Aula de CItologia Oncótica sobre Citologia Hormonal

  • View
    78

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Aula de CItologia Oncótica sobre Citologia Hormonal

  • DISCIPLINA: CITOLOGIA ONCTICA

    Profa. Ms. Bruna Rocha de Souza

    CITOLOGIA HORMONAL

  • Apesar das limitaes eficiente em estabelecer as condies

    hormonais de uma paciente

    Atualmente avaliaes nas funes ovricas e distrbios

    endcrinos so realizados por anlises bioqumicas como por

    exemplo do estrognio e progesterona

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Citologia Hormonal

  • Fundamenta-se no fato do epitlio estratificado pavimentoso

    no queratinizado ser provido de receptores hormonais que

    controlam a maturao e a diferenciao celular

    Epitlio sofre alteraes que depende da secreo de

    hormnios ovricos como estrognio e progesterona

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Citologia Hormonal

  • Ao est relacionada com o controle da ovulao e com o

    desenvolvimento de caractersticas femininas

    Induzem a maturao epitelial levando a predominncia

    das clulas superficiais maduras nos esfregaos

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Estrognio

  • Inibe o processo de maturao

    Sendo assim ausncia de estrognio e hormnios

    relacionados leva a do nvel de maturao do epitlio

    escamoso (atrofia)

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Progesterona

  • Alm de estabelecer a condio hormonal feminina vlido

    tambm:

    avaliar funo ovrica normal e patolgica na puberdade

    estimar o tempo da ovulao

    auxiliar na seleo de terapia hormonal

    acompanhar resultados de tratamentos hormonais

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Aplicaes da Citologia Hormonal

  • Promove alteraes mensais nas taxas de secreo dos

    hormnios femininos

    Alteraes hormonais produzem mudanas nos ovrios

    durantes os anos reprodutivos normais

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Ciclo Menstrual Mensal

  • Este processo regulado primeiramente:

    Hipotlamo, mediante secreo de GnRH

    (hormnio liberador de gonadotrofina)

    Hipfise anterior, secretando FSH (hormnio folculo

    estimulante) e LH (hormnio luteinizante)

    Ovrios que secreta estrgeno e progesterona

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Ciclo Menstrual Mensal

  • AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

  • AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

  • GnRH: principal mediador do processo reprodutivo

    Atua sobre a hipfise anterior agindo com receptores de

    clulas produtoras de FSH e LH

    Estes so liberados na circulao sistmica de modo que

    alcancem os ovrios

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Ciclo Menstrual Mensal

  • FSH: estimula proliferao das cls foliculares ovarianas

    Estimula secreo de estrognio, fundamental para a

    produo dos folculos

    Atua em conjunto com o LH

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Ciclo Menstrual Mensal

  • LH: estimula produo de progesterona a partir do corpo

    lteo

    A progesterona prepara o tero para a implantao do

    embrio se houver fecundao o embrio produz

    gonadotrofina corinica, que mantm o corpo lteo caso

    contrrio este se degenera, ocorrendo a menstruao

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Ciclo Menstrual Mensal

  • Corpo lteo se desenvolve de forma cclica

    uma "cicatriz derivada do o folculo cresceu, amadureceu e

    se rompeu para a sada do vulo do ovrio

    Essa cicatriz torna-se uma glndula pequena temporria

    secretria conhecida como corpo lteo ou corpo amarelo

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

  • Ovcito no fertilizado Corpo lteo involui e degenera

    Menopausa / Anestro suspenso permanente da liberao

    de gametas

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

  • Ovrios: rgo central do sistema reprodutor feminino e tem

    duas funes principais:

    produo de cls reprodutoras ou gametas

    secreo de hormnios

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Ciclo Menstrual Mensal

  • Os anos reprodutivos normais da mulher caracterizam-se por

    mudanas cclicas mensais nas taxas de secreo dos

    hormnios

    Este padro rtmico denominado ciclo sexual mensal

    feminino ou ciclo menstrual

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Ciclo Menstrual Mensal

  • Dura em media 28 dias podendo ter variaes (20 a 45 dias)

    Tais eventos culminam:

    Na liberao de um vulo a cada ms

    Endomtrio uterino preparado para a implantao do

    embrio

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Ciclo Menstrual Mensal

  • A avaliao dos aspectos citolgicos de uma menina pode ser

    indicada em casos de infeces vaginais ou distrbios

    hormonais (puberdade precoce)

    Representado quase exclusivamente por cls epiteliais

    escamosas do tipo parabasais

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Infncia

  • Puberdade incio da fase adulta

    Aumento de secreo de hormnios gonadotrficos pela

    hipfise anterior (aprox. aos 8 anos) culminando com o incio

    da menstruao (entre 11 e 16 anos)

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Pr-Puberdade

  • Perodo de estabilizao dos ciclos menstruais no qual o

    epitlio vaginal estar sob a ao do estrognio e da

    progesterona

    Perodo reprodutivo da mulher

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Menacme (perodo frtil)

  • Esfregaos vaginais contm:

    Cls epiteliais (principalmente intermedirias)

    Hemcias, leuccitos

    Cls glandulares endometriais

    Raras clulas endocervicais

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Fase Menstrual (1 ao 5 dia do ciclo)

  • Ainda h predomnio de cls intermedirias (decorrncias do

    efeito da progesterona do ciclo anterior)

    Com do estrognio h tambm progressiva de cls

    escamosas superficiais

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Fase Estrognica Inicial (6 ao 12 dia)

  • Observa-se raras hemcias e diminuio de leuccitos

    Cls endometriais ainda podem ser observadas (at o 12

    dia)

    O muco pode aparecer no esfregao, desaparecendo antes da

    ovulao

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Fase Estrognica Inicial (6 ao 12 dia)

  • Observa-se de cls escamosas superficiais isoladas, de

    formato achatado e ncleo picntico

    Do 6 ao 13 dia as cls glandulares endocervicais apresentam

    citoplasma basfilo e ncleo central

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Fase Pr-Ovulatria (12 e 13 dia)

  • Pico de LH e estrognio, pico de cls superficiais achatadas,

    eosinoflicas, com ncleo picntico (pico de maturidade

    celular)

    Cls glandulares endocervicais so grandes

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Fase Ovulatria (14 e 15 dia)

  • Reduo progressiva de cls epiteliais em razo da ao da

    progesterona

    Lactobacilos em abundncia que podem causar citlise das

    cls intermediria

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Fase Progestacional (16 e 28 dia)

  • Fase de limites imprecisos na vida feminina, compreende a

    transio do perodo reprodutivo para o no reprodutivo

    Menopausa, tem data para comear: a da ltima

    menstruao da vida

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Climatrio

  • AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

  • Dos 40 e 50 anos de idade, o ciclo sexual geralmente torna-se

    irregular e a ovulao muitas vezes no ocorre

    A menopausa descrita como o decrscimo na produo de

    hormnios esterides

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Menopausa

  • Trs padres citolgicos podem ser observados:

    Com a na secreo de estrognio ocorre a inibio da

    maturao das cls escamosas

    No incio: predominam cls escamosas intermedirias,

    podendo ter surgir algumas superficiais

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Menopausa

  • Com o tempo (meses at anos): h queda progressiva da

    atividade estrognica

    Predomnio de cls escamosas intermedirias associada a

    presena de cls escamosas parabasais

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Menopausa

  • Por fim: observa-se a presena do epitlio com a ausncia de

    maturao

    Predomnio de cls escamosas parabasais indicando

    baixssima produo estrognica

    AO HORMONAL NO APARELHO GENITAL FEMININO

    Menopausa