of 24/24

Bt virtual 41

  • View
    226

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição apenas online

Text of Bt virtual 41

  • Tuesday, Jan1 28, 2014

    Thursday, Feb 13, 2014

  • O jornal espanhol El

    Pas destacou na sua edio

    de tera-feira (11/2) uma

    negociao que envolve os

    governos dos Estados

    Unidos e do Brasil, que

    pode ser um primeiro passo

    e m d i r e o a u m a

    reconciliao diplomtica

    aps as denncias de

    espionagem da Agncia

    N a c i o n a l A m e r i c a n a

    (NSA). A Cmara dos

    Deputados e o Senado

    aprovaram na semana

    passada a nova lei agrcola

    nor te -amer icana , que

    representa um ingrediente

    i m p o r t a n t e n a l o n g a

    disputa entre Washington e

    Braslia por subsdios para

    a produo de algodo em

    territrio americano.

    A Organizao Mun-

    dial do Comrcio (OMC)

    foi favorvel s queixas do

    Brasil, no ano de 2004, a

    partir do pedido de ajuda

    produo concedida pelo

    governo dos EUA, autori-

    zando o comrcio de at

    830 mil dlares por ano, no

    momento que os EUA

    determinavam esses subs-

    dios no mercado mundial

    de algodo, de forma

    distorcida, afetando os

    exportadores brasileiros. O

    Brasil, porm, concordou

    com os EUA em no aplicar

    qualquer tipo de retaliao

    se a compensao fosse

    paga por Washington aos

    produtores gigantes da

    Amr ica do Su l , que

    a d o t a r a m u m a n o v a

    legislao para eliminar os

    subsdios ao algodo.

    O s p a g a m e n t o s

    comearam a ser feitos

    mensalmente em 2010, no

    valor de 147 mil dlares

    por ano, mas foi suspenso

    em outubro passado, por

    causa das divergncias do

    oramento no Congresso

    americano, e que levaram

    paralisao parcial do

    governo por duas semanas.

    E m r e s p o s t a , a s

    autoridades brasileiras

    anunciaram que iriam

    tomar uma deciso sobre as

    represlias, em maro.

    Durante a sua visita

    Washington no nal de

    janeiro, o ministro das

    Relaes Exteriores do

    B r a s i l , L u i z A l b e r t o

    Figueiredo, se reuniu com

    r e p r e s e n t a n t e s d a

    administrao Obama para

    resolver a questo e disse

    que o governo de Dilma

    Rousseff i r ia es tudar

    cuidadosamente a nova lei,

    quando fora adotado para

    determinar se atenderia s

    suas exigncias e, a partir

    disso, decidir se deve ou

    n o i m p o r m e d i d a s

    punitivas aos EUA.

    A g o r a , c o m a

    a p r o v a o n a l d a

    legislao, o momento "da

    verdade" chegou. A regra

    elimina a produo direta

    de algodo e as autoridades

    d o s e t o r e o s E U A

    consideram suciente para

    cumprir a deciso da OMC,

    mas oferece em troca um

    conjunto de potencial com

    auxlio indireto, que no

    pode atender s demandas

    do Brasil. Com o novo

    quadro legal, os produtores

    de algodo so elegveis

    para o seguro, que garante

    um nvel mnimo de renda

    nos prximos anos. O

    ponto essencial que parte

    do valor do seguro pode

    chegar a 80% do total do

    fundo para o governo dos

    EUA.

    Esse cenrio pode

    levar a um aumento da

    produo de algodo nos

    EUA, o que implica num

    m e r c a d o m u n d i a l

    competitivo com mais

    algodo colhido no Brasil,

    o oposto do que desejado

    pelo gigante emergente. De

    acordo com a OCDE e a

    FAO, os Estados Unidos

    s o o t e r c e i r o m a i o r

    p rodu tor de a lgodo ,

    depois da China e da ndia,

    enquanto o Brasil o

    quinto. Alm disso, os EUA

    so o maior exportador do

    mundo e importador da

    China.

    Todas as indicaes,

    portanto, dependem da

    reao brasileira a partir

    das exigncias analisadas

    n a n o v a l e i e o s

    componentes obviamente

    polticos. Braslia vai

    calibrar muito bem as

    vantagens e desvantagens,

    como impor retaliao

    comercial para os EUA. ,

    sem dvida, a melhor

    opo para restaurar a

    conana quebrada com as

    revelaes de espionagem

    em setembro, de que a NSA

    tinha acesso s correspon-

    dncias eletrnicas de

    Dilma Rousseff, o que

    irritou profundamente a

    presidente brasileira e

    levou ao cancelamento de

    sua visita Washington,

    que estava planejada para

    nal de outubro.

    E m 2 0 1 0 , a s

    autoridades brasileiras

    publicaram uma lista com

    100 produtos americanos

    que podero ser objeto de

    retaliao ao contencioso

    do algodo. Por exemplo,

    a s t a r i f a s s o b r e a s

    exportaes dos EUA para

    o carro no Brasil, que

    passaria de 35% para 50%,

    o trigo de 10% para 30%,

    ou algodo chegaria at

    100%.

    O contrato de loca-

    o do prdio Panorama,

    que ir abrigar o consulado

    dos Estados Unidos em Be-

    lo Horizonte, ser assinado

    nesta quinta-feira (13).

    A embaixadora dos

    EUA no Brasil, Liliana

    Ayalde, deve assinar o do-

    cumento durante uma ceri-

    mnia realizada no prprio

    empreendimento, localiza-

    do no bairro Santa Lcia, na

    regio Centro-Sul de Belo

    Horizonte. O governador

    Antonio Anastasia e o pre-

    feito Marcio Lacerda tam-

    bm estaro presentes na

    solenidade, marcada para as

    16h30.

    O consulado prestar

    servio aos mineiros que

    pretendem tirar o visto tem-

    porrio e de imigrao para

    os Estados Unidos, alm de

    auxiliar americanos que

    moram no Estado. A inau-

    gurao e funcionamento

    esto previstos para 2016.

    O anncio da ins-

    talao de dois novos con-

    sulados norte-americanos

    no Brasil foi feito em 2013,

    pela Secretaria de Estado

    dos EUA. Alm de Belo

    H or i zon t e , uma nova

    unidade ser inaugurada em

    Porto Alegre.

    Nmeros

    De acordo com a em-

    baixada norte-americana no

    Brasil, em 2011, os EUA

    concederam 80 mil vistos

    para mineiros, nos consula-

    dos em Braslia, So Paulo,

    Rio de Janeiro e Recife.

    E m r e l a o a o

    r a n k i n g d e E s t a d o s

    brasileiros, Minas Gerais

    o terceiro que mais exporta

    para o pas norte-americano

    e o terceiro que mais

    importa. Entre 2003 e 2011,

    houve crescimento de

    1 8 8 , 9 % d o c o m r c i o

    bilateral entre Minas Gerais

    e Estados Unidos.

    Sonho de consumo

    de milhares de brasileiros

    que lotam os centros de

    compra de Miami e de

    NewYork tem nome simp-

    tico greencard carto

    verde. Mas s tem nome,

    ele no verde e nem fcil.

    Alm dos consu-

    midores, a vida dos imi-

    grantes brasileiros ilegais

    nos EUA est cada vez ma-

    is difcil. Existe uma pres-

    so e intolerncia cada vez

    maior contra os ilegais, o

    que torna o sonho america-

    no, ainda que desvanecido,

    cada vez mais difcil para

    muitos brasileiros. As solu-

    es so antigas: o mais se-

    guro o patrocnio de pa-

    rentes. Pais, lhos e irmos

    de quem tm cidadania nor-

    te-americana tm a maior

    chance, ainda que morosa.

    Depois, vem o pa-

    trocnio de empregadores.

    Ele comea com um visto

    de trabalho em alguma em-

    presa dos EUA, tambm

    obrigatrio ter curso su-

    perior ou conhecimento es-

    pecializado.

    Casamentos ar-

    ranjados, pagos, apesar de

    ilegais, so comuns para

    obter o benefcio. H outra

    f o r m a , e s t a p o u c o

    conhecida, de obter o

    g r e e n c a r d p e l a s

    franquias. E algumas delas

    esto em franca campanha

    para cooptar o dinheiro de

    estrangeiros . As mais

    agressivas so as redes

    Y o B l e n d z ,

    ElementsTherapeuticMass

    age e BatteryGiant que

    c o m e a r a m a p e d i r

    i n v e s t i m e n t o s d e

    estrangeiros endinheirados

    em troca do green card.

    Esse programa d a

    chance de obter residncia

    permanente nos EUA em

    troca de um investimento

    de US$ 500 mil.

    H um porm o

    investimento tem que criar

    pelo menos dez novos

    empregos em dois anos ou

    o investidor obrigado a

    voltar para casa.

    Brasil e a sua retaliao

    comercial contra os EUAAOrganizaoMundialdoComrcio(OMC)foifavorvelsqueixasdoBrasil,noanode2004

    Sede do Consulado dos EUA em Minas

    Consulado dos EUA

    em BH comea a virar

    realidade a partir de hojeContrato de locao do prdio ser assinado pela

    embaixadoradosEstadosUnidosnoBrasil,Liliana

    Ayalde,emumacerimniaqueterapresenade

    representantesdosgovernosestadualemunicipal

    Greencard pode custar US$ 500 mil

  • Wednesday, Jul 03, 2013

    Thursday, Feb 06, 2013

    Friday, Aug 09, 2013

    Monday, Aug 12, 2013Monday, Nov 25, 2013

    A clinica reabre na tera-feira, 27 de agosto e alm do clnico

    geral, teremos mdicos especialistas em Pisiquiatria Cardiologia

  • CURIOSIDADES

    Existem tempestades de rs e sapos?

  • 06

    Apesar de tecnologias

    p a r a l d e f u tu r i s t a s

    estarem aqui na Terra,

    como o Google Glass e o

    Oculus Rift, a principal e

    mais desejada evoluo

    est mesmo no espao. A

    Lua j foi "colonizada", e

    um grupo de astronautas

    h a b i t a u m a a p e r t a d a

    e s t r u t u r a n o c a m p o

    gravitacional, a Estao

    Espacial Internacional

    (ISS). Mas os planos da

    humanidade vo alm e

    comeam a ganhar fora

    com a ajuda de pessoas

    dispostas a povoar outros

    planetas.

    Um desses projetos

    o da fundao holandesa

    Mars One, que se prope a

    enviar voluntr ios ao

    planeta vermelho a partir

    de 2025. Qualquer pessoa

    pode se candidatar, desde

    q u e a c e i t e a s

    c o n s e q u n c i a s d e s s a

    escolha, j que uma

    v i a g e m a p e n a s c o m

    passagem de ida e sem

    possibilidade de retornar

    Terra. E a paixo pelo

    espao no exclusividade

    d e n a e s m a i s

    desenvolvidas, como os

    Estados Unidos e a China,

    mas tambm as latino-

    americanas: pelo menos

    setenta pessoas integram a

    lista de mil candidatos de

    todo o mundo que vo

    participar da segunda fase

    do processo seletivo da

    Mars One.

    Pases como Brasil,

    A r g e n t i n a , C h i l e ,

    Colmbia, El Salvador,

    Guatemala, Mxico, Peru,

    Repblica Dominicana e

    Uruguai possuem homens e

    m u l h e r e s d e i d a d e s

    d i f e r e n t e s q u e e s t o

    dispostos a abandonar a

    famlia, os estudos, o

    trabalho e toda a vida aqui

    na Terra para se mudar para

    Marte, a 570 milhes de

    quilmetros de distncia.

    Daqui 11 anos, 24 pessoas

    comearo a ser enviadas

    ao planeta vizinho, em

    g r u p o s d e q u a t r o

    astronautas a cada dois

    anos - ou seja, os ltimos

    tripulantes embarcam s

    em 2035.

    O brasileiro Manoel

    B e l m u m d o s

    voluntrios brasileiros que

    g u r a m e n t r e a s m i l

    pessoas selecionadas no

    mundo todo pela Mars One.

    Manoel tem 58 anos,

    fsico, piloto formado e

    redator de um blog de

    poesias, arma que quer

    deixar a cidade de So

    Paulo e i r ao planeta

    vermelho "para alimentar a

    alma". "Quando a gente

    tem esprito cientco, nada

    m e l h o r d o q u e e s t a

    o p o r t u n i d a d e d e

    c o n h e c i m e n t o e

    experimentao", disse o

    fsico agncia de notcias

    AFP. Ele se considera apto

    para ser um dos escolhidos

    pela startup holandesa e

    q u e n o t e m m u i t a

    i m p o r t n c i a s e r u m a

    viagem s de ida, mesmo

    que ele esteja na casa dos

    70 anos.

    O u t r o l a t i n o -

    americano na la o

    urugaio de 27 anos Yuri

    Lpez, ex-integrante de

    uma tropa de elite da

    polcia em seu pas e que

    atualmente trabalha em

    u m a e m p r e s a d e

    tecnologia. Assim como

    Manoel, Yuri no se sente

    incomodado com a ideia de

    nunca mais voltar Terra.

    "Eu iria com uns 37 anos, se

    estivesse entre os primeiros

    quatro, com um monte de

    c o i s a s v i v i d a s , p a r a

    terminar meus dias em um

    horizonte completamente

    diferente. A expanso do

    ser humano no universo

    fundamental", disse.

    Todos os aprovados

    para a segunda fase do

    p r o j e t o t i v e r a m q u e

    d e m o n s t r a r c i n c o

    qualidades-chave para

    avanar no processo de

    s e l e o : r e s i s t n c i a ,

    adaptao, curiosidade,

    habilidade para conar nos

    outros e criatividade. E eles

    sabem dos r iscos que

    c o r r e m . A s s i m q u e

    chegarem em Marte, os

    primeiros colonos tero

    que viver em pequenas

    cpsulas, encontrar gua,

    p r o d u z i r o x i g n i o e

    c u l t i v a r o s p r p r i o s

    alimentos. As condies e

    as paisagens do planeta

    vermelho lembram um

    grande deserto, no qual a

    atmosfera constituda de

    dixido de carbono e onde a

    temperatura mdia de -

    63 C.

    "Um monte de coisas

    pode dar errado e isso d

    mais tempero misso, que

    a aventura mxima da

    humanidade, do meu ponto

    de vista", disse Lpez. "Eu

    vejo isto como algo pico.

    Penso que estas primeiras

    quatro pessoas que forem

    tero uma tarefa similar

    q u e t e v e C r i s t v o

    Colombo ou Magalhes, de

    partir rumo a um destino

    que no conhecem. E sero

    lembradas por toda a

    Histria".

    L e i a t a m b m :

    Voluntrios do Mars One

    vo car i so lados do

    mundo durante 1 ano

    No entanto, alguns

    candidatos enxergam uma

    oportunidade do homem se

    expand i r pa ra ou t ros

    t e r r i t r i o s . P a r a o

    l e g i s l a d o r m e x i c a n o

    Andrs Eloy Martnez

    Rojas, colonizar Marte

    representa uma segunda

    chance para a humanidade,

    q u e p o d e r i a , a s s i m ,

    " d e s e n v o l v e r o u t r a

    economia, outro estilo de

    vida que poderia, inclusive,

    beneciar a Terra" diante

    d o s p r o b l e m a s d e

    s u p e r p o p u l a o e

    aquecimento global.

    " M a r t e a

    o p o r t u n i d a d e d e n o s

    r eva lo r i za rmos como

    s o c i e d a d e p a r a

    c o m e a r m o s a n o s

    reinventar e no cometer os

    mesmos erros", declarou

    Andrs , depu tado do

    esquerdista Partido da

    Revoluo Democrtica

    (PRD) do Mxico. "A ideia

    seria chegar a Marte e

    desenvolver uma nova

    soc iedade , uma nova

    civilizao em harmonia

    com a natureza". Andrs

    tem 50 anos e pai de seis

    lhos que imploram para

    q u e e l e r e p e n s e s u a

    deciso.

    At agora, as nicas

    m i s s e s e m M a r t e

    envolvem robs altamente

    sosticados, e todas elas

    foram real izadas com

    sucesso pe la Agncia

    E s p a c i a l A m e r i c a n a

    (NASA). O mais famoso

    a sonda Curiosity, que

    p e r c o r r e o p l a n e t a

    vermelho desde o dia 6 de

    a g o s t o d e 2 0 1 2 . O

    equipamento j fez grandes

    descobertas que animam

    cientistas e astronautas a

    povoar Marte, entre elas a

    descoberta de que o local j

    f o i p r o p c i o v i d a

    microbiana em um passado

    longnquo. Nesta semana,

    tambm foi anunciado que

    o veculo encontrou fortes

    evidncias de que ainda

    VIAGEM SEM VOLTA: brasileiros esto dispostos a deixar a Terra para ir a Marte

    Manoel Belm, fsico brasileiro,

    um dos setenta latino-americanos

    que querem ir para Marte.

    (Foto: AFP)

  • Jennifer Lopez sensualiza com

    bonites em gravao de clipe

    Viviane Arajo samba no asfalto ao som da bateria do Salgueiro

  • SPORTIMESSPORTIMES

    CBF e seus cartolas esto rindo toa.

    Eles tm motivos de sobra para isso