Resolução 028 2013 - novo regimento

  • View
    266

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Resolução 028 2013 - novo regimento

  • Segunda-feira, 21 de Setembro de 2015 | Edio N 658 | Cardeno I

    Documento assinado digitalmente conforme MP n 2.200-2 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Pblicas Brasileira - ICP-Brasil.

    ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHUS SECRETARIA MUNICIPAL DE SADE CONSELHO MUNICIPAL DE SADE

    Resoluo n 028/2013.

    Aprova a Reforma do Regimento Interno do Conselho Municipal de Sade de Ilhus e revoga a Resoluo n 015/2010.

    O Plenrio do Conselho Municipal de Sade de Ilhus-Bahia em sua Reunio Extraordinria de 17 de dezembro de 2013, no uso de suas competncias regimentais e atribuies conferidas pelas Leis Federais 8.080 de 19 de setembro de 1990 e 8.142 de 28 de dezembro de 1990, Lei complementar n 141, de 13 de janeiro de 2012, pelas Leis Municipais n. 2.512 de 30 de maio de 1994, 2.523 de 22 de dezembro de 1994, 2.897 de 22 de fevereiro de 2001, 3.274, 3.275, 3.276 de 12 de janeiro de 2007 e pela Resoluo n 453/2012 de 10 de maio de 2012, do Conselho Nacional de Sade. RESOLVE: Aprovar a Reforma do Regimento Interno do Conselho Municipal de Sade de Ilhus.

    CAPTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE

    Art. 1 - O Conselho Municipal de Sade de Ilhus (CMSI) rgo de natureza permanente, de carter deliberativo, consultivo e fiscalizador, criado pela Lei Municipal N 2.512/1994 e alterado pelas Leis 2.523/1994, 2.897/2001, 3.274/2007, 3.275/2007 e 3.276/2007. Art. 2 - O Conselho Municipal de Sade de Ilhus (CMSI) tm por finalidade atuar na formulao e controle da execuo da poltica municipal de sade, inclusive nos aspectos econmicos e financeiros, nas estratgias e na promoo do processo de controle social em toda sua amplitude, no mbito dos setores pblico e privado conveniado ao SUS. Tendo nesse sentido, a responsabilidade de, em consonncia com as polticas Estadual e Federal para o setor, implementar o Sistema nico de Sade SUS no municpio.

  • Segunda-feira, 21 de Setembro de 2015 | Edio N 658 | Cardeno I

    Documento assinado digitalmente conforme MP n 2.200-2 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Pblicas Brasileira - ICP-Brasil.

    2

    ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHUS SECRETARIA MUNICIPAL DE SADE CONSELHO MUNICIPAL DE SADE

    CAPTULO II DAS COMPETNCIAS

    Art. 3 - Em conformidade com a Lei Municipal N 2.512/94, so competncias do Conselho Municipal de Sade: I definir as prioridades de sade; II traar as diretrizes a serem observadas na elaborao do Plano Municipal de Sade, adequando-o realidade local e a capacidade organizacional dos servios; III - atuar na formulao e controle da poltica municipal de sade; IV propor critrios para programao e para execuo financeiro oramentria do Fundo Municipal de Sade, acompanhando a movimentao e o destino dos recursos; V acompanhar, avaliar e fiscalizar os servios de sade prestados populao pelos rgos e entidades pblicas e privadas integrantes do SUS no municpio; VI propor a adoo de critrios que definam qualidade para o funcionamento dos servios de sade pblicos e privados, no mbito do SUS; VII definir critrios para a celebrao de contratos e/ou convnios entre a secretaria Municipal de Sade e rgos pblicos, privados e entidades no governamental, no que tange prestao de servios ao Sistema Municipal de Sade, examinando-os previamente; VIII estabelecer estratgia e mecanismo de coordenao e gesto do SUS, articulando-se com os demais colegiados a nvel nacional, estadual e municipal; IX examinar propostas e denncias, responder a consultas sobre assuntos pertinentes a aes e servios de sade, bem como apreciar recursos a respeito de deliberaes do colegiado; X elaborar o Regimento Interno do Conselho e suas normas de funcionamento XI outras atribuies estabelecidas em normas complementares.

    CAPTULO III DA COMPOSIO E DO MANDATO

    Art. 4 - Seguindo o que dispe as Leis municipais n 3.275/2007 e 3.276/2007, o Conselho Municipal de Sade de Ilhus ser composto por 20 (vinte) instituies e entidades assim distribudas: I. 25% das vagas destinadas a representantes de governos e prestadores de servios conveniados ao SUS: 01 (um) Representante da Secretaria de Sade do Estado; 01 (um) Representante da Secretaria de Sade do Municpio; 01 (um) Representante de estabelecimento de Sade no filantrpico;

  • Segunda-feira, 21 de Setembro de 2015 | Edio N 658 | Cardeno I

    Documento assinado digitalmente conforme MP n 2.200-2 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Pblicas Brasileira - ICP-Brasil.

    3

    ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHUS SECRETARIA MUNICIPAL DE SADE CONSELHO MUNICIPAL DE SADE

    01 (um) Representante de estabelecimento de Sade filantrpico; 01 (um) Representante de estabelecimento de Sade pblico. II. 25% das vagas destinadas a representantes dos profissionais de sade: 05 (cinco) representantes de trabalhadores na rea de sade: associaes, sindicatos, confederaes e conselhos de classe. III. 50% das vagas destinadas a representantes dos usurios: 02 (dois) representantes de entidades congregadas dos Sindicatos dos Trabalhadores Urbanos e Rurais; 02 (dois) representantes de Movimentos Comunitrios, organizados na rea de sade; 02 (dois) representantes de Conselhos Comunitrios, Associaes de Moradores ou entidades equivalentes; 01 (um) representante da Associao de pessoas com deficincia; 02 (dois) representantes da Associao de Portadores Patologias (doenas crnico-degenerativas); 01 (um) representante Afro Descendente ou Indgena;

    Art. 5 Os representantes dos segmentos e/ou rgos integrantes do Conselho Municipal de Sade tero mandato de dois anos, seguindo a recomendao da resoluo n 453/2012 do Conselho Nacional de Sade, ficando a critrio dos segmentos e/ou rgos, a substituio ou manuteno dos Conselheiros que os representam, a qualquer tempo, excetuando os casos previstos nos Pargrafos deste Artigo.

    Pargrafo 1 - O conselheiro que deixar de comparecer injustificadamente a 3 (trs) reunies ordinrias consecutivas ou a 6 (seis) intercaladas no perodo de um ano civil perder seu mandato;

    Pargrafo 2 - A perda do mandato ser declarada pelo Plenrio do Conselho Municipal de Sade, por deciso da maioria simples dos seus membros, comunicada a Instituio ou Entidade para nova indicao no prazo de 30 (trinta) dias; Pargrafo 3 - A no indicao de novo conselheiro no prazo previsto no Pargrafo anterior, acarretar na perda da vaga no Conselho por parte da instituio ou entidade, sendo convocada a suplente; Pargrafo 4 - As justificativas de ausncias devero ser apresentadas na Secretaria Executiva do Conselho Municipal de Sade at 48 horas teis aps a reunio.

  • Segunda-feira, 21 de Setembro de 2015 | Edio N 658 | Cardeno I

    Documento assinado digitalmente conforme MP n 2.200-2 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Pblicas Brasileira - ICP-Brasil.

    4

    ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHUS SECRETARIA MUNICIPAL DE SADE CONSELHO MUNICIPAL DE SADE

    Pargrafo 5- No pode assumir a funo de Conselheiro Municipal de Sade, representando segmentos previstos no art. 4 deste regimento, pessoas que, tenham praticado quaisquer condutas vedadas pela Lei Complementar n 135, de 04 de junho de 2010.

    Art. 6 A representao dos rgos e entidades inclui um titular e um suplente.

    Pargrafo nico - Na presena do titular o suplente no ter direito a voto nas reunies.

    Art. 7 - Fica estabelecido o ms de maio para findar o mandato dos conselheiros municipais de sade e o ms de junho para inici-lo.

    Art. 8 - Noventa dias antes do trmino do mandato dos conselheiros, o Plenrio eleger uma comisso para organizar o processo de eleio das Instituies, rgos e Entidades que faro parte do novo Conselho Municipal de Sade.

    Pargrafo nico - A escolha das novas Instituies, rgos e Entidades acontecero atravs de plenrias especficas dos segmentos dos Usurios do SUS, Trabalhadores da Sade e Prestadores de Servios ao SUS.

    Art. 9 - As Instituies, rgos e Entidades eleitas para compor o Conselho Municipal de Sade devero encaminhar no prazo estabelecido, ofcio ao Conselho Municipal de Sade indicando seus representantes, titular e suplente. Art. 10- A presidncia do Conselho de Sade em exerccio encaminhar os nomes dos novos membros do Conselho ao Prefeito Municipal para homologao atravs de Decreto Municipal.

    CAPTULO IV

    DA ORGANIZAO E FUNCIONAMENTO

    Art. 11- O Conselho Municipal de Sade de Ilhus tem a seguinte organizao:

    I. Plenrio; II. Diretoria Executiva;

    III. Comisses Setoriais; IV. Assessoramento Tcnico; V. Conselhos Locais de Sade.

  • Segunda-feira, 21 de Setembro de 2015 | Edio N 658 | Cardeno I

    Documento assinado digitalmente conforme MP n 2.200-2 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Pblicas Brasileira - ICP-Brasil.

    5

    ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHUS SECRETARIA MUNICIPAL DE SADE CONSELHO MUNICIPAL DE SADE

    SEO I

    Do Plenrio

    Art. 12 - O Plenrio do Conselho Municipal de Sade de Ilhus - CMSI o frum de deliberao plena e conclusiva, configurado por reunies Ordinrias e Extraordinrias de conselheiros nomeados e que atendam as disposies das Leis federais e municipais para o setor sade e deste Regimento.

    Art. 13 - O Conselho Municipal de Sade reunir-se-, ordinariamente, 12 (doze) vezes por ano, e no mximo 06 (seis) vezes ao ano em carter extraordinrio, por convocao de seu Presidente ou em decorrncia de requerimento da maioria absoluta dos seus membros.

    Pargrafo 1 Ficam estabelecidas as 2 quintas-feiras de cada ms e o horrio das 14h30min para as reunies ordinrias do Conselho Municipal de Sade.

    Pargrafo 2 - As reunies em carter extraordinrias tero pauta nica.

    Pargrafo 3 - As reunies do Conselho tero no mximo 03horas de durao.

    Art. 14 - O Plenrio do Conselho Municipal de Sade reunir-se- e deliberar