Informativo Mensal Abril/2014

  • View
    219

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

IAP Barreirinha

Text of Informativo Mensal Abril/2014

  • Informativo Mensal | Abril 2014

    revista IAPBarreirinha

    Por que voc est chorando?

  • 2

    IGREJA ADVENTISTA DA PROMESSA BARREIRINHA

    SUMRIO

    Rua Flvio Dallegrave, 9.745 Barreirinha - Curitiba PR

    Cep: 82220-120 (41) 3585 1027

    PASTOR E PRESBTEROS

    ADAILTON SIMO DE SOUZAPastor Titular9165 3394 | 9938 9731 | 3287 2527adailtonsimao@hotmail.com

    GEDIEL MARQUESPresbtero3585 1010

    SILVIO FAGUNDESPresbtero3030 3364 | 9695 7883

    DANIEL MARIANOPresbtero3585 2347

    PAULO GALDINOPresbtero3585 2608

    YENOS RUBIALEPresbtero3253 5387 | 8867 8545

    facebook.com/iap.barreirinha iapbarreirinha.com.br portaliap.com.br

    04 Pastoral Por que voc est chorando?

    05 Cultos de Abril Sbados e domingos

    06 Escola Bblica Siga os passos de Jesus

    07 Programaes Regionais Aulas da Fatap, Demap, reunies departamentais e outras programaes

    07 Plano de Leitura da Bblia Leitura anual Cronolgica

    SALVOS, SERVOS E SEMEADORES

  • Dia 11 - 20:00 h.

    Dia 06

    Reunio de OraoPastor e Liderana

    Culto na Praia - na casa da Ir. Dolores (Matinhos)SOFAP

    ATIVIDADES DO MSCULTOS DE ORAO

    Quartas-Feiras s 20 h

    Teras-Feiras s 15 h

    02 Dc. Enoque09 Pb. Paulo16 Pb. Gediel23 Pb. Silvio30 Pr. Adailton

    3

    Grupo de OraoSOFAP

    No dia 08/03/2014, foi realizado um culto de gratido ao Senhor pelos 25 anos do Grupo Vida.

    Aconteceu...

    No dia 09/03/2014, foi realizado programao da SOFAP em comemorao ao Dia da Mulher - Cuidando de sua beleza.

  • PASTORAL

    4

    Chorar faz bem, j cantaram muitos poetas. Chorar lava a alma, dizem algumas canes entoadas por a. verdade. Chorar faz bem para o ser humano, pois uma bela ferramenta de terapia. O choro prova a nossa humanidade, tambm uma revelao nua e crua de que dentro de ns, reside algum escondido em suas profundas tristezas e frustraes. O choro, a mais pura constatao das nossas limitaes. Embora se chore tambm por muitos encantos e alegrias, na maioria das vezes o choro uma manifestao do desencanto diante de uma situao da vida. O marejar dos olhos quase sempre est associado a uma indagao profunda de nossa alma diante de questes com as quais no sabemos lidar bem. Desde sempre, h uma realidade que incomoda o ser humano, que um verdadeiro gatilho para o choro: essa realidade se chama morte. Ela nos esvazia; ela faz-nos ver o quanto somos finitos; a morte faz qualquer um chorar; ela a mais profunda expresso de perda. E, por mais que parea estranho falar isso, h momentos na vida que o choro por uma perda precisa ser estancado, porque o motivo do choro ter passado e no podemos ficar presos a nossas perdas. A Palavra de Deus fala-nos da morte de certo homem, acompanhada de muita dor, e ao mesmo tempo carregada da mais significante notcia que j se contou na face da terra. Tal episdio est registrado no Evangelho de Joo Captulo 20, versos 11-15, que diz assim:

    E Maria estava chorando fora, junto ao sepulcro. Estando ela, pois, chorando, abaixou-se para o sepulcro. E viu dois anjos vestidos de branco, assentados onde jazera o corpo de Jesus, um cabeceira e outro aos ps. E disseram-lhe eles: Mulher, por que voc est chorando? Ela lhes disse: Porque levaram o meu Senhor, e no sei onde o puseram. E, tendo dito isto, voltou-se para trs, e viu Jesus em p, mas no sabia que era Jesus. Disse-lhe Jesus: Mulher, por que voc est chorando? Quem buscas?''

    Esse texto traz-nos o registro de uma mulher por nome de Maria Madalena, que estava desolada, entregue ao choro, por causa da morte de algum a quem ela amava muito. Esse homem era Jesus Cristo. Por causa da inveja dos seus opositores, foi condenado morte mais cruel existente poca, que era a morte de cruz. Depois de 03 dias de sua morte, essa mulher est num jardim, nas proximidades onde ele havia sido sepultado. E, para sua surpresa, e para felicidade de toda a humanidade, ele aparece-lhe ressuscitado, visto que Deus o levantou dentre os mortos (Mateus 28:1-7). O texto bblico de Joo 20:11-15 mostra-nos que Maria Madalena teve dois encontros interessantes: com anjos e com o prprio Jesus, que manifestaram-se a ela para dar uma notcia muito importante, suficiente para estancar o seu choro. Tanto na pergunta dos anjos quanto na pergunta de Jesus, h significantes verdades reveladas: Cristo est vivo, mas muitos ainda o consideram como morto. Ele ressuscitou, e rompeu as cadeias da desesperana e da morte, mas muitos ainda continuam olhando para as sepulturas, presos uma tristeza sem fim. Caro leitor, convidamos voc a refletir na mais importante notcia para a qual a bblia nos quer chamar a ateno: Cristo Morreu aquela morte de Cruz para estancar o choro de todos aqueles que hoje choram as mais diversas perdas na vida.Amigo, Cristo ressuscitou, e isto a garantia de que um dia tambm poderemos ressuscitar, se fizermos a vontade dEle aqui nessa terra.Queremos convidar voc e sua famlia para uma profunda reflexo a respeito dessa bela esperana que a morte e a ressurreio de Cristo proporcionou a toda a humanidade. Tal qual um dos discpulos fez no dia da ressurreio de Cristo, eu quero desafiar-lhe a agir da mesma forma que ele agiu:Venha, entre, veja que Jesus Cristo est vivo, e Creia. (Joo 20:8).

    Um grande abrao.Pr. Adailton Simo

    Por que voc est chorando?

  • 05 Mensagem Pr. Adailton Direo Dcsa. Tereza Apoio Pb. Gediel Louvor Grupo Vida Oferta Maria F. | Clia | Paulo S Recepo Emanuel | Gabriella Ptio Dc. Eliel Porta Dcsa. Carmem 12 Mensagem Pr. Antnio Marcos Direo Ir. Maria Mariano Apoio Pb. Silvio Louvor Trio Herana Oferta M. Jordo | Adlia | Jonas Recepo Lucas | Clia Ptio Dc. Marcos Porta Clia

    19 Mensagem Dc. Eliel Direo Dc. Oziel Apoio Pb. Yenos Louvor IAP Mau-SP Oferta Enoque | Valdinete | Iracema Recepo Kau e Cynthia Ptio Paulo S Porta Dcsa. Cleunilda

    26 Mensagem Pb. Silvio Direo Ir. Marcia Apoio Pb. Paulo Louvor Dirgilles Oferta Francisco | Maria F. | M. Jordo Recepo Oziel | Sandra Ptio Jonas Porta Adlia

    CULTOS DE ABRIL

    06 Mensagem Pb. Gediel Direo Ir. Thalita Apoio Pb. Yenos Louvor Leandro Oferta Zenita | Jonas Recepo Dc. Eliel | Sandra Ptio Dc. Marcos 13 Direo Pb. Yenos Direo Dc. Geremias Apoio Pb. Gediel Louvor Isabelli Negro Oferta ngela | Eliel Recepo Oziel | Sthefany Ptio Paulo S

    20 Mensagem Pr. Adailton Direo Dcsa. Carmem Apoio IAP Mau - SP Louvor IAP Mau - SP Oferta Jonas | Tereza Recepo Eliel | Priscila Ptio Enoque

    27 Pregador Ir. Tatiane Dirigente Ir.Niria Apoio Pb. Daniel Louvor Elene Oferta Oziel | Carmem Recepo Emanuel | Gabriella Ptio Dc. Eliel

    Sbados s 10 h

    Domingos s 19 h

    5

  • 605 Lio 01 Imite o Mestre Classe Adulta Ir. Maria Classe Jovem Dc. Oziel Coordenao Emanuel Secretaria Ftima Oferta Enoque | Adlia Ptio Paulo S

    12 Lio 02 Obedea ao Pai Classe Adulta Dc. Francisco Classe Jovem Ir. Raquel Coordenao Luciano Secretaria Cynthia Oferta Tereza | Iracema Ptio Jonas

    19 Lio 03 Ame as pessoas Classe Adulta Dcsa. Tereza Classe Jovem Ir. Izaias Coordenao Rodrigo Secretaria Jos Freitas Oferta Cleunilda | Carmem Ptio Marcos D

    26 Lio 04 Recuse aplausos Classe Adulta Dc. Eliel Classe Jovem Dc. Oziel Coordenao Allan Secretaria Jssica Oferta ngela | Francisco Ptio Enoque

    ESCOLA BBLICA

  • 7Programaes Regionais - Lderes departamentais, fiquem atentos!

    05 e 06 Aula da FATAP - FATAP EXTENSO CURITIBA05 e 06 Curso Modular - DEMAP SUL12 Viva Cristo em Curitiba Local: IAP Prado Velho, com incio s 18 h. - DERME13 Passeio com a melhor idade - DASAP SUL26 Viglia nacional - FESOFAP / RESOFAP / SOFAPS

    ANIVERSARIANTES03 Celia Regina Dias Freire

    03 Rodineia Negro dos S. Prado

    10 Jovita Diniz Del Pozzo

    10 Nelson Gonalves da Silva

    12 Arthur de Queirz Freire

    13 Jaqueline Corra da Cruz

    18 Eroltilde Correa

    19 Marli Bernadete Lago dos Santos

    20 Felipe Enoque Da Silva Ramos

    21 Letcia Mendona Dias

    28 Edson Pires Antonio

    28 Margarida Mariano Pontes

    30 Marcos Paulo Braga

    Plano de Leitura Cronolgica da Bblia Ms de Abril01 1 Sm 21-2402 1 Sm 25-2803 1 Sm 29-3104 2 Sm 1-405 2 Sm 5-806 2 Sm 9-1207 2 Sm 13-15

    08 2 Sm 16-1809 2 Sm 19-2110 2 Sm 22-2411 Sl. 1-312 Sl. 4-613 Sl. 7-914 Sl. 10-12

    15 Sl. 13-1516 Sl. 16-1817 Sl. 19-2118 Sl. 22-2419 Sl. 25-2720 Sl. 28-3021 Sl. 31-33

    22 Sl. 34-3623 Sl. 37-3924 Sl. 40-4225 Sl. 43-4526 Sl. 46-4827 Sl. 49-5128 Sl. 52-54

    29 Sl. 55-5730 Sl. 58-60

    Aconteceu...

    No dia 22/03/2013 foi realizado o Acampadentro pela UMAP.

  • 05/04 21h

    Cristo Salva

    Cantata com a IAP de Mau/sp18/04 - s 20:00 h19/04 - s 19:30 h20/04 - s 19:00 h