PPRA - NR9 rev2

Embed Size (px)

Text of PPRA - NR9 rev2

CURSO: ENGENHARIA DE SEGURANA NO TRABALHO

DISCIPLINA HIGIENE DO TRABALHO I PROFESSOR : Wladmir Zyrianoff e-mail: wladmir.zyrianoff@daimler.com

HIGIENE DO TRABALHO I

EMENTA:

Apresentar aos participantes a conceituao, a classificao e o reconhecimento dos agentes fsicos, qumicos e biolgicos nocivos a sade do trabalhador, bem como as metodologias de avaliao e adoo das medidas de controle relativas ao rudo, as vibraes e as radiaes ionizantes e no ionizantes.

HIGIENE DO TRABALHO I

- CARGA HORRIA: 40 horas - Bibliografia: KWITKO, A. (2004) Coletnea de rudo n1, So Paulo, Editora LTR, 144p. OKUNO, E., (1998) Radiao: efeitos, riscos e beneficos, So Paulo, Editora Harbra, 81p. SAAD, I. , (1999) NH001 Norma de Higiene Ocupacional para Avaliao do Rudo, So Paulo FUNDACENTRO, 37p. SALIBA, T.M. (2004), Manual Prtico de Avaliao e Controle do Rudo, So Paulo Editora LTR, 110p.

NR 9 - PPRA- PADRO PARA ELABORAO DO PROGRAMA DE PREVENO DE RISCOS AMBIENTAIS

- DOCUMENTO DESENVOLVIDO PARA SER UTILIZADO COMO BASE POR PROFISSIONAIS ESPECIALIZADOS PARA A REALIZAO DOS SERVIOS DE PPRA.

ORIENTAES BSICAS- ORIENTAES BSICAS PARA QUE AS EMPRESAS UTILIZEM COMO UMA DIRETRIZ QUANDO ESTIVEREM FAZENDO O PPRA PELA PRIMEIRA VEZ OU COMO INSTRUMENTO DE AVALIAO OU ADQUAO DO PPRA EXISTENTE.

- O CONTEDO DO PPRA DEVER ATENDER NA NTEGRA O QUE PRECONIZA A NR-9 DO MINISTRIO DO TRABALHO E EMPREGO.

ORIENTAES BSICAS- O PPRA DEVER SE ESTENDER A TODAS AS REAS DE TRABALHO OCUPADAS PELA EMPRESA, ESTANDO ARTICULADO COM O PCMSO, QUANDO DISPONVEL NA INSTALAO. - AS PARTES DO PPRA RELATIVAS FASE DE RECONHECIMENTO E AVALIAO AMBIENTAL DEVERO SER OBRIGATORIAMENTE REALIZADAS E ASSINADAS POR ENGENHEIRO DE SEGURANA DO TRABALHO OU TCNICO DE SEGURANA DO TRABALHO.

ORIENTAES BSICAS- NOS DOIS CASOS, O PROFISSIONAL DEVER RECOLHER ART JUNTO AO RGO REGIONAL DO CREA, A CPIA DA ART DEVER SER ANEXADA AO PPRA.- QUANDO O TRABALHO FOR REALIZADO POR EMPRESA ESPECIALIZADA EM ENGENHARIA DE SEGURANA DO TRABALHO, TAMBM A EMPRESA CONTRATADA DEVER SER REGISTRADA NO RESPECTIVO CREA.

ORIENTAES BSICASPODEM OCORRER PELO MENOS TRS SITUAES DIVERSAS DURANTE A REALIZAO DE UM PPRA:A - EMPRESAS QUE ELABORAM O PPRA PELA PRIMEIRA VEZ.B - EMPRESAS QUE J POSSUEM O PPRA, PORM NO FORAM REALIZADAS MEDIES DOS AGENTES AGRESSIVOS. C - INSTALAES QUE POSSUEM PPRA COM MEDIES EFETUADAS.

Orientaes BsicasA - Empresas que elaboram o PPRA pela primeira vez.Utilizar as orientaes a seguir na sua totalidade.

Orientaes BsicasB - Empresas que j possuem o PPRA, porm no foram realizadas medies dos agentes agressivos.Verificar se os agentes reconhecidos, mas no avaliados indicados no PPRA anterior representam a totalidade dos agentes existentes no estabelecimento. Em caso negativo, revisar o Documentobase incluindo os novos agentes.

Orientaes Bsicas Em

seguida, realizar as medies necessrias utilizando as especificaes constantes do item Tcnica de Avaliao dos Agentes. As etapas anteriores j estaro cumpridas, uma vez que o PPRA j existe, bastando apenas a sua reviso.

Orientaes Bsicas Concludas

as medies, revisar o Plano de Ao anexando quando necessrio os laudos tcnicos no PPRA e preencher o formulrio de registro de revises.

1 CAPA- DEVER SER UTILIZADA FOLHA DE PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA QUE ESTIVER REALIZANDO O TRABALHO, CONTENDO:

- TTULO: PROGRAMA DE PREVENO DE RISCOS AMBIENTAIS. - NOME DA EMPRESA ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO.- DATA DA SUA CONCLUSO, QUE PASSARA A SER A DATA DO DOCUMENTO BASE.

2 - NDICE- O NDICE DEVE FIGURAR EM UMA FOLHA PRPRIA, CONTENDO O DETALHAMENTO DO PPRA E AS RESPECTIVAS PGINAS ONDE SE ENCONTRAM OS ASSUNTOS.

Exemplo:Documento Base 1 - Introduo 2 - Objetivo 3 - identificao da Empresa 4 - Atividades da Empresa 5 - Caractersticas do Ambiente de trabalho 6 - Descrio das Atividades Realizadas 7 - Qualificao dos Responsveis 8 - Definio das Responsabilidades 9 Integrao com a CIPA 03 04 04 04 04 05 05 05 05 06

10 - Definies 11 - Estratgias e metodologia de Avaliao 12 - Estrutura do PPRA 13 - Desenvolvimento do PPRA 14 - Antecipao, Reconhec. e Avaliao dos Riscos Amb. 15 Tcnicas de Avaliao Dos Agentes 16 Controle dos Riscos Ambientais 17 - Nvel de Ao 18 - Periodicidade, Forma e Avaliao e Reviso do PPRA 19 - Estabelecimento do Plano de Ao, Metas, Prioridades e Cronograma 20 - Registro de revises do desenvolvimento do PPRA 21 - Recomendaes Gerais 22 - Registro, Manuteno e Divulgao de Dados 23 Planejamento Anual, Metas e Prioridades 24 - Exame, Discusso do Plano e Concluses Finais 25 Bibliografia 26 -Data do Documento e Assinatura do Profissional

06 06 06 07 07 08 09 10 11 12 13 14 15 15 16 16 16

3 - DOCUMENTO BASE- O PPRA PROPRIAMENTE DITO;

- UMA FOLHA DE ROSTO DEVE CONSTITUIR A CAPA DO CONTEDO DO TRABALHO;- COM O TTULO DOCUMENTO BASE.

4 INTRODUO- EM 29 DE DEZEMBRO DE 1994, A PORTARIA N. 25, APROVOU O TEXTO DA NR-9; - ESTABELECENDO A OBRIGATORIEDADE DA ELABORAO E IMPLANTAO, POR PARTE DE TODOS OS EMPREGADORES E INSTITUIES QUE ADMITAM TRABALHADORES COMO EMPREGADOS; - O PROGRAMA DE PREVENO DOS RISCOS AMBIENTAIS PPRA.

O PPRA DA EMPRESA DESCRITO NO DOCUMENTO BASE QUE DEVE CONTER:- OS ASPECTOS ESTRUTURAIS DO PROGRAMA;

- A ESTRATGIA E METODOLOGIA DE AO;- FORMA DE REGISTRO; - MANUTENO E DIVULGAO DOS DADOS; A PERIODICIDADE E FORMA DE AVALIAO DO DESENVOLVIMENTO DO PROGRAMA; - ETAPAS DE RECONHECIMENTO DOS RISCOS; - PLANEJAMENTO ANUAL COM O ESTABELECIMENTO DAS METAS A SEREM CUMPRIDAS COM OS PRAZOS PARA A SUA IMPLANTAO; - CONFORME CRONOGRAMA ANUAL.

5 OBJETIVOPPRA TEM COMO OBJETIVO A PREVENO DA SADE E A INTEGRIDADE FSICA DOS TRABALHADORES, ATRAVS DO DESENVOLVIMENTO DAS SEGUINTES ETAPAS: - ANTECIPAO; - RECONHECIMENTO; - AVALIAO E CONTROLE DOS RISCOS AMBIENTAIS EXISTENTES NOS LOCAIS DE TRABALHO.

5 OBJETIVO- O PPRA PARTE INTEGRANTE DO CONJUNTO MAIS AMPLO DE INICIATIVAS DA EMPRESA, NO CAMPO DA PRESERVAO DA SADE E DA INTEGRIDADE FSICA DOS TRABALHADORES.

- ESTANDO ARTICULADO COM O DISPOSTO NAS DEMAIS NORMAS REGULAMENTADORAS.- TEM AINDA O OBJETIVO DE ATENDER AS OBRIGATORIEDADES LEGAIS, PREVISTA NAS NORMAS ESPECFICAS.

6 - APRESENTAO DA EMPRESADEVER SE INFORMADO: RAZO SOCIAL: CNPJ N.: CNAE: ATIVIDADE PRINCIPAL: GRUPO, SUBGRUPO E GRAU DE RISCO: ENDEREO COMPLETO: NMERO DE EMPREGADOS: HORRIO DE TRABALHO: JORNADA DIRIA: DATA DO LEVANTAMENTO DE CAMPO: RESPONSVEL PELA INSPEO:

7 - ATIVIDADES DA EMPRESADESCREVER DE FORMA SUCINTA AS ATIVIDADES DA EMPRESA E COMO ELAS OCORREM NO ESTABELECIMENTO. EXEMPLOS: - ESCRITRIOS DE SERVIOS ADMINISTRATIVOS VISANDO ATENDER AS NECESSIDADES BUROCRTICAS DA EMPRESA. - ESCRITRIO ADMINISTRATIVO DE TRANSPORTES AREOS, DISPONDO DE SETORES DE CONTABILIDADE, DEPARTAMENTO PESSOAL, APOIO AO MERCADO, MARKETING, ATENDIMENTO AO CLIENTE ENTRE OUTROS. - A EMPRESA PRESTA SERVIO DE PROCESSAMENTO DE DADOS PARA CLIENTES EXTERNOS.

8 - CARACTERSTICAS DO AMBIENTE DE TRABALHO- FAZER A CARACTERIZAO FSICA DO TRABALHO, CONFORME O QUADRO ABAIXO: AMBIENTE DE

Caractersticas do Am biente de Trabalho PTipo de Tipo de Paredes Piso Divisrias Direito Ilum inao Ventilao

Setor Local

9 - DESCRIO DAS ATIVIDADES REALIZADAS NOS SETORES DE TRABALHODESENVOLVER PLANILHA CONTENDO: - A RELAO DE SETORES; - AS FUNES DOS TRABALHADORES; - O QUANTITATIVO DE EMPREGADOS E DESCRIO DAS ATIVIDADES

REALIZADAS.- DESCRIO DO LOCAL DE TRABALHO

10 - QUALIFICAO DOS RESPONSVEIS- INFORMAR O NOME E O CARGO DOS RESPONSVEIS PELO ACOMPANHAMENTO DOS SERVIOS NOS DIVERSOS SETORES DA EMPRESA. - NOME E FORMAO DO PROFISSIONAL RESPONSVEL PELA VISITA DE CAMPO E LEVANTAMENTO DAS INFORMAES. - NOME E FORMAO DO PROFISSIONAL RESPONSVEL PELO SESMT, QUANDO HOUVER. EXEMPLO: RESPONSVEL PELA IMPLEMENTAO DO PPRA: NOME: LUIZ CARLOS CNDIDO CARGO: ASS. DE DIRETORIA RESPONSVEL PELA ELABORAO DO PPRA: NOME: MARCELO J. C. VASQUES CARGO: ENGENHEIRO DE SEGURANA DO TRABALHO

11 - DEFINIO DAS RESPONSABILIDADESDO EMPREGADOR: - O EMPREGADOR O RESPONSVEL POR ESTABELECER, IMPLEMENTAR E ASSEGURAR O CUMPRIMENTO DO PPRA, COMO ATIVIDADE PERMANENTE DA EMPRESA. - INFORMAR AOS TRABALHADORES SOBRE OS RISCOS AMBIENTAIS E MEIOS DISPONVEIS DE PROTEO.

11 - DEFINIO DAS RESPONSABILIDADESDOS TRABALHADORES:

OS TRABALHADORES TM COMO RESPONSABILIDADE COLABORAR E PARTICIPAR NA IMPLANTAO E EXECUO DO PPRA.

- SEGUIR AS ORIENTAES RECEBIDAS NOS TREINAMENTOS OFERECIDOS DENTRO DO PPRA; E INFORMAR AO SEU SUPERIOR HIERRQUICO DIRETO AS OCORRNCIAS QUE, A SEU JULGAMENTO, POSSAM IMPLICAR EM RISCOS SADE DOS TRABALHADORES.

11 - DEFINIO DAS RESPONSABILIDADESDO SERVIO ESPECIALIZADO EM MEDICINA DO TRABALHO SESMT: SEGURANA E

- ASSESSORAR AS UNIDADES DO ESTABELECIMENTO NA EFETIVA IMPLANTAO DO PPRA E EM TODOS OS DEMAIS ASSUNTOS RELACIONADOS COM A ENGENHARIA DE SEGURANA DO TRABALHO E MEDICINA DO TRABALHO, COM A FINALIDADE DE PROMOVER A SADE E PROTEGER A INTEGRIDADE FSICA DOS FUNCIONRIOS. REALIZAR ANUALMENTE JUNTO COM A ADMINISTRAO DO ESTABELECIMENTO E COM A CIPA A REAVALIAO DO PPRA.

12 INTEGRAO COM A CIPA- OS EMPREGADOS TERO PARTICIPAO EFETIVA NO PROGRAMA, ATRAVS DOS SEUS REPRESENTANTES DA CIPA QUE ESTIVER EM GESTO, DANDO SUGESTES E INFORMANDO A ADMINISTRAO SOBRE CONDIES QUE JULGAREM DE RISCO. - O DOCUMENTO BASE, SUAS ALTERAES E COMPLEMENTAES DEVERO SER APRESENTADOS E DISCUTIDOS NA CIPA, QUANDO EXISTENTE NA EMPRESA, DE ACORDO COM A NR5, SENDO UMA CPIA ANEXADA AO LIVRO DE ATA DESSA COMISSO.

13 DEFINIESHIGIENE OCUPACIONAL - A CINCIA E ARTE DEDICADA PREVENO, RECONHECIMENTO, AVALIAO E CONTROLE DOS RISCOS EXISTENTES OU ORIGINADOS NOS LOCAIS DE TRABALHO, OS QUAIS PODEM PREJUDICAR A SADE E O BEM ESTAR DAS PESSOAS NO TRABALHO, ENQUANTO CONSIDERA OS POSSVEIS IMPACTOS SOBRE O MEIO AMBIENTE EM GERAL.

13 DEFINIESRISCOS OCUPACIONAIS

MECN