a via Da Perfeição de Ostad Elahi

  • View
    41

  • Download
    35

Embed Size (px)

DESCRIPTION

A Via da Perfeio de Ostad Elahi

Transcript

  • A Via da Perfeio segundo o Mestre Nour Ali Elahi

    Mestre Nour Ali Elahi (Septembro 11, 1895 - Outubro 19, 1974) mais conhecido como Ostad Elahi , era um mestre sufi de influncias curdas e iranianas e na tradio da ordem mistica do Curdisto, a Ahl-e Haqq com origens no sec. 15.

    Estas posies misticas foram-lhe transmitidas por seu pai, um grande mestre Sufi.

    COMO FOI CRIADO O MUNDO E PARA QU. Antes de haver Criao manifesta , havia Tudo em potncia no-manifesta, um caldo nico de caos.

    Algo, o Criador, quis que houvesse movimento e manifestao para que existisse observado e observador, espelho-imagem , polaridades e contradio e nesta oposio houvesse Vida eterna.

    No principio Deus cria a Alma Total, esta alma para Deus o que o atributo para a essncia e esta alma no exterior a Deus.

    O que existe para l, por trs de Deus, s Deus e essa Alma Total conhecem, mesmo as almas Perfeitas jamais o podero conhecer.

  • Quando se fala de Deus, fala-se sempre a partir deste movimento inicial, nunca do que estar por detrs dele que incogniscivel para as criaturas mesmo as Perfeitas.

    OS REINOS DO MUNDO MATERIAL No mundo material para alm do humano, existem os reinos minerais, vegetais e animais.

    Em todos existem 2 partes, a parte material (mortal ) e uma parte no material (um influxo vital que no morre e se transforma no sentido sempre da perfeio).

    No existe nada inerte, tudo tem sua energia vital e suas prprias sensaes.

    A parte vital de cada um dos 3 reinos pode com o tempo evoluir (se perfeccionar) em patamares , em graus de perfeio, dentro sempre do seu reino.

    Estas partes vitais dos 3 reinos no tm individualidade, no tm parte divina neles, evoluem por acumulao de existncias, de transformaes energticas no tempo.

    Esta evoluo automtica e involuntria, todas esto satisfeitas tal como so (por isso se diz que a Natureza nunca se angustia, vive tranquila s ordens de Deus).

    Todas as criaturas dos 3 reinos tm uma faculdade inata para comunicar com o Criador, esto num estado permanente de euforia e de adorao.

    Quem seja Perfeito pode comunicar com os 3 reinos, animais, plantas e minerais.

    O HOMEM NASCE PARA QU? Como tudo comea no homem. A angstia do homem, eco da sua alma. Todo o homem experimenta em algum momento da vida um sentimento de angstia.

    Angstia por compreender que a vida material, por mais sucesso que tenha, no o satisfaz e que existe algo que lhe faz falta.

  • Mais a alma avanada mais este sentimento intenso e frequente.

    como o eco da alma, um sinal que incita o homem a se preocupar com o futuro que o espera para l da vida na terra.

    A intensidade deste sentimento leva o homem a procurar satisfazer essa sede interior.

    Mas por desconhecer ainda a origem dessa sede isso pode lev-lo a caminhos errados e perigosos.

    Uns procuram drogas alucinognias, outros drogas espirituais.

    Confiam-se a falsos mestres, seitas ou puros charlatos, vo India em busca de tcnicas que nada tm a ver com a Perfeio da alma, divertem-se e distraem-se por algum tempo mas depois o eco reaparece e a sede persiste .

    S desaparece quando se compreende porque nascemos e qual a nossa misso na terra (o aperfeioamento da alma e seu regresso a Deus).

    O corpo do homem o culminar da evoluo da matria e serve de receptculo alma divina.

    S o homem tem vontade prpria e livre arbitrio e por isso se angustia pois tem vrias opes sua escolha ao contrrio da Natureza.

    Deus cria as almas humanas no mundo material para elas evoluirem e aprenderem.

    As almas humanas so criadas puras mas ignorantes, esto na terra para serem Perfeitas e conhecedoras.

    Estamos na terra, para despertar espiritualmente, para acordarmos das iluses deste mundo e passarmos a ter conscincia (sermos conhecedores da Perfeio e buscar atingi-la) de que existe um Criador e que temos em ns uma ligao secreta a esse Criador que preciso re-ligar e levantar o vu que nos tapa a Sua face.

    A passagem na terra, na matria indispensvel, pois permite alma de se alimentar e se aperfeioar at certo nivel.

  • A alma como uma semente que contm a rvore em potncia, o corpo uma parcela de matria, um pote de terra onde a semente da alma celeste colocada.

    O processo de evoluo lento e delicado, uma terra muito rica, muito adubada, faz aprodrecer a semente, uma terra demasiado pobre, faz secar a semente.

    A terra deve ser regada e alimentada at que da semente nasa um germe.

    Acelerando o processo artificialmente, corre-se o risco de sufocar a alma, cujo desenvolvimento deve se fazer em harmonia com as condies vigentes na terra.

    Um homem Perfeito no um super homem, mas um homem cuja alma se desenvolveu para passar proxima etapa sem precisar mais de um corpo fisico como suporte.

    O trabalho em corpo terrestre termina, chega ao fim a Perfeio no ciclo terrestre.

    Continua o seu Perfeicionamento em outro nivel espiritual, noutro mundo, onde em novo meio continua o seu caminho na Via agora sem corpo fisico, com novas escolas ou mestres, mas mais tranquilo, sem sofrimento e com a certeza de ir chegar sua derradeira Perfeio.

  • A VIA DA PERFEIO

    Devemos descobrir que Deus est dentro de ns e por todo o lado na natureza e saber reconhec-lo em tudo onde est.

    Quem atinge a Perfeio, como uma gota de gua a chegar ao oceano mas com a sua individualidade e conhecimento prprios, est feliz no mar porque sabe que ele existe, no o ignora e sabe (por ter aprendido em vida) que dele depende e s ele lhe pode dar a felicidade que por iluso e erro (por ignorncia inicial) pensou encontrar nalgum rio secundrio .

    Deus deu-nos a graa de nos criar puros mas compete a ns de nos tornarmos Perfeitos, Deus d-nos as suas benos gradualmente mas ns devemos fazer esforo para as adquirir.

    Sem esforo e sem lutar por objectivos no nos podemos tornar Perfeitos. Se recebssemos a Perfeio sem esforo, nem sequer tinhamos dela conscincia, s quem combate sabe o que a vitria e para esse combate e autoconhecimento nos dada a vida terrena.

    No se pode ser Perfeito ao lado de Deus, se se desconhece a infelicidade, a tristeza, o sabor de estar triste ou contente, de ter vencido ou de ter perdido. Por isso, aqui estamos na escola da vida.

    O caminho da Perfeio longo e dificil, mas agradvel para quem compreendeu o seu fim e o meio de o percorrer. Cada ser humano triplo, tem um corpo fisico mortal , um espirito-duplo, originrio do espirito vital animal, uma energia eterna que se transforma e acumula experiencias e uma alma imortal, centelha do Criador.

    O homem livre, com seu livre arbitrio pode escolher atingir ou no a Perfeio. Livre e responsvel pelas suas decises, ele o seu nico juiz do que fez em cada encarnao.

    Quem atinge a Perfeio, deixa de encarnar e une-se a Deus.

    a oposio no homem entre a sua parte animal e a sua parte divina que permite a esta de evoluir, de aprender para atingir a Perfeio.

    O eu animal, como um veneno, txico, se se abusa dele em altas doses mas benfico e indispensvel em doses controladas.

  • errado dizer que se tem de matar o eu, tem de se venc-lo sim e us-lo como nosso cavalo dcil mas forte no caminho da Perfeio. Este o caminho do equilibrio, em excesso a dignidade vira orgulho, insuficiente torna-se em desleixo e desprezo por ns mesmos, assim como entre a agressividade e a passividade totais existe uma boa qualidade a meio termo.

    Em equilibrio, a pessoa pode contemplar a sua origem divina, em desiquilibrio no sabe sequer quem , o que faz, ou para onde deve ir.

    Trabalhar este equilibrio semelhante ao funcionamento de uma membrana de osmose selectiva, o que deve passar, passa, o que deve ficar retido,fica.

    A prtica e todo o nosso trabalho de evoluo espiritual saber regular o que passa e o que fica.

    Todo o ser humano tem capacidade (dada por Deus) para atingir a Perfeio.

    Quem o no faz, ele mesmo que escolhe. Todas as almas so criadas com igual potencialidade de atingir a Perfeio mas consoante a vontade de cada uma, umas esforam-se mais e outras menos.

    Existem almas com mais capacidades que outras, tipo vasos mais altos (que levam mais tempo a encher ou a esvaziar) ou mais baixos, mas Deus na Sua sabedoria, deu a cada uma em proporo, os meios de ser Perfeito.

    A Sabedoria de Deus, faz sempre uma proporo entre a fora do eu animal com a fora divina da alma, ou seja, a luta a travar igual para todos.

    A uma alma fraca, de pouca capacidade, Ele no exige tanto como aos Profetas ou sbios a quem d um eu forte e mais agressivo, pois eles tm a capacidade divina equivalente para travar a luta e vencer.

  • A REENCARNAO DAS ALMAS Existe um numero limitado de encarnaes possiveis e de tempo para a alma atingir a Perfeio.

    A meta de cada alma assim atingir a Perfeio antes ou at ao numero de encarnaes que dispe.

    A Perfeio e o fim das encarnaes acontece quando a parte divina vence e domina a parte animal (o chamado eu).

    Sem essa vitria, somos meros animais, escravos dos seus instintos mais bsicos. A alma divina de cada homem conserva as experincias de todas as encarnaes de cada vez que deixa um corpo.

    Com base nisso, ela decide qual o proximo passo (a encarnao, em que tipo de pessoa) a seguir, o que precisa de aprender mais para ser mais Perfeita.

    A tradio da ordem Ahl-e Haqq diz que a alma humana tem 50 mil anos e mil etapas a percorrer para atingir a Perfeio, uma etapa no minimo, uma vida, se se considerar 50 anos a durao mdia de uma vida, teremos que cada alma dispe de mil vidas par