of 28 /28
Bioquímica da Bioquímica da Contração Contração muscular muscular Profa. Míriam Profa. Míriam Martins Chaves Martins Chaves Departamento de Bioquímica e Departamento de Bioquímica e Imunologia

Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Bioquímica da Bioquímica da Contração muscular Contração muscular

Profa. Míriam Martins ChavesProfa. Míriam Martins Chaves

Departamento de Bioquímica e ImunologiaDepartamento de Bioquímica e Imunologia

Page 2: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Existem três tipos de tecido muscular Existem três tipos de tecido muscular

Estriado esqueléticoEstriado esquelético

Estriado Estriado cardíaco cardíaco

LisoLiso

Page 3: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Composição do músculoComposição do músculo

75% água75% água

20% proteínas20% proteínas

5% outros sólidos5% outros sólidosComponentes mineraisComponentes minerais

Componentes orgânicosComponentes orgânicos

NitrogenadosNitrogenados

Creatina, Fosfocreatina, Creatina, Fosfocreatina, AMP, ADP e ATPAMP, ADP e ATP

Não nitrogenadosNão nitrogenados

Lípedes, Glicogênio, Lípedes, Glicogênio, ácido Láticoácido Lático

Page 4: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

[Ácido lático][Ácido lático]

[Ácido lático][Ácido lático]

AnaerobioseAnaerobiose

GlicogênioGlicogênio

GlicoseGlicose

Ácido LáticoÁcido Lático

MetabolismoMetabolismo

Page 5: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

GlicogênioGlicogênio

GlicoseGlicose

Ácido LáticoÁcido Lático

Estado pós-morteEstado pós-morte

[Ácido lático][Ácido lático]

Page 6: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

GlicogênioGlicogênio

GlicoseGlicose Ácido LáticoÁcido Lático

Page 7: Aula de bioquímica da contração muscular (1)
Page 8: Aula de bioquímica da contração muscular (1)
Page 9: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

ActinaActina

TropomiosinaTropomiosina

TroponinaTroponina

Page 10: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Contração MuscularContração Muscular

Page 11: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Processo Bioquímico Processo Bioquímico da Contração Muscularda Contração Muscular

Page 12: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Placa motora da Placa motora da fibra muscular fibra muscularFibra nervosa Fibra nervosa

motora motora

NeurônioNeurônio

Pulso ElétricoPulso Elétrico

Despolarização sarcolemaDespolarização sarcolema

AcetilcolinaAcetilcolina

Page 13: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Despolarização sarcolemaDespolarização sarcolema

Propaga para o interior da Propaga para o interior da fibra através dos túbulos Tfibra através dos túbulos T

Liberação de CaLiberação de Ca++ ++ - 10 - 10-7-7 a 10 a 10-5-5 M M

ATP ADP + PiATP ADP + PiATPaseATPase

Liberação Liberação de calorde calor

Meromiosina pesadaMeromiosina pesada

Contração muscularContração muscular

CaCa++ ++ + troponina+ troponina

Geração de um Geração de um novo sinalnovo sinal

CaCa++++

ADPADP

Miosina contraídaMiosina contraída

TroponinaTroponina

TropomiosinaTropomiosina

ActinaActina

Page 14: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

RelaxamentoRelaxamento

Page 15: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Retículo Retículo

sarcoplasmáticosarcoplasmático

RecaptaçãoRecaptação

CaCa++++

Troponina + ATPaseTroponina + ATPase

Inibição da contração muscularInibição da contração muscular

TroponinaTroponina

Inibidora da ATPaseInibidora da ATPase

ATP ADP + PiATP ADP + Pi

Liberando troponinaLiberando troponina

ATPATP

Miosina relaxadaMiosina relaxada

TroponinaTroponina

TropomiosinaTropomiosina ActinaActina

ATPaseATPase ATPaseATPase ATPaseATPase

Page 16: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Fibras de Contração MuscularFibras de Contração Muscular

Rápidas Rápidas

Lentas Lentas

Page 17: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Fibras de contração rápidaFibras de contração rápida

Função: Função:

Produção de energia rápida - Produção de energia rápida -

Contrações rápidas e vigorosasContrações rápidas e vigorosas

Características:Características:

1- Possuem uma alta capacidade de 1- Possuem uma alta capacidade de transmissão eletroquímica dos potenciais transmissão eletroquímica dos potenciais

de ação de ação

Page 18: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

2- Alto nível de atividade da miosina 2- Alto nível de atividade da miosina ATPase ATPase

3- Um nível rápido de liberação e captação 3- Um nível rápido de liberação e captação de cálcio pelo retículo sarcoplasmático de cálcio pelo retículo sarcoplasmático

Energia utilizada: Energia utilizada: metabolismo anaeróbicometabolismo anaeróbico

Page 19: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

Fibras de contração LentaFibras de contração Lenta

Função:Função:

Geração de energia para a ressíntese de ATPGeração de energia para a ressíntese de ATP

Características:Características:

1- Baixo nível da atividade da miosina ATPase1- Baixo nível da atividade da miosina ATPase

2- Menor velocidade de contração 2- Menor velocidade de contração

Page 20: Aula de bioquímica da contração muscular (1)

3- Capacidade glicolítica menos desenvolvida3- Capacidade glicolítica menos desenvolvida

4- Contém mitocondrias numerosas e volumosas4- Contém mitocondrias numerosas e volumosas

5- Altos níveis de mioglobina5- Altos níveis de mioglobina

6- Resistente a fadiga – apropriadas para 6- Resistente a fadiga – apropriadas para exercícios prolongados exercícios prolongados

Energia utilizada: Energia utilizada: metabolismo aeróbicometabolismo aeróbico

Page 21: Aula de bioquímica da contração muscular (1)
Page 22: Aula de bioquímica da contração muscular (1)
Page 23: Aula de bioquímica da contração muscular (1)
Page 24: Aula de bioquímica da contração muscular (1)
Page 25: Aula de bioquímica da contração muscular (1)
Page 26: Aula de bioquímica da contração muscular (1)
Page 27: Aula de bioquímica da contração muscular (1)
Page 28: Aula de bioquímica da contração muscular (1)