Apresentação1 (1)

  • View
    8

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Apresentação1 (1)

  1. 1. Conservao por Irradiao
  2. 2. Conservao de alimentos por Irradiao O que uma conservao por irradiao? uma tcnica utilizada pela indstria na qual determinados tipos de alimentos so expostos radiao ionizante de maneira controlada e por tempo adequado. Principal objetivo deste processo; tem como finalidade o combate ao malfica de microrganismos, e, em alguns casos, retardar o amadurecimento de alguns vegetais, especialmente frutas e legumes.
  3. 3. Segmentos de irradiao Radurizao; a tcnica pela qual o alimento sujeito a baixas doses de radiao. indicada para inibir o brotamento da cebola, do alho e da batata; e retardar a maturao natural de frutas e verduras. Radiciao; onsiste exposio do alimento a quantidades intermedirias de radiao. Utiliza-se essa tcnica para controlar o crescimento de fungos e bactrias situadas na superfcie de alimentos como peixes e carnes. Radapertizao; tratamento do produto com doses maiores de radiao. Esse processo capaz de eliminar totalmente os microrganismos que decompem os alimentos, produzindo efeitos muito parecidos com os da esterilizao.
  4. 4. Segmentos de irradiao
  5. 5. Aplicao em produtos de origem vegetal http://www.cena.usp.br/index.htm
  6. 6. Aplicao em produtos de origem vegetal
  7. 7. Objetivo da irradiao de alimentos Inibi brotamento ( bulbos e tubrculos) Retardar a maturao e senescncia. (frutas e legumes). Reduo de carga microbiolgica (carnes, frutas e legumes).
  8. 8. Objetivo da irradiao de alimentos Eliminao de parasitas e pragas (gros, cereais, frutas e especiarias). Esterilizao (alimentos prontos para o consumo, conservados em temperatura ambiente).
  9. 9. Aplicao em produtos de origem vegetal Para inibir a germinao de bulbos e tubrculos de batatas, cebolas e alho com doses bem pequenas; Para a destruio de insetos e parasitos em cereais, farinhas, frutos secos ; Para aumentar o perodo de conservao: tratamentos ionizantes que permitiro reduzir a flora superficial em algumas frutas e legumes, retardar sua maturao.;
  10. 10. Irradiao de Alimentos Vantagens: inativa microrganismos sem aumento considervel da temperatura do alimento; Os raios gama tem alto poder de penetrao, o que faz com que se possa tratar grande quantidade e variedade de alimentos, sem nenhuma manipulao durante o processo; aumento na vida til de frutas frescas, vegetais e carnes, o que facilita o processo de distribuio desses produtos;
  11. 11. Irradiao de Alimentos Vantagens: Pode ser utilizado como substituto de tratamentos qumicos; um tratamento efetivo para eliminar as bactrias patognicas que causam ETA; Alimentos em embalagens termossensveis podem ser tratados; Ocorre a diminuio do tempo de cozimento de alguns alimentos, principalmente os desidratados; Ovos e larvas de insetos so atingidos pela irradiao, sem prejuzo para os alimentos.
  12. 12. Irradiao de Alimentos Desvantagens : alto custo e tamanho do equipamento necessrio ao tratamento, certa resistncia do consumidor ao uso de alimentos irradiados. Alm disso, no recomendado irradiar produtos com alto teor de gordura devido probabilidade de rancificao e nem alimentos contendo grande quantidade de gua.
  13. 13. Radiao como mtodo de conservao de alimentos As radiaes ionizantes so as consideradas mais importantes em alimentos: partculas alfa, raios beta, raios gama, raios X e raios csmicos. Fontes radioativas emissoras das partculas alfa e beta no so normalmente empregadas para irradiao de alimentos, devido baixa capacidade de penetrao na matria. Nutrons no podem ser utilizados pois sua interao com a maior parte dos elementos transforma-o em elementos radioativos.
  14. 14. Radiao como mtodo de conservao de alimentos Os raios X e gama so bastante penetrantes e, dependendo de sua energia, atravessam com facilidade paredes, corpos e chapas metlicas.
  15. 15. Radiao como mtodo de conservao de alimentos A radiao eletromagntica a energia na forma de ondas eletromagnticas transmitida atravs do espao ou atravs de um material. Estas radiaes so classificadas de acordo com seus comprimentos de onda. A quantidade de energia de uma radiao inversamente proporcional ao comprimento de onda: a de menor comprimento de onda tem o maior contedo energtico.
  16. 16. Radiao como mtodo de conservao de alimentos Radiaes de alta energia incluem raios gama, raios X e luz ultravioleta. Esta radiaes podem eliminar as clulas, inclusive microrganismos em alimentos. Algumas formas de radiaes eletromagnticas ionizam as molculas, enquanto outras no o fazem.
  17. 17. Radiao como mtodo de conservao de alimentos As radiaes ionizantes: Podem causar ionizao da matria Ionizao um ou mais eltrons so removidos do tomo Classificao partculas (alfa, beta e nutrons) ondas eletromagnticas (raios gama e raios X)
  18. 18. Radiao como mtodo de conservao de alimentos Raios alfa tomos de He sem 2 eltrons na camada externa. No penetram numa folha de papel Raios beta ou eltrons Mais penetrantes, mas no ultrapassam folha de Al Raios gama Altamente penetrantes; bloco de chumbo
  19. 19. Radiao como mtodo de conservao de alimentos Nutrons Grande poder de penetrao; elementos radioativos Raios X Relativamente penetrantes; inconveniente: bx rendimento
  20. 20. Equipamentos Utilizados para Irradiao Irradiadores de cobalto 60.
  21. 21. Modelo de Irradiador com Fonte de Cobalto 60 Fonte: MDS Nordion, Canad - empresa fabricante de irradiadores
  22. 22. LEGISLAO BRASILEIRA (Ministrio da Sade- ANVISA) Decreto n 72718, de 29 de agosto de 1973 Estabelece normas gerais sobre irradiao de alimentos. Resoluo RDC n 21, de 26 de janeiro de 2001 Aprova o Regulamento Tcnico para Irradiao de Alimentos, constante do Anexo desta Resoluo.
  23. 23. LEGISLAO BRASILEIRA (Ministrio da Sade- ANVISA) ROTULAGEM ALIMENTOS IRRADIADOS "ALIMENTO TRATADO POR PROCESSO DE IRRADIAO", com as letras de tamanho no inferior a um tero (1/3) do da letra de maior tamanho nos dizeres de rotulagem. Quando um produto irradiado utilizado como ingrediente em outro alimento
  24. 24. Bibliografia CHITARRA, M.I.F.; CHITARRA, A.B. Ps-colheita de frutos e hortalicas: fisiologia e manuseio. Lavras, 1999. 293p. Acessado 16,junho, 2015. INTERNATIONAL CONSULTIVE GROUP ON FOOD IRRADIATION. Facts about food irradiation. Viena, 1999. 48p. Acessado 16,junho, 2015.