Informativo Mensal IMC - 007

  • View
    216

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Informativo Mensal da Igreja Metodista Congregacional www.imcbh.com.br facebook.com/metodistacongregacional

Transcript

  • Maro de 2015 - Ano 01 / Nmero Informativo Mensal da Igreja Metodista Congregacional 07

    DIIMC REFLEXO

    H 30 anos o Ministrio Infantil trabalha na Igreja Metodista

    Congregacional. Vrias pessoas j se dedicaram ao longo deste

    tempo, abenoando tantos pequeninos. Aps 17 anos em ao

    na Igreja ... (continua na pgina 04).

    Abrao foi chamado para ser o pai de muitas naes e ter sua

    descendncia to numerosa quanto as estrelas do cu e a areia do

    mar (Gnesis 17.1-8). Para cumprir essa promessa e para que fosse

    estabelecido algo que firmasse essas ... (Continua na pgina 06).

    (pgina 03)

  • INFORMATIVO MENSAL DA IGREJA METODISTA CONGREGACIONAL02EDITORIAL ANIVERSRIOS

    Deus conosco na batalha!Glria a Cristo Jesus!

    Nesta edio, voc poder saber como foi o acampamento WAR Operao 5-20 montado como se fosse uma ao militar de preparao para a guerra, reunindo 180 jovens que tiveram suas vidas transformadas pelo amor e poder de Cristo. Voc poder conhecer a misso, os valores e o trabalho desenvolvido pelo Ministrio Infantil da Igreja Metodista Congregacional - DIIMC, que acredita na parceria slida da famlia e igreja para a formao de cristos comprometidos com o Reino de Deus, desde a infncia. E ainda, receber duas mensagens profundas que vieram de Deus e que com certeza vo transformar vidas, so elas: Circundai o vosso corao, texto de Thiago Resende e os Princpios que mobilizam uma Igreja em Clulas, pelo Pastor Joaquim.

    Glria ao Senhor Jesus por toda essa obra preciosa que Ele tem feito no nosso meio, usando crianas, jovens, idosos e at ancios, como o caso do Pr.Teixeira, que at aos 93 anos de idade esteve frente da Congregao no municpio de Sumidouro. Sem falar do ministrio de orao

    que esse homem de Deus realiza com muita f e compromisso. Glria a Deus pela boa obra que Jesus comeou em cada um de ns e fiel para termin-la (Filipenses 1:6). As guerras que travamos com nossa prpria carne, por santificao ou para realizar os projetos de Deus, muitas vezes so difceis, dolorosas e temos que enfrentar muitos inimigos, at mesmo dentro da nossa prpria casa (Mateus 10:36). Mas Deus disse ao povo de Israel para no temer os inimigos.No os temais, porque o Senhor vosso Deus o que peleja por vs (Deuteronmio 3.22).Essa palavra para ns tambm! Ele luta as batalhas conosco, fazendo-nos soldados com coraes circuncidados a Cristo Jesus, levando-nos a batalhar em clulas e/ou em todos os lugares que o nosso Senhor e Salvador nos enviar para falar do arrependimento dos pecados, da salvao e da vida eterna.Eu, s Eu, sou o Senhor, somente Eu posso salvar vocs. Fui Eu quem prometeu salv-los e, de fato, foi isso que fiz. E vocs so testemunhas de que no foi outro deus que fez isso. Eu sou Deus e sempre serei. Ningum pode escapar do meu poder e ningum pode desfazer o que eu fao. (Isaas 43:11-13).

    Graciete Ferreira

    Se voc usa o procedimento atravs de cheque, favor faz--lo nominal Igreja Metodista Congregacional. Se voc faz sua contribuio por meio de depsito bancrio, utilizeos dados a seguir:

    Igreja Metodista Congregacional CNPJ 20.858.080/0001-28Banco do Brasil / Agncia: 3068-6 / Conta: 44229-1Favor colocar o comprovante em um envelope de contri-buio e entreg-lo nos momentos de oferta ou encaminh--lo para o e-mail: financas@imcbh.com.br

    Parabns aos aniversariantes do ms.

    MARO

    01 Angela Rodrigues Soares 9177-2548

    02 Marcelo Cssio Mendes Lcio 9202-1750

    04 Raquel Soier nascimento 8527-6044

    04 Thales Eugnio Gonalves de Lima 9686-3972

    05 Ana Brbara de Oliveira Cruz 9769 -6368

    06 Rosangela de Andrade Teixeira 8881-0999

    07 Daniel Gonalves Rangel 9870-6639

    08 Erica Vieira Pujol Rodrigues Santos 8847-7144

    08 Fabio Lucio Canfora de Castro 9112-8771

    08 Niactor Pinheiro Pinto 8643-1769

    08 Reginaldo Dias Silva 9283-0760

    08 Telma de Arajo Campos Fortes 9821-4528

    09 Cristiane Galvo Afonso 8894-6861

    09 Liliane Virginia Silva Campos 9869-1432

    10 Gilberto Jorge Altman Costa 9603-4641

    10 Laine Campos Vieira Alves 8940-1099

    10 Marcia Moura Onofre de Morais 8425-2629

    11 Carlos Jose Fernandes 8497-5197

    12 Beatriz Rosa de Oliveira 9406-8078

    12 Maria da Graa O. Martins 8329-2001

    12 Meiremar Fonseca Duarte Souza 877-1161

    12 Wesley de Lima Barbosa 9106-8360

    13 Arthur Felipe Mota Barbosa 8797-2680

    13 Ivete Terezinha Ribeiro 3378-7046

    14 Elizabete Pinto dos Santos Oliveira 3484-0418

    14 Lucas Borges Lopes da Silva 3466-2216

    14 Mario Roberto Martins Figueiredo 9234-1176

    15 Mateus Lopes Silva 8732-5796

    16 Izabelle Lawar Schirner 9162-6856

    17 Thiago Dias Silva 9252-6833

    18 Andr Duarte S. Lucena 8623-6964

    19 Alessandra Vinte de Andrade Fonseca 8601-5013

    19 Leticia Cerqueira Nocito Boffano 8485-6048

    20 Antonio Victor Sollero Fernandes 8649-6671

    20 Marcia Maria Rodrigues Salum 8806-6490

    21 Eduardo de Oliveira 9615-3770

    24 Robson Reinaldo de Almeida 9315-8467

    27 Felipe Daibert Machado 8744-2121

    27 Rodrigo Otavio Santiago 3318-8402

    27 Rogerio Franco Guimaraes 8880-1131

    29 Nelson Cezar Silvestre Dias 8897-3025

    29 Silvana Borja Pinto 9981-2107

    31 Beatriz F. Borja Dutra Calvacanti 9466-0004

    31 Maria de Lourdes Costa Ambrosio 9331-5395

    31 Marisa Alves Leal 9216-4257

    Seu nome no est aqui? Ligue: (31) 3245-9009

    DZIMOS E OFERTAS

    O Informativo Mensal da IMC impresso com a Qualidade PROPARTNER.

    Faa voc tambm seu impresso conosco.

    (31) 3454-9008

    MISSOLevar e pregar o evangelho de Jesus Cristo a todas as pessoas (EVANGELIZAR); Ensinar a palavra de Deus a todos os alcanados (DIS-CIPULAR); Buscar, amar e praticar constante-mente os ensinos Bblicos, atravs da adorao, instruo, comunho, servio e proclamao (VIDA CRIST).

    VISOSer uma igreja edificada pelo Esprito Santo, evan-gelstica e em constante crescimento, cujos mem-bros sejam discpulos maduros do Senhor Jesus e discipuladores atuantes para a edificao do Cor-po de Cristo - especialmente atravs das Clulas.

    VISO DE CLULASTer 100% da igreja pastoreada por meio de Pe-quenos Grupos, sem esquecer que o pastoreio acontece, tambm, nos Cultos Pblicos e nas oportunidades de aconselhamento pelos pasto-res Atos 5:42.

    Coordenador Eclesistico: Pr. Ari Otavio Borja Pinto (31) 8321.1759pastoral@imcbh.com.brCoordenador Administrativo: Ronald Franco Guimares (31) 8316.4580admin@imcbh.com.brAo Social: acaosocial@imcbh.com.brComunicao: comunicar@imcbh.com.brConsolidao: consolidar@imcbh.com.brDIIMC: diimc@imcbh.com.br Finanas: financas@imcbh.com.brOrao: oracao@imcbh.com.brSecretaria: secretaria@imcbh.com.br

    COMUNICAO IMC: Fabiana Silva, Graciete Ferreira, Pedro Daibert de Navarro, Samuel Portugal e Thiago Rezen-de. Os contedo das propagandas so de inteira responsabilidade de seus anunciantes.

    www.imcbh.com.br

    IGREJA METODISTA CONGREGACIONAL

  • Princpios que mobilizam uma

    IGREJA EM CLULAS

    03RedePlug

    Em toda a Bblia ns encontramos profecias, valores e princpios considerados absolutos, que no mudam seja qual for o tempo, o lugar ou os ouvintes. Assim que, na nossa classe de Escatologia, do CFM - Centro de Formao Ministerial, independente de qualquer que seja a linha doutrinria, trs certezas e concordncias que balizam todas as escolas sero apresentadas:

    Haver ressurreio, de justos e injustos; Haver um arrebatamento, dos salvos em Cristo, para o encontro do Senhor nos ares; Haver um juzo final, onde os injustos, ou seja, aqueles que no receberam a Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas, comparecero diante do grande trono branco, diante do prprio Deus.

    Na mobilizao das Igrejas em Clulas tambm assim. Encontramos vrios princpios e valores que so essenciais e imprescindveis para o cumprimento da misso que o Senhor Jesus nos confiou. Dentre eles, queremos destacar os seguintes:

    1. TODA CASA UMA IGREJA, TODO CRENTE UM MINISTRO.

    possvel que, muitas vezes, encontremos razes de sobra para no nos tornarmos anfitries dedicados, e fazer da nossa casa um local de resgate e salvao para o pecador perdido. Mas, quanto segunda premissa todo crente um ministro um princpio inegocivel, do qual Deus no abre mo e espera a nossa resposta positiva.

    O sacerdcio de todos os crentes algo definitivamente ensinado na Bblia: Vs, porm, sois raa eleita, sacerdcio real, nao santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz 1 Pedro 2:9. E o apstolo no escreve para a tribo de Levi, a tribo sacerdotal. Muito menos escreve para o povo judeu. Pedro est falando a uma igreja gentlica, que, em outros tempos, nem povo era (2:10) e viviam fazendo a vontade dos gentios, tendo andado em dissolues, concupiscncias, borracheiras, orgias, bebedices e em detestveis idolatrias (4:3).

    E o que faz o sacerdote? Um sacerdote toca uma pessoa necessitada com uma mo, e toca o Senhor com a outra mo. Assim, torna-se um canal do Senhor Jesus para manifestar a Sua

    presena e atender o necessitado. isto o que precisamos fazer nas nossas Clulas.

    2. A FORMAO DO MINISTRO ACONTECE NAS CLULAS.

    Ou seja, um verdadeiro aprenda-fazendo. o que declara Ralph Neighbour, em um de seus artigos: o sacerdcio no ensinado; capturado. Foi o que aconteceu com o dicono e evangelista Filipe, em Atos 8: primeiro, pregando em Samaria, depois, obedecendo voz do Esprito, foi para o caminho do deserto, onde evangelizou um alto oficial da rainha dos etopes. Depois, mais uma vez sintonizado direo do Esprito Santo, veio a achar-se na cidade de Azoto, de onde partiu, pregando de cidade em cidade, at chegar a Cesareia.

    O treinamento ministrado pelo CFM uma ferram