A2 Videoaula Online LTR2 Fonetica e Fonologia Tema 6 Impressao

  • View
    4

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

slide fonologia 6

Text of A2 Videoaula Online LTR2 Fonetica e Fonologia Tema 6 Impressao

  • 01/11/2013

    1

    Profa. Ma. Rosemeire Farias

    Fontica e Fonologia

    Tema 6: O sistema consonantal daLngua Portuguesa

    Os sons consonantais

    O ar expelido dos pulmes encontra

    obstculos sua passagem (lngua, dentes,

    lbios).

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    O Estado da Glote

    Outro aspecto importante: o estado da glotedurante a produo de consoantes.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    A glote o espao entreos msculos estriados quepodem ou no obstruir apassagem de ar dospulmes para a faringe.

  • 01/11/2013

    2

    Estes msculos so chamados de

    cordas vocais.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Vozeado ou Desvozeado

    O estado da glote pode ser vozeado ousonoro.

    Vozeado: som produzido com as cordasvocais fechadas, no havendo vibrao.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Desvozeado ou surdo: som produzido

    com as cordas vocais abertas e no h

    vibrao.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

  • 01/11/2013

    3

    Exemplos:

    Colocar a sua mo contra a parte centralanterior ao pescoo e observe a vibrao(ou no) das cordas vocais na produo dossons v e f.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Durante a produo do v h vibrao e

    durante a produo do f a vibrao no

    ocorre.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    A posio do vu palatino Determinar o segmento oral e o segmento

    nasal.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Se a vula, localizada no final do vu palatino ou

    palato mole, estiver levantada, teremos: o ar no acessar a cavidade

    nasal e no haver ressonncia nesta

    cavidade (som oral).

  • 01/11/2013

    4

    Continuando...

    Se a vula esteja abaixada, o ar penetra nacavidade nasal havendo ali umaressonncia.

    Temos, ento, um som nasal. Exemplo:

    Exemplo: pronunciar a vogal a

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Os articuladores passivos e ativos

    Tambm so importantes na descrioarticulatria dos segmentos consonantais.

    Os articuladores ativos tm a propriedadede movimentar-se, modificam aconfigurao do trato vocal.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

  • 01/11/2013

    5

    Lembrando

    Os articuladores ativos: o lbio inferior, alngua, o vu palatino e as cordas vocais.

    Eles so denominados articuladores ativosporque tem papel ativo na articulaoconsonantal.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Os articuladores passivos

    Esto localizados na mandbula superior e composto pelo lbio superior, pelos dentessuperiores e pelo cu da boca (alvolos,palato duro, vu palatino e vula.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    So passivos, porque no se movimentam,somente recebem movimentao dosarticuladores ativos.

    Exemplo: Bilabiais[p] [b] [m].

    O articulador ativo o lbioinferior e o articuladorpassivo, o lbio superior(p, boa, m).

    rea de segurana para intrprete de Libras.

  • 01/11/2013

    6

    Consoante o fonema produzido graas aosobstculos que impedem a livre passagemda corrente expiratria.

    Exemplos:/p/, /b/, /t/, /d/, /k/, /g/, /f/, /v/, /s/.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Classificao das Consoantes

    Critrios de classificao das consoantes:1. O papel das cavidades bucal e nasal.2. O papel das cordas vocais.3. O modo de articulao.4. O ponto de articulao.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Quanto ao papel das cavidades bucal enasal, observe as consoantes destacadas napalavra a seguir:

    Lata: na produo do /l/ e do /t/ a correnteexpiratria passa pela cavidade bucal.

    Essas consoantes so orais.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

  • 01/11/2013

    7

    Continuando...

    J na palavra animao o /n/ e o /m/ sonasais, soma-se a estes o nh.

    So consoantes, pois a corrente de ar passapelas fossas nasais.

    So nasais rea de segurana para intrprete de Libras.

    Papel das Cordas Vocais na Produo dos Sons

    Na produo dos fonemas, as cordas vocaispodem vibrar ou no.

    Par [par] dar [dar] Na produo do /p/

    as cordas vocais novibram.

    Temos uma consoante surda.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Continuando...

    Na produo do /d/, h vibrao dascordas vocais.

    Assim, temos a consoante sonora.

    Quanto ao papel das cordas vocais, as

    consoantes podem ser: surdas e sonoras.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

  • 01/11/2013

    8

    Fricativas: o ar produz um rudo defrico, que o caso do /f/ e /v/.

    Laterais: o ar escapa pelos dois lados dacavidade bucal. Ex.: /l/ e /lh/.

    Vibrantes: a correntede ar faz vibrar a lnguaou o vu palatino:

    Ex: /r/ caro e /R/ carro.rea de segurana para

    intrprete de Libras.

    Questes importantes

    Quanto ao Modo de Articulao

    Oclusivas Ocorre uma ocluso num determinado

    momento da articulao.

    o que acontece quandose produz as consoantes:

    /b/,/d/,/g/,/p/,/t/,/k/. rea de segurana para intrprete de Libras.

  • 01/11/2013

    9

    Constritivas: ocorre uma compresso,uma constrio em determinado momentoda articulao dessas consoantes.

    As constritivas recebem nomes especiais,

    segundo o modo como ocorre o escape do ar:

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    O estado da glote pode ser vozeado ousonoro.

    Como o estado vozeado?

    Como o estado desvozeado ou surdo?

    Faca Vaca

  • 01/11/2013

    10

    Exerccio: ponto de articulao

    Bilabial Labiodental Dental Alveolar Alvolo palatal Palatal Velar Glotal rea de segurana para

    intrprete de Libras.

    Sobre o que falamos hoje

    Quanto ao Ponto de Articulao

    Bilabiais: lbio contra lbio.

    Exemplo: /p/ - pata; /b/ bata.

    Labiodentais: lbioinferior contra dentessuperiores.

    Exemplo: /f/ foco e /v/voto.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

  • 01/11/2013

    11

    Linguodentais: lngua toca nos dentessuperiores.

    Exemplos: /t/ terra; /d/ dente; /n/ nele.

    Alveolares: ponta da lngua toca nosalvolos.

    Exemplos: /s/ solo; /z/ zero; /l/leito.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Palatais: o dorso da lngua toca no palatoduro (cu da boca).

    Exemplos: /ch/ fechar; /lh/ telha. Velares: a parte posterior da lngua toca

    no palato mole (vu palatino). Exemplos: /k/ calo, /g/ galo; /R/ rato, arrumar.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Modo ou Maneira de articulao Oclusiva: p, t, c, bar, gol. Nasal: m, nua, banho. Fricativa: f, v, sapa, zapata, ch. Africada: tia, dia (ocorrem em algumas

    variedade do portugus brasileiro).

    rea de segurana para intrprete de Libras.

  • 01/11/2013

    12

    Continuando....

    Tepe (vibrante simples): cara, brava. Vibrante (mltipla): marra, carro. Retroflexa: mar, carta, porta. Laterais: palha, sal.

    rea de segurana para intrprete de Libras.

    Tabela Fontica

    (FARIAS, 2010)