o usode instrumental para ampliao, como lupas,microscpios pticos e eletrnicos. Este grupo dividido em Citologia (estudo da clula) e Histologia(estudo dos tecidos e de como estes se organizam paraa formao de rgos). 5. A Anatomia do Desenvolvimento estuda odesenvolvimento do indivduo a partir do ovofertilizado at a forma adulta. Ela engloba aEmbriologia que o estudo dodesenvolvimento at o nascimento. 6. Sistema sseo 7. Conceito de Sistema Esqueltico O sistema esqueltico composto de ossos ecartilagens que compe o nosso corpo. 8. Conceito de Ossos Ossos so rgos esbranquiados, muitoduros, que unindos-se aos outros, porintermdio das junturas ou articulaesconstituem o esqueleto. uma formaespecializada de tecido conjuntivo cuja aprincipal caracterstica a mineralizao(clcio) de sua matriz ssea (fibras colgenas eproteoglicanas). 9. Conceito de Cartilagem 10. uma forma elstica de tecido conectivosemi-rgido - forma partes do esqueleto nasquais ocorre movimento. A cartilagem nopossui suprimento sangneo prprio;conseqentemente, suas clulas obtmoxignio e nutrientes por difuso de longoalcance. 11. Funes do Sistema Esqueltico Sustentao do organismo (apoio para ocorpo) Proteo de estruturas vitais (corao,pulmes, crebro) Base mecnica para o movimento Armazenamento de sais (clcio, por exemplo) Hematopoitica (suprimento contnuo declulas sangneas novas) 12. Diviso do Esqueleto Esqueleto Axial Esqueleto Axial - Composta pelos ossos dacabea, pescoo e do tronco. 13. Esqueleto Apendicular - Composta pelosmembros superiores e inferiores. A unio do esqueleto axial com o apendicular sefaz por meio das cinturas escapular e plvica. 14. Funes do sistema esqueltico Suporte O sistema esqueltico formado por ossos ecartilagens. Existem 206 ossos no corpo e estesossos e cartilagens ajudar a fornecer o apoio epontos de fixao para muitos tecidos moles,msculos e ligamentos do corpo. Existemdiferentes tipos de ossos como os ossos longos,ossos curtos, ossos chatos, ossos irregulares eossos sesamides. As funes do sistemaesqueltico tambm incluir o fornecimento derigidez e forma do corpo. Ela ajuda a suportar opeso dos msculos e rgos internos, sem a qualo organismo entraria em colapso. 15. Proteo Uma das principais funes do sistemaesqueltico envolve a proteo para os rgosmacios e delicados do corpo. O crebro protegido pelo crnio, os nervos soprotegidos pela coluna vertebral, A caixatorcica fornece proteo para o corao e ospulmes. Os discos fibrosos entre cadavrtebra funciona como amortecedor. 16. Ajudar no movimento do corpo Os ossos funcionam como alavancas domsculo na execuo de movimentos bsicose complexos. 17. Funo da cartilagem . Desempenha a funo de suporte de tecidosmoles, reveste superfcies articulares ondeabsorve choques, facilita os deslizamentos e essencial para a formao e crescimento dosossos longos. A cartilagem um tipo de tecidoconjuntivo composto exclusivamente declulas chamadas condrcitos e de uma matrizextracelular altamente especializada. 18. Sistema MuscularConceito de Msculos So estruturas individualizadas que cruzamuma ou mais articulaes e pela sua contraoso capazes de transmitir-lhes movimento.Este efetuado por clulas especializadasdenominadas fibras musculares, cuja energialatente ou pode ser controlada pelo sistemanervoso. Os msculos so capazes detransformar energia qumica em energiamecnica. 19. Caractersticas do msculo O msculo vivo de cor vermelha. Essacolorao denota a existncia de pigmentos ede grande quantidade de sangue nas fibrasmusculares. Os msculos representam 40-50% do pesocorporal total. 20. Funes dos Msculos a) Produo dos movimentos corporais:Movimentos globais do corpo, como andar ecorrer. b) Estabilizao das Posies Corporais: Acontrao dos msculos esquelticosestabilizam as articulaes e participam damanuteno das posies corporais, como ade ficar em p ou sentar. 21. c) Regulao do Volume dos rgos: A contraosustentada das faixas anelares dos msculos lisos(esfncteres) pode impedir a sada do contedo de umrgo oco. d) Movimento de Substncias dentro do Corpo: Ascontraes dos msculos lisos das paredes vasossangneos regulam a intensidade do fluxo. Osmsculos lisos tambm podem mover alimentos, urinae gametas do sistema reprodutivo. Os msculosesquelticos promovem o fluxo de linfa e o retorno dosangue para o corao. 22. e) Produo de Calor: Quando o tecidomuscular se contrai ele produz calor e grandeparte desse calor liberado pelo msculo usado na manuteno da temperaturacorporal. 23. Grupos Musculares 24. So eles: a) Cabea b) Pescoo c) Trax d) Abdome e) Regio posterior do tronco f) Membros superiores g) Membros inferiores h) rgos dos sentidos i) Perneo 25. Classificao dos Msculos: Quanto a Situao: a) Superficiais ou Cutneos: Esto logo abaixo da pele e apresentamno mnimo uma de suas inseres na camada profunda da derme.Esto localizados na cabea (crnio e face), pescoo e na mo(regio hipotenar).Exemplo: Platisma. 26. b) Profundos ou Subaponeurticos: So msculosque no apresentam inseres na camadaprofunda da derme, e na maioria das vezes, seinserem em ossos. Esto localizados abaixo dafscia superficial.Exemplo: Pronador quadrado. 27. Quanto Forma: a) Longos: So encontrados especialmente nosmembros. Os mais superficiais so os mais longos,podendo passar duas ou mais articulaes.Exemplo: Bceps braquial. 28. c) Curtos: Encontram-se nas articulaes cujosmovimentos tem pouca amplitude, o que noexclui fora nem especializao.Exemplo: Msculos da mo. 29. b) Largos: Caracterizam-se por seremlaminares. So encontrados nas paredes dasgrandes cavidades (trax e abdome). Exemplo: Diafragma. 30. Quanto Funo: a) Agonistas: So os msculos principais queativam um movimento especfico do corpo,eles se contraem ativamente para produzir ummovimento desejado. Ex: Pegar uma chavesobre a mesa, agonistas so os flexores dosdedos. 31. b) Antagonistas: Msculos que se opem ao dos agonistas, quando o agonista secontrai, o antagonista relaxaprogressivamente, produzindo um movimentosuave. Ex: idem anterior, porm osantagonistas so os extensores dos dedos. 32. c) Sinergistas: So aqueles que participamestabilizando as articulaes para que noocorram movimentos indesejveis durante aao principal. Ex: idem anterior, os sinergistasso estabilizadores do punho, cotovelo eombro. 33. d) Fixadores: Estabilizam a origem do agonistade modo que ele possa agir maiseficientemente. Estabilizam a parte proximaldo membro quando move-se a parte distal. 34. Tipos de Msculos: a) Msculos Estriados Esquelticos: Contraem-se por influncia da nossa vontade, ou seja,so voluntrios. O tecido muscular esqueltico chamado de estriado porque faixasalternadas claras e escuras (estriaes) podemser vistas no microscpio ptico. 35. b) Msculos Lisos: Localizado nos vasossangneos, vias areas e maioria dos rgosda cavidade abdmino-plvica. Aoinvoluntria controlada pelo sistema nervosoautnomo. c) Msculo Estriado Cardaco: Representa aarquitetura cardaca. um msculo estriado,porm involuntrio AUTO RITMICIDADE. 36. Tipos de Contraes: a) Contrao Concntrica: o msculo seencurta e traciona outra estrutura, como umtendo, reduzindo o ngulo de umaarticulao. Ex: Trazer um livro que estavasobre a mesa ao encontro da cabea. b) Contrao Excntrica: quando aumenta ocomprimento total do msculo durante acontrao. Ex: idem anterior, porm quandorecolocamos o livro sobre mesa. 37. c) Contrao Isomtrica: servem paraestabilizar as articulaes enquanto outras somovidas. Gera tenso muscular sem realizarmovimentos. responsvel pela postura esustentao de objetos em posio fixa. Ex:idem anterior, porm quando o livro sustentado em abduo de 90.