Diário do Arnaldo - Fevereiro 1

  • View
    213

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Diário do vereador Arnaldo Godoy de Belo Horizonte. Publicação virtual que o vereador enviar para seus apoiadores para contar de uma forma descontraída como tem sido seus dias de parlamentar.

Text of Diário do Arnaldo - Fevereiro 1

  • de 30 de janeiroa

    13 de fevereiro

  • Minha gente era triste, amargurada / Inventou a batucada pra deixar de padecer / Sa lve o prazer, sa lve o prazer. Alegria Assis Va lente.

    Moada e gente boa: depois deste descanso, tanto meu quanto de vocs, espero que todo mundo tenha entrado em 2012 com o p d ireito para fazer um golao. Temos que ter muita a legria e acred itar. Como d izia o poeta Gonzaguinha: a vida pode ser bem melhor e ser!.

    30 de janeiro Para iniciar os traba lhos de 2012, uma reunio da Executiva do PT-BH. Quero registrar que antes d isso, tive vrias reunies e tantos movimentos mais. Na Executiva, acertamos os passos e o ca lendrio de debates sobre a sucesso municipa l que ocorrero at 25 de maro.

    31 de janeiro Educadores infantis estiveram no gabinete para tratar de um projeto do Executivo, que tramita na Cmara, dispondo sobre as diferenas entre professores e educadores na rede municipal. Estou empenhado em me-lhorar as condies de trabalho e remunerao dessa turma.

  • No fim da tarde, reunio de gabinete para uma rodada de reflexes polticas, opinies e ava liaes dos projetos que entram na pauta de 2012.

    1 de fevereiro Durante a primeira sesso da Comisso de Educao da Cmara, conforme fora combinado, entreguei a presidncia ao vereador Alberto Rodrigues, que comandar os tra-ba lhos de 2012. Mas continuo firme na trinc heira, pronto para as boas bata lhas.

    2 de fevereiro Pela manh, visitei a Academia da Ci-dade na Barragem Santa Lcia. Vocs se lembram que bata lhamos muito para que ela fosse insta lada na regio? Conseguimos em 2011, junto com o Padre Mauro, que ela funcionasse no espao da

    o

  • igreja loca l. Conversei com o pessoa l e recebi as demanda que j vo surgindo, como a lgumas reformas etc etc. tarde, uma entrevista TV Cmara, quando enumerei proje-tos e iniciativas em, favor da cultura de BH: a lei que o ficia liza o FIT (cujo cancelamento em 2010 foi revertido), a ocupao do espao urbano, nosso apoio ao Duelo de MCs (que ocorre s sextas- feiras sob o viaduto de Santa Tereza), nosso empenho pela instituio do Conselho Municipa l de Cultura e, principa lmente, a lei que garantiu a rea lizao de pequenos eventos cultura is nas praas da cidade sem autorizao prvia. A ava liao foi positiva. Por fim, terminei minha noite ouvindo o belo cavaquinho do Auzier (cada d ia me-lhor) e as sete cordas do Gera ld inho Alvarenga, no Pedacinho do Cu

    3 de fevereiro Dei uma chegada ao teatro, assistir a pea Antes do Silncio. Lindo texto de Samuel Beckett, d irigido por Eid Ribeiro.

    4 de fevereiro Na manh do sbado, no CREA-MG, um debate entre os mem-bros da Articulao, nossa corrente no PT. Defend i a necessidade de uma cand ida-tura prpria prefeitura de BH, para revita lizar o partido. O PT-BH vem san-

  • grando h muito tempo e temos que trazer de volta o nimo e o encantamento de outros tempos. Afina l o PT responsvel pela implantao de polticas exitosas na cidade e no pas.

    7 de fevereiro Pela manh, participei da aula inaugura l do Pr-UFMG, im-portante iniciativa para ingresso de estudantes na universidade. Foi no Uni-BH da Lagoinha.

    8 de fevereiro Junto com o Mestre Afonso, a cantora Ana Cristina e outras figu-ras importantes, d iscuti o Carnava l de BH no Chamada Gera l da Rd io Itatia ia . Relembrei o sucesso do ano passado, por meio de bloco de rua nos ba irros, c heios de espontaneidade e sem carros de som ou recursos apenas contando com os banheiros qumicos

  • o ferecidos pela PBH e organizao de trnsito da BHTrans. Toquem em frente, gente, apesar da c hateao do Ministrio Pblico, da Polcia Militar e da prpria PBH!!!!

    9 de fevereiro tarde, a aguardadssima sesso plenria para a apreciao do veto do prefeito ao reajuste de 61,7% dos vereadores. Como vocs sabem, em dezembro, votei contra a proposta e fui vencido. Reafirmei minha posio, vencendo dessa vez. Aproveitei para defender o fim do voto secreto. Se vereador tem medo de reta liao e perseguio porque votou contra os interesses do Executivo, melhor pegar logo o bon e ir em-bora! A inda, durante essa sesso, condenei mais uma vez o vereador Leo Burgus por tentar reprimir uma marchinha feita sobre o episd io das coxinhas e por atribuir ao PT a autoria dessa crtica jocosa e bem humorada. Esses tucanos no tm jeito mesmo...

    10 de fevereiro No Museu Histrico Ablio Barreto, meu gabinete participou do lanamento da campanha municipa l de enfrentamento da violncia sexua l in fanto-

  • juvenil. A iniciativa fundamenta l para d iminuir, cada vez mais, e evitar, se possvel, a explorao sexua l de crianas e adolescentes. Somos parceiros antigos do movimento.Mais tarde, aps o plenrio, recebi a visita do vereador Paulo Hen-rique, de Pouso Alegre, para orientaes sobre a lei das sacolas plsti-cas, questes afeitas s pessoas com deficincia e ao Conselho Mu-nicipa l de Cultura. Um abrao, Paulo. Boa sorte na empreitada!Na sequncia, gravei um depoimento sobre a Conveno de Sa lamanca (que norteia as polticas pblicas para as pessoas com deficincia em todo o mundo), para um professor do Acre que escreve uma tese sobre o assunto. Deixei claro que, o mais importante de tudo, cada segmento se apropriar da Constitu-io e da legislao especfica vigente para a efetiva garantia de d ireitos.

    12 de fevereiro No domingo de manh, participei do desfilei do Bloco do Maiora l, iniciativa que apoio h muito tempo. Graas ao Jefferson, da Associao dos Moradores de Lourdes, pudemos contar com a abertura dum corso de automveis antigos, seguido pela banda e a turma de cabelos de prata, brincando no asfa lto com a legria.

  • Muito bom. Uma maravilha.

    13 de fevereiro Hoje recebi a visita de membros do Cora l Lrico, que homenageei no ano passado, e tratamos de a lgumas questes no processo de afirmao desse corpo estvel do Pa lcio das Artes. Bacana, Esto pro-gred indo e j conseguiram, com o nosso apoio, avanos em sua relao com a Secretaria Estadua l de Cultura. Nesta data, meu partido completa 32 anos. Volto a insistir que precisamos de vitaminas e a mais importante uma cand idatura prpria em BH. Trata-se da sobrevivncia do partido na cidade.

    9 fev - Dia da votao do veto do Prefeito. Foto: Hoje em Dia

  • P. S. 1 Passei 15 d ias na pra ia com meus netinhos Davi e Amada, que deitaram e rolaram. Bo demais essas semanas de frias. Visitamos tambm a Biblioteca Pblica Infantil, que funciona na antiga Fafic h, o Parque Municipa l e tudo mais que a cidade o ferece. Dia 15 o Davi faz seis anos. Parabns, minha pequena joia!

    P. S. 2 Pela segunda vez, fui ao Teatro da Cidade assistir Morte e Vida Severina, espetculo imperdvel e emocionante. Chorei tanto quanto da primeira vez.

    P. S. 3 No mais, um bom carnava l a todos vocs. Aproveitem os blocos que agitaro por toda a cidade e tenham muito juzo, pois a a legria a sade da a lma.

    9 fev - Dia da votao do veto do Prefeito. Foto: Hoje em Dia

  • Chefe de Gabiente: Ivani FerreiraAssessoria Poltica: Clio CruzAssessoria Parlamentar: ngela Mouro, Aparecida Delavy, Juliana Gontijo, Kleberth Mendes, Roberto Raimundo e Vilmar OliveiraAssessoria de Imprensa: Fernando Righi Marco - MG 05004Comunicao Visual: Rafael AndradeAdministrao: Maurcio de Jesus, Thaiz Santana e Vivaldo Cardoso.Endereo: Av. dos Andradas, 3.100 - Gab. 305b - Santa EfigniaBelo Horizonte - 30260-070 - Fones: 3555-1164 e 3555-1165Stio na internet: www.arnaldogodoy.com.brEndereo eletrnico: arnaldogodoy@cmbh.mg.gov.br