A Cultura Fotográfica Em Panambi (RS)

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of A Cultura Fotográfica Em Panambi (RS)

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    1/18

    Carmem Adriane Ribeiro

    Doutoranda PUC (RS)

    Orientador: Prof. Dr. Charles Monteiro

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    2/18

    A proposta desta comunicao refletirsobre a cultura fotogrfica em Panambi-RS

    (colnia Neu-Wrttemberg) a apartir doacervo particular do estdio Foto Klos. Oestdio fundado em 1913 e ainda atuante nomercado fotogrfico local, completou em 2013,um centenrio de existncia. Empreendimentofamiliar desde seu surgimento, permeado pelotrabalho de trs geraes de fotgrafos e

    administradores, o Estdio Foto Klos produziumilhares de imagens fotogrficas dacomunidade panambiense e regio..

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    3/18

    A grande quantidade de imagens e ovasto acervo de artefatos fotogrficos queconstitui o acervo do estdio instiga a refletir

    em torno desta prtica pelo vis da culturafotogrfica abordada por Maria Inez Turazzi(1998) e Ivo dos Santos Canabarro (2011),objetivando compreender este processo naregio noroeste do estado do RS.

    Neste sentido, ambos os autoresconfirmam a importncia de interpretar as

    imagens atravs do estudo da culturafotogrfica na sociedade contempornea,situando a cultura fotogrfica nacional em umcenrio mais geral, visto que existe uma

    cultura fotogrfica mundial.

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    4/18

    Para Turazzi (1998) a cultura fotogrfica tambm uma das formas da cultura, pois a

    fotografia continua sendo um recurso visualpara a formao da identidade (pessoal oucoletiva), materializando em si mesma umaviso de si, para si e para o outro, como

    tambm uma viso do outro e das nossasdiferenas.

    O que instiga o interesse pela fotografia,ora como espectadores e admiradores, oracomo aqueles que se pem na suaexpectativa, sendo visualizados, exibidos,

    define a existncia da cultura fotogrfica.

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    5/18

    A cultura fotogrfica vai alm do estudo

    biogrfico dos fotgrafos, das tecnologiasempregadas, das escolhas formais e artsticas.Ela abrange tambm a linguagem utilizadatanto por pesquisadores no meio acadmico,

    quanto no cotidiano ou nas discussespolticas. Expresses como foco, desfocar,pose, retrato, instantneo e inmerasexpresses do vocabulrio demonstram a

    insero desta prtica social em um universocultural mais amplo. (TURAZZI, 1998, p. 9.)

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    6/18

    A cultura fotogrfica no se restringe aoslugares consagrados de sua existncia, como os

    arquivos dos museus, as grandes colees de

    jornais e revistas , esta cultura fotogrfica estespalhada pelo Brasil, em acervos pequenos oude mdio porte, pblicos ou particulares, desdeas pequenas colnias do final do sculo XIX einicio do sculo XX at as grandes cidadesbrasileiras. Assim, a cultura fotogrfica de umasociedade tambm se forma e se manifesta

    atravs da incorporao da fotografia em outrosdomnios da vida social, como artesanato

    popular, as crenas religiosas e polticas, as

    sociabilidades familiares e urbanas, a inspirao

    artstica ou literria. (TURAZZI, 1998, p. 9.)

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    7/18

    No contexto de colonizao da regio noroestedo RS e formao da colnia Neu-Wrttemberg,instala-se o imigrante Adam Wilhelm Klos, natural deSchwabenheim, estado de Hessen, regio dosvinhedos, na Alemanha (KLOS, 2008). Ele chegouna colnia Neu-Wrttemberg em 31 de janeiro de

    1.913 e clicoua primeira foto, em terras brasileiras,

    no dia 20 de fevereiro, utilizando uma cmera 18 X 24

    cm, com negativo em lmina de vidro(KLOS, 2008).Adam Klos comeou a trabalhar como assistente

    em um estdio fotogrfico, ainda na Alemanha, em1906 e, em 1907, assistiu, na condio deaprendiz/ouvinte, um curso de formao profissional,

    com especializao para retoque de negativo. (Klos,

    2008)

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    8/18

    No dia 27 de setembro de 1913 iniciou as atividadesdo estdio, na poca, denominado AtelierFotogrfico.

    Atelier Fotogrfico Klos

    1913-1918

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    9/18

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    10/18

    Por ser uma empresa familiar e comfuncionamento anexo residncia, o fotgrafo contavacom o auxlio da esposa Frieda Doeth Klos. Na dcada

    de 1930, Adam Klos passou a dedicar-se a outrasatividades e Frieda D. Klos assume o estdio.

    Para definir o perodo em que Frieda Doeth Klos

    trabalhou como fotgrafa e responsvel pelo estdio,buscou-se comparar os tipos de letras presentes noslivros de registros do estdio, observa-se que a partirdo ms de maio de 1935 os registros j eramrealizados por ela, porm, em entrevistas realizadascom o fotgrafo Ottmar Klos, ele salienta que a meauxiliava o pai (Adam Klos) e que ela aprendeu aprofisso com o pai, o que significa que talvez elapossa ter realizado os registros antes de ser a

    fotgrafa responsvel pelo estdio.

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    11/18

    Com o divrcio em 1936 e sua legalizaoalguns anos mais tarde, ela assumiu definitivamenteo estdio. Porm legalmente o estdio foi registrado

    em nome do filho mais velho do casal Kunibert Klosembora este no tenha se dedicado a fotografia defato em nenhum momento. A pessoa que auxiliavaFrieda no estdio e nos processos laboratoriais de

    revelao e ampliao dos negativos e dasfotografias era o segundo filho do casal - Ottmar Klos- que aps retornar do quartel e ser maior de dezoitoanos assume legalmente a partir de 1948 como

    responsvel pelo estdio.Na dcada de 1970, observa-se um terceiromomento do estdio fotogrfico, momento em queassume as atividades administrativas Andr D. Klos,

    neto do fundador estdio.

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    12/18

    Livros de

    registros

    1913-1980

    Negativo em vidro.Data Provvel: Incio do Sculo XX

    Fotgrafo: Adam Klos

    Acervo: Estdio Foto Klos

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    13/18

    Alm do acervo de imagens em negativos dediversos formatos e suportes (flexveis e fixos),

    o estdio tambm dispe de um conjunto decmeras fotogrficas que permeiam a histriado estdio e as alteraes tecnolgicas.Percebe-se que para essa parte do acervo h

    um cuidado maior, desde o acondicionamentoat a exposio na vitrine do estdio ao ladodo alvar do prdio. Este um ponto quetambm deve ser abordado no decorrer dotrabalho, visto que h uma seleo realizada

    pela atual administrao do estdio do que

    merece destaque e o que se quer guardarnamemria coletiva.

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    14/18

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    15/18

    Ao analisar os livros de registros do estdio,observa-se que mesmo famlias que teriam

    condies financeiras de se dirigir a localidadesvizinhas como Iju (Atelier Beck) de propriedade dafamlia Beck, abordado por Ivo Canabarro em suatese ou para Cruz Alta, onde haviam mais estdios

    fotogrficos no o faziam. provvel que no sedirigiam a Iju pela distncia e nem a Cruz Altaporque a maioria da populao da colnia falava emlngua alem o que dificultaria muito o contato com

    os estdios de Cruz Alta. Neste sentido, o estdiopode ter se beneficiado por ser administrado porteuto-brasileiros e para manter o vnculo identitriodo grupo/comunidade.

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    16/18

    Negativo em vidro n.

    9.175. Data: 1954Fotgrafo: Ottmar Klos

    Acervo:

    Estdio Foto Klos

    Panambi

    (Colnia Neu-Wrttemberg)

    Primeiras dcadas do Sculo XX

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    17/18

  • 7/23/2019 A Cultura Fotogrfica Em Panambi (RS)

    18/18