Perspectivas da web semântica para a biblioteconomia

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Trabalho apresentado no XXXIII ENEBD

Text of Perspectivas da web semântica para a biblioteconomia

  • 1. PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA Autora: NAIRA MICHELLE ALVES PEREIRA Graduanda do Curso de Biblioteconomia da UFC, Campus Cariri [email_address] Co-autoras: JORGIVNIA LOPES BRITO Graduada em Biblioteconomia pela UFC, Campus Cariri [email_address] PATRCIA MARIA DA SILVA Mestre em Cincia da Informao pela Universidade Federal da Paraba (UFPB), Especialista em Gesto Estratgica em Sistemas de Informao pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Professora Assistente dos Cursos de Biblioteconomia e Arquivologia da Universidade Federal da Paraba (UFPB). [email_address]
  • 2. AGENDA:
    • INTRODUO;
    • WEB SEMNTICA;
    • - Arquitetura e Elementos da Web Semntica
    • OS CONHECIMENTOS DA BIBLIOTECONOMIA E SUAS TENDNCIAS DE EVOLUO PARA A WEB; SEMNTICA;
    • - Metadados
    • - Dublin Core
    • CONSIDERAES FINAIS;
    • REFERNCIAS
    PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA
  • 3. INTRODUO
    • Analisando esse universo da Web Semntica, procura-se atravs de uma pesquisa exploratria com abordagem bibliogrfica analisar os avanos obtidos pela comunidade cientfica das tcnicas tradicionais da Biblioteconomia como indexao e catalogao, mostrando suas tendncias de evoluo para essa nova gerao da Web.
    PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA
  • 4. INTRODUO
    • Percebe-se, portanto, que apesar das tecnologias de informao e comunicao modificarem a concepo de organizao, tratamento e acesso s informaes, a essncia do tratamento da informao vem de mtodos tradicionais j estabelecidos na rea da Biblioteconomia (ALVES, 2005, p. 111).
    PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA
  • 5. WEB SEMNTICA
    • A busca de solues para este problema est na proposta de Berners-Lee,o criador da web, para uma nova gerao da web, denominada Web Semntica (ROCHA, 2004, p. 117) que se desenvolve para que as informaes possam ser compreendidas por mquinas, na forma de agentes computacionais que so capazes de operar eficientemente sobre as informaes incorporando semntica a elas. (PINHEIRO, 2009).
    PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA
  • 6. WEB SEMNTICA
    • Seu idealizador, Berners-Lee, aponta que A Web Semntica no uma Web separada, mas uma extenso da Web atual na qual as informaes apresentam significados bem definidos e permite que computadores e pessoas possam trabalhar em cooperao (BERNERS-LEE, HENDLER, LASSILA, 2001 apud ALVES, 2005, p. 27).
    PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA
  • 7. PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA Fonte: Morato, J. et al. (2008 apud CARVALHO, 2009, p. 131). Web 2.0 Web Semntica Origem Evoluo natural da Web Proposta de Berners-Lee para revolucionar a Web. Implantao Muito alta Escassa Coordenao No existe W3C Foco Pessoas Mquinas Primeiras menes 2003 1999 Expresso Linguagem livre, expressado mediante folksonomias, palavras-chave denominadas tags, com problemas de sinonmia e polissemia. Linguagem controlada, mediante linguagem de expresso de ontologias, sistema de organizao do conhecimento e vocabulrios de metadados. Algumas Caractersticas - Descrio de recursos para melhorar sua distribuio gratuita - Arquitetura de colaborao - Usabilidade alta - Um recurso mais til quanto mais uso tem - Utilizao de uma linguagem padronizada com sintaxe uniforme e semntica no ambgua. - Interoperabilidade: troca de informao entre qualquer repositrio. - Usabilidade escassa.
  • 8. ARQUITETURA E ELEMENTOS DA WEB SEMNTICA
    • camada esquema , responsvel por estruturar os dados e definir seu significado para que possa elaborar raciocnio lgico;
    • camada ontolgica , objetiva definir padres e relaes entre os dados. E;
    • camada lgica , composta por um conjunto de regras de inferncia para que os agentes possam utiliz-las com o objetivo de relacionar e processar informaes.
    PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA
  • 9. OS CONHECIMENTOS DA BIBLIOTECONOMIA E SUAS TENDNCIAS DE EVOLUO PARA A WEB SEMNTICA PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA Fonte: OLIVEIRA, Rosa Maria Vivona Bertolini. Web Semntica: Novo desafio para os profissionais da Informao. Conhecimentos da Biblioteconomia Necessrios na Web Semntica Evoluo para Estgio Representao descrita de documentos (objetos) descrio de documentos (objetos) - catalogao formato e padro MARC e AACR - metadado Dublin Core ENCODEA (EAD) Computer Interchange of Museum Information (CIMI) ... SIM MARC no XML, DUBLINCORE + XML + RDF Schema Solues encontradas Representao temtica de documentos (objetos) Linguagem - Vocabulrio especficos (descritores, palavras-chave) - Sistemas de classificao (CDD, CDV, LC...) SIM LINGUAGEM NATURAL TESAURO universal; Categorias de Ranganatham? + LINGUAGEM CONTROLADA Em pesquisa
  • 10. OS CONHECIMENTOS DA BIBLIOTECONOMIA E SUAS TENDNCIAS DE EVOLUO PARA A WEB SEMNTICA
    • Dentre esses destaca-se o Dublin Core por j ter solues que um conjunto de elementos de dados bsicos para descrio e indexao de pginas Web. Definido por especialistas de diversos pases, [...] sendo usado como base para vrios projetos de indexao. (CENDN, 2007, p. 296-297).
    PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA
  • 11. METADADOS
    • Metadados [...] podem ser considerados como dados sobre outros dados. o termo da era da internet para a informao que os bibliotecrios, tradicionalmente, colocaram em catlogos e que se refere comumente informao descritiva sobre recursos da Web. Um registro metadados consiste em um conjunto de atributos, ou elementos, necessrios para descrever o recurso em questo.
    PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA
  • 12. METADADOS PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA Embora o conceito seja bastante novo, bibliotecrios esto h sculos produzindo e padronizando metadados, medida que extraem de documentos (que seriam os dados) informaes de indexao e catalogao (que seriam os metadados), para oferecer aos usurios caminhos, para que estes possam buscar os documentos de que necessitarem. Na Biblioteconomia, o padro MARC (www.loc.gov/marc) um exemplo de esquema de metadados. Estes metadados indicam propriedades do documento, como seu autor, sua data de publicao, seu ttulo, seu assunto, e tm como finalidade permitir a descoberta e a localizao destes documentos.(MILSTEAD;FELDMAN,1999 apud ROCHA, 2004, p. 114).
  • 13. METADADOS
    • Portanto, seja qual for o nome que se use, catalogao, indexao ou metadados, o conceito familiar para profissionais de informao. Agora o mundo eletrnico finalmente o descobriu. (MILSTEAD; FELDMAN, 1999 apud ALVES, 2005, p. 116). Pois apesar dessas tecnologias terem modificado a forma de representao da informao e seu acesso, a essncia do tratamento da informao vem de mtodos tradicionais j estabelecidos na Biblioteconomia. (ALVES, 2005).
    PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA
  • 14. METADADOS
    • DIF ( Directory Interchange Format Formatos para Intercmbio de Diretrios) padro para criar entradas de diretrios que descrevem um grupo de dados;
    • GILS (Government Information Locator Service Servio de Localizao de Informao de Governo) usado para descrever informaes governamentais;
    • FGDC (Federal Data Geographic Committee Comit Geogrfico de Dados Federais) usado na descrio de dados geoespaciais;
    PERSPECTIVAS DA WEB SEMNTICA PARA A BIBLIOTECONOMIA
  • 15. METADADOS
    • CIMI (Consortium for the Interchange of Museum Information - Consrcio para o Intercmbio da Informao dos Museus) que descreve informaes sobre museus;
    • MTD-BR (Padro Brasileiro de Metadados de Teses e Dissertaes) utilizado para descrever eletronicamente os metadados de teses e d