USUCAPIÃO EXTRAJUDICIAL - .concordância expressa dos titulares de direitos reais e de outros direitos

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of USUCAPIÃO EXTRAJUDICIAL - .concordância expressa dos titulares de direitos reais e de outros...

1 Frum de Assuntos Extrajudiciais

USUCAPIO EXTRAJUDICIAL

Bianca Castellar de Faria

Novo Cdigo de Processo Civil (Lei 13.105/2015)

Vigncia 18/03/2016

Incluso do artigo 216-A na Lei 6.015/73

Usucapio extrajudicial

USUCAPIO EXTRAJUDICIAL

NO NOVIDADE:

Lei 11.977/09 (usucapio administrativo)

NO NOVA MODALIDADE:

apenas um meio alternativo

DESJUDICIALIZAO

Requisitos:

Posse: contnua, sem oposio, inteno de ser dono

Tempo: admite-se a soma de prazos CC, art. 1243

sucesso na posse (herdeiros)

acesso na posse (cessionrio)

Prazo (15, 10, 5 ou 2 anos)

Coisa Hbil: mveis, imveis e direitos

Vrios tipos de usucapio:

a) Cdigo Civil:

1) usucapio ordinrio/comum (art. 1242);

2) usucapio ordinrio habitacional (art. 1242, pargrafo

nico);

3) usucapio ordinrio pro labore ou usucapio

tabular (art. 1242, pargrafo nico);

4) usucapio extraordinrio (art. 1238);

5) usucapio extraordinrio habitacional (art. 1238,

pargrafo nico);

6) usucapio extraordinrio pro labore (art. 1238,

pargrafo nico);

7) usucapio familiar ou por abandono de lar (art. 1240-A)

b) Constituio Federal de 1988:

8) usucapio constitucional especial urbano (art. 183, da

CF e 1240, do Cdigo Civil);

9) usucapio constitucional especial rural (art. 191, da CF

e 1239, do Cdigo Civil);

c) Estatuto da Cidade (Lei 10.257/01):

10) usucapio especial urbano coletivo (art. 10 da Lei

Federal 10.257)

Elementos do Usucapio:

Posse (mansa, pacfica, ininterrupta e contnua) - SEMPRE

Animus domini (comportamento de dono) - SEMPRE

Justo ttulo (ex.: promessa de compra e venda)

Boa-f (desconhecimento de vcio impeditivo)

Requisitos especiais (moradia, funo econmica, ...)

Usucapio extraordinrio

CC, Art. 1.238. Aquele que, por quinze anos, sem interrupo, nem oposio,possuir como seu um imvel, adquire-lhe a propriedade,independentemente de ttulo e boa-f; podendo requerer ao juiz que assimo declare por sentena, a qual servir de ttulo para o registro no Cartrio deRegistro de Imveis.

Posse e animus domini

Prazo 15: anos

Usucapio extraordinrio habitacional ou pro labore

CC, Art. 1.238. Aquele que, por quinze anos, sem interrupo, nem oposio,possuir como seu um imvel, adquire-lhe a propriedade,independentemente de ttulo e boa-f; podendo requerer ao juiz que assimo declare por sentena, a qual servir de ttulo para o registro no Cartrio deRegistro de Imveis.

Pargrafo nico. O prazo estabelecido neste artigo reduzir-se- a dez anosse o possuidor houver estabelecido no imvel a sua moradia habitual, ounele realizado obras ou servios de carter produtivo.

Posse e animus domini

Requisitos especiais:

funo de moradia ou funo econmica

Prazo: 10 anos

Usucapio ordinrio

CC, Art. 1.242. Adquire tambm a propriedade do imvel aquele que,contnua e incontestadamente, com justo ttulo e boa-f, o possuir por dezanos.

Posse e animus domini

Justo ttulo e Boa-f

Prazo: 10 anos

Usucapio ordinrio habitacional, pro labore ou

tabular

CC, Art. 1.242.

Pargrafo nico. Ser de cinco anos o prazo previsto neste artigo se o imvelhouver sido adquirido, onerosamente, com base no registro constante dorespectivo cartrio, cancelada posteriormente, desde que os possuidoresnele tiverem estabelecido a sua moradia, ou realizado investimentos deinteresse social e econmico.

Posse e animus domini

Justo ttulo e Boa-f

Requisitos especiais:

prvio registro na matrcula

funo de moradia ou funo econmica

Prazo: 5 anos

Usucapio constitucional urbano

CF, Art. 183. Aquele que possuir como sua rea urbana de at duzentos ecinqenta metros quadrados, por cinco anos, ininterruptamente e semoposio, utilizando-a para sua moradia ou de sua famlia, adquirir-lhe- odomnio, desde que no seja proprietrio de outro imvel urbano ou rural.

CC, Art. 1.240. Mesmo texto

Posse e animus domini

Requisitos especiais:

rea at 250,00 m

funo de moradia

no ser proprietrio de outro imvel

Prazo: 5 anos

Usucapio constitucional rural

CF, Art. 191. Aquele que, no sendo proprietrio de imvel rural ou urbano,possua como seu, por cinco anos ininterruptos, sem oposio, rea de terra,em zona rural, no superior a cinqenta hectares, tornando-a produtiva porseu trabalho ou de sua famlia, tendo nela sua moradia, adquirir-lhe- apropriedade.

CC, Art. 1.239. Mesmo texto

Posse e animus domini

Requisitos especiais:

rea at 50 ha

funo de moradia e funo econmica

no ser proprietrio de outro imvel

Prazo: 5 anos

Usucapio coletivo

Lei 10.257/01, Art. 10. As reas urbanas com mais de duzentos e cinquentametros quadrados, ocupadas por populao de baixa renda para suamoradia, por cinco anos, ininterruptamente e sem oposio, onde no forpossvel identificar os terrenos ocupados por cada possuidor, so susceptveisde serem usucapidas coletivamente, desde que os possuidores no sejam

proprietrios de outro imvel urbano ou rural.

Posse e animus domini

Requisitos especiais:

superior a 250,00 m

populao de baixa renda

no ser proprietrio de outro imvel

Prazo: 5 anos

Usucapio familiar ou por abandono de lar

CC, Art. 1.240-A. Aquele que exercer, por 2 (dois) anos ininterruptamente esem oposio, posse direta, com exclusividade, sobre imvel urbano de at250m (duzentos e cinquenta metros quadrados) cuja propriedade dividacom ex-cnjuge ou ex-companheiro que abandonou o lar, utilizando-o parasua moradia ou de sua famlia, adquirir-lhe- o domnio integral, desde que

no seja proprietrio de outro imvel urbano ou rural.

Posse e animus domini

Requisitos especiais:

at 250,00 m

abandono de lar

no ser proprietrio de outro imvel

Prazo: 2 anos

PROCEDIMENTO

Regulamentao:

Circular 26/2016 CGJ/SC

Orientaes Colgio Notarial do Brasil/SC

Enunciados do Colgio Registral Imobilirio de SC

Minuta de Projeto do CNJ

Novo Cdigo de Processo Civil (Lei 13.105/2015)

Lei 6.015/73:

Art. 216-A. Sem prejuzo da via jurisdicional, admitido o

pedido de reconhecimento extrajudicial de usucapio, que

ser processado diretamente perante o cartrio do registro

de imveis da comarca em que estiver situado o imvel

usucapiendo, a requerimento do interessado, representado

por advogado, instrudo com:

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6015consolidado.htm#art216a

I - ata notarial lavrada pelo tabelio, atestando o tempo de

posse do requerente e seus antecessores, conforme o caso e

suas circunstncias;

II - planta e memorial descritivo assinado por profissional

legalmente habilitado, com prova de anotao de

responsabilidade tcnica no respectivo conselho de

fiscalizao profissional, e pelos titulares de direitos reais e de

outros direitos registrados ou averbados na matrcula do

imvel usucapiendo e na matrcula dos imveis confinantes;

III - certides negativas dos distribuidores da comarca da

situao do imvel e do domiclio do requerente;

IV - justo ttulo ou quaisquer outros documentos que

demonstrem a origem, a continuidade, a natureza e o tempo

da posse, tais como o pagamento dos impostos e das taxas

que incidirem sobre o imvel.

Minuta de Provimento CNJ:

Art. 6.

1. So exemplos de ttulos ou instrumentos a que se refere o

caput:

a) Compromisso de compra e venda,

b) Cesso de direitos e promessa de cesso;

c) Pr-contrato;

d) Proposta de compra;

Minuta de Provimento CNJ:

Art. 6, 1.

e) Reserva de lote ou outro instrumento no qual conste a

manifestao de vontade das partes, contendo a indicao

da frao ideal, do lote ou unidade, o preo, o modo de

pagamento e a promessa de contratar;

f) Procurao pblica com poderes de alienao para si ou

para outrem, especificando o imvel;

g) Escritura de cesso de direitos hereditrios especificando o

imvel;

h) Documentos judiciais de partilha, arrematao ou

adjudicao.

1o O pedido ser autuado pelo registrador, prorrogando-se o

prazo da prenotao at o acolhimento ou a rejeio do

pedido.

2o Se a planta no contiver a assinatura de qualquer um dos

titulares de direitos reais e de outros direitos registrados ou

averbados na matrcula do imvel usucapiendo e na matrcula

dos imveis confinantes, esse ser notificado pelo registrador

competente, pessoalmente ou pelo correio com aviso de

recebimento, para manifestar seu consentimento expresso em

15 (quinze) dias, interpretado o seu silncio como discordncia.

3o O oficial de registro de imveis dar cincia Unio, ao

Estado, ao Distrito Federal e ao Municpio, pessoalmente, por

intermdio do oficial de registro de ttulos e documentos, ou

pelo correio com aviso de recebimento, para que se

manifestem, em 15 (quinze) dias, sobre o pedido.

4o O oficial de registro de imveis promover a publicao de

edital em jornal de grande circulao, onde houver, para a

cincia de terceiros eventualmente interessados, que podero

se manifestar em 15 (quinze) dias.

5o Para a elucidao de qualquer ponto de dvida,

podero ser solicitadas ou reali