EBPM Book Óleos

  • View
    35.296

  • Download
    8

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Óleos Vegetais, Amazônia, Essenciais, ...

Text of EBPM Book Óleos

  • 1. 2. EDIO
  • 2. LEO DE ABACATE (Persea gratissima) leo de Abacate contm em sua composio vrias substncias medicinais. Entre as mais ativas temos lecitinas, fitoesteris (beta-sitosterol especialmente), gorduras monoinsaturadas, vitamina A e um alto teor de vitamina E, quase o dobro do leo de semente de uvas. Pesquisas indicaram que os abacates possuem o teor mais alto de vitamina E quando comparados a outras frutas. A vitamina E, poderoso antioxidante, age inibindo a formao de radicais livres, ajudando assim a diminuir os sinais do envelhecimento. Em cosmticos, o leo de abacate usado puro ou diludo (2-6%) com o objetivo de ajudar no tratamento de rugas e estrias. Ele faz isso estimulando o metabolismo do colgeno, aumentando assim a quantidade de colgeno solvel na derme, o que retarda a formao de marcas na pele (rugas e estrias), contribuindo desta forma para o tnus e vitalidade da pele. O beta-sitosterol presente no leo confere-lhe propriedades bactericidas, antivirais, fungicidas e anti-inflamatrias. um dos leos de maior efeito de absoro dos raios ultravioleta (UV) do sol, portanto um potente filtro solar para cosmticos. O leo de abacate indicado no tratamento de vrios problemas de pele como inflamaes, dermatites, queimaduras, acne e no ps-cirrgico para acelerar a cicatrizao, prevenindo a formao de marcas e queloides. Indicao: Diurtico, emenagogo, colagogo, carminativo, balsmico e expectorante. O leo antirraqutico, emoliente, calmante e suavizante da pele. Emoliente rico em cido oleico, cido linoleico e provitamina A. Atua na epiderme e nos cabelos melhorando a maciez e a flexibilidade. muito utilizado na indstria Cosmtica como matria-prima para a fabricao de produtos capilares, cremes e leos, hidratantes, etc. LEO DE AA Nome popular: aaizeiro; aa-do-par Nome cientfico: Euterpe oleracea Mart. Famlia botnica: Palmae Origem: Brasil - Vrzeas e margens dos rios da regio amaznica. Caractersticas da planta: Palmeira de estipe delgado e elegante, podendo atingir at 25 m de altura. Folhas grandes, finamente recortadas em tiras, de colorao verde-escura atingindo frequentemente 2 m de comprimento. Flores pequenas, agrupadas em grandes cachos pendentes, de colorao amarelada, surgem predominantemente de setembro a janeiro, podendo aparecer quase o ano todo. Espcie muito semelhante ao palmito-doce (Euterpe ed ulis Mart.) da Mata Atlntica, diferenciando-se desta por crescer em touceiras de 3 a 25 palmeiras. Fruto: Os frutos que aparecem em cachos so de colorao violcea, quase negra
  • 3. quando maduros. De forma arredondada ou ovoide, apresentam rica polpa comestvel e um canio duro. Produzidos durante boa parte do ano, porm com maior intensidade nos meses de julho a dezembro. O aaizeiro tambm fonte generosa na medicina popular: os frutos novos so utilizados no combate aos distrbios intestinais; as razes, empregadas como vermfugos; o palmito, em forma de pasta, atua como anti-hemorrgico, quando aplicado aps extraes dentrias. Mas, especialmente, o aaizeiro d o aa, uma frutinha arroxeada, quase negra quando madura. Trata-se de um pequeno coco de onde extrado, por macerao, o tradicional e bastante apreciado "suco de aa". De fato, sabe-se que o aa alimento essencialmente energtico, com elevado valor calrico, apresentando 2,37% de teor de protena e 5,96% de gordura. Pesquisas demonstram que a cor violeta-prpura dos frutos deve-se s antocianinas cianidina-3-glicosdeo e cianidina-3-rutinosdeo, substncias qumicas com propriedades antioxidante. Alm das propriedades medicinais, o extrato de aa um excelente corante natural e aditivo para alimentos, fitoterpicos e cosmticos. O leo do aa extrado com um rendimento muito limitado, de apenas 1%, o que corresponde a 200 litros por hectare. Na cosmtica: - Cremes Anti-Idade - Produtos aps Sol - Cremes e Loes para o corpo - Cremes faciais - Shampoos - Condicionadores - Mscaras faciais LEO DE ALGODO Gossypium spp. A obteno do leo a partir da semente ou um subproduto na elaborao das fibras. Documentos datam do ano de 3000 AC do uso de fibras. A qualidade do leo e o contedo dos cidos graxos livres (AGL) dependem das condies climticas, onde em uma mesma regio, dependendo do perodo, podem-se obter variaes na composio do leo. O principal uso do leo em saladas e margarinas. Na Cosmtica: O leo de semente de algodo apresenta excelentes propriedades emolientes, nutritivas e restauradoras do manto hidrolipdico. O alto teor de cidos graxos e cido linoleico torna o leo de semente de algodo muito interessante para aplicaes dermocosmticas. Os cidos graxos essenciais apresentam uma funo imunoreguladora vital no complexo processo bioqumico de manuteno das boas condies da pele. O cido linoleico conhecido como Vitamina F, convertido em cido araquidnico e outros membros dos cidos graxos da famlia mega 6 pela biossntese in vivo. Estas cadeias longas de cidos graxos altamente insaturados so importantes na estrutura da membrana para manter a
  • 4. integridade do manto hidro-lipdico, prevenindo a perda de gua, e como material precursor para sntese de substncias hormone like, tais como as prostaglandinas e tromboxanas. A aplicao tpica de triglicerdeos ricos em cido linoleico tem sido utilizada para restaurar as barreiras lipdicas de indivduos que sofrem de deficincias de cidos graxos e apresentam funes do estrato crneo debilitadas. Susceptibilidade diminuda em pele com xerosis no inverno tambm foi demonstrada por estes leos. O cido linoleico tambm considerado como um precursor vital de ceramidas, as quais so essenciais no equilbrio do manto hidrolipdico cutneo e na preveno do ressecamento cutneo. Consequentemente a funo de barreira da pele pode ser melhorada pela aplicao tpica de triglicerdeos ricos em cido graxo linoleico, tal como o leo de semente de algodo. A principal fonte deste leo a semente, que contm cerca de 30% de leo. A composio do cido graxo depende da espcie do algodo e das condies de cultivo e crescimento. O nvel de tocoferis naturais no leo de semente de algodo de 700 - 800 ppm, principalmente de alfa e beta tocoferis. Os tocoferis so os antioxidantes lipdicos solveis mais importantes que atuam na membrana da clula pelo mecanismo de scavenging dos radicais livres. Outro componente menor do leo de semente de algodo bruto tal como gossypol, uma substncia terpenide, cidos graxos de ciclopropenide, cidos esterculico e malvlico so eficientemente removidos na terceira etapa de processamento de refino: lavagem, descolorao, e destilao. Pode ser incorporado em diversas formulaes cosmticas, tais como, cremes, emulses e leos. A dosagem sugerida varia de 0.5 - 8.0%, dependendo da aplicao cosmtica. -Nutritivo e Suave -Alto contedo de cidos graxos essenciais -Alta qualidade e alta estabilidade a oxidao -Indicados para produtos destinados a tratamento facial e capilar, alm de produtos para maquilagem e produtos dermatolgicos (peles reativas e sensveis, eczema, dermatites). -Bases Lquidas - Promove maciez e suavidade a pele -Emulses Hidratantes - Restaura a funo de barreira da pele -Batons ou Sticks Labiais - Previne o ressecamento dos lbios -Mascaras e Condicionadores - Confere hidratao e lubricidade aos fios speros -Emulses e leos - Recupera a maciez e elasticidade da pele LEO DE ALHO Allium sativum Desde o Egito Antigo, o alho foi utilizado como ingrediente de medicamentos devido s suas ricas propriedades. O leo de alho uma das formas de usufruir destas propriedades. Ele pode ser extrado por meio da destilao a vapor ou atravs do alho
  • 5. picado, amassado e marinado em leo vegetal. O alho possui em sua composio diversos nutrientes importantes para o bom funcionamento do nosso organismo: flavonoides, pectinas, aminocidos, compostos fenlicos, adenosina, ferro, iodo, silcio, compostos sulfurados, e selnio. Alm disso, rico em vitaminas B1, B2, B6 e C. Estudos tm mostrado diversos benefcios proporcionados ao nosso organismo pelo do consumo do alho. Entre eles destaca-se a influncia positiva sobre o sistema cardiovascular que atravs alicina, substncia presente nos compostos sulfurados do alho. Estes compostos tambm estimulam enzimas que auxiliam na detoxificao de carcingenos e diminuem o dano oxidativo ao DNA. O leo de alho serve para a preveno de vrias doenas relacionadas ao corao, circulao sangunea e ainda possui poderosa ao anti-inflamatria e antibitica. Alicina, juntamente com outros compostos, como ajoene, alliin, que se encontram no Alho tem um timo efeito sobre nosso sistema circulatrio, digestivo e imunolgico ajuda na reduo da presso sangunea, a desintoxicao. Principais propriedades do leo de alho: Antibitico natural Ao anti-inflamatria Combate ao dos radicais livres Protege o sistema cardiovascular Controla o colesterol ruim (LDL) Combate os sintomas da asma. Reforo natura do sistema imunolgico. Na cosmtica: Os benefcios do alho para Beleza e Sade das pessoas so tantos que as empresas farmacuticas e de cosmticos j o utilizam como ingredientes em suas frmulas. Alho tem uma variedade de compostos, um dos principais seu poderoso enxofre que a razo para o seu odor caracterstico intenso. J a Alicina conhecida por ter excelentes propriedades antibacterianas, antivirais, antifngicos e antioxidante. O alho tambm uma fonte confivel de selnio, excelente para combater as rugas. Cabelos mais bonitos e fortes: Alho ajuda a evitar queda de cabelo isso graas a seus elevados nveis de alicina, um composto de enxofre semelhante ao encontrado nas cebolas, pesqui