20070318 01c 07 fo

Embed Size (px)

Text of 20070318 01c 07 fo

  • 7FORTALEZA-CE, dOmingO, 18 de maro de 2007

    FORTALEZA

    c a p i ta l

    Capito mata dois irmos mdicosEM iGUatU ] O capito da Polcia Militar Daniel Gomes Bezerra apontado como autor do duplo assassinato dos irmos Marcelo Moreno, 27, e Leonardo Teixeira, 25, recm-formados em Medicina. Segundo informaes da Polcia, o crime ocorreu por motivos banais

    Marcos Cavalcanteda Redao

    U ma discusso banal acabou com a morte de dois irmos, ambos mdicos, em Iguatu, a 395 quilmetros de Fortaleza. O autor do duplo assassinato foi o capito da Polcia Militar Da-niel Gomes Bezerra. Segundo

    informaes do coronel Srgio Magalhes, do Comando de Po-liciamento do Interior (CPI), o crime aconteceu por volta das trs da manh de ontem, em uma churrascaria de Iguatu. Os ir-mos Marcelo Moreno Teixeira, 27, e Leonardo Moreno Teixeira, 25, estavam bebendo no estabele-cimento quando um deles foi uri-nar prximo ao carro do capito,

    estacionado no local. De acordo com o coronel, a

    filha da esposa do capito Daniel estava dormindo dentro do vecu-lo. A me da garota foi ver como estava a filha e viu o ocorrido. Em seguida, ela foi avisar ao ca-pito o que estava acontecendo, e ele e foi l tomar satisfaes. No meio da discusso, o capito aca-bou atirando nos dois rapazes,

    explica o coronel. Marcelo e Leo-nardo levaram um tiro cada, mor-rendo no local. O capito, que comandante do destacamento de Mombaa, a 310 quilmetros da Capital, fugiu aps o crime.

    Segundo o coronel Geovan-ne Guedes, comandante da 2 Companhia de Iguatu, a priso do oficial uma questo de ho-

    ras. Ns temos uma pista forte de onde ele possa estar e esta-mos com vrios homens atrs dele. Todo o comando da Polcia Militar do Estado j foi aciona-do sobre o caso , completa. De acordo com o coronel Geovanne, os irmos Marcelo e Leonardo, recm-formados em Medicina, tambm residiam em Mombaa. Talvez eles se conhecessem, ressalta. O coronel explica que o capito estava bebendo somente com civis. Das testemunhas que conversamos, nenhuma delas fa-lou que haviam outros policiais militares com ele, diz.

    O coronel Geovanne explica

    que o capito, que lotado em Mombaa mas reside em Iguatu, no estava de servio no momento do ocorrido. Por isso ele ser julgado pela Justia civil. Alm disso, ele tambm passar pelo Conselho de Justificao, que decidir ou no pela expulso do capito da Polcia Militar, completa Geovanne. Ele explica que a conduta do capito na Polcia Militar boa, sem repreenses. A delegacia de Polcia de Iguatu, onde foi feito o Boletim de Ocorrncia, ainda vai ouvir as testemunhas e apurar melhor o que aconteceu, explica Geovanne.

    Os taxistas tm at o dia 15 de janeiro de 2008 para adaptarem seus carros, que agora tero de ser brancos. A medida, estabele-cida por decreto pela Prefeitura, tem o objetivo de padronizar a cor dos veculos da categoria. O diretor tcnico da Empresa de Transportes Urbanos de Fortale-za (Etufor), Daniel Lustosa, acre-dita que assim se evitar a circu-lao de veculos irregulares e ajudar a manter a segurana dos taxistas e de seus clientes.

    Daniel diz que 59% dos ve-culos j esto circulando na cor branca. At o fim do prazo todos devem funcionar com o mesmo padro ou sero apreendidos e s liberados com pagamento de mul-ta. Segundo Daniel, existem 4.072 profissionais da categoria fixos em Fortaleza, dos quais 68 so txis Especiais Aeroporto, atuando por zonas. Tanto os usurios quanto a fiscalizao podero identificar fa-cilmente um veculo que no ca-dastrado, aumentando a segurana e qualidade do servio.

    Daniel explica ainda que, alm das vistorias anuais, sempre que um taxista realiza qualquer modi-ficao em seu veculo, ou o tro-ca, ele tem que lev-lo at a Etufor para uma vistoria especial. Dessa forma possvel ter um controle de como est a situao dos txis na cidade.

    O presidente do Sindicato dos Taxistas, Vicente de Paula Oli-veira, acredita que a padroniza-o ser benfica para a catego-ria porque vai proibir a invaso de txis particulares (piratas). Francisco Jos de Souza, taxista h 12 anos e coordena a frota de txi credenciada ao North Sho-pping, tambm favorvel a pa-dronizao. A medida ajudar a organizar a categoria e trazer melhorias. No entanto, Raimun-do Bastos, taxista h 20 anos, diz que a padronizao prejudicial. O carro dos taxistas para a ven-da desvalorizado e o fato de ser branco vai desvalorizar ainda mais, explica.

    Txis sero padronizados

    sErvioO usurio que quiser sabe se um determinado veculo cadastrado ou no, basta acessar o site da Etufor (www.etufor.ce.gov.br) na sesso central de servios, em vistorias. Digitar o nmero da placa do veculo e logo receber um informativo sobre o cadastro do carro

    BREVESLIMPEZAO canal do bairro Jacarecanga comea a ser limpo na prxima tera-feira, 20. A informao da Secretaria Executiva Regional I (SER I), revelando que o trabalho vai envolver a capinao das margens e retirada de vegetao, lixo e entulho que impedem o fluxo natural das guas. Encerrada essa etapa, as equipes envolvidas no trabalho faro o plantio de 100 mudas de nin indiano na rea. O objetivo repelir mosquitos e muriocas com esse inseticida e fungicida ecolgico.

    BDCabealho#Data: 070318#Clich: Primeiro#Editoria: Fortaleza

    BDMarcadores#Autor: Marcos Cavalcante

    BDMarcadores

    BDErramosERRAMOS

    O POVO errou na cobertura no duplo assassinatodos irmos Marcelo e Leonardo Moreno Teixeira ao dizer que os dois eram mdicos. O correto que eles so estudantesde Medicina.