Apostila Design Gráfico

  • View
    291

  • Download
    38

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Apostila de Design

Text of Apostila Design Gráfico

  • EDITORA CEDASPY LTDA

    CURITIBA - PR2010

    DESIGNGRFICO

  • Impresso no BrasilPrinted in Brazil

    2010

    C389sSIS

    CEDASPYSistemas Operacionais: Windows XP, Linux.

    Curitiba: Cedaspy, 2010.98p. il.

    1. Computao - Sistema Operacional. 2. Programas e Programao de Computadores. 1.

    Ttulo. Srie.

    CDD 001.64404

    Impresso AcabamentoGrfica Comunicare

    Rua Francisco Scremin, 139 Ah 80540-320 Curitiba ParanFone: (41) 3029-8088 Fax: (41) 3026-8044

    www.comunicare.com.br comunicare@comunicare.com.br

    Av. Marechal Floriano Peixoto, 501 - Centro - Curitiba/PRTelefone: (41) 3112-1250

  • APRESENTAO

    Neste mdulo, o aluno ir aprofundar ainda mais os conhecimentos sobre comunicao,

    pesquisando sobre os diferentes meios e identificando quais os materiais especficos para cada um.

    Como criar um material grfico para atender o pblico desejado e como fazer com que esse material

    chegue at ele.

    Conceituar a necessidade de se produzir banners, etiquetas, rtulos de produtos, folders, cartes

    de visitas, calendrios, outdoors, capas de revistas ou livros, diplomas e certificados, etc. Rever conceitos

    de mdia, cores e texto publicitrio e apelativo. Diferenas de trabalhos para serem impressos ou usados

    eletronicamente em sites.

    Aprende a distinguir tipos de imagens, vetores, jpg, gif, tamanhos, peso, resoluo, imagens para

    impresso e para web.

    Profissesrelacionadas:

    Auxiliargrfico,readecomunicaodeempresasetrabalhoscomoautnomo.

  • DESIGN GRFICO6

    1. INTRODUO

    2. IMAGENS NO PROCESSO CRIATIVO

    3. CORREO DE FOTOS

    4. REDAO PUBLICITRIA

    5. PSICOLOGIA DAS CORES

    6. VETORES

    7. VETORES OU BITMAPS

    8. IMPRESSO VS DIGITAL

    9. LOGOTIPO E LOGOMARCA

    10. IDENTIDADE VISUAL/PROGRAMAO VISUAL

    11. FECHAMENTO DE ARQUIVO

    12. ESTRUTURA WEBSITE

    13. DEFINIO DE LAYOUT

    14. MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL/ DEFININDO PADRES

    15. MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL / FORMAS DE APLICAO

    07

    12

    22

    30

    37

    44

    50

    57

    65

    72

    78

    84

    90

    97

    104

  • DESIGN GRFICO 7

    IntroduoA

    ULA

    01

    Comunicao multimdiaEmissor, meios de comunicao e recept

    or

    Processo de criaoFerramentas de trabalho

    COMUNICAO MULTIMDIA

    EMISSOR, MEIOS DE COMUNICAO E RECEPTOR

    O incio do sculo XX foi marcado pelo vasto desenvolvimento tecnolgico, onde os governantes tiveram necessidade de promover e facilitar o acesso da populao a estas novidades. Processos de incluso digital, preos reduzidos em aparelhos eletrnicos e fcil conexo com a internet transformaram as formas de comunicao. Hoje podemos conversar com uma pessoa que est do outro lado do mundo, sem pagar muito, o que acontece em outro continente em cerca de segundos est na mdia mundial.

    A comunicao multimdia, tambm conhecida como convergncia miditica nada mais do que integrao dos meios de comunicao sendo muito importante para as empresas divulgarem seus produtos e servios de maneira eficaz para atingir um nmero maior de pessoas, fazendo o uso de ilustraes, sons e vdeos. Por exemplo, uma propaganda produzida para televiso adaptada para a internet, rdio, jornais, revistas e outdoors.

    Inserido neste contexto mundial esto os profissionais responsveis por desenvolver teorias, aplicaes, formas e tcnicas para transmitir mensagens de forma que atenda as necessidades da empresa e do consumidor. Da a importncia em conhecer como funciona o processo de comunicao, criao e propagao de informao; no bastando somente saber utilizar softwares de computador para criar peas grficas. Temos que perceber como atingir nosso pblico de maneira eficaz.

  • DESIGN GRFICO8

    O processo de comunicao consiste em transmitir uma mensagem e o pblico alvo compreender o que lhe foi mostrado. Ou seja, o emissor produz um material para sua veiculao (publicao) utilizando o meio de comunicao mais apropriado para a sua transmisso; o receptor recebe tudo o que foi emitido. Podemos considerar uma comunicao bem sucedida quando o receptor entende absolutamente o que foi planejado pelo emissor.

    Durante o processo de comunicao temos que prestar ateno em como o pblico alvo vai receber a

    mensagem, tomando os devidos cuidados para que no haja dupla interpretao ou que no consiga compreender. As falhas (ou rudos) acontecem por conta de mau planejamento durante o desenvolvimento da comunicao estabelecida entre emissor e receptor.

    Banners publicitrios, folders, flyers, cartes de visita, sinalizao; so exemplos de documentos impressos. Tradicional modo de divulgar produtos e servios. Por muitos anos os documentos impressos foram o meio mais rpido, barato e eficiente de transmitir as novidades da empresa como produtos e servios. Porm na ltima dcada uma novidade chegou para mudar o panorama da comunicao, a internet, e com isso a comunicao tornou-se mais rpida e fcil. Os profissionais responsveis por criar os elementos da comunicao devem saber as caractersticas do impresso e do digital.

    Impresso: temosquetrabalhar leituraecompreensodopblico,utilizandoacriatividadeparapromoveraimaginaodequemvoquefoiproduzido.

    Digital: podemos explorar animaes para produzir nossas mensagens diminuindo o trabalho mental donossopblicolembrandosemprequenainternettudomundorpido.Nocasodepropagandasdevemoslevaremconsideraoosentidodeleituraocidental,nos layoutsdewebsitestemosquenospreocuparcomausabilidadeeapraticidadedosite.

    MEIOS DE COMUNICAO

  • DESIGN GRFICO 9

    O desenvolvimento da criao aplicada um estudo de regras lineares que agilizam e facilitam a chegada ao resultado final. Por meio de exerccios podemos aprimorar neste sentido: lembrando que um bom trabalho parte de uma boa idia.

    Dentre os vrios processos criativos podemos destacar o Briefing e o Brainstorm. O primeiro o conjunto de informaes necessrias para o desenvolvimento de um bom trabalho, o segundo tem por finalidade reunir idias diversas para orientar o desenvolvimento do projeto.

    Contm informaes sobre o produto, servio ou empresa para a qual vamos desenvolver o trabalho.

    Veja algumas dicas para um bom briefing:

    Coleteomaiornmerodeinformaespossveissobreoprodutoaoqualseestapreparandoumtrabalho;como:histrico,pblicoalvo,caractersticasevantagensoferecidas.

    Procureconheceropblicoalvo,eleserdeterminanteduranteacriao;enesteprocessosernecessrioobter:

    Caractersticasregionais:cidades,estados,pases;

    Caractersticasdemogrficas:sexo,idade,raa,nacionalidadeentreoutros;

    Variaeslingsticas:grias,sotaques,expressespopulares;

    Variveiscomportamentais.

    Realizado individualmente ou em grupo, consiste em procurar solues criativas para os diversos problemas ou necessidades para o desenvolvimento do trabalho; antes de iniciar as atividades preciso fazer uma avaliao das idias. Como fazer um brainstorm:

    Anote tudo o que vier a sua cabea, no desperdice nenhuma idia;

    Durante o processo no existe ridculo;

    Analise e verifique os pontos negativos e positivos de cada idia e lembre-se a sua idia tem que atender as necessidades do produto, servio ou empresa.

    PROCESSOS DE CRIAO

    BRIEFING

    BRAINSTORM

  • DESIGN GRFICO10

    No mercado encontramos diversos softwares que facilitam a vida de qualquer profissional durante o desenvolvimento de projetos, temos os softwares tradicionais como: Illustrator, Photoshop e o Indesign, todos da empresa Adobe; o Corel Draw, Corel Photo-paint e Corel Painter, da empresa Corel. Todos so pagos.

    Existem os programas gratuitos como Gimp, Photofiltre, IncScape e o Picasa (estudado no mdulo de internet), voc pode baix-los na internet, todos gratuitos no sendo necessrio pagar pelas licenas.

    Em nossas aulas vamos trabalhar com a sute de aplicativos da empresa canadense Corel; programas de criao (CorelDraw) e edio (Corel Photo-Paint) existem ainda o CorelRAVE e Trace, com menos expresso.

    Independente da verso (edio) do programa os principais recursos so mantidos, voc no ter muita dificuldade para adaptar-se com as pequenas modificaes do programa. Em suas aulas voc pode encontrar a verso 11 ou X5 (15) e perceber que nada mudou radicalmente.

    Observando as imagens acima conseguimos ter noo das diferenas entre as verses, note que a aparncia do programa a maior delas.

    A maneira de produzir seus trabalhos bem simples, assim como em outros programas, tudo prtico e intuitivo.

    Habilite uma ferramenta e desenvolva suas atividades. No primeiro mdulo tivemos o contato com o programa Microsoft Paint Brush, programa altamente simples para produzir desenhos, o modo de desenhar no CorelDraw igual. Clica e arrasta.

    FERRAMENTAS DE TRABALHO

    CORELDRAW

    REA DE TRABALHO DO CORELDRAW 11 PROGRAMA ATUALIZADO EM SUA DCIMA QUINTA EDIO O CORELDRAW X5.

    IMPORTANT

    E

    Para desenvolver as atividades durante o curso voc deve escolher o programa que tiver maior facilidade, no a obrigatoriedade em trabalhar com o software da Sute Corel, procure sempre facilitar a sua vida.

  • DESIGN GRFICO 11

    ATIV

    IDA

    DE 1

    ATIV

    IDA

    DE 2

    DES

    AFI

    O

    A) Assinale as alternativas com a letra D para os itens de Comunicao Digital e com a letra I para os de Comunicao Impressa:

    ( ) Blog ( ) Revista ( ) Folder ( ) Flyer( ) Pop-up ( ) Web banner ( ) Banner ( ) Faixa

    B) Pesquise os principais meios de comunicao, identifique qual o mais eficaz para o nosso pas.

    C) Nesta aula vimos os significados de briefing e brainstorm e como eles so importantes para o desenvolvimento de nossos trabalhos, descubra o que significa feedback e descreva a importncia dele e