Manual Horta Orgânica Doméstica

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Manual do Clube do Jardim www.oficinadejardim.com.br

Text of Manual Horta Orgânica Doméstica

  • 1. MDULO 1 INTRODUO & PLANEJAMENTO Porque fazer uma Horta Orgnica - 05 Tabelas de nutrientes - fontes e funes - 06 Escolhendo o local da horta - 08 Sugestes de lay-outs - 09 Ferramentas equipamentos e insumos - 11 O lixo da horta - compostagem - 15 Escolhendo o que plantar - 17 Fichas tcnicas de verduras, legumes, ervas e temperos - 20 MDULO 2 EXECUO & PLANTIO O Solo - construindo o solo de plantio - 36 O Solo -Material orgnico, CTC e pH - 38 Anatomia, Fisiologia e Nutrio vegetal - 40 Construindo a sua horta - 42 Modelos de canteiros - 43 Plantando - sementes e mudas - 47 Acompanhando a horta - dia-a-dia - 50 Colhendo - 52 Apncice - Fazendo suas prrpias mudas - 56 MDULO 3 MANEJO & TRATOS CULTURAIS Cuidados com o solo - 61 Rega - 63 Manejo bsicos de conduo - 64 Adubos e Adubaes - 68 Identificao e controle de pragas e doenas - 72 Calda de fumo - 79 Calda bordalesa - 81
  • 2. MDULO 1 INTRODUO & PLANEJAMENTO Porque fazer uma Horta Orgnica Tabelas de nutrientes - fontes e funes Escolhendo o local da horta Sugestes de lay-outs Ferramentas equipamentos e insumos O lixo da horta - compostagem Escolhendo o que plantar Fichas tcnicas de verduras, legumes, ervas e temperos
  • 3. O QUE SER ENSINADO NESSE CURSO O objetivo desse manual ensinar passo-a-passo com fotos e ilustraes como planejar, implantar, cultivar e manter uma HORTA ORGNICA DOMSTICA. Est dividido nos seguintes MDULOS: INTRODUO: Neste captulo iremos salientar a importncia da agricultura orgnica e apresentaremos a importncia e as principais funes das vitaminas e dos sais minerais para o corpo humano, observando que as verduras, ervas e legumes so as melhores fontes desses nutrientes. Mdulo 1 - PLANEJANDO A SUA HORTA: Aqui daremos os fundamentos bsicos para se implantar uma horta, desde a escolha do local com sugesto de lay-outs, detalhando as ferramentas e utenslios que sero necessrios e apresentando as fichas e tabelas de plantio e cultivo de 50 espcies. Aqui tambm colocamos um passo-a-passo para voc fazer um suporte para ferramentas pequenas. Mdulo 2 - EXECUO E PLANTIO: Neste ponto j estamos com mos obra. Desde a construo dos canteiros, produo de mudas em sementeiras, sugesto para o cultivo em pequenos canteiros e floreiras e as hortas completas do plantio colheita. Mdulo 3 - MANEJO E TRATOS CULTURAIS: Esta a etapa mais importante para o sucesso da sua horta. Aqui voc vai aprender como manter, defender, manejar e adubar a sua horta. Podendo assim dar continuidade a sua plantao para nunca faltar verduras e legumes orgnicos em sua mesa. Nesses 3 MDULOS esto todos os fundamentos para se ter uma horta orgnica domstica de 1 qualidade. Bom proveito. Carlos Torres 4
  • 4. PORQUE FAZER UMA HORTA ORGNICA A agricultura convencional que utiliza os agro qumicos fertilizantes e agro txicos, dispe de diversas tcnicas para o crescimento e cultivo dos vegetais, outrossim a certeza do crescimento e da beleza das plantas levou os produtores a esquecerem da importncia nutricional para manuteno e sade dos seres vivos. Ineficincia nutricional dos vegetais cultivados no sistema agrcola convencional um dos fatores que devem determinar a montagem de uma HORTA ORGNICA DOMSTICA, outro fator de suma importncia o respeito com o meio ambiente e a qualidade de vida. Dispondo de apenas 10m2 de espao em local ensolarado j o suficiente para se iniciar uma horta que vai alimentar duas pessoas. Mesmo que a quantidade de pessoas seja maior para o desfrute da HORTA esse no deve ser motivo para no faz-la. Veja a seguir as principais fontes e as funes no organismo humano das vitaminas e dos sais minerais. As Vitaminas e os Sais Minerais Sais Minerais . Cobre . Enxofre . Ferro . Flor . Fsforo . Iodo . Magnsio . Mangans . Potssio . Sdio . Zinco Vitaminas . Vitamina A . Vitamina B1 . Vitamina B2 . Vitamina B5 . Vitamina B6 . Vitamina B12 . Vitamina C . Vitamina D . Vitamina E . Vitamina K 5
  • 5. As principais fontes e as funes das vitaminas e sais minerais no organismo humano SAIS MINERAIS NOME - SIGLA FUNES MELHORES FONTES SINAIS DE DEFICINCIA Cobre - Cu Formao dos glbulos vermelhos do sangue (hemoglobina). Necessrio na absoro do ferro. Couve, aspargo, espinafre, centeio, lentilha, batatas, banana, passas, ameixas, cereja, damasco, avel, amndoa e tmara Baixa produo de hemoglobina. Depresso e deficincia respiratria. Enxofre - S Contribui para formao e regenerao de tecidos. Vital para a sade da pele, cabelo e unhas. Trigo e germe de trigo, aveia, ervilha, feijo, couves, arroz integral, repolho, agrio, ma, uva,castanha e cebola. Crescimento defieciente de unhas, cabelos, eczema e dermatite. Ferro - Fe Indispensvel na formao da hemoglobina, no transporte de oxignio para as clulas, na formao de ossos, msculos e cabelos. Arroz integral, semente de gergelim e de abbora, alho-por, aipo, feijes, salsa, espinafre, brcolis, agrio, quiabo, couve, aspargo, couve-flor, cenoura, abbora, ervilhas, lentilha e gro-de-bico. Anemia, atrofiamento, baixa vitalidade, deficincia respiratria, palidez, fadiga constante e unhas quebradias. Flor - F Constituio de ossos e dentes. Previne a dilatao das veias e constribui na formao do sangue, pele, unhas e cabelos. Agrio, alho, aspargo, aveia, beterraba, brcolis, cenoura, couve, couve-flor, cebola, pepino e salsa. Cries em excesso, queda de dos dentes. Curvatura da coluna. Vista fraca. Fforo - P Necessrio na formao dos ossos e dentes. Contrao do msculo cardaco. Importante na funo pulmonar. Necessrio no medtabolismo das vitaminas. Cereais integrais, couves, alcachofra, ervilha, castanha de caju e do Par, lentilha seca, gro-de- bico, agrio, alho-por, nabo, sementes de girassol, cebola, laranja, abacate e avel. Perda de apetite. Respirao irregular. Fraqueza geral e fadiga. Perturbaes nervosas. Iodo - I Indispensvel no bom funcionamento da glndula tireide. Essencial ao crescimento equilibrado e ao metabolismo. Melhora o nvel de inteligncia. Sal marinho. Todas as algas. Hortalias plantadas prximas ao litoral. Todos os frutos do mar. Alcachofra, agrio, couve, cebola, cenoura, aspargo, ervilha, couve-flor, espinafre, rabanete, tomate e feijo. Bcio. Cretinismo (ausnica congetina do hormnio da tireide). Excesso de peso. Vulnerabilidade s infeces. Mewtabolismo e atividade mental baixos. Magnsio - Mg Indispensvel ao metabolismo co clcio, vitamina C e do acar. Essencial ao funcionamento do sistema nervoso e muscular. Combate a tenso nervosa. Sal, arfroz e trigo integral, algas, feijes, lentilha, folhas verdes, figo, limo, milho, amendoim, centeiro, avel, pepino, couve, cebola, espinafre, tomate, ma, laranja e couve rbano. Esgotamento, irritabilidade, hiper sensibilidade ao barulho, ansiedade, nervosismo, acelerao cardaca e perturbaes digestivas. Mangans - Mn Atua no aproveitamento do clcio, fsforo, vitamina B1 e E. Todos os cereais integrais, amndoas, nozes, amendoim, feijo, milho, alface, beterraba, cenoura, cebolinha, couve, agrio, ma e banana. Falha na coordenao muscular. Crescimento retardado. Perturbaes glandulares. Elevao do nvel de colesterol. Perda de audio. Deficincia da funo reprodutora. Potssio - K Necessrio ao tnus muscular e nervoso normais. Regula o rtmo cardaco e a gua no organismo. Reduz a presso sangunea e ajuda a eliminar resduos. Frutas secas, fava e ervilha seca, azeitona verde, sementes, tomate, agrio, hortel, batata, espinafre, melo, banana, feijo de soja e algas. Sede excessiva, pele seca, edema, reteno de sal. Perda do controle muscular. Irregularidade do batimento cardaco. Priso de ventre. Sdio - Na Faz parte do plasma saguneo. Mantm o teor de gua nas clulas. Impede o endurecimento do clcio e do magnsio, evitando a formao de clculos na viscula e rins. Todas as algas marinhas, vegetais de folhas verdes, trigo integral, cenoura, beterraba, alcachofra, salso, azeitona, escarola, ervilha, feijo e sal marinho. Perda de peso e de apetite. Baixa resistncia s infeces. Formao de gases. Distrbios de viso. Fraquesa e fadiga. Zinco - Zn Metabolismo da vitamina B1, do fsforo e protenas. Digesto dos acares e carboidratos. Funcionamento normal dos tecidos. Desenvolvimento dos rgos de reproduo. Bom funcionamento dos rgoes sexuais. Cereais integrais. Todos os derivados do trigo, cogumelos, cebola, espinafre, couve-flor, frutos do mar, peixe, fgado e carnes. Crecimento retardado. Absoro intestinal deficinte. Esterilidade. Imaturidade das funes sexuais. Perda do paladar. Deficincia circulatria, do apetite e da memria. Inlfamao da prstota. Colesterol alto. 6
  • 6. VITAMINAS NOME - SIGLA FUNES MELHORES FONTES SINAIS DE DEFICINCIA Vitamina A Protege a rea respiratria; resistncia e defesa contra infeces. Salsa, nir, folhas de nabo, mostarda, vagem, brcolis, abbora, cenoura, milho, sementes e folhas de abbora, alcachofra, alho, alho-por, repolho, pepino, pimento, couve-bruxelas, couves em geral, ervilha, cebola, cebolinha, aspargo, amendoim, beterraba, broto de bambu, batata-doce e lentilha. Vulnerabilidade s infeces, pele seca, dentes e gengivas frgeis, cabelos fracos e quebradios e perda de apetite. Vitamina B1 Tiamina Sade do sistema nervoso, dos msculos d do corao. Arroz integral, feijes em geral, lentilha, gro-de-bico, trigo integral, centeio, aveia, amendoim, levedura de cerveja, bard