43984959 Apostila Contabilidade Gerencial Prof Lorentz

  • View
    167

  • Download
    12

Embed Size (px)

Text of 43984959 Apostila Contabilidade Gerencial Prof Lorentz

Contabilidade GerencialFrancisco Lorentz, Msclorentz@unisuam.edu.br

.

UniSUAM Cincias Contbeis 2010/2

Contabilidade Gerencial

2Prof Francisco Lorentz

IntroduoObjetivos do Curso Ao final dessa disciplina, o aluno deve estar apto a: Utilizar a Contabilidade de Custos como instrumento para fins gerenciais; Propiciar o uso inteligente da informao contbil pelo gerente, visando suportar adequadamente a tomada de deciso. Referncias para Estudo _MARTINS, Eliseu. Contabilidade de Custos. 9a ed. So Paulo: Atlas, 2006 _HORNGREN, Charles T., Introduo Contabilidade Gerencial. Ed. Prentice Hall do Brasil, 1985 _ANTHONY, Robert N. Contabilidade Gerencial. So Paulo: Atlas _GARRISON, Ray H., NOREEN, Eric W. Contabilidade Gerencial. Rio de Janeiro: LTC, 2002 _JIAMBALVO, James. Contabilidade Gerencial. So Paulo: LTC, 2002 _Outros textos e exerccios indicados pelo professor _Material Instrucional: slides / transparncias _Seus apontamentos de sala de aula _Exerccios e exemplos trabalhados durante o Curso

lorentz@unisuam.edu.br

Contabilidade Gerencial1 INTRODUO

3Prof Francisco Lorentz

A Contabilidade , objetivamente, um sistema de informao e avaliao destinado a prover seus usurios com demonstraes e anlises de natureza econmica, financeira e de produtividade, com relao entidade objeto de contabilizao. Atualmente, num cenrio de extrema competitividade, a contabilidade de custos tem como objetivo atender a duas mais recentes e, provavelmente, mais importantes tarefas: auxiliar a administrao das empresas no controle de seus gastos internos e propiciar uma srie de informaes para a tomada de deciso quanto a preos, corte de produtos, adoo de novas linhas de produo, fabricao interna, compra de determinados componentes etc. A Contabilidade como cincia da informao divide-se nas seguintes reas de estudo: Contabilidade Gerencial e Contabilidade Financeira. A Contabilidade Financeira surgiu com o desenvolvimento do comrcio e predominou na Era Mercantilista, pois era estruturada para atender os interesses das empresas comerciais, que, por serem constitudas por atividades simples apenas com produtos acabados, no apresentavam complexidade na avaliao dos custos e apurao do resultado. Seu objetivo fundamental o controle do patrimnio da empresa e suas variaes, que so resultantes da apurao do Resultado das atividades mercantis (lucro ou prejuzo). Contabilidade Financeira se concentra nos demonstrativos dirigidos ao pblico externo (acionistas, credores etc.), que so guiados pelos Princpios Fundamentais de Contbeis. Aps a Revoluo Industrial (sc. XVIII) surgiram dificuldades na apurao monetria dos estoques e do resultado, j que as atividades se tornaram mais complexas, envolvendo custos de matria-prima, mode-obra e gastos gerais de fabricao. Alm disso, desenvolveram-se o Mercado de Capitais e o Imposto de Renda, que exigiam um critrio fundamental para comparao de demonstraes contbeis e apurao de resultado tributvel.Revoluo Industrial Sc. XVIII

ARTESES

COMRCIO

CONSUMIDOR

INDSTRIAS

COMRCIO

CONSUMIDOR

A Contabilidade Financeira no era suficiente para resolver tais problemas, surgindo a Contabilidade de Custos, primeiramente utilizada apenas com fins de mensurao monetria de estoques e resultado. Porm, o mercado est em constante evoluo e o crescimento das empresas originou novas necessidades. A Contabilidade de Custos e seus mtodos de custeio so utilizados agora como instrumento importante do planejamento estratgico das empresas. Mudando o ambiente e a estrutura dos negcios, as informaes fornecidas para a tomada de decises devem mudar tambm. A competitividade tem exigido das empresas a busca contnua em aprimorar a qualidade em todos os processos e atividades que executam, buscando obter a aceitao dos seus produtos e/ou servios e alcanar a permanncia no mercado que atuam. Um dos aspectos primordiais para alcanar esta permanncia a formao do preo de venda dos produtos e servios que oferece ao mercado. As variveis que interferem no preo de venda so to numerosas e de intensidade diversa que nem sempre sero as mesmas nas empresas que exploram ramos de atividades similares. A interao sistmica com as reas que mantm relacionamentos diretos e indiretos exige que este preo de venda sofra influncias que no permitiro s empresas o estabelecimento daquele preo que pretendem, diante da lucratividade que gostariam de obter. Conhecendo a estrutura do preo de venda, um dos elementos participantes desta estrutura que se destaca na atualidade o custo. Dependendo do mtodo utilizado para determinao do custo do produto e do servio, a taxa de marcao mark-up - que tem o objetivo de facilitar e criar uma rotina para os procedimentos de identificao do preo de venda ter diferentes valores. Como o elemento custo um dos principais na formao do preo de venda e, quando se pretende gerenci-lo para determinados objetivos da empresa, tais como: aumentar preo de venda, diminuir algum componente deste custo, estabelecer objetivos de custo-meta ou at de preo-meta, entre outros, a anlise dos componentes deste custo passa a ser tambm procedimento primordial. Para que esta anlise seja eficiente e contribua para o melhor gerenciamento dos custos e na definio do preo de venda que atenda as polticas, estratgias e objetivos traados pela empresa, poder serlorentz@unisuam.edu.br

Contabilidade Gerencial

4Prof Francisco Lorentz

necessria a unio das virtudes apresentadas por todos os mtodos de custeio, notadamente quando se compara o custo padro estabelecido e aqueles efetivamente ocorridos, juntamente com a anlise de valor apregoada pelo Activity-Based Costing (ABC). A Contabilidade Gerencial o ramo da Contabilidade que tem por objetivo fornecer instrumentos aos administradores de empresas que os auxiliem em suas funes gerenciais. A Contabilidade de Custos, cuja funo inicial era fornecer elementos para avaliao dos estoques e apurao do resultado, passou, nas ltimas dcadas, a prestar duas funes muito importantes na Contabilidade Gerencial: a utilizao dos dados de custos para auxlio ao controle e tomada de decises. No que diz respeito funo administrativa de controle, a Contabilidade de Custos fornece informaes para o estabelecimento de padres, oramentos ou previses e, a seguir, acompanhar o efetivamente acontecido com os valores previstos. Com relao utilizao dos dados da Contabilidade de Custos para a tomada de decises, estes podem ser muito teis para o administrador pesar as conseqncias de medidas, tais como: se a capacidade de produo da fbrica insuficiente para atender todos os pedidos dos clientes, qual produto ou linha de produtos deve ser cortado? como fixar o preo de venda de um produto? deve-se continuar comprando matrias-primas de terceiros ou interessa fabric-las na empresa ? A Contabilidade Gerencial mensura e relata informaes financeiras, bem como outros tipos de informaes, que ajudam aos gerentes atingir as metas da organizao. Contabilidade Financeira x Contabilidade Gerencial Fator Usurios dos relatrios Objetivo dos relatrios Contabilidade Financeira Atende aos usurios internos e externos Facilitar a anlise financeira para as necessidades dos usurios externos Atende s formalidades Leis, Princpios Contbeis (Balano Patrimonial, DOAR, DMPL etc.) Anual, trimestral e ocasionalmente mensal Primariamente histricos (passados) Moeda corrente (Real) Contabilidade Gerencial Atende somente aos usurios internos Objetivo especial de facilitar o planejamento, controle, avaliao de desempenho e tomada de deciso internamente Oramentos, contabilidade por responsabilidade, relatrios de desempenho, relatrios de custo etc. Quando necessrio pela administrao Histricos e esperados (futuros) Vrias bases (moeda corrente, dlar etc) Orientada para o futuro, facilitando o planejamento, controle e avaliao de desempenho antes do fato (para impor metas), acoplada com uma orientao histrica para avaliar resultados reais.

Forma dos relatrios Freqncia dos relatrios Custos ou valores utilizados Bases de mensurao usadas para quantificar os dados Perspectivas dos relatrios

Orientao histrica

A Contabilidade Financeira, como vimos, est limitada pelos princpios fundamentais de contabilidade. Estes princpios restringem as regras de reconhecimento da receita e mensurao de custo e tambm os tipos de itens que so classificados como ativos, passivos e patrimnio lquido no balano patrimonial. Ao contrrio, a Contabilidade Gerencial no est restrita queles princpios contbeis. Por exemplo, uma companhia de produtos de consumo pode apresentar um valor estimado especfico de uma marca (a marca NIKE) nos seus relatrios financeiros internos para os gerentes de marketing, embora isto no esteja de acordo com os princpios fundamentais de contabilidade. A Contabilidade Gerencial no se destina exclusivamente aos usurios internos da empresa. Os gestores esto cada vez mais compartilhando a informao contbil com os usurios externos, como fornecedores e clientes. A tarefa principal dos gestores o gerenciamento de custos. Utiliza-se o gerenciamento de custos para descrever as aes que os gerentes tomam com o intuito de satisfazer os clientes enquanto continuamente reduzem e controlam custos.lorentz@unisuam.edu.br

Contabilidade Gerencial

5Prof Francisco Lorentz

Um importante componente do gerenciamento de custo o reconhecimento de que decises tomadas hoje muitas das vezes comprometero a organizao na incorrncia de custos subseqentes. Consideremos os custos de disponibilizao de materiais numa fbrica. Decises acerca do layout da fbrica e a extenso dos movimentos fsicos dos materiais requisitados pela produo so tomadas tipicamente antes do incio da produo. Estas decises influenciam o custo de disponibilizao de materiais assim que a produo comea. Os gestores em todo o mundo esto cada vez mais conscientes da importncia da qualidade e convenincia dos produtos