of 100 /100
Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos

Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

  • Upload
    others

  • View
    10

  • Download
    0

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Fisiologia da Contração Muscular

Profª Rosângela Batista de

Vasconcelos

Page 2: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Características

1. Excitabilidade: capacidade de receber eresponder a estímulos;

2. Contratilidade: capacidade de encurtar-see espessar-se;

3. Extensibilidade: capacidade de distender-se;

4. Elasticidade: capacidade de voltar àposição original após acontração/extensão.

T e c i d o M u s c u l a r

Page 3: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Tipos de Músculos

• De acordo com suas características morfológicas e funcionais distinguem-se 3 tipos de músculos

Junqueira e Carneiro, 2004.

Page 4: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Tipos de Músculos: Classificação das células quanto à proliferação

Esquelético e cardíaco

• Células terminalmente diferenciadas– no caso de perda celular

por lesão não poderão ser substituídas

– sob estímulo podem aumentar em tamanho (hipertrofia)

• síntese proteica

Liso

• Células que originariamente não se dividem, mas que podem fazê-lo em resposta a estímulos– lesão podem entrar em fase

proliferativa (mitose)

– estímulos hormonais: útero durante a gravidez, aumenta o número (hiperplasia) e o volume (hipertrofia) das células

Page 5: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Corpo Humano

• Músculo esquelético ~ 40%

• Músculos cardíaco e liso ~10%

http://mijerese7.blogspot.com.br/2007_05_18_archive.html

Page 6: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Tecido Muscular• Caracterizado pela propriedade de contração e distensão

– formado por células alongadas (fibras musculares) que contêm grande quantidade de filamentos citoplasmáticos de proteínas contráteis geram as forças necessárias para a sua contração

• energia liberada pela hidrólise do ATP

http://www.gwit.org/students/fremont/assign/heart/heart.htm

Animação: http://www.youtube.com/watch?v=hpS5kMn_B0I

Page 7: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Músculos Estriados

Esquelético• Formado por células cilíndricas

longas e multinucleadas (núcleos periféricos), que apresentam estrias transversais

Cardíaco

• Formado por células alongadas e ramificadas com 1 ou 2 núcleos centrais, que se unem nas suas porções terminais por meio de discos intercalares – exclusivos do músculo cardíaco

• Também apresenta estrias transversais

Page 8: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Músculo liso• Formado por aglomerados de células fusiformes

que não possuem estrias transversais

Page 9: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

MÚSCULO ESQUELÉTICO

Recobre totalmente o esqueleto e está preso aos ossos, sendo responsável pela movimentação corporal

Page 10: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Músculo Esquelético - Organização

• Fibras musculares organizadas em grupos de feixes ou fascículos

– conjunto de feixes envolvido pelo epimísio

• recobre o músculo inteiro

– cada feixe envolvido pelo perimísio

– cada fibra envolvida pelo endomísio

Junqueira e Carneiro, 2004.

Page 11: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Fibras Musculares Esqueléticas - Organização

• Sarcolema: membrana celular da fibra muscular

• Sarcoplasma: citoplasma da fibra muscular

– miofibrilas: estruturas cilíndricas que preenchem o interior das fibras musculares

• compostas por filamentos proteicos (miofilamentos)

• onde são encontradas as unidades contráteis do músculo (sarcômeros)

– grânulos de glicogênio: forma prontamente mobilizável de armazenamento de glicose

• reserva energética

– mioglobina: proteína de ligação com oxigênio

• reserva de oxigênio

– mitocôndrias: paralelas às miofibrilas

• fornecimento de energia para a contração muscular

– retículo sarcoplasmático: rede de cisternas do retículo endoplasmático liso que envolve as miofibrilas

• armazena e regula o fluxo de íons Ca2+

– citosol: preenche os espaços entre as miofibrilas

• contém grande quantidade de potássio, magnésio, fosfato e enzimas

Page 12: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Fibras Musculares Esqueléticas -Organização

Page 13: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

MÚSCULO ESQUELÉTICO

•Sarcômero: unidade funcional

Contração = deslizamento dos filamentos

As miofibrilas Actina e

miosina organizadas

formam os sarcômeros,

unidades funcionais dos

músculos, uma vez que

o encurtamento dos

sarcômeros decorrentes

do deslizamento entre

miofibrilas resulta na

contração do músculo.

Page 14: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Miofibrilas - Organização

• Estriações transversais: alternância de faixas claras e escuras

• Faixas claras

– faixa ou banda I contém apenas filamentos de actina

• isotrópica à luz polarizada

– disco ou linha Z linha transversal escura no centro de cada banda I

Faixas escuras

– faixa ou banda A contém extremidades dos filamentos de actina e filamentos de miosina

• anisotrópica à luz polarizada

– zona H zona mais clara no interior da banda A

Page 15: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Organização do músculo

esquelético: do macroscópico ao molecular

Junqueira e Carneiro, 2004

Page 16: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Miofibrilas: Miofilamentos• Miofibrilas: contêm 4 proteínas (miofilamentos) principais

Miofibrilas

Filamentos grossos

Miosina

Filamentos finos

Actina Tropomiosina Troponina

Representam 55% do total das proteínas

Page 17: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Miofilamentos: Actina e Miosina

As estruturas responsáveis pela contração muscular são os miofilamentos:

– Actina e Miosina

Page 18: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Miofilamentos – Filamentos Finos

• Actina: polímeros longos (actina F) formados por 2 cadeias de monômeros globulares (actina G) torcidas em hélice dupla

– cada monômero de actina G possui uma região que interage com a miosina

• Tropomiosina: molécula longa e fina constituída por duas cadeias polipeptídicas enroladas uma na outra

– cada molécula tem um local específico onde se prende o complexo de troponina

• Troponina: complexo de 3 unidades

– TnT liga-se fortemente à tropomiosina

– TnC tem grande afinidade por íons cálcio

– TnI cobre o sítio ativo da actina, onde ocorre a interação da actina com a miosina

Page 19: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Miofilamentos – Filamentos finos

Junqueira e Carneiro, 2004

Page 20: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

MIOFILAMENTOS

tropomiosina

tropomiosina

troponina

sítio de ligação com a miosina

cálcio

Miofilamentos - Actina A actina é chamada de filamento fino. É constituído por:

– Filamento fino de actina– Filamento de Tropomiosina

• Encobre o sítio de ligação da actina com a miosina

– Troponina• Proteína globular ligada ao filamento de tropomiosina, responsável

por ligar-se ao cálcio e arrastar a tropomiosina expondo o sítio de ligação da actina com a miosina, o q favorece à contração.

Page 21: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Guyton e Hall, 2006

Miofilamentos - Miosina• Composta por 6 cadeias polipeptídicas

– duas cadeias pesadas

• parte enrolada em hélice cauda ou haste

• saliência globular em uma das extremidades cabeça

– quatro cadeias leves

• fazem parte da cabeça

– 2 para cada cabeça ajudam a regular o funcionamento da cabeça durante a contração muscular

Page 22: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Miofilamentos – Miosina

• Cabeça: possui sítio de ligação com

– actina

– ATP atividade ATPásica• permite que a cabeça clive o ATP e utilize a energia no processo de

contração

Page 23: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Miofilamentos – Filamentos Grossos

• Formados por 200 ou mais moléculas individuais de miosina

– caudas se agrupam em feixes corpo do filamento

– cabeças se projetam para fora, nos lados do corpo

– partes do corpo penduradas nas partes laterais, junto com as cabeças braço

– projeções dos braços e das cabeças pontes cruzadas

– flexíveis em dois locais dobradiças

• junção entre o braço e o corpo

• ponto de ligação entre a cabeça e o braço

Guyton e Hall, 2006, adaptado

Page 24: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Miofilamentos – Interação no Sarcômero

• Banda I filamentos finos

• Banda A

– filamentos finos

– filamentos grossos

• zona H só região da cauda da miosina

Page 25: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Miofibrilas - Tríade

Junqueira e Carneiro, 2004

Page 26: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Tríade: papel na contração muscular

Retículo sarcoplasmático

• Contração muscular depende da disponibilidade de Ca2+

– Ca2+ no sarcoplasma músculo relaxa

• Retículo sarcoplasmático: armazena e regula o fluxo de Ca2+

Sistema de túbulos transversais (Sistema T)

• Rede de invaginações tubulares do sarcolema, cujos ramos vão envolver as junções das bandas A e I de cada sarcômero

• Responsável pela contração uniforme de cada fibra muscular esquelética– na tríade, a despolarização dos

túbulos T é transmitida ao retículo sarcoplasmático

Page 27: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores
Page 28: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores
Page 29: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Músculo Esquelético - Inervação

• Sistema nervoso periférico somático– fibras nervosas motoras que conduzem impulsos do

sistema nervoso central aos músculos esqueléticos junções neuromusculares

• Contração voluntária

Page 30: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores
Page 31: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Acoplamento Excitação-Contração

• Refere-se ao mecanismo pelo qual o potencial de ação provoca a contração das miofibrilas

– mecanismo geral de contração muscular

– mecanismo molecular da contração muscular

Page 32: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Mecanismo Geral de Contração Muscular

1- Potenciais de ação cursam pelo nervo motor até suas terminações nas fibras musculares

2- Em cada terminação, o impulso nervoso desencadeia liberação de acetilcolina do botão sináptico na fenda sináptica

Page 33: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Mecanismo Geral de Contração Muscular

3- A acetilcolina se liga a receptores específicos na placa motora da junção neuromuscular, abrindo canais de sódio regulados por acetilcolina

Page 34: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Mecanismo Geral de Contração Muscular

4- A abertura desses canais permite a difusão de grande quantidade de íons sódio para o lado interno da membrana das fibras musculares. Isso desencadeia o potencial de ação na membrana

5- O potencial de ação se propaga por toda a membrana da fibra muscular do mesmo modo como o potencial de ação cursa pela membrana das fibras nervosas

http://biologyonline.us/Online%20A&P/AP%202/Northland/AP2lab/8.htm

Page 35: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Mecanismo Geral de Contração Muscular

6- O potencial de ação se propaga pelos túbulos T, fazendo com que o retículo sarcoplasmático libere grande quantidade de íons cálcio para o sarcoplasma

Page 36: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

http://biology.stackexchange.com/questions/1243/stabbing-muscles-when-flexed-and-when-relaxed

Mecanismo Geral de Contração Muscular

7- Os íons cálcio ativam as forças atrativas entre os filamentos de miosina e actina, fazendo com que eles deslizem ao lado um do outro, promovendo a contração do sarcômero

Page 37: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Mecanismo Geral de Contração Muscular

8- Assim que cessa o estímulo, os íons cálcio são bombeados de volta para dentro do retículo sarcoplasmático pela bomba de cálcio presente na sua membrana, permanecendo aí armazenados até que novo potencial de ação muscular se inicie. Essa retirada de íons cálcio das miofibrilas faz com que a contração muscular cesse.

http://www.bio.davidson.edu/courses/Bio111/SERCAanimation.html

Page 38: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Mecanismo Molecular da Contração Muscular

• Estado relaxado

– extremidades dos filamentos de actina que se estendem de 2 linhas Z sucessivas mal se sobrepõem

• Estado contraído

– filamentos de actina deslizam por entre os filamentos de miosina extremidades de actina se sobrepõem

Guyton e Hall, 2006

Page 39: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Mecanismo Molecular da Contração Muscular

• Deslizamento dos miofilamentos – resultante da força gerada pela interação das pontes cruzadas dos

filamentos de miosina com os de actina

Guyton e Hall, 2006

Page 40: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Mecanismo Molecular da Contração Muscular

• Início na faixa A

Page 41: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Deslizamento dos Miofilamentos

1- Repouso ATP liga-se à ATPase das cabeças da miosina

– necessidade de ligação com a actina para atividade ATPásica

Page 42: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Deslizamento dos Miofilamentos

2- Disponibilidade de íons Ca2+

– combinação com a unidade TnC da troponina

• mudança da configuração espacial das 3 subunidades da troponina

• tropomiosina mais para dentro do sulco da hélice de actina

– exposição do sítio de ligação da actina com a miosina

– ativação do complexo miosina-ATP

• deformação da cabeça e do braço da miosina, aumentando a curvatura da cabeça

– deslizamento da actina sobre o filamento de miosina

Energia

Page 43: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Deslizamento dos Miofilamentos

– ADP se desliga da cabeça da miosina

• retorno à configuração inicial

Page 44: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

http://php.med.unsw.edu.au/embryology/index.php?title=File:Actin_myosin_crossbridge_3D_animation.gif

Deslizamento dos Miofilamentos

Energia

Page 45: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Fibras Musculares Esqueléticas -Classificação

Tipo I

• Fibras vermelhas ou de contração lenta– ricas em mioglobina

• cor vermelho-escura

– adaptadas para contrações continuadas

– predomínio de metabolismo energético de tipo aeróbico• energia obtida

principalmente do metabolismo de ácidos graxos

Tipo II

• Fibras brancas ou de contração rápida– pobres em mioglobina

• cor vermelho clara

– adaptadas para contrações rápidas e descontínuas

– predomínio de metabolismo energético de tipo anaeróbico

• dependem da glicólise como fonte de energia

Page 46: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Sistema de Produção de Energia

• Fibra muscular esquelética adaptada para a produção de trabalho mecânico intenso e descontínuo

• Energia para a contração muscular fornecida por– respiração celular armazenada sob forma de

• ATP suficiente para suprir apenas alguns segundos de atividade

• fosfocreatina principal reserva de energia

Fosfocreatina + ADP ATP

– depósitos sarcoplasmáticos de glicogênio • trabalho muscular intenso intensificação da respiração

celular quebra do glicogênio armazenado no músculo

Mitocôndrias ocupam cerca de 2% do volume citoplasmático

Page 47: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Sistema de Produção de Energia

• Respiração celular

– células com quantidades abundantes de O2 glicose é oxidada completamente em CO2 e H2O

• Fermentação lática

– durante atividades físicas extenuantes carência de O2 glicose é oxidada parcialmente até ácido lático

Page 48: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Atividade• Cite e explique os mecanismos indutores de fadiga com

origem predominantemente periférica.

• Compare o funcionamento das junções neuromusculares na transmissão do impulso nervoso para a musculatura entre uma situação normal e patológica por ação da toxina botulínica.

• Como a hiperpotassemia altera a contração muscular.

• Qual a função da colinesterase e como a sua inibição influencia na contração muscular.

Page 49: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Toxina Botulínica

• Vários tipos de neurotoxinas produzidas pela bactéria anaeróbia Clostridium botulinum

– consideradas as toxinas mais potentes conhecidas botulismo

• Uso terapêutico

– início em 1981 uso de toxina botulínica tipo A (BoNT/A) para tratamento do estrabismo

– 1989 FDA aprova uso de Botox® para tratamento de estrabismo, blefaroespasmo e espasmo hemifacial

– 2000 FDA aprova uso de Botox® e toxina B para o tratamento de distonia e Botox® para uso estético

Page 50: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Toxina Botulínica – Mecanismo de Ação

• Inibe a liberação exocítica de acetilcolina pelo terminal axonal do neurônio motor bloqueio ou redução da contração muscular

Page 51: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Liberação Normal de Acetilcolina

Acta Fisiatr. 16(1): 25–37, 2009.

Page 52: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Exposição à Toxina Botulínica

Acta Fisiatr. 16(1): 25–37, 2009.

Page 53: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Toxina Botulínica - Animação

Page 54: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

MÚSCULO CARDÍACO

O coração é um órgão muscular oco que se localiza no meio do peito, sob o osso esterno, ligeiramente deslocado para a esquerda.

Page 55: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Coração

• Em uma pessoa adulta, tem o tamanho aproximado de um punho fechado e pesa cerca de 400 gramas

• Apresenta quatro cavidades

– 2 superiores átrios

– 2 inferiores ventrículos

Page 56: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Coração: Válvulas

• O átrio direito comunica-se com o ventrículo direito através da válvula tricúspide

• O átrio esquerdo comunica-se com o ventrículo esquerdo através da válvula bicúspide ou mitral

Page 57: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Função das Válvulas Cardíacas

Tricúspide e Mitral

• Impedem que o sangue presente nos ventrículos retorne aos átrios

Semilunares

• Válvulas pulmonar e aórtica– impedem que o sangue que

saiu do coração retorne para dentro dele

Page 58: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Circulação Sanguínea

• Dois grandes circuitos circulação dupla– circulação pulmonar ou pequena circulação

• leva sangue aos pulmões para oxigená-lo

– circulação sistêmica ou grande circulação• leva sangue oxigenado a todas as células do

corpo

Ventrículo direito artéria pulmonar pulmões veias pulmonares átrio esquerdo

Ventrículo esquerdo artéria aorta sistemas corporais veias cavas átrio direito

Page 59: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Estrutura do Coração e Fluxo do Sangue pelas Câmaras e Válvulas Cardíacas

Guyton e Hall, 2006

Page 60: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Músculos Cardíacos• 3 tipos principais

– músculo atrial

– músculo ventricular

– fibras especializadas excitatórias e condutoras

Page 61: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Discos intercalares: Sincício Funcional

• Complexos juncionais encontrados na interface de células musculares adjacentes

Junções gap ou comunicantes permitem a transferência

direta da corrente iônica de uma célula para outra

Junqueira e Carneiro, 2004

Page 62: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Coração: Dois Sincícios Funcionais

• Atrial

– forma as paredes dos 2 átrios

• Ventricular

– forma as paredes dos ventrículos

• Átrios contraem pouco antes dos ventrículos

– importante para a eficiência do bombeamento cardíaco

Page 63: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Retículo Sarcoplasmático e Sistema T

• Não são tão bem organizados como no músculo esquelético– retículo sarcoplasmático não tão

desenvolvido e distribui-se irregularmente entre os miofilamentos

– túbulos T • associam-se apenas a uma expansão

lateral do retículo sarcoplasmático díades

• diâmetro 5 x maior que do músculo esquelético

• grande quantidade de mucopolissacarídeos com carga negativa que se ligam a íons cálcio

RS = retículo sarcoplasmáticot= túbulo Tm= mitocôndria

Cardiovasc Res 98(2):169-176, 2013.

Page 64: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Sistema de produção de energia

• Intenso metabolismo aeróbio mitocôndrias ocupam ~40% do volume citoplasmático

• Energia: derivada do metabolismo oxidativo de – ácidos graxos (maior parte)

– outros nutrientes

• glicose

• lactato

Junqueira e Carneiro, 2004

Page 65: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Coração: Sistema Elétrico

• Nódulo (ou nó) sinoatrial ou sinusal geração espontânea de potencial de ação

• Feixes internodais condução interatrial terminando no nódulo atrioventricular

– anterior: divide-se em dois ao atingir o septo interatrial

• um ramo dirige-se à parede do átrio esquerdo

• outro ramo apresenta um trajeto descendente, terminando no nódulo atrioventricular.

• Nódulo atrioventricular retarda o impulso vindo dos átrios

– reduzido número de junções comunicantes (gap)

• Feixe atrioventricular (feixe de His ou feixe de fibras de Purkinje)transmissão rápida e quase instantânea do impulso por todo o músculo ventricular

– fibras de maior calibre e com poucas miofibrilas

• pouca ou nenhuma contração durante a transmissão do impulso

– permeabilidade muito alta das junções comunicantes

• fluxo iônico é rapidamente transmitido de uma célula a outra

Page 66: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

• Capacidade de auto-excitação

• Controla a ritmo do coração

• Potencial de descarga de -55 a -60

mV

• Devido a baixa negatividade do

potencial em repouso canais

rápidos de sódio estão bloqueados

Potencial de ascenção mais lento do

que nos ventrículos.

Velocidade de transmissão

para o músculo do átrio é de

0.3 m/s

Nodo Sino atrial

Page 67: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Coração: Sistema Elétrico

Page 68: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Heart Excitation Related to ECG

Figure 18.17

Page 69: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Acoplamento Excitação-Contração

• Semelhante ao músculo esquelético, com algumas variações

• Fontes de Ca2+ para a contração– líquido extracelular (LEC) fonte externa

– túbulos T

– retículo sarcoplasmático (RS)

• Influxo de cálcio externo age como desencadeador da liberação de cálcio armazenado no RS

fonte interna

Page 70: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Isto permite entrada de grande quantidade de Na+ e Ca2+ nas fibras

miocárdicas

mantém o período de despolarização prolongado

redução da permeabilidade da membrana aos íons K+

impede o retorno rápido do potencial de ação para o nível basal

Longo Potencial de Ação e Platô

• Potencial de ação: originado pela abertura de canais de 2 tipos– canais de Na+ rápidos

– canais de Ca2+ lentos (canais de cálcio-sódio)

Platô

Page 71: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Retorno ao Potencial de Repouso da Membrana

• Fechamento dos canais de sódio-cálcio lentos– influxo de Ca2+ e Na+

cessa

• Aumento rápido da permeabilidade para saída de K+

– retorno imediato para o potencial de repouso

Page 72: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Potencial de Ação no Músculo cardíaco

Page 73: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

LEC

LIC

Page 74: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Ciclo Cardíaco

• Conjunto de eventos que ocorre entre o início de um batimento e o início do próximo batimento

• Consiste no período de relaxamento, chamado diástole, seguido pelo período de contração, chamado sístole

Page 75: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Ciclo Cardíaco

Page 76: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Frequência e Débito Cardíacos

• Frequência cardíaca: quantidade de ciclos ou batimentos por minuto

• Débito cardíaco: volume de sangue bombeado pelo coração por minuto

– aproximadamente 5 litros/minuto em um adulto em repouso • também chamado volume-minuto cardíaco

Page 77: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

REGULAÇÃO DA ATIVIDADECARDÍACA

Page 78: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

• Controle da Atividade Cardíaca

O controle da atividade

cardíaca se faz tanto de forma

intrínseca como também de

forma extrínseca.

Page 79: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

• Controle Intrínseco:

Ao receber maior volume de sangue proveniente do

retorno venoso, as fibras musculares cardíacas se

tornam mais distendidas devido ao maior enchimento

de suas câmaras.

Isso faz com que, ao se contraírem durante a sístole, o

façam com uma maior força.

Uma maior força de contração, consequentemente,

aumenta o volume de sangue ejetado a cada sístole

(Volume Sistólico).

Aumentando o volume sistólico aumenta também, como

consequência, o Débito Cardíaco (DC = VS x FC).

Page 80: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Outra forma de controle intrínseco:

Ao receber maior volume de sangue proveniente do retorno venoso,

as fibras musculares cardíacas se tornam mais distendidas devido ao

maior enchimento de suas câmaras, inclusive as fibras de Purkinje.

As fibras de Purkinje, mais distendidas, tornam-se mais excitáveis.

A maior excitabilidade das mesmas acaba acarretando uma maior

frequência de descarga rítmica na despolarização espontânea de tais

fibras.

Como consequência, um aumento na Frequência Cardíaca faz com

que ocorra também um aumento no Débito Cardíaco (DC = VS X FC).

Page 81: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Controle Extrínseco: SNA

• Além do controle intrínseco o coração também pode aumentar ou

reduzir sua atividade dependendo do grau de atividade do Sistema

Nervoso Autônomo (SNA).

• O Sistema Nervoso Autônomo, de forma automática e independendo

de nossa vontade consciente, exerce influência no funcionamento de

diversos tecidos do nosso corpo através dos mediadores químicos

liberados pelas terminações de seus 2 tipos de fibras: Simpáticas e

Parassimpáticas.

•As fibras simpáticas, na sua quase totalidade, liberam nor-

adrenalina. Ao mesmo tempo, fazendo também parte do Sistema

Nervoso Autônomo Simpático, a medula das glândulas Supra Renais

liberam uma considerável quantidade de adrenalina na circulação.

Page 82: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Controle Nervoso do Coração

• Eficácia do bombeamento cardíaco – controlada também pelos nervos simpáticos e parassimpáticos

(vagos)

Guyton e Hall, 2006

• Terminações adrenérgicas:

• liberam noradrenalina

Simpático

• Terminações colinérgicas:

• liberam acetilcolinaParassimpático

Page 83: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Controle Simpático do Coração

Estímulo

• frequência cardíaca

– de 70 batimentos/minuto (normal) para 180 a 200

• força de contração muscular ventricular até o dobro da normal

– volume de sangue bombeado

• débito cardíaco

Inibição

• Atividade deprimida abaixo do normal

– frequência cardíaca

– força de contração muscular ventricular

• do bombeamento cardíaco por até 30% abaixo do normal

– débito cardíaco

Page 84: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Controle Parassimpático (Vagal) do Coração

Estimulação normal

• frequência cardíaca

• leve da força de contração muscular ventricular

– bombeamento ventricular em até 50% ou mais

• débito cardíaco

Forte estimulação

• Forte estimulação pode

– chegar a parar os batimentos por alguns segundos

• coração se recupera e geralmente volta a bater entre 20 a 40 vezes/minuto

– força de contração miocárdica por 20-30%

Page 85: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Fatores que Alteram a Frequência Cardíaca

• Aumentam a frequência cardíaca– queda da pressão arterial– excitação– medo, raiva– dor, febre– hipóxia

• redução da disponibilidade de oxigênio nos tecidos

– exercícios físicos

• Diminuem a frequência cardíaca– aumento da pressão arterial– tristeza

Page 86: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Efeitos dos Estímulos Simpáticos e Parassimpáticos na Curva da Função Cardíaca

• Para qualquer pressão atrial inicial, o débito cardíaco – sobe durante os maiores

estímulos simpáticos

– cai durante estímulos parassimpáticos intensos

• Resultantes de variações em– frequência cardíaca

– força contrátil do coração

• ambas alteram em resposta ao estímulo nervoso

Guyton e Hall, 2006

Page 87: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

MÚSCULO LISO

Também denominado músculo visceral por ser constituinte das vísceras (sistemas urogenital e digestório) e dos vasos sanguíneos.

Page 88: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Músculo Liso

• Formado pela associação de células longas, mais espessas no centro e afilando-se nas extremidades, com núcleo único e central células fusiformes

Tamanho variado

– de 20 m na parede dos pequenos vasos sanguíneos até 500 m no útero grávido

Revestidas por lâmina basal e mantidas juntas por uma rede muito delicada de fibras reticulares– fibras amarram as células musculares lisas umas às outras

• contração simultânea de algumas se transforma na contração do músculo inteiro

Page 89: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Células Musculares Lisas

• Sarcolema contém depressões com aspecto e dimensões das vesículas de pinocitose cavéolas

– contêm íons Ca2+ que serão utilizados para o início do processo de contração• retículo sarcoplasmático pouco desenvolvido

– especialmente quando comparado com a musculatura estriada

Hypertension 48(5), 797-803, 2006

Page 90: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Células Musculares Lisas

Microscopia eletrônica de célula muscular lisa com filamentos

contráteis dispostos em diferentes planos. Cavéolas são apontadas

com a seta .

http://www.ufrgs.br/livrodehisto/pdfs/5Muscular.pdf

Page 91: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Células Musculares Lisas

• Junções comunicantes entre 2 células adjacentes– participam da transmissão do impulso de uma célula para outra

• Presença de corpos densos na membrana (principalmente) e no citoplasma– importante papel na contração muscular

Page 92: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Células Musculares Lisas

Eletromicrografia de corte longitudinal de fibras musculares lisas, mostrando

parte do núcleo, localizado centralmente (N). Mitocôndrias, ribossomos e

complexo de Golgi são abundantes na região perinuclear. O restante da fibra é

ocupado por filamentos grossos circundados pelos filamentos finos e corpos

densos (setas). Não há estrias transversais.http://www.columbia.edu/itc/hs/medical/sbpm_histology_old/lab/lab04_micrograph.html

Page 93: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Células Musculares Lisas

• As células musculares lisas podem se dividir reparo do tecido lesado e aumento de órgãos – Ex.: útero na gravidez

O útero é constituído por três camadas ou túnicas: perimétrio (externa),

miométrio (intermediária; musculatura lisa) e endométrio (interna).

Durante a gravidez, aumenta muito o número (hiperplasia) e o tamanho

(hipertrofia) das fibras musculares lisas do útero.

Page 94: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Células Musculares Lisas

• Ausência de sarcômero

– filamentos de actina estabilizados pela combinação com tropomiosina• ausência de troponina

– filamentos de miosina só se formam no momento da contração• miosina II

Figura adaptada de Nat Rev Mol Cell Biol 10: 778-790, 2009.

Page 95: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Células Musculares Lisas

Eletromicrografia de corte transversal dos filamentos

contráteis, permitindo observar os filamentos grossos

circundados pelos filamentos finos.

http://www.ufrgs.br/livrodehisto/pdfs/5Muscular.pdf

Page 96: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Acoplamento Excitação-Contração

1- Estímulo do sistema nervoso autônomo Ca2+ migram das cavéolas (LEC) para o sarcoplasma (LIC)

– não existe retículo sarcoplasmático ou ele é muito reduzido

2- Ca2+ combina-se com moléculas de calmodulina

3- Complexo calmodulina-Ca2+ ativa a enzima quinase da cadeia leve da miosina II

– fosforilação das moléculas de miosina II forma filamentosa

4- Sítios com atividade ATPásica descobertos combinam com a actina

– liberação de energia do ATP deformação da cabeça da miosina II deslizamento dos filamentos

Nat Rev Mol Cell Biol 10: 778-790, 2009.

Page 97: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Acoplamento Excitação-Contração

5- Actina e miosina II ligadas a filamentos intermediários do citoesqueleto (desmina e vimentina) que se prendem aos corpos densos do sarcolema contração da célula como um todo

Page 98: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Hormônios Sexuais Ativando/Inibindo a Quinase da Miosina II

Ativação

• Estrógeno combina-se com receptores que aumentam o teor sarcoplasmático de AMP-cíclico (cAMP) na musculatura uterina

– ativação da quinase da cadeia leve da miosina II fosforilação da miosina

• contração do músculo liso do útero

Inibição

• Progesterona combina-se com receptores que diminuem o teor sarcoplasmático de cAMP

– relaxamento do músculo liso do útero

Page 99: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Músculo Liso: Inervação

• Sistema nervoso periférico autônomo simpático e parassimpático controle involuntário– não exibe junções neuromusculares elaboradas (placas motoras)

• axônios formam dilatações entre as células musculares lisas

•Terminações adrenérgicas:

• liberam noradrenalinaSimpático

•Terminações colinérgicas:

• liberam acetilcolinaParassimpático

Graus de controle variável

Contração em ondas lentas

Contração e relaxamento muito rápidos

Page 100: Fisiologia da Contração Muscular - WordPress.com · 2018-03-27 · Fisiologia da Contração Muscular Profª Rosângela Batista de Vasconcelos. ... 3-A acetilcolina se liga a receptores

Bibliografia Principal

• ASCENSÃO, A.; MAGALHÃES, J.; OLIVEIRA, J.; DUARTE, J.; SOARES, J. Fisiologia da fadiga muscular. Delimitação conceptual, modelos de estudo e mecanismos de fadiga de origem central e periférica. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto 3(1): 108-123, 2003.

• GUYTON, A.C.; HALL, J.E. Tratado de Fisiologia Médica. 11ª ed. Rio de Janeiro, Ed. Elsevier, 2006.

• GUYTON, A. C. Fisiologia Humana. 6ª ed. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Koogan, 2008. 564 p.

• JUNQUEIRA, L.C.; CARNEIRO, J. Histologia Básica. Rio de Janeiro, Ed. Guanabara Koogan, 2004.

• SPOSITO, M.M.M. Toxina Botulínica do Tipo A: mecanismo de ação. Revista Acta Fisiátrica 16(1): 25-37, 2009.