Click here to load reader

Cg Academias Setembro2015

  • View
    251

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Cg Academias Setembro2015

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 1

    Prezado segurado, Estamos honrados por confiar em nossos servios. A partir de agora, voc conta com a segurana e solidez da Tokio Marine Seguradora. Nas pginas seguintes voc encontra as condies contratuais que regem seu seguro, e estabelecem as normas de funcionamento das coberturas contratadas, e ainda, o guia de servios da assistncia 24 horas, inspeo empresarial e do Top Service Empresa. Para todos os fins e efeitos, no so consideradas contratadas, e, portanto, no entendidas como parte integrante deste contrato de seguro, as coberturas que no estiverem devidamente mencionadas e identificadas na proposta de seguro e na aplice. Leia-as atentamente, especialmente os textos em destaque, para que voc possa, assim, conhecer todas as vantagens que ele oferece. Salientamos que para os casos no previstos nas condies contratuais, prevalecero as leis que regulamentam os contratos de seguros no Brasil. Para estas e outras informaes, fique vontade para consultar-nos ou ao seu Corretor de Seguros. Tokio Marine Seguradora S.A. Verso: Setembro/2015. Vlida para os seguros iniciados a partir de 22/09/2015. Este seguro garantido pela Tokio Marine Seguradora S/A - CNPJ 33.164.021/0001-00 Processos SUSEP n. 15414.900690/2015-07 (Compreensivo Empresarial), 15414.003802/2006-81 (Lucros Cessantes), 15414.902025/2013-88 (Responsabilidade Civil) e 15414.901233/2013-60 (Vida)

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 2

    - PGINA NO UTILIZADA

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 3

    NDICE

    Condies Gerais Seguro Compreensivo Empresarial para Academias de Ginstica, Dana, Artes Marciais, Boxe e Natao ........................................................................................................... Clusula 1 - Objetivo do Seguro ............................................................................................................

    5 5

    Clusula 2 - mbito Geografico ............................................................................................................. 5 Clusula 3 - Coberturas do Seguro ....................................................................................................... 5 Clusula 4 - Bens Cobertos ................................................................................................................... 5 Clusula 5 - Bens No Compreendidos pelo Seguro ............................................................................ 6 Clusula 6 - Limite Mximo de Indenizao por Cobertura Contratada ................................................ 7 Clusula 7- Limite Mximo de Responsabilidade da Aplice ................................................................ 8 Clusula 8 - Riscos Cobertos ................................................................................................................ 8 Clusula 9 - Riscos no Cobertos e Prejuzos no Indenizveis .......................................................... 8 Clusula 10 - Forma de Garantia ........................................................................................................... 10 Clusula 11 - Contratao do Seguro .................................................................................................... 10 Clusula 12 - Aceitao ou Recusa da Proposta .................................................................................. 11 Clusula 13 - Inspees ........................................................................................................................ 11 Clusula 14 - Aplice e Vigncia do Seguro .......................................................................................... 12 Clusula 15 - Obrigaes do Segurado ................................................................................................. 13 Clusula 16 - Pagamento do Prmio ..................................................................................................... 13 Clusula 17 - Modificao da Aplice .................................................................................................... 15 Clusula 18 - Cancelamento e Resciso ............................................................................................... 16 Clusula 19 - Renovao do Seguro ..................................................................................................... 17 Clusula 20 - Comunicao e Comprovao do Sinistro ...................................................................... 17 Clusula 21 - Valores em Risco e Prejuzos Indenizveis ..................................................................... 19 Clusula 22 - Franquia ........................................................................................................................... 21 Clusula 23 - Concorrncia de Aplices ................................................................................................ 22 Clusula 24 - Liquidao de Sinistro ..................................................................................................... 23 Clusula 25 - Salvados .......................................................................................................................... 24 Clusula 26 - Reintegrao ................................................................................................................... 24 Clusula 27 - Sub-Rogao de Direitos ................................................................................................. 24 Clusula 28 - Perda de Direitos ............................................................................................................. 25 Clusula 29 - Prazos Prescricionais ...................................................................................................... 26 Clusula 30 - Foro ................................................................................................................................. 26 Clusula 31 - Glossrio .......................................................................................................................... Clusula 32 - Disposies Finais ...........................................................................................................

    26 30

    Clusulas e Condies Particulares ................................................................................................... 32 Clusula Particular n. 001 - Incndio, Raio, Exploso, Imploso, Fumaa e Queda de Aeronaves ..... 32 Clusula Particular n. 002 - Danos Eltricos.......................................................................................... 33 Clusula Particular n. 003 - Derrame e/ou Vazamento de Tubulaes Hidrulicas .............................. Clusula Particular n. 004 - Despesas de Aluguel (Perda ou Pagamento) e de Instalao em Novo Local ........................................................................................................................................................ Clusula Particular n. 005 - Despesas Mdicas e Hospitalares de Empregados .................................. Clusula Particular n. 006 - Equipamentos Estacionrios e Eletrnicos ............................................... Clusula Particular n. 008 - Objetos Portteis (mbito Geogrfico: Territrio Brasileiro) .....................

    33

    34 35 38 39

    Clusula Particular n. 009 - Quebra de Vidros, Espelhos, Mrmores e Anncios Luminosos .............. 41 Clusula Particular n. 010 - Roubo de Bens de Alunos ......................................................................... 42 Clusula Particular n. 011 - Lucros Cessantes .................................................................................. Clusula Particular n. 012 - Roubo e Furto Mediante Arrombamento ...................................................

    42 44

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 4

    Clusula Particular n. 013 - Tumultos, Greves, Lockout e Atos Dolosos............................................... 45 Clusula Particular n. 014 - Valores no Interior e em Trnsito............................................................... 45 Clusula Particular n. 015 - Vendaval, Furaco, Ciclone, Tornado, Granizo e Impacto de Veculos .... 48 Cobertura Adicional n. 089 - Gerenciamento de Crises - Condies Particulares ................................ Cobertura Adicional n. 091 - Responsabilidade Civil Operaes - Condies Particulares ..................

    49 52

    Cobertura Adicional n. 092 - Orientao Jurdica - Condies Particulares .......................................... 61 Cobertura Adicional n. 094 - Responsabilidade Civil Garagista - Condies Particulares .................... Clusula Particular n. 101 - Instalao e Aparelhamento de Preveno, Deteco e Combate a Incndio ................................................................................................................................................... Clusula Particular n. 102 - Instalao e Aparelhamento de Preveno Contra Roubo e Furto ...........

    63 71 71

    Condies Gerais do Seguro de Vida ................................................................................................. Clausula 1 - Objetivo do Seguro............................................................................................................. Clusula 2 - Partes Contratantes............................................................................................................ Clusula 3 - mbito Geogrfico.............................................................................................................. Clusula 4 - Coberturas do Seguro........................................................................................................ Clusula 5 - Riscos No Cobertos.......................................................................................................... Clusula 6 - Capital Segurado Global..................................................................................................... Clusula 7 - Capital Segurado Individual................................................................................................ Clusula 8 - Contratao do Seguro....................................................................................................... Clusula 9 - Aceitao ou Recusa de Proposta..................................................................................... Clusula 10 - Aplice e Vigncia do Seguro........................................................................................... Clusula 11 - Incluso de Segurados..................................................................................................... Clusula 12 - Carncia........................................................................................................................... Clusula 13 - Custeio do Seguro............................................................................................................ Clusula 14 - Pagamento do Prmio...................................................................................................... Clusula 15 - Modificao da Aplice..................................................................................................... Clusula 16 - Cancelamento e Resciso................................................................................................ Clusula 17 - Renovao do Seguro......................................................................................................

    72 72 72 72 72 75 76 76 76 76 77 78 79 79 79 81 82 83

    Clusula 18 - Comunicao do Sinistro.................................................................................................. Clusula 19 - Percia............................................................................................................................... Clusula 20 - Junta Mdica.................................................................................................................... Clusula 21 - Liquidao do Sinistro...................................................................................................... Clusula 22 - Perda de Direitos.............................................................................................................. Clusula 23 - Reintegrao.................................................................................................................... Clusula 24 - Foro.................................................................................................................................. Clusula 25 - Prescrio......................................................................................................................... Clusula 26 - Obrigaes do Estipulante................................................................................................ Clusula 27 - Glossrio........................................................................................................................... Clusula 28 - Disposies Finais............................................................................................................ Assistncia 24 Horas ............................................................................................................................

    83 86 86 86 87 88 88 88 88 89 91

    92

    Inspeo Empresarial ...........................................................................................................................

    103

    Top Service Empresa ............................................................................................................................ Ouvidoria ................................................................................................................................................

    106

    108

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 5

    SEGURO COMPREENSIVO EMPRESARIAL PARA ACADEMIAS DE GINSTICA, DANA, ARTES MARCIAIS, BOXE E NATAO

    CONDIES GERAIS

    Clasula 1 - OBJETIVO DO SEGURO A Seguradora, subordinada aos termos destas condies gerais, e em conformidade com as clusulas e demais disposies expressas na aplice, assume o compromisso de garantir interesse legtimo do segurado, dos prejuzos devidamente comprovados, em consequncia da realizao de riscos cobertos por este contrato, desde que ocorridos durante a sua vigncia. Clusula 2 - MBITO GEOGRFICO As disposies deste seguro aplicam-se exclusivamente as reivindicaes apresentadas no Territrio Brasileiro, relativas a sinistros ocorridos no local do risco expresso na aplice. Clusula 3 - COBERTURAS DO SEGURO 3.1. obrigatria a contratao da cobertura de incndio (inclusive decorrente de tumultos, greves e lockout), raio, exploso, imploso, fumaa e queda de aeronaves. 3.2. Respeitado o que dispe o subitem anterior, as demais coberturas so escolhidas livremente pelo segurado, sujeitas ao pagamento de prmio complementar. 3.3. Para todos os fins e efeitos, no so consideradas como parte integrante deste seguro, as coberturas que no estiverem devidamente mencionadas e identificadas na proposta e ratificadas na aplice.

    Clusula 4 - BENS COBERTOS 4.1. Consideram-se garantidos por este seguro, conforme especificado na aplice, o prdio e/ou contedo dos estabelecimentos nela indicados, COM EXCEO AOS BENS NO COMPREENDIDOS POR ESTE CONTRATO. 4.2. A expresso prdio e/ou contedo significa: a) Prdio: edificaes (EXCETUANDO-SE ALICERCES, FUNDAES E TERRENO), de propriedade do

    segurado, ou por ele, alugadas ou financiadas, incluindo seus anexos, suas instalaes fixas de gua, calefao, eletricidade, energia solar, gs, refrigerao e tubulaes que integrem as estruturas de construo, como tambm, para-raios e sistema de deteco, proteo e combate a incndio. Quando o estabelecimento segurado estiver localizado em unidade autnoma de edifcio em condomnio, em caso de evento que acarrete danos ao prdio, este seguro abranger, desde que a referida cobertura tenha sido contratada, inclusive suas partes comuns, na proporo de sua cota parte.

    b) Contedo: bens inerentes ao ramo de negcios do segurado e necessrios para o exerccio de suas atividades, de sua propriedade, ou por ele, alugados, arrendados ou financiados, como tambm, de terceiros, sob seu poder e controle, pelos quais seja legalmente responsvel, por fora de lei ou assumida em contrato, ou ainda, que tenha responsabilidade legal ou contratual de providenciar o seguro, abrangendo os seguintes itens: b.1) carpetes, cortinas, divisrias, forros falsos, persianas, toldos e demais elementos decorativos ou

    funcionais que no pertenam construo original do imvel; b.2) mquinas, equipamentos, instrumentos, ferramentas, mobilirios, utenslios e suas respectivas

    instalaes;

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 6

    b.3) backlight, frontlight, totens, fachadas, outdoor, tabuletas, painis e letreiros, simples ou luminosos; b.4) antenas, postes, pilares, colunas, estruturas de suporte e torres de eletricidade, comunicao e/ou

    transmisso de sinais; b.5) materiais de escritrio, tais como, canetas, lpis, borrachas, grampos, clipes, elsticos, durex,

    contact, papel, fitas de impressoras, CD, DVD e MD; b.6) produtos destinados a limpeza, manuteno e conservao do imvel e de suas instalaes; b.7) mercadorias e matrias primas.

    4.3. Em qualquer hiptese, a garantia securitria concedida aos bens acima relacionados esta condicionada a que os mesmos faam parte do valor em risco de danos materiais declarado pelo segurado e expresso na aplice. Clusula 5 - BENS NO COMPREENDIDOS PELO SEGURO 5.1. Salvo disposio em contrrio, expressa na aplice, no esto garantidos por este seguro: a) galpes de vinilona e assemelhados, construes mistas, ou qualquer outra edificao construda, ou

    integralmente revestida, de materiais combustveis, tais como madeira, plstico, isopainel ou PVC. A excluso de que trata esta alnea se aplica ao imvel propriamente dito e ao contedo nele existente, como tambm, seus anexos, suas instalaes de gua, calefao, eletricidade, energia solar, gs, refrigerao, sistemas de preveno e combate a incndio, para-raios e demais instalaes, benfeitorias e tubulaes que integram as estruturas de construo;

    b) edifcio em construo, demolio, reconstruo, reforma, e respectivo contedo, admitindo-se, entretanto, que o imvel esteja sofrendo pequenos reparos destinados sua manuteno (exemplos: troca de telhas, vidros, disjuntores, interruptores, torneira, sifes quebrados ou danificados, consertos em fechaduras, portas e janelas), desde que esses pequenos reparos no obrigue a desocupao do local em que os trabalhos estejam sendo realizados, mesmo que temporariamente;

    c) imvel condenado ou impedido de ser ocupado por determinao de rgo ou autoridade competente, a menos que tal fato decorra em razo de sinistro abrangido por este seguro;

    d) imvel de uso residencial, inclusive o contedo nele existente; e) valores, entendido como sendo, dinheiro, moedas, certificados de ttulos, aes, cheques, saques e

    ordens de pagamento, vale-transporte, vale-refeio, vale-alimentao e correlatos, cartes de recarga de celulares, e demais instrumentos ou contratos, negociveis ou no, representando dinheiro, nos quais esteja interessado o segurado, ou cuja custdia ele tenha assumido ainda que gratuitamente;

    f) animais de qualquer espcie; g) jardins, arbustos, rvores, flores e plantas de qualquer espcie; h) linhas de transmisso e distribuio de superfcie, incluindo neste entendimento, fios, cabos, postes,

    pilares, colunas, torres, estruturas de suporte, e qualquer equipamento que possa estar a servio de tais instalaes, com o propsito de transmitir ou distribuir energia eltrica, sinais de telgrafo e telefone, ou qualquer sinal de comunicao de udio ou visual. A presente excluso, no entanto, no se aplica ao estabelecimento segurado cujo limite mximo de responsabilidade no exceda a R$ 30.000.000,00;

    i) prottipos e maquetes; j) livros fiscais e/ou comerciais; k) softwares", exceto os oficiais e no customizados; l) jias, prolas, metais e pedras preciosas ou semipreciosas, trabalhadas ou no; m) relgios de mesa, pulso, bolso ou pingente; n) selos e estampilhas; o) murais, obras de arte ou histrica, quadros, esculturas, raridades, antiguidades e obras raras (livros); p) armas e munies;

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 7

    q) locomotivas, vages, gndolas ou qualquer outro tipo de veculo ferrovirio, aeronaves, embarcaes e veculos automotores licenciados para uso em via pblica ou destinados a competies e provas desportivas, inclusive peas, acessrios, componentes e equipamentos nestes bens instalados;

    r) objetos portteis de qualquer tipo, finalidade, forma ou natureza. A presente excluso, no entanto, no se aplica a notebook, netbook, laptop, palm, tablet e demais equipamentos de informtica, processamento de dados, telefonia mvel, audio, vdeo, e outros necessrios para o exerccio das atividades do segurado, quando de sua propriedade, ou, por ele alugados, arrendados, financiados, ou dado em comodato, ou ainda, de propriedade de seus scios controladores, dirigentes e administradores legais. Em qualquer hiptese, a cobertura securitria somente ser concedida se, no momento do sinistro, tais bens estejam sendo comprovadamente utilizados em prol dos estabelecimentos especificados na aplice;

    s) amostras grtis ou doaes recebidas; t) escrituras, plantas, manuscritos, projetos, debuxos e croquis; u) bens de qualquer tipo, finalidade, forma ou natureza, que no se relacionem com o ramo de negcios do

    segurado e/ou necessrios para o exerccio de suas atividades. A presente excluso no se aplica a televisores, VCR, DVD, aparelhos de som e assemelhados instalados no local do risco para entretenimento de clientes e visitantes do segurado;

    v) bens especificados na aplice, de comum acordo entre as partes. Clusula 6 - LIMITE MXIMO DE INDENIZAO POR COBERTURA CONTRATADA 6.1. Fica ajustado que a importncia fixada na aplice sob o ttulo de limite mximo de indenizao representa, em relao a cada cobertura contratada, o valor at o qual a Seguradora responder por sinistro, ou pela totalidade de sinistros ocorridos durante a vigncia deste seguro, sendo que, ao ser atingido tal valor, a referida cobertura ficar automaticamente cancelada, no tendo o segurado direito a qualquer restituio de prmio. 6.2. Ainda dentro do limite mximo de indenizao de cada cobertura contratada, a Seguradora responder: a) pelas despesas incorridas com a tomada de medidas imediatas ou aes emergenciais para evitar risco

    iminente e que seria amparado pelo presente seguro, a partir de um incidente, sem as quais os eventos cobertos e descritos na aplice seriam inevitveis ou ocorreriam de fato, condicionada, todavia, qualquer situao aos exatos termos das coberturas efetivamente contratadas;

    b) pelas despesas incorridas com a tomada de medidas imediatas ou aes emergenciais, durante e/ou aps a ocorrncia de sinistro, de modo a minorar lhe as consequncias, evitando a propagao de riscos cobertos, salvando e protegendo os bens ou interesses descritos na aplice.

    6.3. Para todos os fins e efeitos, no so consideradas medidas imediatas ou aes emergenciais, as despesas incorridas com: a) manuteno, segurana, conserto, renovao, reforma, substituio preventiva, ampliao e outras afins

    inerentes ao ramo de atividade do segurado; b) trabalhos de investigao e localizao de bens sinistrados, a menos que previamente acordado com a

    Seguradora; c) medidas inadequadas, inoportunas, desproporcionais ou injustificadas, entendidas como sendo

    providncias tomadas sem qualquer relao direta com incidente coberto pelo seguro, assim como quando tais providncias forem tomadas de maneira extempornea. O segurado se obriga a avisar imediatamente a Seguradora, qualquer incidente, ou ao receber uma ordem de autoridade competente, que possa gerar pagamento de indenizao nos termos aqui estabelecidos. Alm disso, o segurado se obriga a executar tudo o que lhe for exigido para limitar as despesas ao que seja necessrio e objetivamente adequado para conter o evento. O segurado suportar as despesas efetuadas para a conteno de eventos no abrangidos pelas coberturas contratadas na aplice. Na hiptese de o segurado adotar medidas para o

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 8

    salvamento e conteno de eventos cobertos e no cobertos, as despesas sero rateadas proporcionalmente entre Seguradora e segurado.

    Clusula 7 - LIMITE MXIMO DE RESPONSABILIDADE DA APLICE 7.1. A responsabilidade da Seguradora em relao soma das indenizaes individuais, vinculados a sinistros decorrentes de um mesmo fato gerador, e garantidos por mais de uma das coberturas contratadas, no exceder, em hiptese alguma, o limite mximo de responsabilidade expresso na aplice. Qualquer excesso ficar a cargo exclusivo do segurado. 7.2. Na hiptese de: a) aceitao, pela Seguradora, de alterao dos limites mximos de indenizao e/ou do limite mximo de

    responsabilidade, durante a vigncia da aplice, ou, por ocasio de sua renovao, os novos limites sero aplicados apenas para as reclamaes de indenizao relativas a sinistros que venham a ocorrer a partir da data de sua implantao;

    b) o segurado contratar novas coberturas aps o incio de vigncia da aplice, ou, por ocasio de sua renovao, NO ESTARO AMPARADAS as reclamaes de indenizaes, pertinentes a tais coberturas, relativas a sinistros ocorridos anteriormente contratao das mesmas.

    7.3. O limite mximo de responsabilidade no elimina nem substitui o limite mximo de indenizao, continuando este a ser, sem prejuzo a outras disposies deste seguro, o valor at o qual a Seguradora responder por sinistro, ou pela totalidade de sinistros relativos cobertura correspondente, ressalvada, porm, a variao dos dois limites, conforme a seguir disposto: 7.3.1. Efetuado o pagamento de qualquer indenizao, de acordo com as disposies deste seguro, sero fixados: a) um novo limite mximo de responsabilidade, definido como a diferena entre o limite mximo de

    responsabilidade vigente na data da liquidao do sinistro, e a indenizao efetuada; b) um novo limite mximo de indenizao para a cobertura correspondente, definido como o MENOR dos

    seguintes valores: b.1) a diferena entre o limite mximo de indenizao vigente na data da liquidao do sinistro, e a

    indenizao efetuada; ou b.2) o valor definido na alnea a deste subitem.

    7.4. Se as indenizaes pagas, em todos os sinistros reclamados e abrangidos pelas coberturas contratadas, exaurir o limite mximo de responsabilidade, o presente seguro ou o item a ele referente, ser automaticamente e de pleno direito cancelado, no tendo o segurado direito a qualquer restituio de prmio. Clusula 8 - RISCOS COBERTOS Consideram-se cobertos pelo presente seguro, os riscos abrangidos sob os termos destas condies gerais e das clusulas convencionadas na aplice. Clusula 9 - RISCOS NO COBERTOS E PREJUZOS NO INDENIZVEIS 9.1. A Seguradora, sob nenhuma hiptese, responder pelas reclamaes de indenizao por perdas, danos ou despesas, decorrentes, direta ou indiretamente, dos seguintes eventos: a) atos ilcitos dolosos ou por culpa grave equiparvel ao dolo, EXCLUSIVO E COMPROVADAMENTE,

    praticado pelo segurado, pelo beneficirio, ou pelo representante, de um ou do outro. Em se tratando de

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 9

    pessoa jurdica, a presente excluso se aplica aos atos praticados pelos scios controladores, dirigentes, administradores legais, beneficirios e respectivos representantes;

    b) atos de hostilidade ou de guerra, declarada ou no, conspirao, subverso, rebelio, insurreio, guerra civil, guerrilha, revoluo, poder usurpado, e em geral, todo e qualquer ato ou consequncia de tais ocorrncias;

    c) ato praticado por qualquer pessoa agindo por conta de, ou em ligao com qualquer organizao, cujas atividades visem derrubar pela fora o governo ou instigar a sua queda;

    d) atos terroristas, independente de seu propsito, quando reconhecido como atentatrio ordem pblica pela autoridade competente;

    e) arresto, embargo e penhora; f) nacionalizao, confisco, requisio ou destruio ordenada por qualquer autoridade legalmente

    constituda. A Seguradora responder, todavia, pelas reclamaes de indenizao resultante de destruio determinada por autoridade pblica que vise evitar a prorrogao de sinistro, ou de minimizar seus efeitos;

    g) uso, pacfico ou blico, de energia nuclear, fuso, fora, matria ou qualquer outra reao similar, incluindo a contaminao radioativa ou ionizante decorrente do uso de armas ou dispositivos militares, ou de quaisquer emanaes havidas na produo, armazenamento, transporte, utilizao, eliminao de lixo atmico e/ou neutralizao de materiais fsseis e seus resduos, ainda que resultantes de testes, experincias, ou de exploses provocadas com qualquer finalidade;

    h) acidentes ocasionados por armas qumicas, biolgicas, bioqumicas ou eletromagnticas; i) ataque ciberntico; j) falha ou mau funcionamento de qualquer equipamento e/ou programa de computador em reconhecer

    corretamente, interpretar e/ou processar e/ou distinguir e/ou salvar qualquer data como real e correta data de calendrio, ainda que continue a funcionar corretamente aps aquela data. Da mesma forma, a Seguradora no responder pelas reclamaes de indenizao decorrentes de qualquer ato, falha, inadequao, incapacidade, inabilidade ou deciso do segurado ou de terceiros, relacionado com a no utilizao ou no disponibilidade de qualquer propriedade ou equipamento de qualquer tipo, espcie ou qualidade, em virtude do risco de reconhecimento, interpretao ou processamento de datas do calendrio;

    k) perdas, danos, destruio, distoro, rasura, adulterao ou alterao de dados eletrnicos decorrentes de qualquer causa (incluindo, mas no limitada a vrus de computador), ou perda de uso, reduo na funcionalidade, custo, despesa de qualquer natureza resultante disso, independentemente de qualquer outra causa ou acontecimento, contribuindo paralelamente ou em consequncia do sinistro. A presente excluso no se aplica aos custos de reproduo de informaes contidas e perdidas, quando resultante de danos diretamente causados aos bens cobertos por incndio e/ou exploso, previstos e cobertos nos termos deste contrato, permanecendo, todavia, no abrangidos por este contrato, quaisquer custos relacionados com pesquisa, desenvolvimento, reconstruo, reunio ou associao de tais informaes. Dados eletrnicos significam fatos, conceitos e informaes convertidas para uma forma adaptada para comunicaes, interpretao ou processo por processamento de dados eletrnicos e eletronicamente e inclui programas, softwares e outras instrues codificadas para o processamento e manipulao de dados ou o controle e a manipulao de tal equipamento. Vrus de computador entendido como sendo o conjunto de instrues ou cdigos adulterados, danosos ou de outra forma no autorizadas, incluindo um conjunto de instrues ou cdigos de m-f, sem autorizao, programveis ou de outra forma, que se propaguem atravs de um sistema de computador ou rede de qualquer natureza. Vrus de computador inclui, mas no esto limitados a cavalos de troia, minhoca, bombas relgio e bombas lgicas;

    l) queda de corpos siderais, erupo vulcnica, terremoto ou tremores de terra, maremoto, tsunami e ressaca;

    m) vcio prprio ou defeito latente, entendido como sendo a falha inerente do bem, diretamente relacionada com a sua qualidade ou modo de funcionamento;

    n) ao de bolores, animais, insetos, bactrias ou pragas, escassez de gua ou luz solar insuficiente;

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 10

    o) contaminao e/ou poluio, decorrente de emisso, descarga, disperso, desprendimento, escape, emanao, vazamento, ou derrame de substncias txicas ou poluentes, onde quer que se origine, a menos que seja consequente, de forma direta e imediata, de incndio, raio, exploso, ou quaisquer outros riscos adicionais, previstos e cobertos por este seguro;

    p) pesquisa, desenvolvimento, reconstruo, reunio e associao de informaes, materiais ou registros, de qualquer tipo, forma ou natureza, observadas, todavia, s disposies da alnea k deste subitem;

    q) instalao de softwares; r) asbestos (amianto). 9.2. Salvo contratao de cobertura especfica, a Seguradora no responder, ainda, pelas reclamaes de indenizao resultantes de: lucros cessantes, lucros esperados, ou quaisquer outros prejuzos consequenciais; responsabilidade civil de qualquer natureza, indenizaes compensatrias, condenaes judiciais a ttulo punitivo ou exemplar; penalidades, multas, juros, obrigaes fiscais, tributrias, judicirias ou trabalhistas, e outros encargos financeiros, ainda que decorrentes de sinistro; inutilizao ou deteriorao de matria-prima e materiais de insumo; demoras de qualquer espcie, perda de mercado, de ponto ou de contrato; interrupo ou atraso no processo de produo; despesas de aluguel de qualquer natureza; desvalorizao de bens em consequncia de retardamento, ou, prejuzos resultantes da proibio ou perda de uso por medidas sanitrias, desinfeces, quarentena, e fumigaes; perdas, danos ou despesas relacionados com bens no compreendidos por este seguro, enfim, a quaisquer eventos no representados pela reconstruo, reparao ou reposio dos bens sinistrados, nos exatos termos das coberturas efetivamente contratadas. Clusula 10 - FORMA DE GARANTIA As coberturas deste seguro so consideradas a PRIMEIRO RISCO ABSOLUTO, isto , sem aplicao de rateio, respondendo a Seguradora, respeitada as demais clusulas e disposies deste seguro, pelos prejuzos cobertos, at os limites mximos de indenizao fixados na aplice. Clusula 11 - CONTRATAO DO SEGURO 11.1. A contratao deste seguro dever ser precedida da entrega de proposta Seguradora, preenchida e assinada pelo interessado, por seu representante, ou corretor de seguros habilitado, contendo os elementos essenciais do interesse a ser garantido e do risco. 11.1.1. A aceitao do seguro estar sujeita anlise do risco por parte da Seguradora, conforme estabelece a clusula 12 destas condies gerais. 11.1.2. O signatrio da proposta, doravante, ser denominado proponente. 11.2. A Seguradora dever fornecer, obrigatoriamente, protocolo que identifique a proposta por ela recepcionada, com indicao da data e hora, salvo para aquela que no satisfaa a todos os requisitos formais estabelecidos para seu recebimento, previamente a anlise. Nesta hiptese, a proposta no ser recepcionada, mas sim devolvida ao proponente ou ao seu representante, por intermdio do corretor de seguros, para atendimento das exigncias informadas. 11.3. Se os bens ou riscos a serem cobertos j estiverem garantidos, no todo ou em parte, por outro seguro, contratado nesta ou em outra Seguradora, fica o proponente obrigado, SOB PENA DE PERDER O DIREITO INDENIZAO, a comunicar tal fato, por escrito, s Seguradoras envolvidas.

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 11

    Clusula 12 - ACEITAO OU RECUSA DE PROPOSTA 12.1. A Seguradora ter o prazo de 15 (quinze) dias para se manifestar sobre a proposta, contados a partir da data de seu recebimento, seja para novo seguro, renovao ou alteraes que impliquem modificao do risco ou das condies de garantia da aplice. No decorrer deste perodo, fica facultado a Seguradora o direito de solicitar ao proponente ou a seu representante, por intermdio do corretor de seguros, documentos e/ou informaes complementares, suspendendo-se aquele prazo a cada novo pedido, voltando a correr a partir da data em que se der o completo atendimento das exigncias formuladas. Esta solicitao complementar, dentro do prazo de manifestao da proposta, s poder ser feita uma nica vez no caso de proponente pessoa fsica, e mais de uma no caso de proponente pessoa jurdica, desde que, neste ltimo caso, a Seguradora indique os fundamentos do pedido de novos elementos. 12.2. Nenhuma alterao na proposta ter validade se no for feita por escrito, com a concordncia entre as partes. No ser admitida a presuno de que a Seguradora possa ter conhecimento de circunstncias que no constem da proposta, ou que no tenham sido comunicadas posteriormente, por escrito. 12.3. Quando a aceitao da proposta depender de contratao de cobertura de resseguro facultativa, o prazo fixado no subitem 12.1 ser suspenso at que os resseguradores se manifestem formalmente, sendo vedado o recebimento ou cobrana, total ou parcial, do prmio at que seja integralmente concretizada a cobertura de resseguro e confirmada aceitao da proposta. A Seguradora dentro daquele prazo dever informar, por escrito, ao proponente, a seu representante ou corretor de seguros, tal eventualidade, ressaltando a consequente inexistncia da cobertura enquanto perdurar a suspenso. 12.4. A ausncia de manifestao, por escrito, da Seguradora, no prazo fixado no subitem 12.1, caracterizar a aceitao tcita do seguro. 12.5. Em caso de no aceitao da proposta, a Seguradora dever, dentro do prazo previsto no subitem 12.1, concomitantemente: a) comunicar o fato, por escrito, ao proponente, a seu representante ou corretor de seguros, especificando os

    motivos da recusa; b) conceder, somente para a proposta que tenha sido recepcionada com adiantamento de valor para

    pagamento parcial ou total do prmio, desde que no contrarie o que dispe o subitem 12.3, cobertura por mais 2 (dois) dias teis contados a partir da data em que o proponente, seu representante ou corretor de seguros, tiver conhecimento formal da recusa;

    c) restituir, no prazo mximo de 10 (dez) dias corridos a contar da data da formalizao da recusa, o valor do pagamento de prmio porventura efetuado, deduzido a parcela relativa ao perodo de cobertura do seguro, e atualizado, aps o transcurso daquele prazo, pela variao positiva do IPCA / IBGE, ou, caso este seja extinto, pelo INPC/IBGE, calculada entre o ltimo ndice publicado antes da data da formalizao da recusa e aquele publicado imediatamente anterior data da efetiva restituio.

    12.6. Se for verificado o recebimento indevido de prmio, a Seguradora dever restituir o valor do pagamento efetuado, atualizado pela variao positiva do IPCA / IBGE, ou, caso este seja extinto, pelo INPC/IBGE, calculada entre o ltimo ndice publicado antes da data do crdito e aquele publicado imediatamente anterior data da efetiva devoluo. Equipara-se a recebimento indevido do prmio o valor eventualmente pago durante o perodo de suspenso de cobertura a que se refere o subitem 12.3. Clusula 13 - INSPEES 13.1. Em aditamento ao subitem 12.1, fica ajustado que:

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 12

    a) a Seguradora, por conta prpria ou por intermdio de terceiros por ela nomeados, se reserva o direito de inspecionar os locais e/ou as operaes que se relacionem diretamente com este seguro, previamente a sua contratao, ou, a qualquer tempo, durante a vigncia da aplice, por sua opo, para fins de verificao do estado de conservao, segurana e funcionamento dos referidos locais e/ou operaes, ou ainda, caso haja alteraes que impliquem modificao do risco ou das condies de garantia originalmente contratadas, como tambm, na eventualidade de pagamento de parcela de prmio em atraso, ou, para constatao de adequaes no risco, conforme disposto na alnea c desta clusula;

    b) o proponente / segurado se obriga a fornecer os esclarecimentos, documentos e provas que lhe forem pedidos, devendo facilitar o desempenho das tarefas do representante da Seguradora, acompanhando-o pessoalmente, ou atravs de preposto credenciado;

    c) baseada no relatrio de inspeo prvia, a Seguradora poder requerer do proponente / segurado, para fins de aceitao, adequaes nos sistemas de segurana e/ou dos processos que estejam relacionados com a garantia oferecida, ou, em caso de aceitao, estipular, por escrito, prazo hbil para execuo de tais medidas durante a vigncia da aplice;

    d) o proponente / segurado se obriga: d.1) a atender as exigncias que a Seguradora lhe faa aps cada inspeo prvia, nos prazos por ela

    determinados, SOB PENA DE PERDER O DIREITO INDENIZAO, caso o sinistro seja consequente ou agravado em razo de exigncia no cumprida;

    d.2) em solicitar a realizao de uma nova inspeo prvia, Seguradora, to logo concluda as adequaes por ela requeridas;

    e) findo o prazo-limite, sem que tenham sido adotadas todas as medidas requeridas pela Seguradora, fica a ela facultado o direito de prorrogar o prazo para atendimento, de restringir ou de cancelar a cobertura, observadas, neste ltimo caso, s disposies da clusula 18 destas condies gerais;

    f) se, por ocasio da regulao e liquidao de sinistro, for constatado que os sistemas de segurana e proteo, requeridos pela Seguradora nos termos desta clusula, ou preexistentes contratao do seguro e que serviram de base para sua aceitao, no foram utilizados, ou, estavam total ou parcialmente desativados, a que ttulo for, por negligncia ou deciso do segurado, ou ainda, se encontravam em estado de conservao e funcionamento diferente dos apontados no relatrio de inspeo, e por essa razo contribuiu para a extenso dos danos e/ou as consequncias do evento, tal fato ser equiparado agravao do risco, estando o segurado sujeito perda de direito ao recebimento de qualquer indenizao.

    13.2. O direito da Seguradora em realizar as inspees e a execuo destas e seus relatrios no sero consideradas como uma iniciativa em nome do proponente / segurado ou de outros, ou em benefcios destes, no sentido de determinar ou garantir que os referidos locais e/ou as operaes estejam dentro das normas de segurana determinadas por rgos ou autoridades competentes. Clusula 14 - APLICE E VIGNCIA DO SEGURO 14.1. A Seguradora emitir a aplice em at 15 (quinze) dias aps a data de aceitao da proposta, passando, o ento, proponente, a denominar-se segurado. 14.2. A aplice ter seu incio e trmino de vigncia s 24h00 das datas nela indicada para tal fim, respeitado que: a) para aplice cuja proposta tenha sido protocolada sem pagamento de prmio, o incio de vigncia

    coincidir com a data de aceitao da proposta pela Seguradora, ou com data distinta desde que expressamente acordada entre as partes;

    b) para aplice cuja proposta tenha sido protocolada, com adiantamento de valor para futuro pagamento parcial ou total do prmio, o incio de vigncia coincidir com a data do recebimento da proposta pela Seguradora, salvo quando houver recebimento indevido de prmio, conforme definido no subitem 12.6

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 13

    destas condies gerais. 14.3. So documentos deste seguro proposta, e a aplice com seus anexos. No caso da proposta ter sido precedida de cotao realizada pela Seguradora, toda a documentao entregue e as informaes prestadas sero consideradas como parte integrante e inseparvel deste contrato, para todos os fins e efeitos. 14.4. Far prova do seguro a exibio da aplice e, na falta desta, a apresentao de documento comprobatrio do pagamento do respectivo prmio, mesmo quando parcial, respeitadas s clusulas 11 e 12 destas condies gerais. 14.5. Qualquer alterao na aplice dever ser feita por meio de endosso, nos termos da clusula 17 destas condies gerais. Clusula 15 - OBRIGAES DO SEGURADO 15.1. Alm do cumprimento das demais responsabilidades assumidas em relao ao presente contrato, o segurado, SOB PENA DE PERDER O DIREITO INDENIZAO, se obriga a: a) observar e adotar todas as medidas determinadas por rgos ou autoridades competentes e/ou previstas

    em lei, ou ainda, pela Seguradora no interesse deste seguro; b) zelar e manter em bom estado de conservao, segurana e funcionamento, de acordo com os requisitos

    tcnicos recomendados, os estabelecimentos indicados na aplice, e os contedos neles existentes, comunicando previamente Seguradora, por escrito, a sua inteno em desabitar ou desocupar os referidos locais, ainda que temporariamente, ou proceder alteraes, em especial, mas no limitada, ao uso de mquinas e/ou equipamentos, a ocupao, ao layout das plantas seguradas, ao ramo de atividade, a rea total construda e suas caractersticas, como tambm em relao aos dispositivos de preveno e combate aos eventos cobertos pelo seguro (ex.: incndio e roubo), podendo a Seguradora, uma vez comunicada, nos termos das clusulas 18 e 28 destas condies gerais, manter, restringir ou suspender a cobertura, ou ainda, cancelar o seguro.

    15.2. Correro por conta do segurado as despesas necessrias para cumprimento das medidas previstas nesta clusula. Clusula 16 - PAGAMENTO DO PRMIO 16.1. O prmio da aplice ou endosso poder ser pago vista ou em parcelas sucessivas, mediante acordo entre as partes, sendo facultada a cobrana de juros pela Seguradora, e vedada a de qualquer valor adicional a ttulo de custo administrativo de fracionamento. 16.2. O pagamento do prmio dever ser efetuado na rede bancria ou em locais autorizados pela Seguradora, por meio de documento de cobrana por ela emitido, onde constaro, pelo menos, os seguintes elementos, independentemente de outros que sejam exigidos pela regulamentao em vigor: a) nome do segurado; b) valor do prmio; c) data de emisso; d) nmero da proposta; e) data-limite para pagamento; f) nmero da conta corrente da Seguradora; g) agncia do banco cobrador, com indicao de que o prmio poder ser pago em qualquer agncia do

    mesmo ou de outros bancos.

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 14

    16.3. A Seguradora encaminhar os documentos de cobrana diretamente ao segurado ou a seu representante, ou, ainda, por expressa solicitao de qualquer um destes, ao corretor de seguros, observada a antecedncia mnima de 5 (cinco) dias teis, em relao data do respectivo vencimento, ressaltado que: a) no poder ser estabelecido prazo superior a 30 (trinta) dias, contado da data de emisso da aplice ou

    endosso, para pagamento do prmio em parcela nica, ou de sua primeira parcela, quando fracionado; b) a data-limite para pagamento do prmio, em parcela nica, ou de sua ltima parcela, quando fracionado,

    no poder ultrapassar ao trmino de vigncia da aplice. 16.4. Se o segurado, seu representante ou o corretor de seguros, no receberem os documentos de cobrana no prazo aludido no subitem 16.3, devero ser solicitadas, por escrito, Seguradora, instrues de como proceder para efetuar o pagamento antes da data-limite, sendo que, na hiptese de no serem recebidas em tempo hbil, data de vencimento ser renegociada pelas partes, sem nus para o segurado. 16.5. Se a data-limite para o pagamento do prmio vista ou de qualquer uma de suas parcelas, quando fracionado, coincidir com dia em que no haja expediente bancrio, o pagamento poder ser efetuado no primeiro dia til em que houver expediente bancrio. 16.6. O segurado poder antecipar o pagamento de prmio fracionado. Neste caso, os juros sero reduzidos proporcionalmente, considerando-se a quantidade de parcelas no ato da quitao da aplice ou endosso. 16.7. O direito ao pagamento da indenizao no ficar prejudicado se o sinistro ocorrer dentro do prazo estipulado para pagamento do prmio em parcela nica, ou de qualquer uma de suas parcelas, quando fracionado. 16.8. Quando o pagamento de indenizao acarretar o cancelamento da aplice, as parcelas vincendas do prmio sero deduzidas do valor a indenizar, excludo o adicional de fracionamento. 16.9. Configurada a inadimplncia do segurado em relao ao pagamento do prmio, quando pactuado vista, ou de sua primeira parcela, quando fracionado, implicar no cancelamento automtico da aplice e/ou de seus endossos, independente de qualquer interpelao judicial ou extrajudicial. 16.10. Fica vedado o cancelamento da aplice e/ou de seus endossos, cujo prmio tenha sido pago vista, mediante financiamento obtido junto s instituies financeiras, nos casos em que o segurado deixar de pagar o citado financiamento. 16.11. Configurada a inadimplncia do segurado em relao ao pagamento do prmio de qualquer parcela subsequente primeira, quando fracionado, a vigncia da aplice ou endosso ser ajustada em funo do prmio efetivamente pago, com base a tabela a seguir descrita:

    Relao entre a parcela de prmio pago e o prmio total da aplice ou endosso

    % a ser aplicado sobre a vigncia original da aplice ou endosso

    13% 5%

    20% 9%

    27% 13%

    30% 17%

    37% 21%

    40% 25%

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 15

    Relao entre a parcela de prmio pago e o prmio

    total da aplice ou endosso

    % a ser aplicado sobre a vigncia original da aplice ou endosso

    46% 29%

    50% 33%

    56% 37%

    60% 42%

    66% 46%

    70% 50%

    73% 54%

    75% 58%

    78% 62%

    80% 66%

    83% 70%

    85% 74%

    88% 79%

    90% 83%

    93% 87%

    95% 91%

    98% 95%

    100% 100%

    16.11.1. Para percentual no previsto na tabela acima, dever ser aplicada a percentagem relativa ao prazo imediatamente superior. 16.12. A Seguradora dever informar ao segurado ou a seu representante, por meio de comunicao escrita, a nova vigncia da aplice ou endosso, ajustada nos termos da tabela indicada no subitem 16.11. 16.13. A vigncia original da aplice ou endosso poder ser restabelecida, desde que o segurado retome o pagamento das parcelas vencidas, corrigidas monetariamente, dentro da vigncia ajustada conforme subitem 16.11. O pagamento de valores relativos multa, atualizao monetria e juros moratrios far-se- independentemente de notificao ou interpelao judicial, de uma s vez, juntamente com os demais valores do contrato. 16.14. Se a vigncia ajustada j houver expirada sem que tenham sido retomados os pagamentos, ou no caso de fracionamento em que a aplicao da tabela prevista no subitem 16.11 no resulte em alterao da vigncia da cobertura, a aplice e/ou seus endossos ficaro automaticamente e de pleno direito, cancelados, no tendo o segurado direito a qualquer restituio de prmio j pago.

    Clusula 17 - MODIFICAO DA APLICE 17.1. O segurado mediante entrega de nova proposta Seguradora poder propor alteraes nas condies de cobertura da aplice, durante a sua vigncia, sujeitas, no entanto, s disposies estipuladas nas clusulas 11 (subitens 11.1.1, 11.2 e 11.3), 12 e 13 destas condies gerais. 17.2. Quando a alterao requerida se referir prorrogao do trmino de vigncia da aplice, o segurado dever solicit-la, com antecedncia mnima de 15 (quinze) dias, a qual poder ou no ser concedida.

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 16

    17.3. A diminuio do risco durante a vigncia da aplice no acarreta a reduo do prmio estipulado, salvo se a reduo for considervel. Neste caso, o segurado poder exigir a reviso do prmio ou o cancelamento da aplice e/ou dos endossos a ela referentes. 17.4. A Seguradora emitir o endosso em at 15 (quinze) dias aps a data de aceitao da proposta, ficando ajustado que: a) as alteraes sero vlidas a partir das 24h00 da data designada no endosso como incio de vigncia; b) as indenizaes por sinistros ocorridos no perodo anterior ao incio de vigncia do endosso ficaro

    limitadas as condies de garantia vigentes na aplice na data do evento, mesmo que as reclamaes de indenizao respectivas venham a ser apresentadas posteriormente;

    c) para endosso cuja proposta tenha sido protocolada sem pagamento de prmio, o incio de vigncia coincidir com a data de aceitao da proposta pela Seguradora, ou com data distinta desde que expressamente acordada entre as partes;

    d) para endosso cuja proposta tenha sido protocolada, com adiantamento de valor para futuro pagamento parcial ou total do prmio, o incio de vigncia coincidir com a data do recebimento da proposta pela Seguradora, salvo quando houver recebimento indevido de prmio, conforme definido no subitem 12.6 destas condies gerais.

    Clusula 18 - CANCELAMENTO E RESCISO 18.1. O cancelamento deste seguro, total ou parcial, ocorrer somente nas hipteses previstas nas clusulas 6, 7, 13, 16, 17 e 28 destas condies gerais. 18.2. Em caso de resciso, por acordo entre segurado e Seguradora, devero ser observadas as seguintes disposies: 18.2.1. Se a resciso for por iniciativa do segurado, a Seguradora, alm dos emolumentos, reter o prmio de acordo com o nmero de dias em que vigoraram a cobertura da aplice e/ou endosso, calculado com base na tabela a seguir descrita:

    % Prmio Anual Prazo 13% 15 dias 20% 30 dias 27% 45 dias 30% 60 dias 37% 75 dias 40% 90 dias 46% 105 dias 50% 120 dias

    56% 135 dias 60% 150 dias 66% 165 dias 70% 180 dias 73% 195 dias 75% 210 dias 78% 225 dias 80% 240 dias 83% 255 dias 85% 270 dias

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 17

    % Prmio Anual Prazo 88% 285 dias 90% 300 dias 93% 315 dias 95% 330 dias 98% 345 dias

    100% 365 dias 18.2.1.1. Para perodo no previsto nesta tabela, ser aplicada a percentagem relativa ao prazo imediatamente inferior. 18.2.1.2. Se o seguro tiver sido contratado por prazo diferente de 1 (um) ano, aplicam-se as mesmas disposies desta clusula, no entanto, os percentuais e prazos da tabela do subitem 18.2.1, sero ajustados proporcionalmente ao perodo pactuado. 18.2.2. Se a resciso for por iniciativa da Seguradora, esta reter do prmio recebido, alm dos emolumentos, o valor correspondente quantidade de dias em que vigoraram a cobertura da aplice e/ou endosso, calculado na base pro-rata die. 18.3. O valor a ser restitudo ao segurado dever ser atualizado a partir da data do recebimento da solicitao de cancelamento ou da data do efetivo cancelamento, se o mesmo ocorrer por iniciativa da Seguradora, at o dia imediatamente anterior data da efetiva devoluo, pela variao positiva do IPCA / IBGE, na base pro-rata die ou, caso este seja extinto, pela variao positiva do INPC/IBGE. Clusula 19 - RENOVAO DO SEGURO 19.1. A renovao deste seguro no automtica, devendo o segurado encaminhar proposta renovatria, Seguradora, com antecedncia de, pelo menos, 5 (cinco) dias da data de trmino de vigncia da aplice. 19.2. A proposta renovatria obedecer s normas especficas das clusulas 12 e 13 destas condies gerais, mas o incio de vigncia coincidir com o dia e horrio de trmino do presente seguro. 19.3. No caso de o segurado submeter proposta renovatria em desacordo com o prazo estabelecido no subitem 19.1, a Seguradora poder fixar, em caso de aceitao, a data de incio de vigncia do novo seguro diferentemente da data de trmino da vigncia da aplice a ser renovada. Clusula 20 - COMUNICAO E COMPROVAO DO SINISTRO 20.1. Na ocorrncia de sinistro, o segurado, SOB PENA DE PERDER O DIREITO INDENIZAO, ter de: 20.1.1. Sem prejuzo da comunicao formal por escrito, inform-lo imediatamente Seguradora, to logo dele tome conhecimento, atravs do telefone 0300 33 TOKIO (0300 33 86546), disponvel de segunda a sexta-feira, das 8h00 s 22h00, e aos sbados, das 8h00 s 14h00, exceto feriados, ou por intermdio do corretor de seguros. Da comunicao devero constar todas as informaes e os esclarecimentos necessrios que possibilite, Seguradora, a apurao da causa, natureza e extenso dos danos e/ou prejuzos causados; 20.1.2. Tomar as providncias consideradas inadiveis para resguardar os interesses comuns e minorar as perdas, danos ou despesas, at a chegada do representante da Seguradora;

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 18

    20.1.3. Com exceo das medidas que visarem evitar o agravamento dos prejuzos, aguardar o comparecimento do representante da Seguradora antes de providenciar qualquer reconstruo, reparo ou reposio, preservando as partes danificadas; 20.1.4. Franquear ao representante da Seguradora o acesso ao local da ocorrncia, possibilitando a sua inspeo, e prestando as informaes e os esclarecimentos solicitados, colocando-lhe disposio a documentao para comprovao ou apurao dos valores envolvidos; 20.1.5. Entregar Seguradora, com a devida diligncia, os documentos bsicos por ela solicitados, dentre os abaixo relacionados: a) carta de comunicao do sinistro; b) em se tratando de pessoa jurdica: cpia simples do contrato social e ltima ata de eleio da diretoria e

    conselho administrativo; cpia simples do carto de CNPJ e do comprovante do estabelecimento atualizado, e documento de qualificao dos procuradores ou diretores, quando no representado pelo proprietrio ou scio controlador;

    c) em se tratando de pessoa fsica: cpia simples do comprovante de residncia atualizado, como tambm do CPF, RG ou qualquer outro documento de identificao que tenha f pblica, dos representantes e/ou procuradores;

    d) cpias autenticadas das certides e boletins de ocorrncia policial, se cabveis; e) cpia autenticada da certido de abertura de inqurito policial, se cabvel; f) cpias autenticadas das certides e boletins informativos meteorolgicos, ou, na sua impossibilidade,

    notcias divulgadas pela impressa escrita ou falada, a respeito do fenmeno meteorolgico ocorrido, se cabveis;

    g) cpias autenticadas das certides negativas de protesto de ttulos; h) oramento para reposio, reconstruo ou reparao; i) cpia autenticada dos livros caixa, dirio, razo, registros inventrio, de apurao do ICMS, IPI e guias de

    recolhimento; j) cpia autenticada dos balanos gerais e declaraes de imposto de renda; k) cpia autenticada da relao de dbitos (contas a pagar); l) cpia autenticada de contrato de locao, financiamento, arrendamento, consignao, comodato ou de

    usufruto; m) notas fiscais, faturas ou demonstrativos contbeis. Na ausncia destes documentos, a Seguradora

    valer-se- da relao de bens constante na aplice, se houver, como tambm, dos vestgios fsicos, de manuais originais dos produtos, de termos / certificados de garantia, e quaisquer outros meios legais para comprovao da preexistncia dos bens;

    n) laudos de avaliao; o) relao de salvados e recibo de venda; p) cpia autenticada da escritura do imvel; q) carta informando o nvel de atividades do estabelecimento no momento do sinistro e o tempo estimado de

    paralisao; r) balano analtico referente ao ltimo exerccio financeiro; s) demonstrativos contbeis de valores receber; t) mapa das despesas especificadas, relativas aos ltimos 6 (seis) meses anteriores ao sinistro e durante o

    perodo indenitrio, com saldos mensais (no caso de sinistro cujo efeito se estenda por mais de 30 dias); u) relao dos gastos adicionais incorridos, quando for o caso, acompanhado dos respectivos comprovantes; v) recibos ou comprovantes de despesas efetuadas para evitar o sinistro ou minimizar seus efeitos, ou carta

    informando as providncias adotadas com vista ao pronto restabelecimento do local do risco. 20.2. Todas as despesas efetuadas com a comprovao regular do sinistro e documentos de habilitao correro por conta do segurado, salvo em relao aos encargos de traduo referente ao reembolso de

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 19

    despesas efetuadas no exterior, e outras diretamente realizadas ou autorizadas pela Seguradora. O ressarcimento dos encargos de traduo das despesas efetuadas no exterior ser realizado pela Seguradora com base no cmbio oficial de venda do dia til imediatamente anterior data do efetivo pagamento. 20.3. Se, aps anlise dos documentos bsicos apresentados, houver dvidas fundadas e justificveis, facultado a Seguradora o direito de solicitar outros porventura necessrios para elucidao do fato que produziu o sinistro e apurao dos prejuzos indenizveis. Neste caso, a contagem do prazo para pagamento da indenizao prevista no subitem 24.2 destas condies gerais, ser suspensa a cada novo pedido para entrega de documentos, e reiniciada a partir do dia til posterior quele em que se der o completo atendimento das exigncias requeridas. 20.4. A Seguradora se reserva, ainda, o direito de: a) tomar providncias para proteo dos bens ou interesses segurveis, ou ainda, dos salvados, sem que

    tais medidas, por si s, a obriguem a indenizar os prejuzos reclamados; b) proceder reduo de sua responsabilidade na mesma proporo da agravao dos prejuzos, se for por

    ela comprovado que os mesmos foram majorados em decorrncia da morosidade na apresentao dos documentos necessrios para apurao dos prejuzos e valor a ser indenizado.

    Clusula 21 - VALORES EM RISCO E PREJUZOS INDENIZVEIS 21.1. Para determinao dos prejuzos indenizveis, de acordo com as disposies deste seguro, a Seguradora, valer-se- dos registros contbeis do segurado, dos vestgios fsicos, da documentao requerida e apresentada, e de quaisquer outros meios legais disponveis, tomando-se ainda por base: a) o valor de novo, no dia e local do sinistro, de bens idnticos aos segurados, ou, se isto no for possvel, de

    tipo, capacidade e valor equivalente; a.1) em se tratando de mercadorias, ser levado em considerao o custo de fabricao ou reparao,

    se realizado pelo prprio segurado (incluindo as despesas homem / hora), limitado ao valor de venda, se for o caso;

    a.2) em se tratando de matrias-primas, ser levado em considerao o gnero de negcios do segurado, limitado ao valor de venda ou de compra, o que for menor;

    a.3) em se tratando de filmes, registros, manuscritos, desenhos e material utilizado para gravao em equipamentos de informtica ou de processamento de dados, ser considerado o valor de novo desses bens, mais os custos de reproduo das informaes neles contidas e perdidas, EXCLUDAS, EM QUALQUER HIPTESE, AS DESPESAS COM PESQUISA, DESENVOLVIMENTO, RECONSTRUO, REUNIO E ASSOCIAO DE TAIS INFORMAES. Em se tratando de equipamentos de informtica ou de processamento de dados, se o meio no for reparado ou substitudo, a base de avaliao ser o valor de novo do meio vazio.

    b) o valor atual, ou seja, o valor de novo, no dia e local do sinistro, de bens idnticos aos segurados, ou, se isto no for possvel, do tipo, capacidade e valor equivalente, deduzida a depreciao correspondente ao uso, idade, estado de conservao e obsolescncia, de acordo com os critrios a seguir especificados: b.1) em se tratando de mquinas e equipamentos de escritrio (excetuando-se equipamentos de

    informtica e de processamento de dados), instalaes e utenslios: depreciao a contar do ano de fabricao de 1% ao ms, limitada ao mximo de 70%;

    b.2) em se tratando de equipamentos de informtica e de processamento de dados: depreciao a contar do ano de fabricao de 3% ao ms no 1 ano, 1,50% ao ms no 2 ano e 0,50% ao ms a partir do 3 ano, limitada a depreciao total ao mximo de 80%;

    b.3) em se tratando de prdio (vide definio na alnea a, do subitem 4.2 destas condies gerais), e de outras mquinas, equipamentos ou objetos no previstos nas alneas anteriores: ser aplicado mtodo em especfico ou, na sua falta, a frmula de Ross abaixo:

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 20

    :onde Vr,+ Vd]. )}2

    /n2

    x+ x/n( . 2

    1 - 1 { [

    x = idade do bem n = vida til

    Vd = valor deprecivel, entendido como sendo o valor que pode ser depreciado, ou seja, excludo o valor residual do bem que seria o mnimo que ele possuiria vendido como sucata

    Vr = valor residual c) a importncia necessria para reconstruo, reparao ou reposio dos bens sinistrados. Se, em

    consequncia de prescrio legal ou qualquer medida anloga, no se puder reconstruir ou reparar os bens, os prejuzos correspondero somente importncia que seria necessria sua reconstruo ou reparao em condies semelhantes quelas em que se encontrava imediatamente antes do sinistro;

    d) as despesas incorridas pelo segurado e/ou por terceiros agindo em seu nome, na tentativa de evitar o sinistro, de combat-lo ou de minorar seus efeitos;

    e) as despesas de salvamento comprovadamente efetuadas pelo segurado, durante e/ou aps o sinistro; f) as despesas de desentulho, entendidas como sendo aquelas necessrias remoo de entulho, incluindo

    carregamento, transporte e descarregamento em local adequado. Esta remoo poder ser representada por bombeamento, escavaes, desmontagens, desmantelamentos, raspagem, escoramento e at a simples limpeza. Para fins de garantia, entender-se- por entulho a acumulao de escombros resultantes de partes danificadas dos bens sinistrados, ou de material estranho a estes, como, por exemplo, aluvies de terra, rocha, lama, gua, rvores, plantas e outros detritos;

    g) as despesas com reparos temporrios, desde que estes tenham relao direta com o sinistro, e se constituam em parte dos reparos definitivos, no implicando, todavia, no aumento do custo total de recuperao;

    h) as despesas com impostos alfandegrios, taxas de importao, frete e outras taxas relacionadas aquisio de materiais e servios para reparao, reposio dos bens sinistrados, ou nova autorizao de funcionamento;

    i) as despesas com encargos de traduo referente ao reembolso de despesas efetuadas no exterior. 21.2. Em complemento ao subitem anterior, fica ajustado que: a) ser caracterizada a indenizao integral quando, resultantes de um mesmo evento: a.1) os custos para reparao ou recuperao do bem danificado atingir ou ultrapassar, na data do aviso

    do sinistro, a 80% do seu valor atual; ou a.2) o segurado fica irremediavelmente privado do uso daquele bem; ou a.3) o objeto destrudo, ou to extensamente danificado que deixa de ter as suas caractersticas de

    bem segurado; b) se os danos mltiplos e/ou sucessivos forem associados a diversos fatos geradores, sem que haja

    possibilidade de individualiz-los com respeito queles danos, numa relao de causa e efeito perfeitamente definida, O CONJUNTO FORMADO POR TODOS ELES SER INTERPRETADO COMO UMA NICA "OCORRNCIA". Fica, entretanto, entendido e acordado que: b.1) em caso de sinistro decorrente de vendaval, furaco, ciclone, tornado e granizo, a "ocorrncia"

    restringir-se- a um perodo de 72 (setenta e duas) horas consecutivas e, respeitado o limite mximo de indenizao da cobertura correspondente, os valores a serem pagos pela Seguradora corresponder soma total de todos os prejuzos causados pela "ocorrncia" durante aquele perodo; e

    b.2) na hiptese prevista na alnea anterior, facultado ao segurado escolher a data e o momento em que qualquer perodo de horas consecutivas comeou e, se qualquer "ocorrncia" tiver durao maior que 72 (setenta e duas) horas, o segurado poder dividi-la em dois ou mais perodos, desde que no haja superposio de perodos e que nenhum deles comece antes do instante em que se deu o primeiro dano causado pela "ocorrncia".

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 21

    c) na hiptese de um eventual sinistro estar abrangido por mais de uma das coberturas contratadas, prevalecer aquela que for mais favorvel ao segurado, a seu critrio, e respeitar o seu limite mximo de indenizao, ficando compreendido que, em nenhuma circunstncia, ser admitida a acumulao de coberturas e/ou de importncias seguradas;

    d) em qualquer caso, o sinistro ser regulado tomando-se por base o valor unitrio do bem, no se levando em considerao, para fins de indenizao, que o mesmo faa parte de jogo ou conjunto, ainda que resulte na desvalorizao da parte remanescente ou da diminuio de seu valor;

    e) se um ou mais bens especificados na aplice forem identificados como tombados pelo patrimnio histrico, artstico ou cultural, a parcela que representa o bem convencional daquele de particularidades que o levaram ao tombamento, s ser devida se as partes atingidas pelo sinistro forem restauradas na sua forma original, devidamente aprovadas pelos rgos competentes. Se, mesmo depois de restaurado, houver, por depreciao artstica, reduo do valor do bem, ou do conjunto de que faa parte, no estaro garantidos por este seguro os prejuzos da resultantes;

    f) havendo antiguidades e/ou obras de arte, artstica ou histrica cobertas pelo presente seguro, estas ficaro abrangidas pelas seguintes condies, sem prejuzo de outras disposies constantes nestas condies gerais, clusulas e demais termos expressos na aplice: f.1) a estipulao do limite mximo de indenizao, que de responsabilidade do segurado, dever ser

    norteada pelo princpio de que no se pode segurar um bem por valor superior ao real; f.2) em caso de sinistro, a indenizao respectiva estar limitada ao valor de mercado que puder ser

    atribudo aos bens por peritos e avaliadores indicados pela Seguradora, sendo facultado ao segurado o direito de indicar outros de sua confiana para acompanhar a regulao e liquidao do processo;

    f.3) em cada sinistro, ou srie de sinistros decorrentes de um mesmo fato gerador, a indenizao no poder exceder aos limites fixados para as coberturas contratadas.

    21.3. A Seguradora, em conformidade com os termos deste contrato, pagar inicialmente, at o limite mximo de indenizao da cobertura correspondente, os prejuzos apurados com base no valor atual, calculado de acordo com a alnea b, do subitem 21.1 anterior, acrescidos das despesas enumeradas nas alneas d a i daquele subitem, se for o caso. 21.4. Havendo suficincia de importncia segurada, a Seguradora pagar a parte relativa depreciao (valor de novo valor atual calculado conforme alnea b do subitem 21.1). 21.5. Fica, contudo, ajustado que: a) o valor correspondente depreciao (diferena entre o valor de novo e o valor atual) ser devido

    somente depois de completada no Brasil, a reconstruo ou reparao dos bens atingidos pelo sinistro, ou sua reposio por outros em estado de novo, do mesmo tipo, capacidade e valor equivalente, desde que esse procedimento seja notificado Seguradora e se inicie no prazo de 6 (seis) meses, a contar da data do pagamento da indenizao com base no valor atual. Todavia, fica desde j ajustado, que na hiptese de o segurado, no reconstruir, reparar ou repor os bens, a que ttulo for, no mesmo ou em outro local dentro de 2 (dois) anos a contar da data do sinistro, a Seguradora ser responsvel exclusivamente pelo efetivo valor atual daqueles bens;

    b) sero deduzidos da indenizao os valores correspondentes aos salvados, quando estes no ficarem de posse da Seguradora, da franquia, se houver, assim como o rateio, caso aplicvel.

    Clusula 22 - FRANQUIA O segurado participar, em cada sinistro, dos primeiros prejuzos indenizveis, cujos percentuais e/ou valores foram estabelecidos por ocasio da contratao do seguro e esto expressos na aplice, respondendo a Seguradora, sem prejuzo aos termos deste contrato, somente pelas importncias excedentes.

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 22

    Clusula 23 - CONCORRNCIA DE APLICES 23.1. O segurado que, na vigncia desta aplice, pretender obter novo seguro sobre os mesmos bens e/ou contra os mesmos riscos cobertos, nesta ou em outra Seguradora, dever comunicar previamente, por escrito, a sua inteno a todas as Seguradoras envolvidas, SOB PENA DE PERDA DE DIREITO. 23.2. O prejuzo total relativo a qualquer sinistro amparado pelas coberturas de responsabilidade civil, cuja indenizao esteja sujeita s disposies deste seguro, ser constitudo pela soma das seguintes parcelas: a) despesas comprovadamente efetuadas pelo segurado durante e/ou aps a ocorrncia de danos a

    terceiros, com o objetivo de reduzir a sua responsabilidade; b) valores das reparaes estabelecidas em sentena judicial transitada em julgado e/ou por acordo entre as

    partes, nesta ltima hiptese com a anuncia expressa das Seguradoras envolvidas.

    23.3. De maneira anloga, o prejuzo total relativo a qualquer sinistro amparado pelas demais coberturas, ser constitudo pela soma das seguintes parcelas: a) despesas de salvamento comprovadamente efetuadas pelo segurado durante e/ou aps a ocorrncia do

    sinistro; b) valor referente aos danos materiais comprovadamente causados pelo segurado e/ou por terceiros na

    tentativa de minorar o dano ou salvar a coisa; c) danos sofridos pelos bens cobertos. 23.4. A indenizao relativa a qualquer sinistro no poder exceder, em hiptese alguma, o valor do prejuzo vinculado garantia considerada. 23.5. Na ocorrncia de sinistro contemplando coberturas concorrentes, ou seja, que garantam os mesmos interesses contra os mesmos riscos, em aplices distintas, a distribuio de responsabilidade entre as Seguradoras envolvidas dever obedecer s seguintes disposies: 23.5.1. Ser calculada a indenizao individual de cada cobertura como se o respectivo seguro fosse o nico vigente, considerando-se, quando for o caso, franquias, participaes obrigatrias do segurado, limites mximos de indenizao e clusulas de rateio; 23.5.2. Ser calculada a indenizao individual ajustada de cada garantia na forma abaixo indicada: a) se, para uma determinada aplice, for verificado que a soma das indenizaes correspondentes s

    diversas coberturas abrangidas pelo sinistro maior que seu respectivo limite mximo de indenizao, a indenizao individual de cada cobertura ser recalculada, determinando-se, assim, a respectiva indenizao individual ajustada. Para efeito deste reclculo, as indenizaes individuais ajustadas relativas s coberturas que no apresentem concorrncia com outras aplices sero as maiores possveis, observados os respectivos prejuzos e limites mximos de indenizao. O valor restante do limite mximo de responsabilidade da aplice ser distribudo entre as coberturas concorrentes, observados os prejuzos e os limites mximos de indenizao destas coberturas;

    b) caso contrrio, a indenizao individual ajustada ser a indenizao individual, calculada de acordo com o subitem 23.5.1.

    23.5.3. Ser definida a soma das indenizaes individuais ajustadas das coberturas concorrentes de diferentes aplices, relativas aos prejuzos comuns, calculadas de acordo com o subitem 23.5.2. 23.5.3.1. Se a quantia a que se refere o subitem 23.5.3 for igual ou inferior ao prejuzo vinculado cobertura concorrente, cada Seguradora envolvida participar com a respectiva indenizao individual ajustada, assumindo o segurado a responsabilidade pela diferena, se houver.

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 23

    23.5.3.2. Se a quantia estabelecida no subitem 23.5.3 for maior que o prejuzo vinculado cobertura concorrente, cada Seguradora envolvida participar com percentual do prejuzo correspondente razo entre a respectiva indenizao individual ajustada e a quantia estabelecida na forma do subitem 23.5.3. 23.6. A sub-rogao relativa a salvados operar-se- na mesma proporo da cota de participao de cada Seguradora na indenizao paga. 23.7. Salvo disposio em contrrio, a Seguradora que tiver participado com a maior parte da indenizao ficar encarregada de negociar os salvados e repassar a cota parte, relativa ao produto desta negociao, s demais participantes. Clusula 24 - LIQUIDAO DE SINISTRO 24.1. O pagamento de qualquer indenizao, com base neste seguro, somente poder ser efetuado aps terem sido relatadas as circunstncias do evento, apuradas as suas causas, provados os valores a indenizar e o direito de receb-los, cabendo ao segurado, ou quem o representar, prestar toda a assistncia para que isto seja concretizado. 24.2. A Seguradora ter o prazo de 30 (trinta) dias para, mediante acordo entre as partes, pagar a indenizao correspondente ou realizar as operaes necessrias para reconstruo, reparao ou reposio dos bens, prazo esse contado a partir da entrega de toda documentao bsica requerida para a regulao e liquidao do sinistro. Na impossibilidade de reconstruo, reparao ou reposio dos bens, poca da liquidao do sinistro, a indenizao dever ser paga em dinheiro. 24.3. Para bens que sejam financiados ou arrendados: a) o valor da indenizao a ser paga ao agente financeiro, quando for o caso, corresponder ao valor do

    saldo devedor calculado na data do sinistro, atualizado at a data do efetivo pagamento pela Seguradora, considerando tendo sido quitados todos os compromissos devidos at o dia anterior data da referida ocorrncia;

    b) no clculo do valor a indenizar sero levadas em conta as caractersticas dos sistemas de amortizao e do plano de reajustamento das prestaes do financiamento e as peculiaridades dos instrumentos contratuais;

    c) o pagamento da indenizao, sob os termos das alneas anteriores, implica na obrigatoriedade por parte do agente financeiro, de imediata desonerao do bem, RESSALVADOS OS CASOS DE OBRIGAES REMANESCENTES POR PARTE DO DEVEDOR;

    d) qualquer saldo remanescente da indenizao ser paga a quem de direito, desde que este valor, acrescido da quantia paga ao agente financeiro, no ultrapasse a importncia segurada;

    e) a Seguradora no responder, em hiptese alguma, por qualquer diferena existente de saldo devedor que exceder ao valor indenizado.

    24.4. Para bens alugados, em consignao, comodato ou usufruto, a indenizao ser paga a quem de direito, observadas as particularidades do contrato no que diz respeito s responsabilidades das partes contratantes. 24.5. Na hiptese de falecimento da parte interessada, ou quando os bens forem objeto de inventrio, a indenizao ser paga de acordo com o que estabelece o Cdigo Civil Brasileiro. 24.6. Para pagamento a ttulo de indenizao integral, a documentao dos bens deve estar regularizada, comprovando os direitos de propriedade, livre de gravames, penhoras, nus ou dvidas de qualquer natureza.

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 24

    No caso da indenizao (total ou parte dela) ter que ser paga a terceiros, por fora de lei ou contrato, a Seguradora somente a far com a anuncia expressa do segurado ou de seu representante. 24.7. Se o pagamento no for efetuado dentro do prazo de 30 (trinta) dias depois da entrega dos documentos bsicos requeridos para a regulao e liquidao do sinistro, os valores de indenizao, sujeitam-se multa de 2%, juros de 1% ao ms contados a partir do primeiro dia aps transcurso do prazo-limite, como tambm de atualizao monetria pela variao positiva IPCA / IBGE, ou, caso seja extinto, pelo INPC/IBGE, calculada entre o ltimo ndice publicado antes da ocorrncia do sinistro e aquele publicado imediatamente anterior data de sua efetivao liquidao, exceto no caso de reembolso de despesas, em que a atualizao monetria ser a partir do ltimo ndice publicado antes da data do efetivo dispndio. 24.8. No caso da reclamao de indenizao no ser consequente de evento amparado sob os termos deste contrato, ou ainda, quando diretamente relacionada com as disposies da clusula 28 destas condies gerais, as partes interessadas sero comunicadas a respeito pela Seguradora, por escrito, dentro do prazo de 30 (trinta) dias contados a partir da data da entrega de toda documentao bsica requerida para a regulao e liquidao do processo. Clusula 25 - SALVADOS Ocorrendo sinistro que atinja bens descritos na aplice, o segurado no poder fazer o abandono dos salvados, devendo tomar desde logo todas as providncias cabveis no sentido de proteg-los e de minimizar os danos e, de comum acordo com a Seguradora, procurar seu melhor aproveitamento, no implicando isto, todavia, o reconhecimento pela Seguradora da obrigao de indenizar os danos e/ou prejuzos ocorridos.

    Clusula 26 - REINTEGRAO 26.1. O segurado, caso tenha interesse, poder solicitar a reintegrao dos limites reduzidos por conta do pagamento de indenizao, cabendo Seguradora, caso concorde com o pedido, cobrar o prmio adicional correspondente por meio de endosso. 26.2. Fica ressalvado, no entanto, que: a) o segurado dever tomar medidas que a Seguradora venha a exigir em consequncia do sinistro; b) as importncias reintegradas no poder exceder ao valor em risco constante na aplice. Clusula 27 - SUB-ROGAO DE DIREITOS

    27.1. A Seguradora, paga a indenizao de sinistro, ficar sub-rogada, at a concorrncia desta indenizao, nos direitos e aes do segurado contra terceiros, cujos atos ou fatos tenham dado causa as perdas e danos indenizados, podendo exigir, em qualquer tempo, o instrumento de cesso e os documentos hbeis para o exerccio desses direitos. 27.2. A Seguradora no poder se valer do instituto de sub-rogao contra o segurado. 27.3. O segurado no poder dificultar ou praticar qualquer ato que venha a prejudicar ou impedir o direito de sub-rogao da Seguradora, SOB PENA DE PERDER O DIREITO INDENIZAO, nem fazer acordo ou transao com terceiros responsveis pelo sinistro, salvo com prvia e expressa autorizao da Seguradora. 27.4. Salvo dolo, a sub-rogao no ter lugar se os danos cobertos por este seguro forem causados pelo cnjuge do segurado, seus descendentes ou ascendentes, consanguneos ou afins.

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 25

    Clusula 28 - PERDA DE DIREITOS 28.1. Alm dos casos previstos em lei, a Seguradora ficar isenta de qualquer responsabilidade decorrente deste seguro, sem qualquer pagamento de indenizao a quem de direito, quando o segurado: a) deixar de cumprir quaisquer das obrigaes convencionadas neste contrato; b) agir de m-f, ou procurar, por qualquer meio, obter benefcios ilcitos, quer seja por ao prpria ou em

    conjunto com terceiros; c) agravar intencionalmente o risco; d) dificultar ou impedir qualquer exame ou diligncia necessria para a ressalva de direitos em relao a

    terceiros, ou para reduo dos riscos e prejuzos; e) colocar em funcionamento qualquer bem danificado em consequncia de sinistro, sem que tenha sido

    reconstrudo ou reparado na forma julgada satisfatria e conveniente. 28.2. O segurado se obriga a comunicar a Seguradora, logo que saiba, qualquer fato suscetvel de agravar o risco, SOB PENA DE PERDER O DIREITO INDENIZAO, se ficar comprovado que silenciou de m-f. 28.3. A Seguradora, desde que o faa, nos 15 (quinze) dias seguintes ao recebimento do aviso de agravao do risco, poder dar-lhe cincia, por escrito, de sua deciso de cancelar a aplice e/ou seus endossos, ou mediante acordo entre as partes, restringir a cobertura. A resoluo, neste caso, s ser eficaz 30 (trinta) dias aps notificao ao segurado, ao seu representante ou corretor de seguros, devendo ser restituda diferena do prmio na forma prevista no subitem 18.2.2 destas condies gerais. Na hiptese de continuidade do seguro, a Seguradora poder cobrar a diferena do prmio cabvel, em razo do agravamento do risco, mediante a emisso de endosso. 28.4. A Seguradora tambm ficar isenta de qualquer responsabilidade decorrente deste seguro: a) caso haja transferncia do interesse do segurado nos bens cobertos; b) caso esse seguro seja cedido ou transferido pelo segurado a terceiros, sem consentimento da Seguradora,

    mediante emisso de endosso. 28.5. Na hiptese do segurado, por si, por seu representante ou corretor de seguros, fizer declaraes inexatas ou omitir circunstncias que possam influir na aceitao da proposta ou no valor do prmio, ficar prejudicado o direito indenizao, alm de estar o segurado obrigado ao pagamento do prmio vencido. Todavia, se a inexatido ou omisso das declaraes no resultar da m-f do segurado, a Seguradora por sua opo poder: 28.5.1. Na hiptese de no ocorrncia de sinistro: a) cancelar o seguro, retendo do prmio originalmente pactuado, a parcela proporcional ao tempo decorrido;

    ou b) permitir a continuidade do seguro, cobrando a diferena do prmio cabvel mediante a emisso de

    endosso. 28.5.2. Na hiptese de ocorrncia de sinistro sem indenizao integral: a) cancelar o seguro aps o pagamento da indenizao, retendo do prmio originalmente pactuado,

    acrescido da diferena cabvel, excluindo-se os emolumentos, a parcela calculada proporcionalmente ao tempo decorrido; ou

    b) permitir a continuidade do seguro, cobrando a diferena do prmio cabvel, ou deduzindo-a do valor a ser indenizado.

    28.5.3. Na hiptese de ocorrncia de sinistro com indenizao integral: cancelar o seguro aps o pagamento de indenizao, deduzindo-se, do valor a ser indenizado, diferena de prmio cabvel.

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 26

    Clusula 29 - PRAZOS PRESCRICIONAIS Os prazos prescricionais so aqueles determinados em lei. Clusula 30 - FORO 30.1. Para aes fundadas em direitos ou obrigaes decorrentes deste seguro prevalecer o foro de domiclio do segurado. 30.2. Na hiptese da inexistncia de hipossuficincia entre as partes, ser vlida a eleio de foro diverso. Clusula 31 - GLOSSRIO Para efeito deste seguro, considera-se: Aceitao: ato pelo qual a Seguradora analisa e se manifesta a respeito do seguro que lhe foi proposto. Aeronaves: quaisquer engenhos areos ou espaciais, bem como objetos que sejam parte integrante dos mesmos ou por eles conduzidos. Agravao do Risco: ato intencional que aumenta a intensidade ou a probabilidade da ocorrncia do risco assumido pela Seguradora. Alagamento: entrada de gua proveniente de aguaceiro, tromba dgua ou de chuva, seja ou no consequente da obstruo ou insuficincia de esgotos, galerias pluviais, desaguadouros ou similares, ou ainda, por ruptura de encanamentos, canalizaes, adutoras e reservatrios, desde que no pertencentes aos locais especificados na aplice. Entende-se, tambm, por alagamento a entrada de gua consequente do transbordamento de lagos, lagoas, crregos, canais e rios no navegveis. Aplice: documento que a Seguradora emite aps a aceitao da cobertura do risco a ela proposto. Ato escrito que constitui a prova formal do contrato. Sem prejuzo de outras informaes previstas neste seguro e/ou na legislao vigente, na aplice sero mencionados, pelo menos, os seguintes elementos: dados cadastrais do segurado, e se for o caso, dos beneficirios; riscos assumidos; incio e fim de sua validade; limite mximo de indenizao e de responsabilidade; valor do prmio vista, do prmio total fracionado, taxa de juros remuneratrios, nmero de parcelas e sua periodicidade. Quando o risco for assumido em cosseguro, a aplice indicar a Seguradora que administrar o contrato e representar as demais, para todos os fins e efeitos. Apropriao Indbita: apropriar-se de coisa alheia mvel, de quem tem posse ou a deteno. Beneficirios: pessoas fsicas ou jurdicas, a quem o segurado reconhece o direito de receber a indenizao, ou parte dela, devida pelo seguro. Caixa-Forte: compartimento de concreto prova de fogo, provido de porta de ao, com chave e segredo, permitindo-se abertura suficiente para ventilao. Ciclone: tempestade violenta produzida por extensas massas de ar que se deslocam velocidade de translao crescente. Furaco que forma grandes redemoinhos, caracterizando abaixamento de presso baromtrica e brusca elevao.

  • Verso vlida para os seguros iniciados, novos ou renovados, a partir de 22/09/2015 27

    Clusulas Particulares: clusulas que alteram as condies gerais e/ou especiais e/ou particulares de um plano de seguro, modificando ou revogando disposies j existentes, ou ainda, introduzindo novas disposies e eventualmente ampliando ou restringindo a garantia securitria. As clusulas particulares tambm se denominam como clusulas especficas. Cofre-Forte: compart