Grupo1 digital storytelling

  • View
    887

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

...

Text of Grupo1 digital storytelling

  • 1. DigitalStorytellingum trabalho deLusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada

2. Mestrado em Comunicao MultimdiaAS TECNOLOGIAS TELEMTICAS E A APRENDIZAGEM DOCENTES Professor Doutor Arnaldo SantosProfessora Dra. Lcia MoreiraAveiro - 2011 3. Lusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Mestrado em Comunicao MultimdiaAs tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital Storytelling Introduo Estado da arte Descrio tcnica Case studies ConclusoDIGITAL STORYTELLING | Referncias bibliogrficas 4. Lusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Mestrado em Comunicao Multimdia As tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital Storytelling Introduo Contar histrias storytelling uma arte antiga, to antiga quanto a histria das imagens desenhadas nas paredes das cavernas ou as antigas tradies orais do contador de histrias (Frazel, 2010).DIGITAL STORYTELLING | 5. Lusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Mestrado em Comunicao Multimdia As tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital Storytelling Introduo O Digital Storytelling um processo que combina os diversos tipos de media, com vista a enriquecer e melhorar a palavra escrita ou falada. A histria digital pode ter uma sobreposio de narrao e, por vezes, msica de fundo, que pode combinar qualquer nmero de formas, imagens, udio e vdeo para contar uma histria ou fazer uma apresentao factual (Frazel, 2010).DIGITAL STORYTELLING | 6. Lusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Mestrado em Comunicao MultimdiaAs tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital Storytelling Introduo Embora o Digital Storytelling permita em determinados casos, a possibilidade de interaco e portanto um efeito profundo sobre a narrativa, esta no altera a essncia do que a histria : uma narrativa que retracta personagensdeuma srie de acontecimentos dramticos, seguindo a aco desde o incio do drama para a concluso (Miller 2004).DIGITAL STORYTELLING | 7. Lusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Mestrado em Comunicao Multimdia As tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital Storytelling Estado da Arte Ao contrrio do que eventualmente poder parecer, este no est condicionado a nenhum contexto em concreto, sendo transversal a todas as reas que integrem o digital, seja offline ou online. Nos jogos, na arte, na publicidade, na formao, na educao, nas redes sociais, na medicina, e noutras reas a aplicao do digital storytelling est presente. Contudo, existe uma rea em que os estudos, trabalhos e conferncias se destacam: O digital storytelling integrado na educao e na formao.DIGITAL STORYTELLING | nesta rea e contexto que a comunidade que estuda, debate e produz material cientfico se destaca. 8. Lusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Mestrado em Comunicao MultimdiaAs tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital Storytelling Descrio Tcnica O sucesso de uma boa histria, independentemente de ser digital, est no contexto e na simplicidade dos objectivos a alcanar (mensagem a transmitir), bem como do pblico-alvo, qual se destina. De seguida, apresentam-se os componentes base, de uma histria digital.ElementosDIGITAL STORYTELLING |HistriaMeios Processo 9. Lusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Mestrado em Comunicao Multimdia As tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital Storytelling Descrio Tcnica Elementos Os elementos abaixo identificados, so os pontos base, para a construo de uma histria digital: Emoo; Sentimentos Ponto de vistaDrama, Suspense Voze MemriasDIGITAL STORYTELLING |MusicaEconomia de recursos Tempo 10. Lusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Mestrado em Comunicao MultimdiaAs tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital Storytelling Descrio Tcnica Meios A implementao de uma histria, no contexto digital, faz-se com recurso a equipamentos de captura de imagem e vdeo (cmaras fotogrficas digitais; cmaras de vdeo e scanners) e a aplicaes de edio de som e imagem. iMovieMovie MakerDIGITAL STORYTELLING |Kino 11. Lusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Mestrado em Comunicao Multimdia As tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital Storytelling Descrio tcnica Processo O processo de criao do digital storytelling composto, de uma forma genrica, pelas seguintes fases:1 Redaco do guio;2 Recolha e seleco dos recursos;3 Concepo do storyboard;DIGITAL STORYTELLING |4 Criao da histria digital;5 Publicao e partilha. 12. Mestrado em Comunicao Multimdia As tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital StorytellingLusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Case Studies Educao e Formao Smories.com Original stories for kids, read by kids A ideia base do projecto Smories proporcionar um lugar s crianas para visionar a leitura de histrias e servir como inspirao para a prtica de leitura em voz alta.DIGITAL STORYTELLING | http://www.smories.com/ 13. Mestrado em Comunicao Multimdia As tecnologias telemticas e a aprendizagemDigital StorytellingLusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus EspadaCase StudiesCorporate StorytellingCoca-Cola Happiness FactoryA campanha Happiness Factory utiliza tcnicasdo storytelling para estabelecer novas conexescom os consumidores. Criou um mundo imaginrioque vive dentro de uma mquina Coca-Cola devenda automtica.DIGITAL STORYTELLING | Links: http://www.youtube.com/watch?v=yGjBV9roQhA http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=FEpFlymH6RQ 14. Mestrado em Comunicao Multimdia As tecnologias telemticas e a aprendizagemDigital StorytellingLusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus EspadaCase StudiesCausas sociaisMovimento The Girl EffectCampanha The Clock is TickingEste campanha pretende alertar para asquestes da pobreza e gravidez na adolescncia.Atravs de uma histria pede-se aosespectadores, que se tornem parte destemovimento, e que ajudem a mudar o mundo.DIGITAL STORYTELLING | Links: http://www.girleffect.org/ http://www.youtube.com/user/girleffect 15. Mestrado em Comunicao MultimdiaAs tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital StorytellingLusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Concluso O Storytelling na forma original era uma narrativa oral, com um nico contador de histrias (reais ou ficcionadas), apresentando-se geralmente, perante um grande pblico de pessoas. Esses contadores de histrias tm sido chamados de bardos, trovadores, historiadores orais, e muitos outros nomes.DIGITAL STORYTELLING | Storytelling, in short, is wellworth saving and upgrading. 16. Mestrado em Comunicao Multimdia As tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital StorytellingLusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Concluso Nos ltimos anos, as narrativas digitais tm sido aplicadas em variados contextos: EducaoUm nova tcnica de ensino e de aprendizagem; Corporate StorytellingDesenvolve narrativas que contam as histrias de uma organizao, umamaneira simples e muito eficaz de anular a distncia que separa a maiorparte das empresas dos seus pblicos; Marketing e PublicidadeDIGITAL STORYTELLING |As marcas vencedoras so aquelas que conseguem criar boas histrias,e atravs destas, captam e envolvem audincias. 17. Mestrado em Comunicao Multimdia As tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital StorytellingLusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Concluso Actualmente, esto a surgir grandes mudanas, na forma, como as histrias digitais so contadas. A comunicao est a transformar o pblico em storytellers. E torna possvel a criao de novas histrias: Interactive Storytelling User-Generated Stories Collaborative Storytelling Transmedia StorytellingDIGITAL STORYTELLING | 18. Mestrado em Comunicao MultimdiaAs tecnologias telemticas e a aprendizagem Digital StorytellingLusa Pinheiro | Vtor Graa | Lus Espada Referncias Bibliogrficas FRAZEL M, DST- A Guide for Educators, Washington, DC ISTE, (2010) LAMBERT Joe, STD Cookbook , Digital Diner Press (2010) MILLER Carolyn H, DST A Creators Guide to Interactive Entertainment (2004) TOLISANO, Silvia Rosenthal, Digital Storytelling Tools for Educators (2010) Digitais http://digitalstorytelling.coe.uh.edu/ http://www.jasonohler.com/storytelling/index.cfmDIGITAL STORYTELLING | http://www.inms.umn.edu/elements/ http://www.storycenter.org/index1.html http://www.digitales.us/