Estado de Minas G era is Po r Meio do Índice FIRJAN .more (total), the HDI human Development Index

Embed Size (px)

Text of Estado de Minas G era is Po r Meio do Índice FIRJAN .more (total), the HDI human Development Index

  • 1

    Estudo da Relao entre Variveis Socioeconmicas e a Gesto dos Municpios do

    Estado de Minas Gerais Por Meio do ndice FIRJAN

    Tatiane Bento da Costa tatianecosta@adm.ufu.br

    Universidade Federal de Uberlndia - UFU

    Marcelo Tavares mtavares@ufu.br

    Universidade Federal de Uberlndia UFU

    rea temtica: Gesto e Polticas Pblicas

    Resumo:

    Este trabalho teve por objetivo verificar as relaes existentes entre indicadores

    socioeconmicos e a capacidade de gesto dos municpios de Minas Gerais, avaliados por

    meio da correlao do ndice FIRJAN de Gesto Fiscal (IFGF) 2010. Utilizou-se mtodos

    quantitativos para as anlises. Analisou-se as variveis do ano de 2010 correspondentes aos

    municpios do estado de Minas Gerais: os ndices IFGF do sistema FIRJAN (composto por:

    Custo da dvida, Gastos com pessoal, Liquidez, Receita prpria e investimentos), as variveis

    do censo do IBGE: populao residente total, rendimento mensal domiciliar per capita valor

    mdio total, taxa de analfabetismo da populao com 15 anos ou mais (total), o IDH-M ndice

    de desenvolvimento humano municipal (composto por: renda, longevidade e educao) e a

    nota do IDEB divulgada pelo INEP dos alunos da 5 srie de MG do ano 2011. Analisou-se a

    base de dados com alguns procedimentos estatsticos: anlise descritiva, teste de normalidade,

    correlao e regresso linear mltipla. Nas condies em que os dados foram analisados

    verificou-se por meio das anlises de correlao de Spearman e da Regresso Linear Mltipla

    que o indicador que apresentou a maior relao linear com os componentes do ndice

    FIRJAN, mais precisamente com a receita prpria foi o rendimento mensal domiciliar per

    capita nominal, sendo que as outras relaes foram de baixa magnitude e/ou no

    significativas.

    Palavras- chave: IFGF. Regresso Linear Mltipla. Indicadores sociais. ndice FIRJAN.

    Abstract:

    This study aimed to verify the relationship between socioeconomic indicators and the

    management capacity of municipalities in Minas Gerais, assessed by correlating the index

    Anais do Encontro de Gesto e Negcios - EGEN2014 Uberlndia, MG, 20 a 22 de outubro de 2014

    1014

    Raiza Fontes SilvestRetngulo

  • 2

    FIRJAN Fiscal Management (IFGF) 2010. Was used quantitative methods. We analyzed the

    variables of the year 2010 corresponding to the municipalities of the state of Minas Gerais:

    the IFGF indexes FIRJAN system (composed of cost of debt, personal expenses, liquidity,

    investments and own revenue), the variables of the census of : total resident population,

    household income per capita total mean value, the illiteracy rate of the population aged 15 or

    more (total), the HDI human Development Index (composed of: income, longevity and

    education) and note the IDEB disclosed . INEP by the students of the 5th series of the year

    2011 MG analyzed the database with some statistical procedures: descriptive analysis,

    normality test, correlation and multiple linear regression. The conditions under which the data

    were analyzed it was found by means of Spearman's correlation analysis and multiple linear

    regression the indicator with the highest linear relationship with the components of FIRJAN

    index, more precisely with the recipe itself was the monthly income nominal per capita

    household, and other relationships were of low magnitude and / or non-significant.

    Keywords: IFGF. Multiple Linear Regression. Social Indicators. Index FIRJAN.

    1 Introduo

    A gesto administrativa pblica possui objetivos diferentes da administrao privada,

    destacando a diferena entre essas duas esferas que deslocar o foco do lucro mximo aos

    acionistas da corporao privada para focar em eficincia, eficcia e efetividade nos servios

    prestados comunidade pela gesto pblica que deve estar em conformidade com as leis,

    buscar excelncia e qualidade dos servios prestados para atender a sociedade percorrendo o

    objetivo de atingir o interesse pblico. Considerando que os cidados possuem seus princpios

    e direitos garantidos pelo estado democrtico de direito, esta mxima deve ser a prioridade

    das atualizaes, modernizaes e reformas ocorridas na administrao pblica.

    Em plena era digital, as mudanas so aceleradas, produz-se muita informao

    diariamente e estas so multiplicadas na internet. Graas s leis e polticas de informaes e

    leis de transparncia que obrigam a administrao gerencial pblica a disseminar alguns

    indicadores sociais e fiscais, estes indicadores esto acessveis a toda populao atravs do

    fcil compartilhamento e acesso pela internet. possvel utilizao de pesquisas e novas

    tcnicas que possam identificar de maneira mais gil as necessidades da sociedade, com

    intuito de identificar os problemas mais urgentes e isso pode ser feito quase que em tempo

    real pelo estado.

    Anais do Encontro de Gesto e Negcios - EGEN2014 Uberlndia, MG, 20 a 22 de outubro de 2014

    1015

    Raiza Fontes SilvestRetngulo

  • 3

    No Brasil aproximadamente nos ltimos 20 anos foram realizados estudos

    correlacionando indicadores sociais com indicadores financeiros pblicos, sendo este tempo

    considerado recente. O estudo de indicadores sociais atrelados a ndices de gesto pblica

    mais recente ainda, encontramos somente um artigo publicado no Brasil, relacionando os

    indicadores sociais e o ndice FIRJAN, intitulado: Indicadores Sociais e a Gesto Fiscal dos

    municpios Maranhenses, no estudo desenvolvido chegaram concluso de que todos os

    indicadores sociais analisados apresentavam srios problemas e os resultados destes

    indicadores independem da classificao fiscal obtida. Este trabalho publicado no fim de

    2013, mostra o quo recente a abordagem deste estudo, evidenciando o potencial a ser

    explorado e desenvolvido nesta rea (PEREIRA et. al. 2013).

    Este estudo procurou investigar as relaes entre as 14 variveis analisadas dos 819

    municpios de Minas Gerais, teve por objetivo principal verificar as relaes existentes entre

    indicadores socioeconmicos e a capacidade de gesto dos municpios de Minas Gerais,

    avaliados por meio da correlao do ndice FIRJAN de Gesto Fiscal (IFGF).

    2 Referencial terico

    Ao longo dos anos, evoluiu o pensamento gerencial no Brasil recentemente surgiu

    para se adequar ao modelo estrutural de gerencia pblica, a administrao por objetivos que

    inclui a reforma estrutural da organizao do estado (BRESSER; PEREIRA, 2008). A

    administrao pblica envolve o oramento pblico que: uma tcnica capaz de permitir

    que periodicamente sejam reavaliados os objetivos e fins do governo. Permite a avaliao

    comparativa de diversas funes e programas entre si e o relacionamento dos seus custos em

    relao ao setor privado da economia (MATIAS, 2006).

    O oramento pblico deve evidenciar a origem dos recursos financeiros e ir de

    encontro com pagamentos, despesas e custos da administrao pblica, quanto o governo ir

    arrecadar com cada cidado determina tambm quais e quantos sero os beneficirios destes

    investimentos (MATIAS, 2006). Consideram que a responsabilidade social ...constitui-se de

    atividades projetadas para melhorar a sociedade, no s, simplesmente somente atender aos

    interesses econmicos e tcnicos da administrao (CERTO e PETER, 1993, p. 279).

    Quando aprovado pelo poder legislativo o oramento pblico, passa a ser lei e cabe ao Estado,

    prestar contas sociedade e mostrar que cumpriu com os objetivos e metas (MATIAS, 2006).

    O servio da administrao pblica no foca em lucro seu objetivo atender a

    sociedade em geral com servios pblicos de qualidade com eficincia e eficcia.

    Anais do Encontro de Gesto e Negcios - EGEN2014 Uberlndia, MG, 20 a 22 de outubro de 2014

    1016

    Raiza Fontes SilvestRetngulo

  • 4

    O surgimento e o desenvolvimento dos indicadores scios municipais esto

    entrelaados consolidao das atividades de planejamento do setor pblico ao longo deste

    ltimo sculo, definiram a responsabilidade social como a obrigao do homem de negcios

    de adotar orientaes, tomar decises e seguir linhas de ao que sejam compatveis com os

    fins e valores da sociedade (BOWER, apud ASHLEY, 2003, p. 6). O processo de tomada de

    deciso prioriza as polticas que envolvem os respectivos gastos pblicos, sendo necessrio ter

    transparncia e responsabilidade.

    O oramento pblico nada mais que: uma forma de controle poltico do Legislativo

    sobre a administrao (TORRES, 1996).

    As polticas pblicas so programas de ao governamental que visam coordenar os

    meios a disposio do estado e as atividades privadas, para a realizao de objetivos

    socialmente relevantes e politicamente determinados (TORRES, 1996, p. 24). Pode-se

    perceber que as polticas pblicas esto diretamente ligadas s questes de devolver

    percentuais de tributos populao, atravs de servios sociais em diversas reas diferentes.

    A avaliao de polticas pblicas no constitui um exerccio formal desinteressado,

    semelhana de um clculo de custo-benefcio (MELO, 1998 p.11).

    A Lei de Responsabilidade Fiscal (LFR/2000) e a Lei Complementar n 101 (ano

    2000), que regulamentou o art. 163 da Constituio Federal que trouxe um novo modelo de

    gesto fiscal pblica ao pas. Sendo o principal instrumento de regulao das contas pblicas,

    estabelece metas e limitaes para que os municpios tenham condies de administrar suas

    receitas e despesas podendo a gesto pelos gastos pblicos.

    O assunto abordado na Lei d