of 81/81
Cosmologia Cosmologia A Lógica do Universo

Cosmologia A Lógica do Universo. Cosmologia Introdução Desenvolvimento histórico Bases matemáticas Evidências Teologia bíblica Perguntas

  • View
    114

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Cosmologia A Lógica do Universo. Cosmologia Introdução Desenvolvimento histórico Bases...

  • Slide 1
  • Cosmologia A Lgica do Universo
  • Slide 2
  • Cosmologia Introduo Desenvolvimento histrico Bases matemticas Evidncias Teologia bblica Perguntas
  • Slide 3
  • Introduo No existe conhecimento profundo sem Matemtica, embora possa haver entendimento razovel de muitos aspectos. No existe conhecimento profundo sem Matemtica, embora possa haver entendimento razovel de muitos aspectos. Inventamos linguagens para representar itens da Matemtica, mas no inventamos a Matemtica em si. Inventamos linguagens para representar itens da Matemtica, mas no inventamos a Matemtica em si. A Metamtica algo to fundamental que no pode ser definido adequadamente. A Metamtica algo to fundamental que no pode ser definido adequadamente.
  • Slide 4
  • Introduo A hiptese de que a Matemtica uma criao humana gera autocontradies, ou seja, falsa. A hiptese de que a Matemtica uma criao humana gera autocontradies, ou seja, falsa. Aprendemos Matemtica observando padres do mundo fsico e buscando maneiras eficientes de representar esses padres. Aprendemos Matemtica observando padres do mundo fsico e buscando maneiras eficientes de representar esses padres. Entre os padres mais importantes para a Cosmologia esto os geomtricos. Entre os padres mais importantes para a Cosmologia esto os geomtricos.
  • Slide 5
  • Conceitos Histricos A Filosofia [Fsica] est escrita neste grandioso livro que est sempre aberto nossa contemplao (refiro-me ao universo), mas que no pode ser entendido sem que primeiro aprenda-se a lngua, e conheam-se os caracteres com os quais est escrito. Ele est escrito em linguagem matemtica, e seus caracteres so tringulos, crculos, e outras figuras geomtricas sem as quais humanamente impossvel entender sequer uma de suas palavras; sem estes [caracteres] fica-se a vagar por um escuro labirinto. Galileo Galilei, 1623.
  • Slide 6
  • Conceitos Histricos Para Galileo, Deus escrevera o Universo em linguagem matemtica. Para Galileo, Deus escrevera o Universo em linguagem matemtica. Portanto, para entend-lo profundamente, seria necessrio o uso da Matemtica. Portanto, para entend-lo profundamente, seria necessrio o uso da Matemtica. O uso adequado e intensivo da Matemtica como mtodo de investigao a verdadeira base da cincia. O uso adequado e intensivo da Matemtica como mtodo de investigao a verdadeira base da cincia.
  • Slide 7
  • Conceitos Histricos Com crenas semelhantes s de Galileo, Isaac Newton percebeu que precisaria de conhecimentos de Matemtica mais profundos para estudar o mundo fsico; ele descobriu o Clculo Infinitesimal e mostrou como utilizar mtodos matemticos de forma mais eficiente para fazer investigaes.
  • Slide 8
  • Conceitos Histricos Tambm inspirado na Teologia, Maupertuis viu no princpio de Fermat uma instncia de um princpio de otimizao aplicvel a todas as leis fsicas bsicas: o princpio da ao mnima. Tambm inspirado na Teologia, Maupertuis viu no princpio de Fermat uma instncia de um princpio de otimizao aplicvel a todas as leis fsicas bsicas: o princpio da ao mnima. Lagrange, Euler e Hamilton aperfeioaram mtodos matemticos para usar o princpio de Maupertuis de forma eficiente. Lagrange, Euler e Hamilton aperfeioaram mtodos matemticos para usar o princpio de Maupertuis de forma eficiente. Este princpio est na base das teorias mais avanadas existentes. Este princpio est na base das teorias mais avanadas existentes.
  • Slide 9
  • Conceitos Histricos A partir do sculo XIX, o conhecimento de mtodos matemticos ultrapassou os limites da intuio. A partir do sculo XIX, o conhecimento de mtodos matemticos ultrapassou os limites da intuio. Desde ento praticamente impossvel manter a Filosofia atualizada. Desde ento praticamente impossvel manter a Filosofia atualizada. O mtodo cientfico demonstrou possibilidades ainda hoje inexplicveis do ponto de vista das filosofias mais aceitas, mostrando que estas so inadequadas. O mtodo cientfico demonstrou possibilidades ainda hoje inexplicveis do ponto de vista das filosofias mais aceitas, mostrando que estas so inadequadas.
  • Slide 10
  • Conceitos Histricos Conta-se que Euclides resumiu os conhecimentos de geometria de sua poca (cerca de 300 a.C.) em cinco postulados. Conta-se que Euclides resumiu os conhecimentos de geometria de sua poca (cerca de 300 a.C.) em cinco postulados. Durante sculos o quinto postulado causou inquietaes entre matemticos. Durante sculos o quinto postulado causou inquietaes entre matemticos.
  • Slide 11
  • Postulados de Euclides possvel traar uma reta que passe por dois pontos. possvel traar uma reta que passe por dois pontos. Um segmento de reta finito pode ser prolongado indefinidamente. Um segmento de reta finito pode ser prolongado indefinidamente. Dados um ponto e uma distncia, pode-se traar uma circunferncia com centro no ponto dado e com raio igual distncia dada. Dados um ponto e uma distncia, pode-se traar uma circunferncia com centro no ponto dado e com raio igual distncia dada. Todos os ngulos retos so iguais. Todos os ngulos retos so iguais.
  • Slide 12
  • O Quinto Postulado Se uma reta cortar outras duas de modo que a soma dos ngulos interiores seja menor do que dois ngulos retos, ento as outras duas retas se interceptam no lado em que os ngulos internos so inferiores a dois retos. Se uma reta cortar outras duas de modo que a soma dos ngulos interiores seja menor do que dois ngulos retos, ento as outras duas retas se interceptam no lado em que os ngulos internos so inferiores a dois retos.
  • Slide 13
  • Quinto Postulado Se +